Associação Internacional de Lions Clubes – DMLC – Ano Leonístico 2020/2021

GOVERNADORIA DO DISTRITO LC-6

Rua São José, 2261 – Jardim Sumaré – CEP 14025-180 – Ribeirão Preto - SP

 

CARTA MENSAL DE JANEIRO da

Coordenadoria Geral do Distrito LC-6

 

 

 

                                                       Ribeirão Preto, 01 de janeiro de 2021

                                                    

 

Destinatários: PRESIDENTES DE CLUBES DO DISTRITO LC-6

 

 

“Não espere por uma crise para descobrir o que é importante em sua vida.” 

(Platão)

 

 

MENSAGEM DO GOVERNADOR:

Nossos trabalhos não podem parar, e nossa caminhada neste ano leonístico, já passados seis meses, dentro dessa pandemia que nos deixou de mãos atadas, continuamos buscando cumprir com nossas obrigações dentro das metas estabelecidas.

O 2020 foi um ano muito difícil para todos nós mas, com a ajuda de todos vocês do Distrito LC-6, conseguimos superar muitos problemas, que se fossem colocados aqui certamente não teríamos tanto espaço para assim o fazer.

Vencemos muitos, perdemos muitos! Falo em que perdemos muitos dos Companheiros, Companheiras, Domadoras, Familiares e Amigos que nos deixaram e partiram para outro plano. Que Deus abençoe a todos. Muitas vezes, e quantas não foram?

Não falando muito de Lions, e falando mais das nossas vidas, daquilo que muitos podem ter passado, onde muitos talvez tenham tido o mesmo sentimento.

Quantas vezes sentimos que ficamos sozinhos nessa vida, e que, mesmo por alguns instantes, nos sentimos abandonados. Por isso precisamos crer que ao nosso lado sempre estará alguém trabalhando pela nossa vitória.

Não podemos temer o amanhã, sofrer antecipadamente por problemas que na maioria das vezes são frutos da nossa mente fértil e de nosso coração ansioso.

Vamos sempre nos lembrar das conquistas que já alcançamos até aqui, dos amigos e pessoas que nos incentivaram para que tudo isso acontecesse.

Se existe quem nos deseja tudo de errado, existe também um número muito maior que nos desejam a vitória e que nos dão a certeza de que nunca estaremos sozinhos.

Lembrem sempre: no final tudo vai dar certo. Se ainda não deu é porque o final não chegou. Nossa fé remove montanhas.

Um excelente e feliz Ano Novo para todos nós. E que assim seja!          

           

DG MJF Antonio Paulo Caliento, Governador do Distrito LC-6

 

EDITORIAL:

Dificilmente amanhecemos com um padrão sentimental homogêneo. Um dia acordamos com uma sensação maravilhosa de felicidade. Outro dia, ao abrir os olhos, nos deparamos com um certo grau de tristeza, muitas vezes envolvidos por problemas relacionados ao bem-estar familiar. E tem aqueles dias que nos deparamos com a apreensão de que alguma coisa ruim está para acontecer. Por isso, nosso sentimento tem um envolvimento emocional a cada dia que acordamos.

Quem está atento e tem familiaridade com a literatura bíblica sabe que seu texto não nos exorta ao júbilo somente nos dias em que nos sentimos pessoalmente felizes. Na Primeira Epístola aos Tessalonicenses, capítulo 5, versículo 15, o apóstolo Paulo asseverou com simplicidade: “regozijai-vos sempre”.

Nada existe no mundo que não possa transformar-se em respeitável motivo de trabalho e alegria, como acontece em nossas atividades leonísticas.

A própria natureza, a cada dia, exige expressivos ensinamentos neste particular.

Depois da tempestade que arranca raízes, muitas árvores, destrói ninhos e enlameia estradas, a sementeira reaparece, o tronco deixa vergônteas novas, as aves refazem os lares suspensos e o caminho se coroa de sol.

Somente o ser humano, herói da inteligência, guarda consigo o carantonha do pessimismo, por tempo indeterminado, qual se fora gênio irado e desiludido, interessado em destruir o que não lhe pertence.

A ausência continuada de esperança e de alegria na alma significa evolução deficitária.

Por toda parte, há convites à edificação e ao aprimoramento, desafiando-nos à ação no engrandecimento comum.

Ninguém é tão infeliz que não possa produzir alguns pensamentos de bondade, nem tão pobre que não possa distribuir sorrisos e boas palavras com seus companheiros e companheiras de luta cotidiana.

Tristeza de todo instante é ferrugem nas engrenagens da alma. Lamentação contumaz é ociosidade ou resistência destrutiva.

É necessário acordar o coração e atender dignamente a parte que nos compete no drama evolutivo da vida, sem ódio, sem queixa, sem desânimo.

A experiência é o que é. Nossos Companheiros Leão, Companheiras Leão, Domadoras e Leos são o que são.

Cada qual de nós recebe o quinhão da luta imprescindível ao aprendizado que devemos realizar. Ninguém está deserdado de oportunidades, em favor da sua melhoria.

A grande questão é obedecer a Deus, amando-O, e servir ao próximo de boa vontade. Quem solucionou semelhante problema, dentro de si mesmo, sabe que todas as criaturas e situações da senda são mensagens vivas em que podemos recolher as bênçãos do amor e da sabedoria, se aceitarmos a lição que o Senhor nos oferece.

Não importa o padrão sentimental com que acordamos!

Nesse sentido, pois, não esqueçamos o que Paulo, o intimorato batalhador do Evangelho, sob tormenta de preocupações, encontrou em si mesmo força para dizer ao irmão de luta: “regozijai-vos sempre”.

E é essa simples expressão do apóstolo que recomendamos aos queridos membros da nossa valorosa e inigualável família leonística.

PDG MJF Antonio Domingos Andriani, Coordenador Geral do Distrito LC-6

 

 

O TREM/COMBOIO DA VIDA:

 Nada como começar um novo ano analisando algum texto que sirva para uma reflexão positiva. É o que objetivamos com a mensagem a seguir divulgada:

 “Você já andou de trem/comboio alguma vez?

Numa viagem de trem podemos notar uma grande diversidade de situações, no longo do percurso.

E a nossa existência terrena bem pode ser comparada a uma dessas viagens, mais ou menos longa.

Primeiro, porque é cheia de embarques e desembarques, alguns acidentes, surpresas agradáveis em álbuns embarques, e grandes tristezas em algumas partidas.

Quando nascemos, entramos no trem/comboio e nos deparamos com algumas pessoas que desejamos estejam sempre conosco: são os nossos pais.

Infelizmente isso não é verdade; em alguma estação eles descerão e nos deixarão órfãos dos seus carinhos, amizade e companhia insubstituível.

Mas isso não impede que, durante a viagem, outras pessoas especiais embarquem para seguir viagem conosco: são nossos irmãos, amigos, amores e filhos.

Algumas pessoas fazem dessa viagem um passeio. Outras encontrarão tristeza, e algumas circularão pelo trem/comboio para ajudar a quem precise.

Muitas descem e deixam saudades eternas... Outras passam de uma forma que, quando desocupam seu acento, ninguém percebe.

 Curioso é constatar que alguns passageiros, que são caros, se acomodam em vagões distantes do nosso, o que não impede, é claro, que durante o percurso nos aproximemos deles e os abracemos, embora jamais possamos seguir juntos, porque haverá alguns a seu lado ocupando aquele lugar.

Mas isso não importa, pois a viagem é cheia de atropelos, sonhos, fantasias, esperas, despedidas.

O importante, mesmo, é que façamos nossa viagem da melhor maneira possível, tentando nos relacionar bem com os demais passageiros, vendo em cada um deles o que tem de melhor.

Devemos lembrar sempre que, em algum momento do trajeto, eles poderão fraquejar e, provavelmente, precisemos atendê-los, porque nós fraquejaremos muitas vezes e, certamente, haverá alguém que nos entenda e atenda.

A grande diferença, afinal, é que no trem da vida jamais saberemos em qual parada teremos que descer, muito menos em que estações descerão nossos amores, nem mesmo aquele que está sentado ao nosso lado.

É possível que, quando tivermos que desembarcar, a saudade venha a nos fazer companhia.

Porque não é fácil nos separar dos amigos, nem deixar que os filhos sigam viagem sozinhos. Com certeza será muito triste.

No entanto, em algum lugar, há uma estação principal para onde todos seguiremos.

E quando chegar a ora do reencontro, teremos grandes emoções em poder abraçar nossos amores e matar a saudade que nos fez companhia por longo tempo...

Que nossa grande viagem seja uma grande oportunidade de aprender e ensinar, estender e atender aqueles que viajam ao nosso lado, porque não foi o ocaso que nos colocou ali...

Que aprendamos a amar e a servir, compreender e perdoar, pois não sabemos quanto tempo ainda nos resta até a estação onde teremos que deixar o trem/comboio.

Se a viagem não está acontecendo exatamente como você esperava, dê a ela uma nova direção.

Se é verdade que você não pode mudar de vagão, é possível mudar a atuação do seu vagão.

Observe a paisagem maravilhosa com que DEUS enfeitou todo o trajeto...

Busque uma maneira de dar utilidade às horas.

Preocupe-se com aqueles que seguem viagem a seu lado.

Deixe de lado as queixas e faça algo para que sua estrada fique marcada com rastros de luz.

Pense nisso... E boa viagem.”

                                                                                                          (Texto: Momento Espírita)

 

 O QUE NOS ESPERA NESTE 2021?:

Enquanto tentamos nos adaptar a uma nova realidade em meio à pandemia, percebemos que esse pode ser um momento decisivo para cultivarmos hábitos mais conscientes.

Apesar de não existir uma fórmula mágica para lidar com uma crise global, cada um de nós vai vivendo um dia após o outro e tirando lições importantes em meio a tudo isso.

Afinal, estamos vendo de forma clara que os comportamentos individuais podem sim mudar o mundo em que vivemos. Por isso, seria uma pena não usarmos esse momento para aprender com nossos erros e lutarmos por um novo “normal”.

 Diante de um contexto tão conturbado, quais lições podemos tirar da crise do coronavirus?

 1. Menos é mais: você já está praticando o consumo consciente na quarentena;

 2.Empatia na pandemia: descobrimos que cada gesto realmente importa;

 3.Coronavirus ensina que a saúde humana depende de um meio ambiente saudável;

 4.De cientistas a catadores: valorização de serviços essenciais durante a crise;

 5.O mundo não voltará ao “antigo normal”. E isso é muito bom!

 

Esses exemplos servem para ilustrar que um novo normal é possível! Mas para que isso aconteça, não podemos ficar de braços cruzados esperando que decidam por nós como será o mundo daqui pra frente, né?

A sociedade pós-coronavirus está em aberto.

           

Estamos em um momento único e histórico capaz de mobilizar sociedade, empresas e governos em prol de um propósito comum. E, pela primeira vez, estamos vendo em proporções globais que nossos comportamentos individuais podem transformar o sistema no qual vivemos. A sociedade do futuro está em aberto. Por que não usarmos esse momento para criarmos um novo “normal”?

A pandemia já nos ensinou lições valiosas sobre como o planeta clama por atitudes práticas, colaborativas, inteligentes e em harmonia com o meio ambiente. Aprendendo com nossos erros, um novo mundo é possível sim. Mas para que isso aconteça precisamos lutar juntos por ele. O momento é esse!

Além dessas lições, apostamos que você deve estar pensando em tantos outros recortes, certo? Afinal, são muitos os aprendizados que podemos tirar disso tudo. Coisas básicas como higiene pessoal, higiene ambiental, saneamento básico, etc.

Por isso, queremos que reflita: como você gostaria que fosse o novo normal daqui pra frente? Quais outras lições que você já aprendeu com tudo isso?

 

 

DEFINIÇÕES DO LEONISMO:

 A definição dá o característico geral do leonísmo (movimento), particulariza as condições necessárias à qualidade do associado, apresenta as restrições imperiosas (movimento sem cor, política ou religiosa) e. finalmente, abarca todos os objetivos da Associação Internacional de Lions Clubes.

LEONISMO – DEFINIÇÃO DE ORDEM GERAL: Substantivo que designa o movimento abraçado por Melvin Jones em 1917, destinado a promover pelo, pelo serviço desinteressado, melhorias no âmbito do município, do país e do mundo, através do companheirismo, da amizade e da compreensão mútua entre seus associados. É um movimento universal que congrega homens e mulheres de elevação moral e espiritual motivados pela sã finalidade de servir desinteressadamente à sua comunidade e aos seus semelhantes.

LEONISMO – DEFINIÇÃO PARA DICIONÁRIOS (dicionário = conjunto de vocábulos duma língua ou de termos próprios duma ciência ou arte, dispostos, em geral, alfabeticamente, e com o respectivo significado): É o conjunto de normas e de propósitos da Associação Internacional de Lions Clubes em prol do bem-estar cívico, cultural, social e moral da humanidade, sem sectarismo religioso. Apolítico, ativa um vivo interesse na ação cívica e governamental, propugnando pela paz universal. Através do s seus Clubes de Serviço, estuda as necessidades da comunidade e apresenta meios ou sugestões para enfrenta-los. Seja através dos seus próprios esforços ou em cooperação com terceiros.

LEONISMO – DEFINIÇÃO PARA ENCICLOPÉDIAS (enciclopédia = conhecimentos relativos a todas as ciências humanas; qualquer obra que abrange todos os ramos de conhecimento): É o conjunto de normas e propósitos da Associação Internacional de Lions Clubes que visa, precipuamente,, o bem-estar cívico, cultural, social e moral da humanidade, através de Lions Clubes, na prática do serviço desinteressado, sem partidarismo político e sem sectarismo religioso, alicerçando-se no companheirismo e na compreensão dos seus associados, que são regidos por um Código de Ética.

A DEFINIÇÃO CLÁSSICA DE LEONISMO: A definição transcrita abaixo é uma das mais clássicas do movimento leonístico brasileiro e foi concebida pelo CL Luiz Dutra Pizão, do Lions Clube de São Paulo, nos idos de 1953. Na época, fazia referência a pessoas do sexo masculino, pois apenas os homens podiam ser aceitos como associados dos Lions Clubes. A partir de 1987, com o ingresso das mulheres no Lions, acrescentou-se “mulheres” no texto da definição. Vamos, com a devida vênia, procurar desmembrá-la e comentá-la, mesmo correndo o risco de ser contestado por algum Companheiro Leão, Companheira Leão ou Domadora de melhor saber leonístico.

“O leonismo é um movimento composto por homens e mulheres de elevada     reputação, que se propõem, sem fins políticos ou religiosos, a promover os princípios        éticos, o bem-estar da coletividade e o congraçamento universal.”

“É UM MOVIMENTO...” – Porque tem sempre um objetivo a cumprir, indefinidamente.

“... COMPOSTO POR HOMENS E MULHERES...” – Somente pessoas com maioridade legal podem participar como associados dos Lions Clubes.

“... DE ELEVADA REPUTAÇÃO...” – É a condição essencial para que uma pessoa seja aceita no quadro de associados. De se observar que “reputação” vai a título geral, no sentido lato. Não é uma reputação só e particular como a artística, a financeira, a profissional. É a reputação geral, com a qual a pessoa merece a estima e a consideração dos que a conhecem, por isso é que é “elevada” naturalmente.

“... SEM FINS POLÍTICOS OU RELIGIOSOS ...” – É um dos característicos do programa do leonismo; em seu seio podem se acomodar, e de fato se harmonizam e identificam, pessoas de todos os credos e de todas as facções. Qualquer limitação, ou concessão, nesse sentido, por parte dos Clubes, deixará de ser leonísmo.

“... A PROMOVER...” – O leonísmo é, acima de tudo, um método para se atingir a aproximação das pessoas à melhoria da comunidade e, assim sendo, deve representar um esforço, um empenho, uma atividade constante.

“... OS PRINCÍPIOS ÉTICOS...” – Vem a ser o embasamento necessariamente moral a toda associação que conjuga os esforços em prol do aprimoramento individual. É o que ocorre quando o leonismo se dispõe a unir os associados com os laços da amizade, com companheirismo e compreensão reciproca; e é igualmente a parte que estimula um elevado padrão de conduta nos negócios e nas profissões.

“... O BEM-ESTAR DA COLETIVIDADE ...” – É a parte externa da atividade e de âmbito local. É o serviço desinteressado através do qual o leonismo têm-se imposto ao reconhecimento dos povos. Enfeixa essa parte da definição os 3.º 5.º Propósitos da nossa Associação.

 “... O CONGRAÇAMENTO UNIVERSAL.” – É um dos escopos do leonismo criar e fomentar um espírito de generosa consideração entre os povos da terra (3.º Propósito).

O objetivo da mensagem que tratamos neste capítulo da carta tem o condão único e exclusivo de reavivar o que já é do conhecimento dos nossos caríssimos Companheiros Leão e dulcíssimas Companheiras Leão e Domadoras. Se atingido, nos damos por satisfeitos.

 

 

O ACRÓSTICO “LIONS” NO BRASIL:

Tomamos a liberdade de abordar este tema, que faz parte da história do leonismo, face aos motivos que justificamos no último parágrafo deste capítulo.

O acróstico, também conhecido como moto, lema, divisa ou preceito escrito, segundo nossos melhores dicionaristas, é um símbolo que vem a ser o conjunto de letras iniciais que compõem verticalmente uma palavra ou frase.

O acróstico do nosso movimento é “LIONS”. Aqui no Brasil ele já teve três significados, conforme, despretensiosamente e tão somente para aqueles que ainda não tiveram oportunidade de conhecer, comentamos a seguir:

Primeiro acróstico do Lions no Brasil:

Nosso primeiro acróstico, que vigorou de 16/04/1952 (data da fundação do Clube máster do Rio de Janeiro) até 07/08/1952, era “Liberdade, Entendimento, Organização, Nacionalidade, Esforço e Serviço”, e havia sido tirado das letras que formam a palavra LEONES em espanhol. Como se sabe, quando da chegada do leonismo no Brasil, toda documentação em uso e que seria utilizada por algum tempo era impressa em espanhol (principalmente) e inglês.

 

Segundo acróstico do Lions no Brasil:

Com a fundação do Clube do Rio de Janeiro, Armando Fajardo, nosso Leão n.º 1, e que trouxer o movimento para o Brasil, procurou traduzir para o português as expressões espanholas dos procedimentos leonísticos.

 

Assim é que, a partir de 08/08/1952, o Clube máster do leonismo brasileiro passou a ser denominado de Lions Clube do Rio de Janeiro, em substituição ao Clube de Leões do Rio de Janeiro, o que seria seguido posteriormente pelos demais Clubes. E, com a decisão de aportuguesar nossos procedimentos, o acróstico em uso até 07/08/1952 foi substituído a partir de 08/08/1952, e ficou nacionalmente sacramentado e conhecido por “Liberdade, Inteligência, Ordem, Nacionalidade e Serviço”. Ele permaneceu com essa redação por   45 anos, dez meses e 18 dias, sendo substituído em 27/05/1998.

 

Terceiro acróstico do Lions no Brasil:

Durante a 3.ª sessão plenária do então CNG-Conselho Nacional de Governadores 1997/1998, realizada em 27/05/1998, no salão de convenções do Hotel Othon Palace, na cidade de Belo Horizonte/MG, e da qual este Coordenador Geral do Distrito LC-6 participou como membro ativo, o Colegiado do Conselho aprovou por maioria proposição (moção) apresentada pelo Lions Clube de São Paulo-Jardim Paulista, e de autoria do PDG José Gilberto Ribeiro Ratto, alterando o significado das letras “I” e “N” do acróstico da palavra Lions. De conformidade com a proposição apresentada, aprovada e editada como resolução do CNG, as palavras “Inteligência” e “Nacionalidade” foram substituídas por “IGUALDADE” e “NACIONALISMO”. O PDG Ratto, que defendeu pessoalmente sua proposta junto ao Colegiado do CNG, convenceu pela razão e pelo seu elevado sentimento leonístico e patriótico. Sua moção procurou adequar os enunciados das letras “I” e “N” para que os mesmos representassem conceitos interpretados pela expressão da linguagem e cultura do povo brasileiro, sem se afastar dos mandamentos filosóficos do leonismo. Segundo ele: “Inteligência” tinha uma conotação mais ligada ao intelecto e à intelectualidade, e um sentimento meramente subjetivo que não coadunava com o interesse geral que deve ser o objetivo de Lions. Já “IGUALDADE” era uma expressão mais adequada aos sentimentos da comunidade e do nosso movimento, pois todos são iguais perante a Deus, diante da Lei e face a todas as instituições. É a qualidade de igual, de paridade. Além disso, pode ser associada também à igualdade moral, que é a relação entre as pessoas em virtude da qual todas elas são portadores dos mesmos direitos fundamentais que provém da humanidade e definem a dignidade da pessoa humana. “Nacionalidade” dizia respeito à condição do que é nacional ou disciplina o complexo dos caracteres que distinguem a Nação. Já “NACIONALISMO” cultivava o sentido de amor à Pátria e era uma expressão do sentimento nacional, englobando patriotismo, civismo e cidadania.

 Dessa forma, desde 27 de maio de 1998 o leonismo brasileiro tem o seu terceiro acróstico oficial de LIONS: “Liberdade, Igualdade, Ordem, Nacionalismo e Serviço”.

 

O que nos levou a abordar o assunto, como dissemos no primeiro parágrafo deste capítulo, foi a constatação de procedimentos incorretos que temos observado. Em andanças pelo Distrito temos acompanhado muitas solenidades que são realizadas pelos Clubes, especialmente de posse de novos associados. Temos observado, inclusive, que em algumas das nossas unidades ainda é utilizado o texto do segundo acróstico do Lions no Brasil, o que não é correto. Em um determinado Clube, por exemplo, nem uma coisa nem outra, pois o enunciado da letra “I” foi substituído por “Integridade”, tirado não sabemos de onde.

 

O importante é que, em nossas solenidades, quando couber, seja utilizado sempre o acróstico oficial do Lions no Brasil, que é “LIBERDADE, IGUALDADE, ORDEM, NACIONALISMO e SERVIÇO”.

 

 A IMPORTÂNCIA DO NOSSO CÓDIGO DE ÉTICA:

É muito comum entre nós as referências ao “CÓDIGO DE ÉTICA DO LEÃO”. Documento extraordinário, é uma norma de vida sugerida à família leonística. Podemos dizer que é imutável, pois foi aprovado durante a 2.ª Convenção Internacional de Saint Louis, Missouri, Estados Unidos, em agosto de 1918, e não sofreu qualquer alteração até hoje. Seu texto maravilhoso, que transcrevemos abaixo, nos exorta a:

 

Demonstrar FÉ NOS MERITOS DA MINHA PROFISSÃO, esforçando-me para conseguir honrosa reputação, mercê da EXCELÊNCIA DOS MEUS SERVIÇOS.

 

Lutar pelo êxito e pleitear toda remuneração ou lucro que equitativa e justamente mereça, recusando, porém, aqueles que possam acarretar diminuição da minha dignidade, devido a VANTAGEM INJUSTA OU AÇÃO DUVIDOSA.

Lembrar que, para ser bem sucedido nos negócios ou empreendimentos, não é necessário destruir os outros. Ser leal com os clientes e SINCERO CONSIGO MESMO.

 

DECIDIR CONTRA MIM NO CASO DE DÚVIDA quanto ao direito ou à ética dos meus atos perante meu próximo

Praticas a AMIZADE COMO UM FIM E NÃO COMO UM MEIO. Sustentar que a VERDADEIRA AMIZADA NÃO É O RESULTADO DE FAVORES MUTUAMENTE PRESTADOS, dado que não requer retribuição, pois recebe benefícios com o mesmo espírito desinteressado com que os dá.

 

Ter presente os MEUS DEVERES DE CIDADÃO para com minha localidade, meu Estado e meu País, sendo-lhes constantemente leal em pensamentos, palavras e obras, dedicando-lhes desinteressadamente MEU TEMPO, MEU TRABALHO E MEUS RECURSOS.

 

AJUDAR O PRÓXIMO, consolando o aflito, fortalecendo o débil e socorrendo o necessitado.

 

SER COMEDIDO NA CRÍTICA e generoso no elogio; construir e não destruir,

 

 Observação: os destaques, em maiúsculas, são deste Coordenador.

Quantos de nós, porém, já se deu ao trabalho de analisar e ponderar sobre esta verdadeira carta de intenções da filosofia leonística?

A pessoa é um ser que pensa, que age, que decide, que tem mil e uma habilidades, mas, para o leonismo, a pessoa é, antes e acima de tudo, um ser que se relaciona.

E o nosso Código de Ética, concebido a partir deste conceito, encerra normas de conduta que norteiam as relações do Leão com as dimensões do EU, do TRABALHO, do OUTRO e da PÁTRIA.

E quais são nossas relações com o EU? SER SINCERO CONSIGO MESMO é um imperativo. Aliás, quem se engana não se conhece e, portanto, não dispõe dos elementos fundamentais, necessários à decolagem em busca do sucesso e da perfeição. Da sinceridade depende a harmonia entre o discurso e a prática, dependente da coerência, fator preponderante do equilíbrio emocional. A falta de coerência, tão comum entre as pessoas, é terrivelmente decepcionante para quem resolve SER SINCERO CONSIGO MESMO.

O que norteia a relação do Leão com o TRABALHO? O trabalho deixou de ser jugo e é libertador quando assumido como a nossa missão no serviço à comunidade. O tipo de trabalho depende do momento ou da profissão, mas a sua qualidade depende das convicções e competências. Quem tem FÉ NOS MÉTIDOS DA PROFISSÃO não transgride com a mediocridade e a EXCELÊNCIA DOS SERVIÇOS é questão de honra. As convicções impedem que a competência esteja a serviço do lucro e AFASTAM HIPÓTESES DE AÇÕES DUVIDOSAS OU VANTAGENS INJUSTAS.

Quais nossas relações com o OUTRO?   Quatro elementos fundamentam a relação com o outro: a lealdade, a amizade, o elogio e a ajuda. A lealdade supõe a verdade e a honestidade, condições para o entendimento. O compromisso com a lealdade é de tal natureza que, em CASO DE DÚVIDA, o Leão deve DECIDIR CONTRA SI MESMO. Num momento em que o interesse regula as relações, DECIDIR CONTRA SI MESMO parece um contrassenso e, num mundo pontilhado pela infidelidade, a lealdade beira a insensatez. Se é assim, bem-aventurados são aqueles que não temem o sinal da contradição. Além do entendimento, situa-se a amizade. Para o Leão, A AMIZADE É UM FIM E NÃO UM MEIO. Não podemos usar o outro ou a sua amizade. Contentamo-nos em SER AMIGO. Isto basta e é extremamente gratificante. Gratifica-se a atitude de ser amigo, NÃO NASCENDO A AMIZADE DA TROCA DE FAVORES, mas de laços fortes, estabelecidos a nível de sentimentos, princípios e objetivos. O elogio nasce do reconhecimento e é profundamente estimulante. Quem não precisa de estímulos? A crítica indispõe, o elogio atrai e comove. A resposta à crítica pode ser a radicalização; o elogio gera agradecimento e conduz a mudanças. A AJUDA AO PRÓXIMO e dever e não caridade. Não se entende ajuda como simples tentativa de mitigar a carência. AJUDAR AO PRÓXIMO é um mandato, um compromisso decorrente da função social e dos dons que recebemos. Nem todos têm o mesmo potencial. As mesmas habilidades e isto não sugere injustiças. A diversidade seria injusta se os dons fossem do indivíduo e não da comunidade. A ajuda supre e complementa, estendendo a todos os benefícios dos mesmos dons. Injusto é o sistema que faz prevalecer os interesses de uns sobre os direitos dos outros.

Por fim, qual o nosso relacionamento com a PÁTRIA? A lealdade à Pátria implica em fidelidade no cumprimento dos DEVERES DOS CIDADÃOS. O exercício da cidadania não está vinculado a momentos; acontece na vida à medida em que dedicamos, desinteressadamente, À NOSSA LOCALIDADE, AO NOSSO ESTADO E AO NOSSO PAÍS, NOSSO TEMPO, NOSSO TRABALHO E NOSSOS RECURSOS. O exercício da cidadania, assim entendido, favorece nossa intenção, de forma consciente e coerente, no processo de construção das pessoas e da sociedade.

 

APLICAÇÃO DA VERBA DA COTA INTERNACIONAL:

Temos notado que muitos Companheiros Leão, Companheiras Leão e Domadoras, especialmente os que ingressaram no movimento mais recentemente, ainda têm algumas dúvidas a respeito da destinação do dinheiro que recolhemos a título de cota internacional. Alguns pensam que o dinheiro vai para os Estados Unidos e lá eles dão a destinação que bem entender. Não é bem assim! Vamos tentar esclarecer!

Todo associado do Clube recolhe para a Associação Internacional de Lions Clubes, anualmente, uma cota de U$43,00 (quarenta e três dólares), divididas em duas parcelas semestrais de U$21,50 (vinte e um dólares e cinquenta cents), mas convertidos em reais pelos Tesoureiros dos Clubes e depositados conforme orientação em poder das Diretorias.

Há quase dez anos atrás, e mais precisamente no dia 22 de março de 2011, procuramos esclarecimentos a respeito. E fomos informados pelo então Gerente do Departamento Ibero-Americano da sede internacional que, de acordo com auditoria de Lions Internacional, os recursos que recolhemos a título de cota internacional tem a seguinte distribuição:

- Convenção Internacional: 15% do montante;

- Revista Lion: 16% do montante;

- Seguros: 1% do montante.

- Despesas de Governadoria e Governadores eleitos: 14% do montante;

- Dirigentes Internacionais e Diretores Internacionais: 6% do montante;

- Programas de apoio a Clubes e Distritos: 37% do montante;

- Sede internacional: 10% do montante;

- Perdas por cotas não pagas: 1% do montante.

Não pretendemos, neste capítulo da carta, entrar no mérito da distribuição do montante arrecadado por Lions Internacional. Entretanto, para colaborar com os nossos associados que ingressaram mais recentemente no movimento, vamos tentar, de forma geral, tecer algumas modestas considerações sobre a destinação e aplicação da verba arrecadada a título de cota internacional.

01. A Associação precisa de um Estatuto e Regulamentos que norteiam sua própria orientação aos Clubes a ela afiliados. Necessita, igualmente, da manutenção de um sistema com poderes para alterar ou emendar referidos diplomas legais. Esses poderes cabem, por direito, aos Delegados presentes à Convenção Internacional. É nessa convenção que são eleitos os dirigentes da nossa entidade. É um fórum onde os Delegados podem e devem expressar suas opiniões. Além das suas funções legislativas e efetivas, a convenção tem grande valor como fonte de inspiração e informações para os Clubes de todo mundo.

02. A revista The Lion é uma publicação internacional dedicada a pessoas imbuídas pelo mesmo espírito humanitário e desejosas de servir ao próximo. A grande finalidade dessa publicação é divulgar os acontecimentos e as atividades de maior relevo dos Lions Clubes, dos dirigentes e diretores internacionais, bem como sobre as atividades dos Delegados durante as convenções. É, na realidade, um resumo geral de notícias e acontecimentos relacionados com o movimento leonístico.

03. Parte da cota internacional custeia transportes e outras despesas com o comparecimento dos Governadores e Vice-Governadores eleitos às Convenções Internacionais e dos Distritos Múltiplos, bem como aos seminários executivos que as precedem.

04. A cota cobre também gastos de escritório e despesas com viagens dos Governadores. Deseja-se que os Governadores de Distrito façam visitas oficiais a todos seus Clubes subordinados durante a gestão. Deseja-se, também, que mantenham outros contatos com os Clubes do Distrito, e isso acarreta, naturalmente, grandes gastos para a Associação. Os Governadores têm parte das suas despesas ressarcidas por Lions Internacional, inclusive as reuniões do Conselho de Governadores dos Distritos Múltiplos.

05. Durante sua gestão, o Presidente Internacional recebe centenas de pedidos de Clubes e Distritos do mundo todo, solicitando para que ele os visite. Ele dedica todo o ano para a Associação, assistindo reuniões da Diretoria Internacional, reuniões da Diretoria Executiva, diversas Convenções Nacionais ao redor do mundo, sem receber qualquer recompensa financeira. Como seus gastos com viagens, escritório e outros itens são consideráveis, as Convenções decidiram que a Associação deveria reembolsá-lo. Isso se aplica também aos Dirigentes, Diretores Internacionais, Ex-Presidentes Internacionais e outros dirigentes quando convidados.

06.Despesas de representação da sede internacional, com o escritório de Oak Brook, inclusive material permanente e de consumo, contratação de pessoas altamente especializadas e conhecedoras da estrutura e funcionamento dos Clubes. Manutenção de órgãos auxiliares, como é o caso do nosso escritório de São Paulo.

07. O mundo leonístico, instalado em 214 países e regiões geográficas, contabiliza quase 50.000 Clubes e cerca de 1.400.000 associados. As despesas da Associação, para suprir suas necessidades neste setor, abrange a manutenção de uma equipe especializada nos idiomas oficiais, administração, promoção de pesquisas, promoção de líderes e elaboração de material que são distribuídos aos Clubes e Governadores de Distrito.

08.A Associação tem programas especiais para os Clubes. Esta área abrange despesas com funcionários, impressos, porte e prêmios leonísticos usados na promoção e administração de programas oficiais, tais como aumento de associados, prêmios para associados, planejamento e desenvolvimento de atividades internacionais, Leo Clubes e outras atividades juvenis, inclusive a preparação de filmes e anúncios gravados para emissoras de rádio e televisão.

09. Parte da verba é destinada a publicações, materiais e seguros para Clubes e Distritos. Destina-se à impressão e distribuição do matérial impresso para cerca de 180.000 novos associados (média anual), a cerca de 400.000 presidentes de Comissões, a certa de 250.000 novos dirigentes e diretores de Clubes, além de cartões de associados e anuários de Clubes. Incluem-se neste item as despesas com porte e despacho doso materiais.

10. Quando os Governadores efetuam despesas com transporte, hospedagem, alimentação, publicações, telefonemas, portes, funcionários e outras pertinentes ao cargo, a Associação Internacional reembolsa essas despesas dentro de determinados critérios e limites. Os documentos desses pagamentos são minuciosamente examinados por um grupo de auditores nos idiomas correspondentes, que analisam também as despesas de conversão com as diversas moedas do mundo.

11. A Associação mantém um Serviço Jurídico que é constantemente acionado.

12.Toda organização necessita de uma coordenação central. No caso da nossa Associação é indispensável a manutenção de um escritório (em Oak Brook, Chigado, Illinois, nos Estados Unidos) para coordenar as atividades do Presidente Internacional e demais dirigentes da Diretoria Internacional, dos Governadores de Distrito, dos Clubes e dos associados. A manutenção do escritório exige um orçamento para conservação do edifício sede e operações administrativas como contabilidade, faturamento, cobranças, compras, serviço de arquivo, processamento de dados, centro de correspondências e muitas outras atividades pertinentes ao seu bom funcionamento.

Esperamos ter colaborado para, pelo menos, clarear um pouco o importante assunto que ainda causa tantas dúvidas entre nossos dirigentes de Clubes e seus associados.

 

ADMINISTRAÇÃO LEONÍSTICA:

 

Ainda existem algumas questões da administração leonistica que causem certas dúvidas a alguns dirigentes e associados do nosso movimento. Vamos procurar, modestamente, responder algumas delas:

Questão: como se compõe a Diretoria Internacional?

Resposta: Atualmente ela é composta do Presidente, 1.ª Vice-Presidente, 2.º Vioe-Presidente, 3.º Vice-Presidente e 34 Diretores Internacionais, eleitos anualmente na Convenção Internacional. Os Diretores têm mandato de dois anos, sendo eleitos 17 a cada ano. O Ex-Presidente Internacional integra a Diretoria automaticamente, não sendo eleito.

Questão: qual foi a primeira Diretoria de Lions Internacional?

Resposta: Eleita durante a 1.ª Convenção Internacional realizada em Dallas, Texas, Estados Unidos, em 10 de outubro de 1917. Foi constituída por: Presidente, William P. Woods; 1.º Vice-Presidente, L; H. Lewis; 2.º Vice-Presidente, E. N. Kaercher; 3.º Vice-Presidente, M. Marry Mayers; Secretário Tesoureiro, Melvin Jones; Diretores por 3 anos, R. A. Kleinschmidt e L. L. MacRae; Diretores por 2 anos, H. F. Endsley e Roger E. Wheekes; Diretores por 1 ano: A. V. Devenport e Charles J. Kirk.

Questão: quando foi aprovada a atual estrutura do Leonísmo no Brasil?

Resposta: Pela resolução n.º 164-1997/1998 do CNG-Conselho Nacional de Governadores, aprovada durante a 45.ª Convenção Nacional. O então Distrito Múltiplo L (que abrangia todo o Brasil) foi dividido nos atuais Distritos Múltiplos LA, LB. LC e LD.

Questão: por que os Presidentes e demais diretores de um Lions Clube são convidados e não convocados para as reuniões do Comitê do Gabinete Distrital?

Resposta: As reuniões do Comitê do Gabinete Distrital são exclusivas e obrigatórias dos seus Membros Deliberativos (Governador, Ex-Governador Imediato, Vices-Governadores, Secretário e Tesoureiro do Distrito, Presidente do Conselho de Ex-Governadores do Distrito, Presidentes de Região e Divisão) e tratam da administração do Distrito como um todo. Os membros Conselheiros, Assessores e as diretorias dos Clubes são convidadas para assistir às reuniões.

Questão: o que são as reuniões do Conselho Consultivo do Governador?

Resposta: São reuniões dirigidas pelo Presidente da Divisão, exclusivas e obrigatórias para os membros deliberativos dos Clubes (Presidente, Secretário, Tesoureiro, Diretor de Associados, Diretor Social e Diretores de GLT, GMT e GST), que tratam da administração das Divisões e constituem um dos três órgãos administrativo do Distrito. Faz parte da sua agenda a avaliação dos Clubes sob vários aspectos: debater ideias sobre programas, atividades, levantamento de fundos, assuntos sobre associados, entre outros e, eventualmente, pode ser convidado um palestrante para apresentação de um tema leonístico. Os demais associados do Clube podem e devem ser convidados para as reuniões.

Questão: quem substitui o Presidente da Divisão em um Comitê Consultivo?

Resposta: Somente o Governador do Distrito pode substituir o Presidente em uma reunião do Conselho Consultivo do Governador.

Questão: quais os documentos que os Presidentes de Região e Divisão devem portar sempre:

Resposta: Esses dirigentes, em decorrência da função e importância do cargo, estão sempre sujeitos a consultas sobre aspectos relacionados com o leonismo. Muito ajudará que, nas reuniões que participarem, tenham sempre consigo alguns documentos básicos: Estatuto do Distrito, Regimento de Convenções, Regulamento do Distrito (esses dois últimos estão desatualizados), Invocação a Deus, Oração Final, Regulamento do Conselho de Ex-Governadores do Distrito, roteiro para posse de novos associados, currículo pessoal, entre outros.

Questão: pode ser apresentada uma proposta (moção) durante as reuniões do Conselho Consultivo do Governador?

Resposta: Sim! Qualquer Clube da Divisão pode apresentar uma moção que, se aprovada no Conselho Consultivo do Governador, é considerada como proposto conjunta dos Clubes pertencentes à Divisão, e será encaminhada pelo Presidente da Divisão diretamente para a comissão competente da Convenção Distrital.

Questão: pode haver fusão de Distritos?

Resposta: Sim! Ainda em época não muito distante (no ano leonístico 2003/2004) houve a fusão dos então Distritos LC-7, LC-9 e LC-10 (do Estado de Minas Gerais), originando o Distrito LC-12 a partir do ano leonístico 2004/2005.

Questão: no caso de um Clube fundado no mês de maio, por exemplo, como proceder para a eleição da Diretoria do ano leonístico seguinte, que tem início no dia 01 de junho?

Resposta: A duração do mandato de uma Diretoria de Clube tem início em 01 de julho e termina em 30 de junho. A partir de 01 de julho deverá tomar posse a nova Diretoria. Independentemente do tempo que a anterior tenha atuado. No caso de um Clube fundado no mês de maio, ou abril, ou junho, o dirigente da solenidade de fundação do Clube poderá declarar a Diretoria empossada para o ano leonístico em curso e para o ano seguinte.

Esperamos ter colaborado para sanar eventuais dúvidas sobre as questões acima.

 

 

CRÔNICA DA 2.ª REUNIÃO DO COMITÊ DO GABINETE DISTRITAL:

Os raios solares iluminavam aquela manhã domingueira de 22 de novembro, enquanto os pássaros silvestres soltavam seus cantos matinais. Tudo isso serviu para emoldurar aquele recanto rural bucólico e acolhedor escolhido pelo DG MJF Antonio Paulo Caliento para realização da 2.ª reunião do Comitê do Gabinete Distrital.

O evento, a exemplo da reunião anterior, foi realizado virtualmente face ao surto pandêmico que estamos vivenciando. A convocação com a ordem do dia foi expedida com a antecedência regulamentar. A sala da reunião foi aberta às 09:30 horas, com a utilização de excelente técnica de visualização.

A abertura da reunião e formação da mesa dirigente foram procedidas pelo ponderado PDG Manoel.   O DG Caliento iniciou os trabalhos observando rigorosamente os ritos protocolares. A Invocação a Deus foi proferida pelo PDG Andriani. Houve a execução do Hino Nacional, cujos acordes os presentes ouviram em pé. A saudação ao Pavilhão Nacional foi feita pelo tranquilo PDG Sérgio, que nos proporcionou um monólogo de elevado valor cívico. Face à ausência do Assessor da Mútua Leonística que, por problemas técnicos, não conseguiu se conectar com a reunião, o DG Caliento anunciou respeitosamente os associados que nos deixaram no período e solicitou que todos guardassem um minuto de silêncio em razão das suas partidas para um novo plano. Ainda no campo das suas mensagens iniciais, o Governador discorreu sobre as dificuldades encontradas neste primeiro semestre em consequência da pandemia, mas asseverou que, com a graça de Deus, estamos conseguindo colher frutos sadios e compensadores. Elogiou o participação dos Clubes do Distrito, cujos dirigentes têm dado tudo de si para superar as dificuldades e continuar executando suas atividades com galhardia e garra leonística. Discorreu sobre suas metas e a esperança de conseguir alcança-las. Comentou sobre as visitas que já realizou junto a alguns Clubes, que foram realizadas mesmo diante das situações impostas. Alertou sobre a necessidade que os Clubes têm em analisar o lançamento de candidatos ao cargo de 2.º Vice-Governador do Distrito para a eleição que ocorrerá na próxima Convenção Distrital.

Prosseguindo, e dentro daquilo que foi estabelecido pela ordem do dia, o DG Caliento concedeu a palavra aos seus auxiliares diretos. O PDG Andriani, Secretario, prestou esclarecimentos sobre as Cartas Mensais que estão sendo editadas, sobre as dúvidas existentes com relação ao protocolo a ser observado durante a visita do casal Governador e, encerrando, elucidou as divergências que estão ocorrendo com relação à marcação das visitas do casal Governador aos Clubes. O PDG Bazan, Tesoureiro, apresentou o balancete do primeiro trimestre do ano leonístico, bem como o parecer elaborado pela Comissão de Finanças, que, colocado em discussão, foi aprovado por unanimidade. O PDG Lauro, Presidente do Conselho de Ex-Governadores, também deixou de se manifestar em virtudes de problemas técnicos na conexão com a reunião. O PCC Bittar, sempre elegante, cumprimentou o Governador por estar conseguindo alcançar os objetivos a que se propôs mesmo diante da pandemia. Falou sobre suas funções e demonstrou tristeza face à nossa situação perante LCIF, pois, há muito tempo, continuamos recebendo mais do que doamos. O DG Caliento abriu a palavra para os demais PDGs participantes da reunião mas nenhum deles se manifestou.

Na sequência, o Governador concedeu a palavra para manifestação dos seus demais Coordenadores, Assessores e também para cada um dos representantes das várias áreas da configuração administrativa do Distrito, previamente designados. Foram ouvidos e se manifestaram os 1VGD Glauber Gomes da Silva, 2VGD Roberto Luiz de Freitas, MJF José Antonio Rossato (Assessor do Concurso de Eficiência), CaL Rosiane Aparecida da Silva Eleodoro Lagassi (Coordenadora do Concurso do Cartaz sobre a Pax), MJF Antonio Mauro Alves (Coordenador do Meio Ambiente), CL Acácio Alves Taveira Júnior (representando os Presidentes de Região), CL Márcio Roberto Kimura (representando os Presidentes de Divisão), CL Antenor Luiz Borges (representando os Assessores Distritais), CL Jocelir Nunes de Oliveira (representando os Presidentes de Clubes) e CLeo Vitor Sanches de Souza (Presidente do Distrito Leo). Todos, indistintamente, além das falas atinentes às suas áreas, elogiaram o DG Caliento pela forma equilibrada com que vem administrando nossa unidade distrital, e demonstraram inquebrantável amor pelo movimento leonístico.

Antes da palavra do Orador Oficial, o sempre ponderado PDG Duba leu o valioso currículo do PC PMJF Eduardo Jacob, Presidente do Distrito Múltiplo LC. O PC Jacob, com a palavra mansa que lhe é peculiar, iniciou sua manifestação fazendo uma longa e emocionada saudação aos dirigentes presentes. Mencionou e agradeceu o apoio que vem recebendo do Distrito LC-6. Falou sobre suas metas a médio e longo prazo. Comentou sobre a posição do DMLC no cenário leonístico brasileiro, onde ocupa e sempre ocupou uma posição de destaque. Afirmou que pandemia não é sinal de paralisia e exortou os presentes para que deem seguimento às suas atividades. Falou muito sobre simplicidade, uma palavra forte que, quando devidamente assimilada, nos remete ao último grau de sofisticação. Encerrou com emocionadas palavras de agradecimento.

Após a fala do Orador Oficial, o DG Caliento apresentou seus agradecimentos pelas palavras e carinho que ele demonstrou para com o LC-6. Ao depois, o DG Caliento dirigiu-se aos participantes e agradeceu pela atenção que todos dispensaram para com esta nossa reunião. E solicitou que o tranquilo PDG Manoel proferisse a Oração pelo Brasil. E, solicitando uma salva de palmas ao Pavilhão, o Governador deu por encerrada as atividades.

O PDG Andriani, Secretário do Distrito, condensou nesta crônica tudo aquilo que foi exposto na ata da 2.ª reunião do Comitê do Gabinete Distrital do ano leonístico 2020/2021,c cuja íntegra foi encaminhada para conhecimento e apreciação de todos os dirigentes distritais no último mês de dezembro.

 

 

A AGENDA DE VISITAS DO CASAL GOVERNADOR AOS CLUBES DO DISTRITO:

O casal Governador do Distrito já visitou oficialmente 06 Clubes:

 - Lions Clube de São Sebastião do Paraíso

- Lions Clube de Novo Horizonte

 - Lions Clube de Nhandeara-Aliança

 - Lions Clube de Poloni

 - Lions Clube de São Joaquim da Barra

 - Lions Clube de Votuporanga

Outros 33 Clubes do Distrito já agendaram a visita oficialmente:

01 – 09/02/2021 – Lions Clube de Brodowski

02 – 12/02/2021 – Lions Clube de Franca

03 – 12/02/2021 – Lions Clube de Franca-Sobral

04 – 12/02/2021 – Lions Clube de Franca-Imperador

05 – 12/02/2021 – Lions Clube de Franca-Inovação

06 – 12/02/2021 – Lions Clube de Franca-Cidade Nova

07 – 12/02/2021 – Lions Clube de Pedregulho-Usina de Estreito

08 – 13/02/2021 – Lions Clube de Altinópolis

09 – 23/02/2021 – Lions Clube de Sertãozinho

10 – 23/02/2021 – Lions Clube de Sertãozinho-Centenário

11 – 24/02/2021 – Lions Clube de Votuporanga-Brisas Suaves

12 – 26/02/2021 – Lions Clube de Miguelópolis

13 – 02/03/2021 – Lions Clube de Passos

14 – 12/03/2021 – Lions Clube de Ribeirão Preto

15 – 12/03/2021 – Lions Clube de Ribeirão Preto-Ipiranga

16 – 12/03/2021 – Lions Clube de Ribeirão Preto-Campos Elíseos

17 – 12/03/2021 – Lions Clube de Ribeirão Preto-Jardim Paulista

18 – 16/03/2021 – Lions Clube de Monte Azul Paulista

19 – 18/03/2021 – Lions Clube de Auriflama

20 – 19/03/2021 – Lions Clube de Palmeira D’Oeste

21 – 20/03/2021 – Lions Clube de Guaíra

22 – 20/03/2021 – Lions Clube de Guaíra-Águas Correntes

23 – 25/03/2021 – Lions Clube de Potirendaba

24 – 26/03/2021 – Lions Clube de Cravinhos

25 – 03/04/2021 – Lions Clube de Orlândia

26 – 09/04/2021 – Lions Clube de Jaboticabal

27 – 10/04/2021 – Lions Clube de Taquaritinga

28 – 14/04/2021 – Lions Clube de Fernandópolis

29 – 14/04/2021 – Lions Clube de Fernandópolis-Cidade Progresso

30 – 15/04/2021 – Lions Clube de Nhandeara

31 – 17/04/2021 – Lions Clube de Barretos

32 – 20/04/2021 – Lions Clube de Ituverava

33 – 22/04/2021 – Lions Clube de Igarapava

 

Os demais 27 Clubes do Distrito não agendaram visita do casal Governador.

Devemos registrar que, além das visitas oficiais aos Clubes, o casal Governador tem ainda uma série de agendamentos que são de sua atribuição (reuniões do Conselho de Ex-Governadores do Distrito, do Comitê do Gabinete Distrital, do Conselho de Governadores do Distrito Múltiplo LC, da Convenção Distrital, entre outras). A agenda completa do casal Governador está sempre publicada e atualizada no site oficial do Distrito LC-6 (www.distritolc6.com.br).

 

LUTO NO DISTRITO LC-6:

 

 Registramos, com profundo pesar, o falecimento da MJF Denise da Silva Rodrigues, editora da Revista Lion Brasil Sudeste, pertencente ao Lions Clube de Santa Fé do Sul-Estância Turística, ocorrido em 08 de dezembro de 2020.

O Governador do Distrito LC-6, DG MJF Antonio Paulo Caliento, face a esses lamentável passamento, editou a Resoluções n.º 26-2020/2021, decretando luto oficial de três dias no território distrital.

            

QUAL O SEU QI EM LEONISMO?

01. O programa Lions Quest da Associação Internacional, que a partir de agora vem ganhando uma grande conotação e um grande incentivo, foi implantado a partir do ano de:

a) 1979; b) 1981; c) 1985.

02. O programa Lioness Clubs foi oficialmente organizado no ano de:

a) 1959; b) 1957; c) 1975; d) 1981.

E um relacionamento entre um Lioness e um Lions Clube pode ser melhor descrito da seguinte forma:

a) apoio criativo; b) social; c) preparação e fornecimento de materiais.

03.O número de associadas Lioness, em todo mundo, atinge aproximadamente: a) cerca de 120.000; b) cerca de 150.000; c) cerca de 210.000; d) cerca de 300.000.

04.Pode um Lioness Clube patrocinar um Leo Clube?

05.O livro “Leão Sabido”, que aborda perguntas e respostas sobre o leonismo, é considerado a bíblia dos Leões brasileiros. Sua primeira edição data de 1963 e. até hoje, já ganhou dezenas de edições. A notável obra é de autoria do festejado Diretor Internacional 1965/1967 ____________________________.

06.O leonismo foi estabelecido no Brasil em:

a) 16/04/1952; b) 21/10/1957; c) 18/04/1961.

E isso ocorreu com a fundação do Lions Clube do _____________.

 

(respostas no final desta Carta Mensal)

 

ALGUNS “PITACOS” LEONÍSTICOS:

01. Existem no Brasil quatro Distritos Múltiplos (DMLA, DMLB, DMLC e DMLD). Um Distrito Múltiplo é composto de dois ou mais Subdistritos.  

02.Para funcionamento, de acordo com as normas internacionais, um Distrito precisa contar com um mínimo de 35 Clubes e 1.250 associados.

03.AGDL é a Associação dos Ex-Governadores do Distrito Múltiplo.

04.O antigo CNG-Conselho Nacional de Governadores, através de resolução aprovada oficialmente em Convenção Nacional (que até hoje não foi editada ou revogada e, portanto, encontra-se em vigor), determinou que, ao final das assembleias leonisticas, realizadas em recintos fechados, devem ser encerradas com uma salva de palmas ao Pavilhão Nacional.

 

CLUBES DO DISTRITO LC-6 FUNDADOS EM JANEIRO:

Dia 14 – Matão

Dia 25 – Guará

 

CALENDÁRIO LEONÍSTICO DE JANEIRO:

 - Mês dos Fundadores

 - Mês da Reafirmação Leonística

- Dia 13 – Nascimento de Melvin Jones (13/01/1897)

  

CALENDÁRIO CÍVICO DE JANEIRO:

 Dia 01 – Fraternidade Universal.

 Dia 07 – Instituição do Governo Geral do Brasil (1549).

Dia 09 – “Dia do Fico” (1822).

Dia 24 – Promulgação da Constituição de 1967.

Dia 25 – Fundação da cidade de São Paulo (1554).

Dia 26 – Criação dos Correios no Brasil (1663).

Dia 28 – Abertura dos portos brasileiros às nações amigas (1808).

 

01 DE JANEIRO – FRATERNIDADE UNIVERSAL:

O dia 1.º de janeiro foi escolhido para a confraternização dos povos. É comemorado em quase todas as partes do mundo.

Há alguns povos que contam os anos a partir de datas diferentes. Foi feliz a escolha desse dia para se comemorar a Fraternidade Universal. Primeiro de janeiro é, indubitavelmente, o dia em que as esperanças se renovam, e todos esperam que o ano novo lhes traga a realização de desejos e também felizes acontecimentos.

Ao romper o primeiro dia do ano novo os familiares e amigos formulam uns aos outros votos de felicidade. E como, na verdade, o mundo não passa de uma grande e enorme família, nada mais louvável do que os povos se confraternizarem.

Vivendo no mesmo planeta, é como se ele fosse a nossa casa. Principalmente hoje, em que os meios de comunicação nos transmitem prontamente o que ocorre em todos os pontos da Terra, não podemos estar alheios aos problemas dos nossos irmãos, sabendo que os seus anseios e sentimentos são iguais aos nossos.

O dia da Confraternização Universal é uma sugestão para que as pessoas se esforcem a fim de que o mundo do futuro seja cada vez melhor, onde os povos se entendam e se respeitem. Um mundo no qual as guerras tenham sido banidas e onde a paz se torne um bem comum. Somente quando assim for é que a humanidade poderá ter certeza de haver conseguido atingir o seu objetivo máximo.

 

09 DE JANEIRO – DIA DO FICO:

O nove de janeiro de 1822 significa um acontecimento marcante para o Brasil.

Este acontecimento ficou conhecido como o “Dia do Fico”, e representa um dos capítulos de maior significação da nossa história. A corte portuguesa desejava e recolonização do Brasil, pois percebia que cada vez se tornava mais forte o sentimento nativista. E esse sentimento representava o rompimento latente dos laços que nos prendiam aos colonizadores.

Dom Pedro I deixava-se envolver de modo crescente pelos interesses do povo, e isso, naturalmente, atemorizava Lisboa. A corte portuguesa resolveu, em resolução, convocar o imediato retorno do príncipe a Portugal. Dom Pedro ficou entre duas forças que solicitavam sua presença: de um lado, a corte lusitana; de outro, o povo brasileiro. O príncipe preferi ficar ao lado do povo brasileiro. “Como é para o bem de todos e felicidade geral da Nação, estou pronto: diga ao povo que fico”. Era o reconhecimento da vontade popular. Já se podia considerar realmente a existência de um povo constituído, com interesses políticos próprios.

A determinação de Dom Pedro significava um grande passo para que a independência fosse logo alcançada. Relembrar o “Dia do Fico” é reviver uma das fases mais emocionantes da história do Brasil. Ocasião em que o povo sentia prestes a concretizar-se o desejo de liberdade, anelado e defendido por tantos e tantos anos.

 

 

25 DE JANEIRO – FUNDAÇÃO DA CIDADE DE SÃO PAULO:

A 25 de janeiro de 1554 Anchieta fundava São Paulo, que viria a ser a maior cidade do Brasil. E a cidade nasceu sob o signo da cultura. A fundação de São Paulo foi maravilhosa. Não nasceu de uma praça de guerra nem de um núcleo de mineração. Nasceu de um colégio. Nasceu de uma escola que iria lançar os rudimentos da cultura entre o gentio. E São Paulo não desvirtuou o idealismo de Anchieta. Sua escola, humilde mas corajosa, frágil mas idealista, multiplicou-se através dos séculos em muitos estabelecimentos de ensino, que deram a São Paulo o cunho de grande centro educativo e cultural. E isso não ocorre somente nos dias de hoje. No passado já era grande a procura por escolas paulistanas por brasileiros de outras regiões, e não foram poucas as personalidades que aqui vieram estudar.

A par do seu desenvolvimento cultural, São Paulo ostenta o desenvolvimento de outros setores, como o industrial. Avenidas, viadutos, prédios arrojados compõem a dinâmica paisagem de São Paulo de hoje, onde milhões de pessoas vivem e trabalham numa colaboração importante com o progresso do Brasil.

A semente plantada por Anchieta foi boa e germinou. E 25 de janeiro evoca a lembrança da humildade do nascimento da cidade, porém já pré-determinada a grandiosidade pela fé e idealismo do padre José de Anchieta, que fazia do amor a sua bandeira de luta,

 

ATENDIMENTO DA CASA DO DIABÉTICO DE FRANCA:

O PFG MJF Alcides Viotto, Presidente da Casa do Diabético de Franca, nos forneceu o seguinte relatório das atividades da entidade durante o mês de novembro de 2020 (o relatório de dezembro ainda não estava concluído até o fechamento desta edição):

Atendimentos individuais:

- Médicos: 717

- Enfermaria: 76

- Técnicas de enfermagem: 502

- Assistência social: 62

- Psicologia; 29

 

Atendimento oftalmológico:

- Médicos: 1109

- Técnica de enfermagem: 701

 

            A Casa do Diabético de Franca realiza todos os atendimentos sem qualquer custo para os usurários, numa demonstração do elevado espírito leonístico da entidade.

 

HOSPITAL DE OLHOS LIONS DE TAQUARITINGA:

 

Para conhecimento do Distrito, o MJF João Donizetti Furtado, presidente do Hospital de Olhos Lions de Taquaritinga, nos forneceu o relatório de atividades daquela entidade durante o mês de novembro de 2020 (dezembro não foi fechado até o dia de hoje):

 - Tratamento clínico: medicamentos glaucoma = 234

- Procedimentos clínicos: consultas e administração de medicamentos = 1.567

- Procedimentos diagnósticos: exames = 2.909

- Procedimentos cirúrgicos: cirurgias = 211

- Total de atendimentos = 4.921

 

CUMPRIMENTOS AOS ANIVERSARIANTES DE JANEIRO:

Aos aniversariantes de janeiro muita harmonia, saúde e paz. Parabéns e felicidades! Que Jesus abençoe cada um de vocês e seja Guia de todos. Saibam que sua amizade é muito importante para todos nós, e que Deus permita que essa amizade perdure por longos anos.

Um ano inteiro se passa e, quando damos conta, estamos ficando mais velhos. O mais comum e esperado é se comemorar com a família e com os amigos. Se o ano que passou foi bom, comemore todas as conquistas; se não foi muito favorável, comemore pelo próximo ano de vida que está começando.

O aniversário é mais um estágio no desenvolvimento e ocasião propícia para uma introspecção. Precisamos sempre perguntar a nós mesmos qual a distância dos atos que praticamos ou daqueles que ainda podemos praticar e adicionar.

Fazer aniversário é olhar para trás com gratidão e para frente com fé! A todos vocês, aniversariantes de janeiro, que relacionamos abaixo, os cumprimentos e o carinho do DG MJF Antonio Paulo Caliento e toda sua equipe.

 

NASCIMENTO NOME CLUBE
1/1 ANA CAROLINA DOS SANTOS FERNANDOPOLIS
1/1 ANDERSON DA SILVA GOMES FRANCA CIDADE NOVA
1/1 CEZARIO FERNANDES TOROS SAO JOSE DO RIO PRETO
1/1 CLÉO JOSÉ BORGES IVO AURIFLAMA
1/1 EDIR POPO MAIA PONTAL
1/1 FERNANDO FLORIANO NETO SAO JOSE DO RIO PRETO
1/1 IEDA ALVES DA SILVA BRODOWSKI
1/1 MARCELO APARECIDO VELINE OUROESTE
1/1 MARCUS GIULIANO BEDIM JABOTICABAL
1/1 MARIA TEREZA M. ARIOLLI PRANDINI TAQUARITINGA
1/1 OSVALDO CARLOS CASANOVA GUARIBA
1/1 PETERSON PEDRO DA SILVA FERNANDOPOLIS
1/1 SILEIDE CRISPILIO BOSCO PALMEIRA D'OESTE
1/1 TEREZINHA APARECIDA PANTONI ALEM RIBEIRAO PRETO
1/1 WORNEY GUASTI FRANCA
2/1 ANGELA APARECIDA P ZUCARELLI FERNANDOPOLIS CIDADE PROGRESSO
2/1 DORIVAL M DE ANDRADE JABOTICABAL
2/1 MARIA APARECIDA CARMO MENEZES ICEM
2/1 MARLY CORREA LEITE LOUZADA GUARIBA
2/1 OSVALDO PEREIRA CAPRONI VOTUPORANGA BRISAS SUAVES
2/1 ROSA APARECIDA PEREIRA ROMERO VOTUPORANGA
2/1 ROSANGELA ZOCCHI CATANDUVA
2/1 SERGIO BIANQUI DA COSTA MIGUELOPOLIS
2/1 URBANO GABRIEL MOREIRA INDIAPORA
3/1 DOUGLAS TOLENTINO SACRAMENTO VOTUPORANGA
3/1 EDEVARDE LUIZ MARANGONI CATANDUVA
3/1 GUILHERME BARTOLOMEU ADAMI BRODOWSKI
3/1 LUCIANA GUIMARAES DEZEM SAO JOAQUIM DA BARRA
3/1 MARCELO TORRES RIBEIRO OUROESTE
3/1 VALDIR JOSE DE SOUZA MATAO
4/1 FELISCINDRA MILARE DOS SANTOS MAS NHANDEARA
4/1 JANUARIA LUIZ ARANTES INDIAPORA
5/1 ELIDIO YUQUITOCHI OKANO CRAVINHOS
5/1 JOAO BATISTA FERREIRA GUAIRA
5/1 JOSE CLAUDIO BRANCO RIBEIRAO PRETO JARDIM PAULISTA
5/1 JOSE LUIS SUAREZ PUGNOLI BRODOWSKI
5/1 MARCIA APARECIDA GALO FOSTER FRANCA DO IMPERADOR
5/1 ROSELI APARECIDA BECARI DA SILVA ICEM
6/1 ALESSANDRA AFONSO XAVIER PONTAL
6/1 JULIANA BARCHELLI PINHEIRO LOURENÇO CRAVINHOS
6/1 MARIA APARECIDA R. GAIOFATTO RIBEIRAO PRETO
6/1 NIOBI MARIA NEGRÃO VIOTTO FRANCA
6/1 SHEILA NEGREIROS TASINAFO IPUA
7/1 ERICSON ESTEFANIO OLIVEIRA OUROESTE
7/1 JOSIANI BAGATINI GOMES GUAIRA AGUAS CORRENTES
7/1 MARIA IRENE BARBOZA STAFUZZA JALES
7/1 ROGÉRIO MOREIRA DA SILVA AURIFLAMA
7/1 VANER SILVEIRA BARRETOS
8/1 MARIA ELIZABETE JIMENES DE CAMPOS CATANDUVA
8/1 NELSON BREDARIOLI DUMONT
8/1 THEREZINHA THEODORO DE SOUZA MIRASSOL
9/1 MARCY DE CASSIA JOVENASSO TROVO MATAO
9/1 MARIA DE LOURDES MARTUCCI JABOTICABAL
10/1 ANNELISE CARLA CAMPLESI DOS SANTOS JABOTICABAL
10/1 EDSON PERONI FERNANDOPOLIS CIDADE PROGRESSO
10/1 JOAO PEREIRA CURADO JUNIOR SAO JOSE DO RIO PRETO SUL
10/1 NELSON AGOSTINHO BRODOWSKI
10/1 SONIA MARIA ALEXANDRE AROSTI AURIFLAMA
11/1 APARECICA MASTROGIACOMO CONSTANTINO DUMONT
12/1 ADELAIDE AMARAL SPINELLI TAQUARITINGA
12/1 ALCIR VICENTE DE MELO OUROESTE
12/1 ANEZIA FRANCISCA TEIXEIRA ALOTA NHANDEARA
12/1 DEBORAH MIRANDA B FALLEIROS ITUVERAVA
12/1 ETORE JOSE BARONI FERNANDOPOLIS CIDADE PROGRESSO
12/1 JOSE ALVES VAZ MATAO
12/1 JOSE AUGUSTO DA SILVA LIMA ALTINOPOLIS
13/1 ADRIANO MIGANI TEIXIEIRA FRANCA CIDADE NOVA
13/1 FERNANDO DE ALMEIDA LYRA FERNANDOPOLIS CIDADE PROGRESSO
13/1 JULIANA NETTO SILVA COLLI PASSOS
13/1 WALDOMIRO LOJUDICE FILHO AURIFLAMA
13/1 WALTERSON DE PAULA GRILO SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO
14/1 CONCEIçãO APARECIDA SANCHES LIMA MONTE AZUL PAULISTA
14/1 MARLENE ROSA DA SILVA ALTINOPOLIS
14/1 ROBERTO A D SILVEIRA FRANCO CATANDUVA
14/1 TANIA RITA CÂNDIDO CABERLIM COSTA OUROESTE
15/1 FABIANO LUCIANO CASTRO OLIMPIA ENERGIA
15/1 LUIZ CARLOS BORBA JABOTICABAL
15/1 NEIVA GRECCO CORTARELLI JABOTICABAL
17/1 ELAINE CACINI MONTE AZUL PAULISTA
17/1 FATIMA APARECIDA RIBEIRO ICEM
17/1 GISELA A L VALENTIM CRAVINHOS
17/1 IRACEMA GIANINI GONZALEZ OUROESTE
17/1 LUIS GONCALO APPOLONI FERNANDOPOLIS CIDADE PROGRESSO
18/1 ANDREÁ FONSECA YAMADA SCOTTE ITUVERAVA
18/1 APARECIDO ADAUTO POLO AURIFLAMA
18/1 MARIA CRISTINA CORREEA DARAHEM RIBEIRAO PRETO
18/1 PEDRO LUIS CORREIA MATAO
19/1 LUCINEA ROSA VITORIANO FRANCA INOVACAO
19/1 MARIA APARECIDA D PELLIZZON ORLANDIA
19/1 PERCIVAL AROSTI DE PAULA AURIFLAMA
19/1 REGINALDO JOSÉ NAPIMOGA MATAO
20/1 ADRIANO SEBASTIÃO XAVIER PONTAL
20/1 ALEX APARECIDO FERNANDES ROSSETI SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO
20/1 ALFREDO JACHETTO NETO JABOTICABAL
20/1 ANA MARIA SILVA OUROESTE
20/1 LAUENE CRISTINA BASILIO CATANDUVA
20/1 ROSEMEYRE SANTOS RIBEIRO PINTO SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO
21/1 MARIA MARLENE ANDREOTTI VAZ MATAO
21/1 SEBASTIAO JOSE DE OLIVEIRA CARVALHO TAQUARITINGA
21/1 SILVANA PEREIRA M PAVAN NEVES PAULISTA
21/1 VANESSA WATANABE NHANDEARA ALIANCA
22/1 ANTONIO CARLOS VESSANI SAO JOSE DO RIO PRETO
22/1 CESAR DOMINGOS DANEZI DUMONT
22/1 DORACI ALVES DE LIMA VOTUPORANGA
22/1 GILBERTO CIPRIANO FERNANDOPOLIS
22/1 PEDRO PALMA NETO MIRASSOL
22/1 REGINA AP ANDRADE SCHIAVINATO SERTAOZINHO
23/1 BENEDITO CARLOS MANNA GUARIBA
23/1 CELIO MIGUEL DA SILVA FRANCA
23/1 LUIS PAULO BELLINI MATAO
23/1 OSWALDO PEREIRA CARDOSO JABOTICABAL
23/1 SILVIA MARA SANTANA FLAVIO OUROESTE
24/1 ANA CAROLINE FERREIRA ATHAYDE FURLANI JABOTICABAL
24/1 DIVA BASAN TOTTI PONTAL
25/1 GILCILEIA A F CICOGNA MATAO
25/1 LUCAS DA SILVA SANTOS PALMEIRA D'OESTE
25/1 PAULO CESAR FIRMINO CARLOS OLIMPIA
26/1 DENIS ORIDE GUAIRA AGUAS CORRENTES
26/1 WALTHER SPINELLI TAQUARITINGA
27/1 DORIVAL MERENDA JABOTICABAL
27/1 MARCELA ZILHO NHANDEARA ALIANCA
27/1 PAULA MONTEIRO MARIN FERNANDES DUMONT
28/1 ALCIDES VIOTTO FRANCA
28/1 CLEONICE VISELI PAZIAN FERNANDOPOLIS
28/1 IVONNE POLIMENO ALONSO CATANDUVA
28/1 MARIA INES TONELLI RIMI RIBEIRAO PRETO CAMPOS ELISEOS
28/1 ONILDA CARVALHO BARRETOS
28/1 WANILDA M S DE OLIVEIRA FRANCA
29/1 ARARIBA ALVES FERREIRA NHANDEARA
29/1 JOSÉ RICARDO COSTA ITUVERAVA
29/1 LEILA REIS FREITAS OUROESTE
29/1 MARCELO GIMENES CATANDUVA
29/1 MARLENE APARECIDA DE SOUZA CONSONI NHANDEARA
29/1 MONICA TEREZINHA SILVA BARROS PASSOS
30/1 ARNALDO LUCAS BARBARELLI FERREIRA SIMA OLIMPIA ENERGIA
30/1 CAROLINE PETERS PIGATTO DE NARDI JABOTICABAL
30/1 DARIO ZANI DA SILVA POTIRENDABA
30/1 MARIA HELENA DE OLIVEIRA PITON OLIMPIA
30/1 MARIELZA SCANDIUCCI MARTELI MIRASSOL
30/1 PAULO HENRIQUE VIEIRA MATAO
31/1 ANTONIO LUIZ VENÂNCIO PALMEIRA D'OESTE
31/1 FABIO CARRARO SABION PALMEIRA D'OESTE
31/1 FREDERICO MACHADO DE ALMEIDA ICEM
31/1 LUIZ GONZAGA LIMA PEDREGULHO USINA DE ESTREITO
31/1 MARCIO HENRIQUE RUBEM BOMFIM SAO JOAQUIM DA BARRA
31/1 MARIA JOSÉ COTRIM DE OLIVEIRA BATATAIS
31/1 SILVIA HELENA SOARES RAMALHO DA SILVA SAO JOSE DO RIO PRETO SUL
31/1 TATIANA LEMOS PARISE DUARTE TAQUARITINGA

 

RESPOSTAS – QUAL O SEU QI EM LEONISMO:

 

  1. 01.
  2. 1975 – Apoio criativo.
  3. Cerca de 120.000
  4. Não. Somente Lions Clubes podem patrocinar Leos Clubes.
  5. Áureo Rodrigues. Depois do seu falecimento, a obra continuou sendo editada pela sua filha, MJF Denise da Silva Rodrigues, falecida em 08/12/2020.
  6. 16/04/1952. Lions Clube do Rio de Janeiro.

 

 

Um fraterno abraço a todos e até o próximo mês, se Deus assim o permitir.

 

                                                                       PDG MJF ANTONIO DOMINGOS ANDRIANI

                                                                           Coordenador Geral do Distrito LC-6

 

 

 

 

Cc:       Membros do Conselho de Ex-Governadores do Distrito LC-6

1.º e 2.º Vice-Governadores do Distrito LC-6

      Presidentes de Região e Divisão do Distrito LC-6

      Assessores e Assistentes Distritais do LC-6

      Outros CCLL, CCaLL e DDMM interessados

Associação Internacional de Lions Clubes – DMLC – Ano Leonístico 2020/2021

GOVERNADORIA DO DISTRITO LC-6

Rua São José, 2261 – Jardim Sumaré – CEP 14025-180 – Ribeirão Preto - SP

 

CARTA MENSAL DE DEZEMBRO da

Coordenadoria Geral do Distrito LC-6

                                                  Ribeirão Preto, 01 de dezembro de 2020

                                                    

 Destinatários: PRESIDENTES DE CLUBES DO DISTRITO LC-6

 

“Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho. Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas.” (Machado de Assis)

 

MENSAGEM DO GOVERNADOR:

Querido Distrito LC-6.

Estamos chegando ao final de um ano atípico no mundo todo. Já o vivenciamos praticamente durante o transcorrer dos meses de março a dezembro de 2020, onde a pandemia continua causando enormes perdas de pessoas queridas entre todos nós. Muitos amigos e parentes perdemos nessa correria louca que tivemos e ainda estamos tendo, e só Deus sabe o que ainda teremos que passar.

Sobre o que havíamos planejado, precisamos nos adequar e de forma diferente das quais nunca havíamos atravessado. Estamos em nossas orações rogando que tudo termine logo que possível e que, brevemente, possamos nos encontrar presencialmente.

Da parte da Governadoria do LC-6 só temos que agradecer tudo que o Distrito tem feito para, de certa forma, mostrar que estamos atendendo ao “Nós Servimos”.

Parabenizamos todos vocês pelo apoio que estamos recebendo e agora, com nossas visitas oficiais acontecendo, estamos sentindo o calor e a amizade que muito nos envaidece. Perdemos muito tempo e sentimos não termos podido realizar muito mais.

Fim de ano...

Um novo caminho no ano que irá se iniciar!

As bênçãos de Deus a cada um de vocês que tiveram forças para superar essa pandemia que não tem data e nem fim para terminar.   Agradeço e peço que continuem o trabalho, pois muitos ainda esperam e necessitam de nós.

Desejamos afirmar que, dentro do possível, também estamos realizando os trabalhos que foram comprometidos. Lembramos que, neste mês, teremos até o dia 31 de dezembro para quitar a taxa internacional. Conforme já relatamos na carta mensal do mês anterior, não deixem esse pagamento para o último dia. Se possível, fazer o recolhimento até o próximo dia 22.

Deixamos aqui um forte abraço a todos e uma excelente virada de ano. Que 2021 venha todo modificado, com muitas realizações para todos nós e para nossas famílias.

Com muito carinho,

           

DG MJF Antonio Paulo Caliento, Governador do Distrito LC-6

 

EDITORIAL:

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver a vida, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma e agradecer a cada manhã pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem de ouvir um “não”. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples que mora em cada um de nós. É ter maturidade para falar “eu errei”. É ter ousadia para dizer “me perdoe”. E ter sensibilidade para expressar “eu preciso de você”. É ter capacidade para dizer “eu te amo”.

Desejamos que a vida se torne um canteiro de oportunidades para você ser feliz.

E, quando você errar o caminho, recomece tudo de novo, pois assim você será cada vez mais apaixonado pela vida.

E descobrir que... Ser feliz não é ter uma vida perfeita. Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância. Usar as perdas para refinar a paciência. Usar as falhas para esculpir a serenidade. Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência.

Jamais desista de si mesmo!!! Jamais desista das pessoas que você ama. Jamais desista de ser feliz, pois a vida é um espetáculo imperdível. E você é um ser humano especial!

A você e sua família, estimado Companheiro Leão, dulcíssima Companheira Leão, Domadora e Leo, um feliz NATAL e um ANO NOVO cheio de felicidades.

 

PDG MJF Antonio Domingos Andriani, Coordenador Geral do Distrito LC-6

 

É TEMPO DE NATAL! É TEMPO DE ANO NOVO!

 

É tempo para ser vivido e comemorado não apenas em um dia. Não apenas em um final de ano. Mas que seja almejado, sonhado e vivenciado a cada instante da nossa existência.

Apesar dos percalços dos tempos atuais, em que pesem as incertezas do mundo que as pessoas transformaram, ainda precisamos confiar em Deus e nos lembrar daqueles que nos honram com o calor da sua amizade.

Feliz Natal! Um Ano Novo sempre melhor! São os votos de Daisy e Antonio Paulo Caliento, casal Governador 2020/2021, e toda equipe administrativa e técnica do nosso Distrito LC-6 aos nossos estimados Companheiros, Companheiras, Domadoras e Leos.

 

 “O LEONISMO DOS MEUS SONHOS”:

 

Lemos, há algum tempo, a instrução leonística abaixo transcrita. Está em nosso arquivo, mas, infelizmente, não conseguimos identificar o autor. Mesmo assim, gostaríamos de repartir com vocês o prazer da sua leitura. Meditem sobre ela...

 

“O leonismo dos meus sonhos tem no companheirismo seu principal ponto de sustentação. As pessoas não competem exageradamente entre si para ocupar posições: avançam naturalmente com amplo apoio. As disputas, quando ocorrem, são de alto nível e com sincero respeito mútuo. O vencido se transforma no principal colaborador do vencedor e aguarda uma nova oportunidade que por certo surgirá.

No leonismo dos meus sonhos as reuniões são animadas e estimulantes. Começam na hora certa, com a envolvente mística do leonísmo. A Invocação a Deus é feita com fervor, a primeira estrofe e estribilho do Hino à Bandeira são cantadas por um coro pleno de entusiasmo.

No leonismo dos meus sonhos a assembleia geral, que foi previamente bem planejada, transcorre de maneira dinâmica, obedecendo uma ordem do dia balanceada, com tempo para cada assunto, de modo que terminará dentro de um tempo razoável. A instrução leonística foi proferida por um Companheiro mais experiente, muitas vezes um convidado especial.

No leonismo dos meus sonhos nossas festivas são compartilhadas por Companheiros e Domadoras de outros clubes que vem retribuir as visitas que lhes fizemos, pois o relacionamento entre os Clubes é excelente.

No leonismo dos meus sonhos a frequência é sempre alta, pois ninguém quer perder a oportunidade de se encontrar com as melhores pessoas que conhece e participar do planejamento e execução de atividades à altura do talento, capacidade profissional e movimentação do grupo.

No leonismo dos meus sonhos as reuniões do Comitê Assessor (hoje Comitê Consultivo do Governador) são produtivas e não uma oportunidade para dirigentes mal formados contarem vantagens, mentiras ou sonegarem informações sobre experiências bem sucedidas. Os seminários são concorridos. As Convenções nem se fala: são imprescindíveis e têm sempre gente nova participando, com plenárias lotadas e o turismo em segundo plano, mas também muito bem aproveitado.

No leonismo dos meus sonhos as melhores pessoas da sociedade desejam sinceramente ser convidadas a ingressar no movimento e aguardam com vivo interesse uma oportunidade para se juntarem a nós. Toda a comunidade nos admira, respeita e apoia pois nossas iniciativas são o fruto de pesquisas bem elaboradas e representam as aspirações dos moradores. As autoridades, em todos os níveis, apreciam como nosso apoio desinteressado, nos recebem respeitosamente, nos convocam para auscultar nossa opinião sobre vários problemas comunitários e comparecem com prazer às nossas assembleias sempre que convidados.

No leonismo dos meus sonhos realizamos, pelo menos uma vez por ano, grandes atividades conjuntas, com amplo apoio da mídia.

No leonismo dos meus sonhos a gente não tem vontade de acordar, pois tudo que sonhamos seria fácil de acontecer na realidade, bastando que déssemos as mãos num relacionamento de irmãos de ideal, empenhados na construção de um mundo se não melhor, pelo menos mais solidário e fraterno.”

 

Gostaram? Nós também gostamos!

 

 

A ORIGEM DO NOSSO DISTRITO LC-6:

 

A genealogia de uma instituição raramente é analisada ou estudada por seus associados. No leonismo acontece o mesmo!

Qual de nós já se predispôs a analisar as raízes que deram origem ao LC-6 depois que o leonismo chegou ao Brasil? De onde viemos?

 

O LC-6 nasceu e é uma ramificação do Distrito Provisório criado no Brasil por Lions Internacional em 1952. Para chegarmos até onde estamos hoje, passamos por uma série de desmembramentos, como pode ser observado pelo quadro que apresentamos abaixo:

 

Ano Leonístico           Nome do Distrito                  Governador da época
1952/1953                  L-Brasil (provisório) (*)         Armando Fajardo
1953/1954                  L-Brasil                                   Armando Fajardo
1954/1955                  L-Brasil                                   Paulo Pereira Inácio
1955/1956 (a)           L-Sul                                       Noel Lobo Guimarães
1956/1957 (b)           L-Sul-Centro                          Marcus Smith
1956/1957 (b)           L-Centro                                Cid Navajas
1957/1958                  L-Centro                                Nestor de Oliveira
1958/1959                  L-Centro                                Carlos Schaefer
1959/1960 (c)            L-Centro-1                             Sylvio Casavia
1960/1961                  L-Centro-1                             Luiz Lorenzani
1961/1962 (d)           L-5                                          Lívio Thomaz Pereira
62/63 a 67/68            Permaneceu L-5
1968/1969 (e)           L-17                                        Eladio Arroyo Martins
69/79 a 98/99            Permaneceu L-17
1999/2000 (f)            LC-6                                        Luiz Carlos Dias
2000/01 até hoje       Permanece LC-6

Legendas:

(*) – Governador nomeado por Lions Internacional para o período maio-junho/1953.

(a) – Divisão do Distrito L-Sul em Distrito L-Sul e Distrito L-Centro.

(b) – Divisão do Distrito L-Sul, a partir de outubro de 1957, em Distrito L-Sul e Distrito L-Centro. O Governador do Distrito L-Sul permaneceu na condição de Governador do Distrito, tendo sido nomeado por Lions Internacional o Governador do Distrito L-Centro a partir de outubro de 1957.

(c) – Divisão do Distrito L-Centro em Distrito L-Centro-1 e Distrito L-Centro-2.

(d) – Remanejamento do Distrito Múltiplo L, sendo constituídos 8 Distritos. Início de nova designação (Distritos L-1, L-2, L-3, L-4, L-5, L-6, L-7 e L-8).

(f) – Criado face ao redistritamento criado em 1999.

Como se observa, o nosso atual Distrito LC-6 já teve as seguintes designações: Distrito L-Brasil (provisório), Distrito L-Brasil, Distrito L-Sul, Distrito L-Sul-Centro, Distrito L-Centro, Distrito L-Centro-1, Distrito L-5, Distrito L-17 e finalmente Distrito LC-6.

Se conseguimos esclarecer os estimados Companheiros, Companheiras e Domadoras que ainda não estavam cientes dessa nossa genealogia, sentimo-nos plenamente recompensados.

 

A LIDERANÇA NO LEONISMO:

 

Melvin Jones, dentro da sua sabedoria, nos deixou a seguinte frase: “Poucas vezes, no decorrer da vida rotineira, surgem oportunidades para exercer a liderança dentro do grupo. Tal ensejo, porém. É oferecido aos associados dos Lions Clubes.”

Uma frase que continua mais verdadeira do que nunca!

Quem ingressa nas fileiras do leonismo deixa de ser um mero observador e torna-se parte integrante de uma equipe de líderes que está presente em quase todas as partes do mundo.

Quando uma pessoa de boa reputação e idoneidade é convidada para ingressar no movimento leonístico, com certeza seu padrinho identificou nela um líder no seu círculo social e de amizade.

Por isso, devemos aceitar a liderança em toda sua plenitude, quer estejamos ocupando cargo na Diretoria do Clube, no Distrito ou como membro de uma Comissão de atividades.

O que é exercer a liderança?

- É ser criativo e audacioso nas ideias;

- É aceitar e cumprir as tarefas que lhe são confiadas;

- É descobrir e dar vazão às lideranças emergentes;

- É ter interesse pela causa leonística;

- É aceitar a decisão da maioria;

- É colaborar com todos os Companheiros, Companheiras, Domadoras e Leos;

- É integrar o time dos otimistas;

- É cultivar a lealdade e a humildade;

- É adotar o leonismo como uma filosofia de vida.

 

O Lions Clube nos oferece grandes oportunidades para desenvolvermos nosso potencial de líder e nossas qualidades profissionais e de dirigentes.

Para que possamos desenvolver ao máximo o potencial de liderança sugerimos:

- Familiarizar-se com o leonismo através de leitura e participação em cursos, palestras e seminários.

- Aceitar as missões e cargos que lhe forem confiados.

- Participar ativamente dos programas e atividades do Clube.

- Desempenhar suas missões da melhor forma possível.

- Apresentar-se voluntariamente para assumir outras funções no Clube, com vistas a colaborar com seu Presidente.

- Assistir e participar de todas as reuniões do Clube.

- Absorver a experiência transmitida por outras lideranças.

- Jamais ser omisso no exercício da liderança.

 

A liderança leonística deve ser iniciada no Clube, passando pelo Distrito e pelo Distrito Múltiplo. Em cada uma dessas etapas abrem-se novos horizontes, cultivam-se novas amizades e conquistam-se outros conhecimentos.

Isso é um pequeno resumo para se afirmar que Lions pode e deve ser um time de líderes.

 

“ASSOCIADO DO LIONS” E “LEÃO ASSOCIADO”:

 

Existe uma diferença fundamental entre “Associado do Lions” e “Leão Associado”.

Enquanto o “Leão Associado” pensa que um sonho, apenas um, é muito para ele, o “Associado do Lions” pergunta o que precisa fazer para poder realizar aquele sonho.

O “Leão Associado” pensa sempre que uma meta não foi feita para ele. O “Associado do Lions” pensa na virtude que precisa desenvolver para conseguir atingir aquela meta.

O “Associado do Lions” mantém aceso o fogo sagrado do leonismo em seu coração, pois ele sabe que esse fogo sagrado é a seiva que alimenta a prestação do seu serviço desinteressado.

O “Associado do Lions” é um LEÃO VERDADEIRO.

E o LEÃO VERDADEIRO precisa sonhar. Sonhar e realizar. Realizar as coisas boas que estão a sua disposição e deixadas pelo legado do serviço desinteressado.

 

HISTÓRICO RESUMIDO DA CRIAÇÃO DO LEO CLUBE:

 

Em 1957 Jim Graver era o treinador do time de basebol da Abington High School, na Pensilvânia, Estados Unidos.

Era também associado ativo do Lions Clube de Glenside, na Pensilvânia.

Juntamente com seu Companheiro Leão Willian Ernst, Jim Graver falava em iniciar um clube de serviço para estudantes do ginásio. Eles então pediram apoio dos Leões do seu Clube. Sem hesitar, o Lions Clube de Glenside concordou que um grupo de jovens Leões seria uma boa idéia. Garver e Ernst começaram a trabalhar.

Eles precisavam de um núcleo, um grupo de jovens com o qual começar. Convenceram o filho de Jim a comparecer na primeira reunião, acompanhado de todo seu time de basebol. Nove rapazes do primeiro, segundo e terceiro anos se juntaram ao grupo de 26 jogadores de basebol. Juntos, os 35 adolescentes formaram um Clube.

Em 05 de dezembro de 1957 o Lions Clube de Glenside concedeu uma Carta Constitutiva ao Leo Clube de Abington Hight School, cujos associados eram, em sua maioria, do time de basebol daquela escola.

Como primeiro Leo Clube do mundo, o grupo criou o acrônimo LEO-Liderança, Igualdade (mais tarde alterado para Experiência) e Oportunidade. E o grupo escolheu também as cores vermelho escuro e dourado (que eram as cores da sua escola) como as cores do Leo Clube.

Em outubro de 1967 a diretoria de Lions Internacional adotou o “Programa Leo Clube” como um programa oficial da Associação.

Aberto a ambos os sexos, o objetivo do “Programa Leo Clube” era, e ainda é, “oferecer aos jovens do mundo uma oportunidade de desenvolvimento e contribuição individual e coletiva, como membros responsáveis da comunidade local, nacional e internacional.”

O lema do Leo Clube é LIDERANÇA, EXPERIÊNCIA, OPORTUNIDADE.

 

 

O LIONS, OS NOVOS TEMPOS E A PARTICIPAÇÃO COMUNITÁRIA:

 

Com o passar do tempo existe a inevitável mudança dos costumes e alteração das leis. São os novos tempos se apresentando com a consequência da sua mutabilidade.

A Constituição Federal de 1988, desde a sua aprovação, trouxe a consagração de novos hábitos, que paulatinamente foram implantados nas comunidades. Um dos princípios aventados é que as decisões, tanto quanto possível, devem ser tomadas no âmbito dos municípios e com a ativa participação dos cidadãos, através das Associações de Moradores e de Bairros, entidades classistas e escolares, além de outros segmentos organizados.

Aconteceu nas comunidades a implantação progressiva dos Conselhos Municipais, o que tem possibilitado, de forma democrática, que as aspirações da população sejam levadas ao fórum adequado de debates, possibilitando que os recursos públicos e os fundos específicos recebam a destinação mais adequada e a sua aplicação seja fiscalizada pela população.

E nós, do Lions, como membros ativos de uma Associação que tem como objetivo a prestação de serviços à comunidade, temos o dever de nos envolver com essa adaptação aos novos tempos (já não tão novos assim, pois a Constituição é de 1988).

Precisamos nos interessar e incluir Companheiros Leão, Companheiras Leão e Domadoras como membros dos Conselhos Municipais que forem criados e implantados nas comunidades. Se a nomeação dos membros desses Conselhos for por indicação, os Clubes devem manifestar o desejo de participação junto aos dirigentes municipais envolvidos. Se for através de eleição, CCLL, CCaLL e DDMM devem mobilizar-se e envolver-se no pleito com entusiasmo. Neste caso, e como atividade leonística, pode ainda haver o envolvimento na campanha de divulgação da eleição perante as demais entidades interessadas. É, indiscutivelmente, uma forma de participar e demonstrar interesse.

Importante nisso tudo é a participação do Lions nos Conselhos Municipais, a fim de nos envolvermos nas decisões que dizem respeito ao interesse das comunidades. É o nosso servir com participação!

A sugestão está dada! Com a palavra os nossos dirigentes clubísticos!

 

DATAS RESERVADAS NA AGENDA DO GOVERNADOR, ATÉ HOJE:

04/12/2020 (sex) - Lions Clube de Votuporanga

05/12/2020 (sab) – Reservado para o Governador

23/01/2021 a 31/01/2021 – Reservado para o Governador

07/02/2021 (dom) – Reservado para o Governador

09/02/2021 (ter) – Lions Clube de Brodowski

12/02/2021 (sex) – Lions Clubes de Franca e Pedregulho-Us.de Estreito (6 Clubes)

13/02/2021 (sab) – Lions Clube de Altinópolis

19/02/2021 (sex) - Reservado para o Governador

20/02/2021 (sab) – Reunião do CEG e 3.ª Reunião do Comitê do Gabinete Distrital

21/02/2021 (dom) – 3.ª Reunião do Comitê do Gabinete Distrital

23/02/2021 (ter) – Lions Clubes de Sertãozinho (2 Clubes)

26/02/2021 (sex) – Lions Clube de Miguelópolis

02/03/2021 (ter) – Lions Clube de Passos

03/03/2021 (qua) – Reservado

04/03/2021 (qui) 2.ª RCG do Distrito Múltiplo LC – Ribeirão Preto/SP

05/03/2021 (sex) 2.ª RCG do Distrito Múltiplo LC – Ribeirão Preto/SP

06/03/2021 (sab) 2.ª RCG do Distrito Múltiplo LC – Ribeirão Preto/SP

07/03/2021 (dom) – Encerramento da 2.ª RCG do DMLC – Ribeirão Preto/SP

12/03/2021 (sex) – Lions Clubes de Ribeirão Preto (4 Clubes)

13/03/2021 (sab) – Reservado

18/03/2021 (qui) – Lions Clube de Auriflama

19/03/2021 (sex) – Lions Clube de Palmeira D’Oeste

20/03/2021 (sab) – Lions Clubes de Guaíra (2 Clubes)

25/03/2021 (qui) - Lions Clube de Potirendaba

26/03/2021 (sex) – Lions Clube de Cravinhos

03/04/2021 (sab) – Lions Clube de Orlândia

09/04/2021 (sex) – Lions Clube de Jaboticabal

10/04/2021 (sab) – Lions Clube de Taquaritinga

14/04/2021 (qua) – Lions Clubes de Fernandópolis (2 Clubes)

15/04/2021 (qui) – Lions Clube de Nhandeara

16/04/2021 (SEX) - Reservado

17/04/2021 (sab) – Lions Clube de Barretos

20/04/2021 (ter) – Lions Clube de Ituverava

22/04/2021 (qui) – Lions Clube de Igarapava

23/04/2021 (sex) – Reservado

24/04/2021 (sab) – Reunião do CEG e 22.ª Convenção Distrital do LC-6

25/04/2021 (dom) – 22.ª Convenção Distrital do LC-6

Após a Convenção Distrital o casal Governador do Distrito não participará de visitas oficiais aos Clubes. O período fica reservado para preparativos do encerramento da gestão, Convenções do Distrito Múltiplo e Lions Internacional, além de outras atividades administrativas pertinentes.

 

A QUESTÃO DA VISITA OFICIAL DO CASAL GOVERNADOR AOS CLUBES:

 

Desde o início da gestão 2020/2021, e dentro das atribuições do nosso cargo de Coordenador Geral do Distrito LC-6, temos procurado, com as nossas limitações, assessorar o DG Governador da melhor forma possível, para que ele possa cumprir suas metas e ações previstas para este ano leonístico.

Uma dessas ações é a coordenação que diz respeito ao agendamento das visitas do casal Governador aos Clubes do Distrito.

Encarecemos, e alguns vezes até insistimos, para que os Clubes, apesar do cenário pandêmico que ainda estamos vivenciando, agendassem essas visitas. Em nossos pedidos e encaminhamentos sempre recomendamos que, aqueles que oficializaram as visitas, tomassem as cautelas necessárias e observassem sempre as recomendações das autoridades sanitárias, como ambiente arejado, distanciamento social, uso de máscaras, manutenção de álcool em gel à disposição, entre outros. Chegamos a reiterar para que os Clubes analisassem a oportunidade do referido agendamento.

Infelizmente nosso posicionamento não foi entendido por alguns poucos. Uma CaL que prezamos muito chegou a escrever que estávamos sendo “autoritário”. Aqueles que nos conhecem sabem que essa pecha não é verdadeira.

Diante da situação, e para evitar qualquer outro desgaste maior, o DG MJF Antonio Paulo Caliento determinou as seguintes providências:

1)A partir desta data, esta Coordenadoria não fará mais qualquer contato ou tratativa junto aos Clubes para agendamento das visitas do casal Governador.

 2)Cinco Clubes já receberam a visita oficial do casal Governador: São Sebastião do Paraíso, Novo Horizonte, São Joaquim da Barra, Nhandeara-Aliança e Poloni, O casal Governador agradece o carinho e atenção com que foi recebido nessas nossas unidades.

 3)Outros 32 Clubes do Distrito já agendaram a visita, conforme pode ser observado no calendário que estamos divulgando com esta Carta Mensal. O DG Caliento está confirmando oficialmente essas visitas.

 4)Para os demais 29 Clubes que ainda não agendaram a visita oficial do casal Governador, o DG Caliento determinou as seguintes providências: a) em data e hora que serão marcadas oportunamente, o Governador agendará reunião virtual com os diretores e associados desses Clubes; b) durante a reunião, o Governador anunciará que a mesma está servindo como visita oficial aos Clubes.

 5)Depois da reunião virtual comentada no item acima, o Governador fará a devida comunicação a Lions Internacional, relacionando os Clubes envolvidos e declarando que a reunião virtual serviu de sua visita oficial aos mesmos. Esta providência será necessária pois a Associação, dentre as atribuições que determina ao Governador para cumprimento durante o ano leonístico, está a realização de pelo menos uma visita oficial aos Clubes do Distrito.

 Fora deste assunto, esta Coordenadoria permanece à inteira disposição dos Clubes para qualquer outra colaboração que se fizer necessária.

 

LUTO NO DISTRITO LC-6:

 

Registramos, com profundo pesar, os seguintes falecimentos durante o último mês de novembro:

Dia 07 – DM Neide França Marangoni, do Lions Clube de Catanduva

Dia 10 – CaL Aparecida Conceição Druzzian Santos, do Lions Clube de Nhandeara

Dia 15 - MJF Osmar Merlin, do Lions Clube de Nhandeara

 

O Governador do Distrito LC-6, DG MJF Antonio Paulo Caliento, face a esses lamentáveis passamentos, editou as Resoluções n.ºs 23-2020/2021, 24-2020/2021 e 25-2020/2021, decretando luto oficial de três dias no território distrital.

 

 MENSAGEM DE LIONS INTERNACIONAL PARA OS SECRETÁRIOS DE CLUBES:

 

A equipe de Administração de Distritos e Clubes da Associação Internacional de Lions Clubes está enviando a seguinte mensagem aos Secretarios(as) dos Clubes:

 “Uma das suas tarefas mais importantes como secretário(a) de Clube é a de manter a lista de associados do clube precisa. O MyLCI ou o sistema de relatórios da sua Região serve como o principal recurso para garantir que a lista de associados do clube esteja sempre correta e que as informações de contato de cada associado estejam atualizadas. Recomendamos que faça o login todo mês para manter as informações do clube em dia.

Ao manter a listagem de associados do clube, você está protegendo o clube e garantindo que ele não seja cobrado por associados que não estejam mais ativos nele. Com isso garantimos também que os associados recebam todos os benefícios de ser Leão.

Se você tiver alguma dúvida sobre como acessar o MyLCI entre em contato com a equipe do MyLCI pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou pelo telefone (630) 468-6900.

Esperamos dar o maior apoio a você e ao seu clube neste ano. Entre em contato conosco, se tiver dúvidas, pelo telefone (630) 468-6859 ou pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .”

Com a palavra os estimados Companheiros Leão e dulcíssimas Companheiras Leão Secretários e Secretárias dos Clubes do Distrito LC-6.

 

CALENDÁRIO CÍVICO DE DEZEMBRO:

08 – Dia Nacional da Família

08 – Dia da Justiça

10 – Declaração Universal dos Direitos Humanos

16 – Dia do Reservista

21 – Início do Verão

25 – Dia de Natal

 

08 DE DEZEMBRO – DIA NACIONAL DA FAMILIA:

 

Da solidez da família depende a constituição da sociedade. Portanto, quando mais sólida a família mais firme será a segurança do país.

A constituição da família variou através dos tempos e conforme o costume dos países. Aqui no Brasil, há tempos, a família padrão era patriarcal, ou seja, os familiares gravitavam em torno do chefe da família. A ele competia a manutenção dos dependentes, pagamento da instrução e outros serviços. Naturalmente, esse sistema aplicava-se aos chefes de família mais favorecidos. Quanto aos menos favorecidos, necessitavam da ajuda financeira dos familiares, em geral os filhos. Porém, mesmo nesta circunstância, os dependentes lhe prestavam inteira obediência, cabendo aos mesmos resolver os destinos da família.

Hoje, a situação é completamente diferente. A evolução do mercado de consumo, aumento das instituições de estudo. E outras circunstâncias como o desejo de maior independência, tiraram do chefe de família a antiga posição patriarcal. Esse fenômeno ocorreu praticamente em todo o mundo. A mulher, por merecimento e justiça, equipara-se ao homem na administração do lar.

Tais modificações vieram ao encontro da necessidade de aumentar-se substancialmente a receita “per capita”, exigindo a contribuição financeira dos dependentes. A implantação dessa modificação substancial veio para melhor. Criou na família uma nova mentalidade, pois exige a contribuição e a responsabilidade de todos, resultando num melhor preparo para a vida.

 

08 DE DEZEMBRO – DIA DA JUSTIÇA:

 

A sociedade humana é uma instituição complexa. Muitas instituições são necessárias para que haja disciplina, para que a coletividade possa trabalhar continuamente num clima de segurança.

O ideal seria que todos os seres humanos fossem bem intencionados e que soubessem respeitar a si próprios, pois, assim, respeitariam também os demais. Mas diversos fatores não permitem que seja desse modo. Sempre há alguém que, apesar de viver dentro da sociedade, subsistindo graças ao meio que ele oferece, comete um ato ao equilíbrio social. Em consequência, deve ser punido. E não poderia ser de outra forma, pois sem essa barreira haveria um transbordamento de maus instintos, que acabaria por causar caos social. Mas o julgamento sumário de quem desobedecesse os ditames da lei seria perigoso, porquanto estamos sujeitos a errar, o que seria mais fácil sob o impulso da raiva ou da vingança. É para evitar a punição excessiva, ou que o inocente pague pelo culpado (se bem que no Brasil que estamos vivenciando isso nem sempre está acontecendo).

A aplicação da Justiça deve ser entregues a pessoas devidamente preparadas para esse mister, aptas a promover um julgamento imparcial, para o que não podem se deixar inclinar aos seus sentimentos. Todo cidadão responsável deve lutar pela preservação da Justiça.

 

10 DE DEZEMBRO – DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS:

 

Acreditava-se, até que ocorresse a II Guerra Mundial, que as barbaridades cometidas tantas e tantas vezes contra a humanidade não mais pudessem se repetir nos tempos posteriores. Mas se repetiram! Não se tratava de mortandade em combate, dos soldados e dos civis sob ataque de tropas e aviões. Isso, embora seja deplorável para nossa civilização, é considerada consequência normal de guerra.   Sobre esses fatos as piores barbaridades e atrocidades foram cometidas pelos alemães, friamente, contra prisioneisos, especialmente judeus. Torturas as mais cruéis e a morte em câmaras de gás e por outros meios eram praticadas quantidades de pessoas nos campos de concentração. Após o término do conflito, o mundo assistiu estarrecido às cenas aviltantes que registravam o que havia sido praticado nesses campos.

Numa tentativa de preservar a integridade do ser humano contra o desrespeito e a crueldade dos tiranos, a ONU-Organização das Nações Unidas consagrou, em 10 de dezembro de 1948, o “Dia da Declaração Universal dos Direitos Humanos”.

É uma lembrança de que todos têm o mesmo direito de igualdade. É a garantia do indivíduo à Justiça, cujo sentimento deve estar presente em todos e em todas as circunstâncias. Ninguém deve usar de sua posição para humilhar e prejudicar o mais próximo. Quem quiser ser respeitado deve, em princípio, respeitar os outros (hoje, infelizmente, como se têm notícia, ainda existem algumas exceções com relação a aplicabilidade desses princípios, pelo menos na opinião deste Coordenador Geral do LC-6).

 

 16 DE DEZEMBRO – DIA DO RESERVISTA:

 

A 16 de dezembro de 1865 nascia Olavo Bilac (Olavo Brás Martins dos Guimarães Bilac). Faleceu em 28 de dezembro de 1918. Além de um grande poeta, foi um batalhador para que se organizasse a segurança nacional. Empenhou-se dedicadamente para a instituição do Serviço Militar obrigatório e, por esse motivo, sua data natalícia foi escolhida para comemoração do “Dia do Reservista”.

Com o objetivo de assegurar a defesa da Pátria os jovens brasileiros são treinados militarmente. Reassumindo a vida civil, constituem numeroso exército em potencial, pois várias são as gerações aptas à reconvocação.

Somos um povo de paz! Temos um grande país e não ambicionamos as terras dos outros. Nosso objetivo é o progresso, e sabemos que somente através da tranquilidade poderemos alcança-lo. Porém, é necessário garantir essa tranquilidade. Precisamos contar com a pronta convocação das nossas forças defensivas se nossa segurança sentir-se ameaçada. Só assim podemos dedicar-nos ao nosso labor sem a preocupação da expectativa de interferências prejudiciais. Portanto, é reconfortante sentirmo-nos protegidos. Sabemos que cada reservista poderá ser engajado com rapidez nos contingentes que garantirão a nossa integridade.

Este dia, além de uma justa homenagem aos reservistas, permanentes defensores da Pátria, é uma oportunidade para eles rememorarem os ensinamentos recebidos.

 

21 DE DEZEMBRO – INÍCIO DO VERÃO:

 

No hemisfério sul o verão vai de 21 de dezembro a 21 de março. O verão brasileiro é muito convidativo para passeios às praias, ao campo e às montanhas. O campo, principalmente, atinge o máximo da sua exuberância nos meses de calor. Em virtude do nosso clima tropical, chove bastante durante o verão. Havendo abundância de água e de sol, a vegetação espontânea cresce rapidamente, e as flores silvestres emprestam seu alegre colorido ao verde tranquilizante do campo. Essa mesma exuberância é apresentada pelos produtos agrícolas, porém os agricultores têm seu trabalho aumentado, uma vez que as ervas daninhas e as larvas também se multiplicam de forma acentuada sob a ação do calor. É a ação da natureza se impregnando no trabalho do homem, deixado pelo Criador como a nos dizer que nada acontece por acaso.

A principal festa do verão aqui no Brasil é o Natal. Ao contrário do que acontece no hemisfério norte, onde costume nevar durante o Natal, aqui no Brasil é tempo de muito calor. Isso, naturalmente, torna a festa mais alegre, permitindo que as pessoas se locomovam e se visitem sem as dificuldades que são oencontradas nos lugares onde o frio é intenso (essa locomoção e visitas, hoje, estão restritas pela pandemia da Covid-19).

Por outroo lado, as pessoas que habitam a região tropical devem tomar precauções com a alimentação, que deve ser leve e fresca, bem como redobrar de cuidados em seus divertimentos, especialmente quanto aos banhos de mar. As roupas também devem ser escolhidas com critério. Roupas escuras, pesadas e incômodas são prejudiciais durante o verão.

 

25 DE DEZEMBRO – NATAL:

O dia 25 de dezembro foi consagrado como o dia do nascimento de Jesus Cristo. É alegremente festejado em quase todas as partes do mundo. Jesus simboliza profundamente o espirito da família e da união. É impossível imaginar sua figura sem a presença de Nossa

Senhora e de São José. O espírito de união, Ele pregou-o ao conviver fraternalmente com os Apóstolos, que através Dele conheceram a bondade, a compreensão e o amor. Por isso, o Natal é a festa máxima da cristandade. É quando as famílias se reúnem de um modo especial e o sentimento de afeto faz esquecer as falhas humanas, os ressentimentos. Parece que a humanidade percebe, nesse dia, que a vida é muito breve para ser dissipada com sentimentos inferiores, como o rancor, o orgulho, a vingança, e que se conscientiza de que a oportunidade de estar com a família não será eterna. O tempo, em sua passagem, vai levando os entes queridos e deixando recordações.

A data de 25 de dezembro foi convencionada no sérulo IV. Na Idade Média, o Natal era a primeira e mais importante das festas populares. Dos vários hábitos incorporados aos festejos natalinos, três persistem até hoje: a missa do galo, a árvore-natal e a ceia, considerada esta a ceia da família. Um dos costumes consagrados do Natal é a distribuição de presentes, o que constitui um acontecimento especialmente do agrado das crianças.

Prece a Papai Noel

Meu bom velhinho Papai Noel, faça que eu esqueça a tristeza, a dor e o fel.

Permita que espalhe, por onde for, um raio de alegria, uma côdea de pão, um pouco de amor.

Que eu possa entender o drama da mãe solteira, que, beijando a boneca, sonhou um lar a vida inteira.

Que eu leve o consolo ao doente enjeitado, que sofre a prova de não ser amado.

Que a criança em molambo, sozinha a vagar, encontre também a benção de um lar.

Para aquele que carrega a dor da humilhação, que eu possa ensinar a nobreza do perdão.

Para aquele que expia seu erro numa grade, que eu possa ofertar um gesto de bondade.

À pobre velhinha, triste, andrajosa, que eu tenha para dar ao menos uma rosa.

Sabe Papai Noel, quero olvidar todo o mal para compreender, com Jesus, o que vem a ser o verdadeiro espírito de Natal.

 

 AUTO-AVALIAÇÃO LEONÍSTICA:

 O objetivo deste questionário é o de permitir que você avalie sua atuação no leonismo. Use a escala de 0 a 10 para responder cada quesito.

 QUESITOS:                                                                                   ESCALA (0 a 10)

01. Assiduidade às reuniões do Clube ......................................________________

02.Pontualidade ......................................................................________________

03.Participação nas atividades do Clube ..................................________________

04.Publicação de artigos leonísticos ........................................________________

05.Proferir instruções leonísticas ou palestras ........................________________

06.Assistência a eventos leonísicos de doutrinação ................________________

07.Leitura de matéria leonística com regularidade .................________________

08.Conhecimento do leonísmo no âmbito distrital .................________________

09.Conhecimento do leonismo no âmbito nacional ...............________________

10.Conhecimento do leonísmo no âmbito internacional ........________________

11.Comparecimento âs Reuniões e Convenções .....................________________

12.Realização de visitar inter-Clubes ......................................________________

 

Some os pontos dos doze quetitos e verifique a sua pontuação

 

120 pontos ............    Você é um Leão fantástico e indispensável ao leonismo.

De 100 a 110 .........    Você pode tornar-se indispensável.

De 80 a 90 ............     O leonismo espera muito mais de você;

De 60 a 70 ............     Está na hora de você rever sua atuação.

De 40 a 50 ............     Você está sendo mais associado e menos Leão.

De 20 a 30 ............     Você é apenas associado.

De 0 a 10 ..............     Será que você faz parte do movimento leonístico?

 

Aceite este nosso encaminhamento como uma maneira de contribuir para o envolvimento leonistico que deve continuar abraçando cada um de nós.

          

QUAL O SEU QI EM LEONISMO?:

01. A Associação Internacional envolveu-se com a ONU quando ajudou a estabelecer seções de Organizações Governamentais naquele órgão, e isso ocorreu durante o ano de:

a) 1925

b) 1940

c) 1941

d) 1945

 02. As mulheres passaram a ser admitidas como associadas dos Lions Clubes e partir de:

a) 1985

b) 1986

c) 1987

c) 1990

 03. O “Dia Internacional do Leonismo” é comemorado em:

a) 13 de janeiro

b) 09 de outubro

c) 10 de outubro.

 04. O ano leonístico é iniciado em:

a) 01 de janeiro

b) 01 de junho

c) 01 de julho.

(respostas no final desta Carta Mensal)

 

ALGUNS “PITACOS” LEONÍSTICOS:

01- Depois da fundação do Lions Clube do Rio de Janeiro (Clube Mater do Brasil), seguiram-se as fundações dos Lions Clubes de São Paulo e Salvador.

02– Na formação da mesa dirigente de uma solenidade leonística, ou na sua extensão, dirigentes leonísticos da mesma categoria (Ex-Governadores, por exemplo) não devem, sempre que possível, ser colocados em mesas separadas.

03- Uma Domadora não deve, em hipótese alguma, ser escolhida para leitura do Código de Ética ou dos Propósitos do Lions Clube. Isso é prerrogativa exclusiva de um Companheiro Leão ou de uma Companheira Leão.

04- A falta em uma assembleia ordinária do Clube pode ser compensada pelo associado se ele comparecer a reunião de outro Clube, de uma Comissão ou de Diretoria do próprio Clube, ou outra atividades leonística antes ou depois da reunião à qual ele faltou, dentro do período de 13 dias.

 

PROCURA-SE O “LEÃO-VAGALUME”:

O folclore leonístico já cunhou diversas expressões designativas para Companheiros Leão, tanto para os atuantes (que infelizmente já são minoria) como para aqueles que demonstram menos interesse pelo movimento.

Algumas dessas expressões são conhecidíssimas. No aspecto positivo, conhecemos apenas uma: “Leão de Juba Larga” (aquele que, seja jovem ou mesmo já está com a juba grisalha, está sempre à disposição e é extremamente participante).

Agora, no folclore negativo, a lista é imensa: temos o “Leão da Metro” (que só aparece no começo do filme), o “Leão da Receita” (só vive cobrando os demais), o “Leão Marinho” (só vai levando na onda), o “Sossega Leão” (depois que ouviu a expressão se acomodou para sempre), o “Leão Dentuço” (só vive mordendo), o “Leão Mico-Dourado” (salta de galho em galho e se dá bem em qualquer situação), o “Leão do Circo” (urra, ameaça, dá patada, mas não é de nada), o “Mate-Leão” (já vem queimado e distribui broncas para todos os lados), o “Cama-Leão” (se ajeita de acordo com seus interesses), e outros que não merecem maiores comentários como o “Trapa-Leão” e o “Pente-Leão”.

Entre tantas expressões (em sua maioria desabonadoras), não caberia a criação de algumas mais elogiáveis, especialmente para reforçar o lado positivo da questão? Acreditamos que sim! Que tal, por exemplo, o “Leão Vaga-lume”.

O vaga-lume, como é conhecido aqui em nossa região, tem vários sinônimos. Na maioria do Brasil, pelo que apuramos, é conhecido como pirilampo. Trata-se de um inseto coleóptero, que contém órgãos fosforescentes localizados na parte inferior dos segmentos abdominais. Ou seja, é um ser pequenino, MAS QUE TEM LUZ PRÓPRIA.

O leonismo procura desesperadamente Leões que tenham luz própria! Aqueles que se envolvem e demonstram vontade de servir; que marcam presença em todas as atividades e reuniões; que aceitam e cumprem prazerosamente as tarefas que lhe são confiadas; que são criativos e audaciosos nas ideias; que têm interesse pela causa leonística; que cultivam a lealdade e a amizade; que se unem e familiarizam com o leonismo através de leitura em participações em palestras e seminários; que acreditam que Lions não tem dono; que adotam o Código de Ética como norma de conduta e filosofia de vida.

Cabe a cada um de nós procurar um “Leão Vaga-lume”, arregimentando-o para nosso meio e incentivando-o para que uma sua luz própria à daqueles que ainda sentem arraigado amoro pelo leonismo, a fim de podermos, assim, continuar iluminando o caminho do serviço desinteressado que é o apanágio do nosso movimento.

 

AVALIAÇÃO DO QUE É MAIS IMPORTANTE:

A fábula que reportamos abaixo, condensada, remonta de séculos atrás e teve como palco um reino longínquo. Se as dulcíssimas Companheiras Leão e os estimados Companheiros Leão Presidentes de Clubes se dignarem divulga-la em uma próxima oportunidade, talvez durante uma das assembleias ordinárias do Clube, já que ela tem tudo a ver com o nosso serviço desinteressado, estaremos plenamente recompensados.

O velho monarca, pressentindo o fim próximo, chamou seus súditos e pediu que respondessem a três perguntas. Seria premiado com fortunas e honrarias quem respondesse melhor: 1) qual o lugar mais importante do mundo?; 2) qual a tarefa mais importante do mundo?; 3) quem é a pessoa mais importante do mundo?

Muitas pessoas, de todas as idades e posições sociais, deram suas respostas, mas nenhuma delas satisfez plenamente o velho monarca. Contudo, entre os súditos, havia um velho que não queria responder as perguntas, porque não lhe interessavam os valores oferecidos. Mas, forçado e por insistência do monarca, ele acabou respondendo e o fez da seguinte forma: 1) o lugar mais importante do mundo é onde você está; 2) a tarefa mais importante não é aquela que você desejaria executar, mas aquela que você deve fazer; 3) a pessoa mais importante do mundo é aquela que precisa de você, porque é ela que lhe possibilita exercitar a mais bela das virtudes: a fraternidade.

Feliz, o velho monarca aplaudiu com entusiasmo. Quanta sabedoria em três breves respostas. O lugar onde moro, vivo, cresço, trabalho e atuo (mesmo sendo muitas vezes incompreendido) é o lugar mais importante do mundo. A tarefa mais importante talvez seja a minha e a sua, embora não sejam nada agradáveis e nem bem pagas. Mas, enquanto não propusermos a executá-la, devemos faze-lo sempre com responsabilidade, dedicação e eficiência, buscando assim cumprir nosso sagrado dever. Se nós nos omitirmos, ninguém no mundo vai fazer a tarefa em nosso lugar (e o vazio permanecerá). Tudo passa, envelhece e morre. Só não passa a bondade que você planta e o amor que você reparte. Por isso, o outro é tão importante em nossa existência como membros da família leonística.

 

ATIVIDADES DO HOSPITAL DE OLHOS LIONS DE TAQUARITINGA:

 

O MJF João Donizetti Furtado, Presidente de Olhos Lions “Manoel Dante Buscardi”, que é administrado pelo Lions Clube de Taquaritinga, nos forneceu o seguinte balanço das atividades do último mês de outubro (até hoje o de novembro ainda não foi fechado):

Procedimentos                                                                                        Totais

Tratamento clínico: medicamentos Glaucoma ....................................170

Procedimentos clínicos: consultas e administração medicamentos ....1.487

Procedimentos diagnósticos: exames ................................................2.815

Procedimentos cirúrgicos: cirurgias ...................................................236

  

PERPETUAÇÃO DO NOME DO LIONS NA COMUNIDADE:

O movimento leonístico possui, dentro do seu calendário, datas específicas para diversas efemérides. Assim é que comemoramos o “Dia Mundial do Serviço Leonístico”, o “Dia da Fundação do Clube”, o “Dia do Aniversário da Carta Constitutiva”, o “Mês das Domadoras e das Companheiras Leão”, o “Mês da Revista The Lion”, o “Mês dos Ex-Governadores”, o “Dia Mundial da Posse dos Leões”, entre outros.

Apesar da existência dessas datas notáveis, sentimos ainda, em alguns municípios, uma lacuna em nosso calendário: a instituição de um dia para consagração da família leonística em cada cidade.

Seu município ainda não tem a comemoração do “Dia do Lions na Comunidade”?

Esta é uma atividade que estamos sugerindo aos Clubes, plenamente viável, que não envolve qualquer ônus financeiro, dependendo, para sua consecução, unicamente do serviço e da boa vontade dos estimados Companheiros Leão, Companheiras Leão e Domadoras que tanto enobrecem o nosso Distrito LC-6.

A diretoria de cada Clube, após ouvida sua assembleia, poderá programar uma visita oficial ao Prefeito da cidade, ou mesmo a algum Vereador que tenha simpatia pela nossa causa, expor a ideia e pleitear que seja encaminhado à apreciação e aprovação da Câmara Municipal um projeto de lei instituindo o “Dia do Lions na Comunidade”. Nas cidades onde houver mais de um Clube, o dirigente municipal poderá ser visitado em conjunto pelas respectivas diretorias.

Quando encaminhar o pedido, o Clube poderá sugerir inclusive a data que considerar ideal para a instituição do dia aqui aludido, além de fornecer alguns detalhes necessários à elaboração do projeto de lei, como dados do Clube, do Distrito LC-6, da Associação, dos nossos Código de Etica e Propósitos, entre outros.

A instituição desse dia, a nível local, além de outras homenagens a que o Clube ficará sujeito, seja por parte do poder público, seja por parte de outros segmentos da sociedade, já que será oficialmente decretado no município, servirá igualmente para a programação de uma confraternização anual entre Companheiros Leão, Companheiras Leão, Domadoras, Leos e Juventude Leonística.

Ressalte-se, por fim e oportuno, como fator de realce para nosso movimento, que uma lei nesse sentido integrará definitivamente o Lions Clube na vida da comunidade.

 

“SE UM ESPINHO ME FERE, AFASTO-ME DO ESPINHO... MAS NÃO O DETESTO”:

Quando ingressamos no leonismo – e lá se vão mais de 40 anos – lemos um artigo que era encimado pelo título acima e que até hoje não sai da nossa memória, embora esta, como agora, nos traia e faça com que não recordemos nem do ilustre autor e muito menos da publicação que a divulgou. Mas a clareza e simplicidade do seu texto, que antevemos mesmo muitos anos depois, permitem alguma reflexão sobre as eventuais divergências que são registradas no cotidiano.

Divergências sempre ocorreram, ocorrem e ocorrerão no relacionamento humano, pois são inerentes do dia-a-dia de todos. E raramente isso deixa de acontecer, seja no âmbito familiar, entre amigos ou no ambiente de trabalho.

No meio da família leonístistica tal fato não é exeção, mormente levando-se em conta que Companheiros, Companheiras e Domadoras possuem meio de vida e atividades heterogêneas, tem convicções próprias, e muitos exercem lideranças em suas profissões, o que quer dizer que costumam conduzir e não serem conduzidos.

Dessa forma, quando um não aceita serenamente ou respeita a opinião do outro o relacionamento pode estremecer. Divergências sobre algumas questões leonísticas são absolutamente normais, quer envolvam problemas administrativos ou de atividades. Só que qualquer discussão deve ser mantida em nível elevado, não partindo jamais para o terreno pessoal.

Já ouvimos e até participamos de muitas discussões, algumas homéricas. Quantas vezes uma velha amizade não é estremecida por pura insensatez e culpa recíproca? Basta um Companheiro proferir uma frase infeliz e melindrar outro Companheiro. Este, por sua vez, não se contém e revida o insulto. Pronto, está formada a indesejável contenda!

Outras vezes não há nem necessidade de discussão para que a polêmica seja aquecida. Basta que o procedimento de um Companheiro seja colidente com a posição do outro, mormente quando aquele já conhecia a postura deste. Pronto, o “caldo engrossou” mais uma vez!   Como agir? Simples! Ou aquele primeiro se desculpa ou justifica, ou este último releva a atitude, perdoa e esquece; ou, agindo de acordo com o autor da frase que dá título a este capítulo, afasta-se e não guarda rancores. Fazendo isso, evita que os demais membros da família leonística tomem conhecimento do ocorrido e passem a se envolver na disputa.

A sabedoria do “Código de Ética do Leonismo” (“Ser comedido na crítica e generoso no elogio; construir e não destruir.”) tem, certamente, tudo a ver quando um espinho fere alguém.

 

PROGRAMA LEÃO ORIENTADOR CERTIFICADO:

Nos próximos dias 09 a 11 deste mês será realizado mais um “Programa Leão Orientador Certificado”. As inscrições estão abertas e o formulário está no site oficial do Distrito LC-6.

O programa foi criado por Lions Internacional para dar assistência a Clubes recém-criados, estabelecidos ou designados como prioritários. Os Leões Orientadores são nomeados pelo Governador do Distrito, em consulta com o Presidente do Clube patrocinador ou estabelecido, para um mandato de dois anos. Os Leões Orientadores se limitam se limitam a servir não mais de dois Clubes ao mesmo tempo.

Os Leões Orientadores: ajudam os Clubes a serem bem sucedidos durante os dois primeiros anos de trabalho; orientam e treinam dirigentes e associados dos Clubes; motivam e dão apoio no desenvolvimento e aumento dos Clubes; identificam recursos disponíveis para ajudar os Clubes.

O número de vagas para o Distrito LC-6 é limitado.

Os eventuais interessados em participar do programa, querendo, poderão obter maiores informações com o 1VGD MJF Glauber Gomes da Silva.

 

SUCESSO NA REALIZAÇÃO DA 2.ª RGD DO ANO LEONÍSTICO 2020/2021:

Conforme foi previamente anunciada, a 2.ª reunião do Comitê do Gabinete Distrital do LC-6 foi realizada virtualmente em 22 de novembro de 2020.

O resultado final do evento foi extraordinário, tanto pelo formado como pelo seu desenvolvimento. A abertura da tela foi inovadora. Preparada pelo 1VGD Glauber, que contou com a participação e colaboração do PDG MJF Renato Rodrigues e da MJF Karina Casanova Rodrigues (do Distrito LB-1), do MJF Rodrigo Laviere Mendes (do Distrito LC-2) e do 2VGD MJF Alexandre Mendes (do Distrito LC-11), a apresentação foi impecável.

Depois da formação da mesa dirigente, o DG MJF Antonio Paulo Caliento comandou a abertura protocolar. Depois, em suas mensagens iniciais, o Governador do LC-6 apresentou seus agradecimentos, solicitou um minuto de silêncio pelos Companheiros, Companheiras e Domadoras falecidos no período, comentou as dificuldades encontradas durante a pandemia da Covid-19, ressaltou os resultados alcançados pela Governadoria no primeiro quadrimestre da sua gestão, reiterou a necessidade do cumprimento das metas que estabeleceu, e destacou o início das suas visitas oficiais aos Clubes.

Na sequência houve a manifestação do Secretário e Coordenador Geral do Distrito, do Tesoureiro do Distrito, dos 1.º e 2.º Vices-Governadores, do 1VCC José Gomes Duba das Chagas, do Presidente do Conselho de Ex-Governadores do Distrito, dos PDGs participantes, do Assessor Distrital da Mutua Leonística, e mensagens de um representante de cada segmento administrativo do Distrito (Presidente de Região, Presidente de Divisão, Assessor Distrital, Presidente de Clube e Presidente do Distrito Leo).

Houve a mensagem do Orador Oficial do evento, PC PMJF Eduardo Jacob, Presidente do Distrito Múltiplo LC.

Em sua mensagem final o DG Caliento reiterou seus agradecimentos pela colaboração que tem recebido, comentou suas expectativas futuras e manifestou sua confiança em novos tempos.

A ata da reunião está sendo ultimada pelo Secretário do Distrito e será distribuída aos interessados nos próximos dias.

A reunião foi gravada pelo 1VGD Glauber. Aqueles que desejarem receber o vídeo e áudio do evento poderão fazer a solicitação junto a esta Coordenadoria, que atenderemos de imediato.

 

A EDIFICAÇÃO DO LEONISMO:

 

As edificações necessitam ser construídas em bases sólidas.

Os edifícios, de acordo com a sua destinação, merecem atenção especial no que diz respeito à área construída e materiais a serem empregados, das fundações à cobertura, tudo meticulosamente executado de acordo com o projeto que foi elaborado, fruto de estudos de especialistas como arquitetos, engenheiros, decoradores e outros.

Depois de pronto, o edifício geralmente é inaugurado com grandes festas e anúncios.

Mas, e depois?

Depois de construído, e depois da sua inauguração, o edifício precisa ser conservado para enfrentar os danos que o tempo poderá lhe causar.

Ora é uma parede que apresenta rachaduras. Outras vezes é o telhado que acusa infiltrações. Regularmente a pintura precisa ser refeita. Enfim, tudo aquilo que o tempo e o uso lhe deixarão como marcas. Um dia, talvez, necessita passar por uma reforma, para melhor se adaptar a novas situações que mudanças estruturais ou conjunturais venham a impor. Só assim continuará sendo útil para a finalidade a que se propôs.

As instituições, assim como as edificações, necessitam ser construídas em bases sólidas. As instituições merecem as mesmas atenções dispensadas à construção de um edifício. O projeto precisa ser bem delineado, devidamente aferidos os meios para executá-lo, dentro de um cronograma que deve ser rigorosamente cumprido para a otimização dos recursos que vão sendo empregados.

Após colocada em funcionamento, fazer tudo para que a instituição cumpra as finalidades a que se propôs. E, para mantê-la coerente com os seus princípios, cuidar para que se tenha os meios indispensáveis à sua permanência, tal e qual foi idealizada.

As instituições, do mesmo modo que as edificações, também são passíveis de transformações: novas propostas, aperfeiçoamento daquilo que já foi feito, acompanhando a dinâmica que o próprio tempo sugere. São mudanças que a natureza indica e solicita com insistência.

E UM LIONS CLUBE, como instituição que é, não pode se desviar da referida conceituação.

Teve um preparativo para a sua fundação, uma designação da sua área de atuação, escolha dos associados e os projetos de atividades.

Tudo foi cuidado para que a entidade atinja e cumpra seus objetivos, mantendo-se fiel aos propósitos estabelecidos na filosofia que foi a base de tudo.

Todo Lions Clube é sustentado por três pilares que devem ser bem construídos e conservados. São essas três colunas que irão suportar toda a série de embate a que a estrutura estará sujeita ao longo do tempo. Estamos nos referindo à FILOSOFIA, ao COMPANHEIRISMO e ao SERVIÇO. Toda eficiência e eficácia que se pretende para obter a excelência de resultados que o Clube deve buscar atingir será o resultado da conjugação desses três elementos.

Tantas vezes Clubes são fundados, tantos novos associados são admitidos, mas que não duram por muito tempo. Faltou-lhes a segurança na construção daqueles pilares e na sua manutenção.

Os pilares da filosofia, do companheirismo e do serviço que não forem convenientemente alicerçados serão rapidamente corroídos e não conseguirão sobrepujar as adversidades a que estarão expostos.

A pintura que revela para o extetior o que é a beleza do leonismo, se manchada ou corroída transmite uma impressão desagradável a quem dele se acerca.

Rachaduras e infiltrações na edificação de uma célula leonística provocam danos ate irreparáveis.

O que se observa em alguns Clubes, infelizmente, é o desprezo que vem sendo dado para a manutenção desses pilares.

Precisamos descobrir quais os componentes da “argamassa” necessária para ser utilizada pelos Clubes e que sejam capazes de enfrentar a ação do tempo.

O respeito a todos os elementos que constituem a base da filosofia leonística, o exercício de uma conduta coerente com os salutares propósitos do companheirismo, e a prática de um serviço que apresente resultados reais, se não observados pelos Clubes, certamente darão como destino um grupo de Leões mal formados e mal conduzidos, que levará, fatalmente, ao aumento dd ex-Leões (já tão numerosos). E não podemos esquecer d péssima imagem que transmitirão para a sua comunidade.

Se podemos dizer que a filosofia, o companheirismo e o serviço são pilares de sustentação do leonismo, poderemos definir, também, que essas três colunas representam o princípio, o meio e o fim para a excelência do nosso movimento.

Portanto, prezados Companheiros Leão, Companheiras Leão, Domadoras e Leos, precisamos ser realistas com relação ao movimento leonístico.

A afirmação do “construir e não destruir” contida no Código de Ética pode perfeitamente nos levar à figura da manutenção e da conservação que é objeto desta mensagem.

Há necessidade de uma análise crítica sobre nossa realidade!

Não muitos anos atrás, por falta de manutenção, um Clube do nosso Distrito LC-6 com quarenta anos de existência desmoronou e foi ao chão.

Existem alguns outros poucos Clubes que, também por falta de manutenção em seus três pilares básicos, estão prestes a desmoronar.

Cada um de nós precisa ser um operário e dar sua contribuição na manutenção e conservação do seu próprio Clube, pois somente assim, com uma ação prática e efetiva, é que poderemos, juntos, contribuir para o exercício de uma atividade leonística coerente com os princípios que nos foram transmitidos por Melvin Jones e seus legítimos seguidores.

Este é um ponto de vista pessoal deste Coordenador Geral do Distrito LC-6 que, como sempre, está sujeito a considerações contrária

 

 CLUBES DO DISTRITO LC-6 FUNDADOS EM DEZEMBRO:

Dia 03 - Franca-Inovação

Dia 04 - Igarapava

Dia 17 - Indiaporã

Dia 21 -   Ribeirão Preto-Jardim Paulista

 

CUMPRIMENTOS AOS ANIVERSARIANTES DE DEZEMBRO:

Aos aniversariantes de dezembro muita harmonia, saúde e paz. Parabéns e felicidades! Que Jesus abençoe cada um de vocês e seja Guia de todos. Saibam que sua amizade é muito importante para todos nós, e que Deus permita que essa amizade perdure por longos anos.

Um ano inteiro se passa e, quando damos conta, estamos ficando mais velhos. O mais comum e esperado é se comemorar com a família e com os amigos. Se o ano que passou foi bom, comemore todas as conquistas; se não foi muito favorável, comemore pelo próximo ano de vida que está começando.

O aniversário é mais um estágio no desenvolvimento e ocasião propícia para uma introspecção. Precisamos sempre perguntar a nós mesmos qual a distância dos atos que praticamos ou daqueles que ainda podemos praticar e adicionar.

Fazer aniversário é olhar para trás com gratidão e para frente com fé! A todos vocês, aniversariantes de dezembro, que relacionamos abaixo, os cumprimentos e o carinho do DG MJF Antonio Paulo Caliento e toda sua equipe.

 

NASCIMENTO NOME CLUBE
1/12 GLAUBER GOMES DA SILVA NHANDEARA
1/12 MARIA ALICE BOTTURA LIVON TAQUARITINGA
1/12 MARIA CATARINA LAVRADOR BRACIALI DAMIANI TAQUARITINGA
1/12 MARIA LOURDES BARRETO FERREIRA FERNANDOPOLIS CIDADE PROGRESSO
1/12 MARLENE BARBIERE ARAUJO VOTUPORANGA
1/12 SILVIA HELENA VICENTE FURTADO SAO JOAQUIM DA BARRA
1/12 SILVIA SUMAN CURTI PALMEIRA D'OESTE
2/12 ANA PAULA AVANZZE BARBOSA SAO JOSE DO RIO PRETO LETICIA ARROYO
2/12 BERNADETE APARECIDA DE AGUIAR SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO
2/12 CELSO WILLIAN FRACASSO TANABI
2/12 ITALO DE MATOS GIROTTO SAO JOSE DO RIO PRETO LETICIA ARROYO
2/12 JOSE BATISTA CORNELIAN JABOTICABAL
2/12 VALDECIR FERRARI PALMEIRA D'OESTE
2/12 VICENTE DE PAULA SANTOS MIGUELOPOLIS
3/12 AIDA MARIA PIOLA FERREIRA FRANCA DO IMPERADOR
3/12 ARLETTE GOULART BOSCHILIA NHANDEARA
3/12 JOSE LUIS MONTEIRO DE OLIVEIRA FRANCA CIDADE NOVA
3/12 MILTON DA SILVA LIMA MONTE AZUL PAULISTA
4/12 ADAIR VIEIRA ARNONI ORLANDIA
4/12 ANA LUCIA VIANNA PAOLI CATANDUVA
4/12 ANTONIO CELSO GALDINO FERNANDOPOLIS
4/12 ELIANE MARIA GOMES DE ARAUJO FRANCA INOVACAO
5/12 ALEXANDRE ONOFRE BELUCIO VENÂNCIO FERNANDOPOLIS CIDADE PROGRESSO
5/12 JOAO ROBERTO OTAVIO SAO JOAQUIM DA BARRA
5/12 THEREZA C. MAGALHAES ANDRADE MIRASSOL
6/12 ANTONIO MAURO ALVES FRANCA DO IMPERADOR
6/12 LUIZ CARLOS SAMPAIO MONTE ALTO
6/12 MAGALI GARCIA DE CARVALHO TANABI
6/12 ODETTE POLLI NOVAS ARROYO MONTE AZUL PAULISTA
6/12 PATRICIA DE JESUS GIMENES VELINE OUROESTE
6/12 WALDOMIRO FERREIRA FILHO JABOTICABAL
7/12 LUIS GUSTAVO NARDELLO OLIMPIA ENERGIA
7/12 ORLANDO CICOGNA JUNIOR MATAO
7/12 ROSANGELA VIDOTTI MONTE AZUL PAULISTA
8/12 CLEIDE CONCEICAO DI PIETRO GILBERTONI TAQUARITINGA
8/12 MARIA IMACULADA C BEGA RIBEIRAO PRETO CAMPOS ELISEOS
8/12 MARIA IVONE NEVES DEDEMO ORLANDIA
8/12 ROSELY C. GAZZOTTO ARAUJO JABOTICABAL
8/12 SILVANA P. P. L. RAMALHO JALES
8/12 SILVIO DE MESQUITA SACANI JABOTICABAL
9/12 DANIEL FEDOZZI POTIRENDABA
9/12 ELIANA TOZZI DUMONT
9/12 ISABEL CRISTINA C DE SOUSA MONTE AZUL PAULISTA
9/12 NATHÁLIA RAMUCE TOGNOLI AURIFLAMA
10/12 APARECIDA CARDOSO DE OLIVEIRA FERNANDOPOLIS
10/12 FABIO LUIZ MARQUES DE BRITO AURIFLAMA
10/12 FERNANDA LOPES CHEDID SAO JOAQUIM DA BARRA
10/12 MARIA APARECIDA SILVERIO DE ASSIS ANDRE BARRETOS
10/12 MAURO LUIS BERNARDINO FRANCA
10/12 OLANIRA BIGARAM FAVA MIRASSOL
10/12 RENATO REINALDO SPEDO MATAO
10/12 RUBENS LEITE FRANCA DO IMPERADOR
10/12 VANDA MARIA PISSOLATO BASSAN MIRASSOL
10/12 ÉRICA CARREIRA DE FREITAS JARDINI GUAIRA AGUAS CORRENTES
11/12 ANGELA MARIA A BALDINI ORLANDIA
11/12 FERNANDO BENTO BARRETOS
11/12 MARCOS ANTONIO DOMINGOS PEREIRA MATAO
11/12 MARCOS FERNANDO DA SILVA FERNANDOPOLIS CIDADE PROGRESSO
11/12 MARIANGELA ALVES JORGE SILVA MIGUELOPOLIS
12/12 DANIELA DE ARAUJO BARROS JABOTICABAL
12/12 MERCEDES DE PAULA BELINI JALES
12/12 NIVALDO LUCIO MAZZA TANABI
12/12 OSMAR GRACIOSO LOUREIRO CRAVINHOS
13/12 EDUARDO LUCIO NICOLELLA JABOTICABAL
13/12 ELIANA LARANJA IGLESIAS DINARDI FERNANDOPOLIS
13/12 LUZIA KATSUKO WATANABE NEVES PAULISTA
13/12 NORIVAL LUCIANO CORTEZ TAQUARITINGA
14/12 ALOISIO JUNQUEIRA MELLEM FRANCA SOBRAL
14/12 ANTONIO CELSO DO CARMO FRANCA
14/12 HELIA CIRILLO CHRISOSTOMO RIBEIRAO PRETO
14/12 JOACIR GUARNIERI ORASMO IPUA
14/12 MARIANA SOUZA PEREIRA FRANCA SOBRAL
14/12 RENAN CONTRERA DE PAIVA TANABI
14/12 SHEILA MARA PARREIRA SALLUM JABOTICABAL
14/12 SILVIA HELENA ESCOLARIQUE CRAVINHOS
15/12 ALVARO ALVES DE CAMPOS JR. CATANDUVA
15/12 CESAR DE ALENCAR MARAVAL BARRETOS
15/12 MARTA R CANTOLINI TONIELLO SERTAOZINHO
15/12 MÁRCIA ABAD VIEIRA CRAVINHOS
15/12 NILSON VISONA AURIFLAMA
15/12 SUZI ZANIN DA SILVA SAULLO SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO
16/12 ANDREA MACIEL DA SILVA AURIFLAMA
16/12 CLEBER LUIZ DE ALMEIDA REZENDE SILVA SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO
16/12 MARCIA HELENA D PERRONE JABOTICABAL
16/12 MARLENE DA SILVA PERES FERNANDOPOLIS CIDADE PROGRESSO
17/12 ANTONIO OLIMPIO DIAS BRODOWSKI
17/12 EDLEA RUAS REATO BRODOWSKI
17/12 JOAO LEITE BUENO MIRASSOL
17/12 VANESSA CRISTINA MIRANDA VALERIO TAQUARITINGA
18/12 HELENICE PIERINI YAMADA CRAVINHOS
18/12 LEADIR GIORIA CAMAROTO DUMONT
18/12 NEUSA APARECIDA DOS SANTOS PEREIRA GUAIRA
18/12 OCIMAR PÉRSICO CABRAL MIRASSOL
18/12 PAULO EDUARDO ZUCARELLI FERNANDOPOLIS CIDADE PROGRESSO
19/12 ALESSANDRA ZOTARELLI GOMES DA SILVA SANTA FE DO SUL ESTANCIA TURISTICA
19/12 CELIA CRISITNA DA SILVA MARAVAL BARRETOS
20/12 FERNANDO HENRIQUE MEDICI SAO JOSE DO RIO PRETO SUL
20/12 JOSE CARLOS ALVES GUIMARAES OUROESTE
20/12 LEILA MARIA COSTA LIMA PEDREGULHO USINA DE ESTREITO
20/12 MARCIA REGINA VANCIM DA SILVA IGARAPAVA
21/12 JUSSARA SERAFIM BERTOZ MONTE ALTO
21/12 SERGIO LUIZ BROZEGUINI BRODOWSKI
22/12 FABIO ALEXANDRE G. DE SOUZA AURIFLAMA
22/12 JOAO RICARDO GARCIA CARVALHO DA SILVA VOTUPORANGA BRISAS SUAVES
22/12 LUIS A CONTIN SILVA SAO JOAQUIM DA BARRA
23/12 ADALBERTO LUIS NAVARRETTE MIRASSOL
23/12 ANGELINA AP CESTARI APPOLONI FERNANDOPOLIS CIDADE PROGRESSO
23/12 CLEUSA SALGUEIRO BATISTA BATATAIS
23/12 DANIEL FERNANDES REGASSI GUARIBA
23/12 FÁBIO LUIZ DIOGO GUAIRA AGUAS CORRENTES
23/12 JULIA ADAMARIS MARTINS BRANDAO ORLANDIA
23/12 PATRICIA JUNQUEIRA MIGLIORI MAGGIO ITUVERAVA
23/12 RONEI REGIS DO NASCIMENTO PASSOS
24/12 JOÃO MARCELO CAETANO JOSÉ FLORIDI PORCIONATO CATANDUVA
24/12 LUIZ MARCOS ANTUNES D MACEDO INDIAPORA
24/12 MARIA KUMI WATANABE FUCHIWAKI IPUA
24/12 MARILENE P. RODRIGUES LINO AURIFLAMA
24/12 NOEMIA B DE CARVALHO OTAVIO SAO JOAQUIM DA BARRA
24/12 PAULO DE FIGUEIREDO VIEIRA JABOTICABAL
24/12 SONIA REGINA TARLAU CORRêA FERNANDOPOLIS CIDADE PROGRESSO
25/12 LUIZ CAPELA VOTUPORANGA ABILIO CALILLE
25/12 MARIA APARECIDA DE MOURA MARTHA OLIVEIRA SAO JOAQUIM DA BARRA
25/12 MARIA NATALINA R CAMPLESI JABOTICABAL
25/12 MOACIR JOSE MELLOTE ICEM
25/12 NATALINO BAZILIO DE AZEVEDO IGARAPAVA
25/12 RONI APARECIDA GALVES GAVIOLI TAQUARITINGA
25/12 SIRLENE AMARAL DIAS ITUVERAVA
25/12 SUELI AP GODOY VENANCIO FRANCA
26/12 BRUNO VICENTE DE SOUSA VOTUPORANGA
26/12 CECILIO JOSE PRATES GUAIRA
26/12 DANIELA SUNHIGA PALMEIRA D'OESTE
26/12 LUCIANO RODRIGUES DE PAULA GUAIRA
26/12 MARIA ANTONIA APARECIDA BEDIN LASTORIA GUARIBA
26/12 MARIA DE LOURDES DÃO DE OLIVEIRA JALES
26/12 REGINA P R ESCAROUPA JABOTICABAL
27/12 AMAURI JESUS MIRANDA DE MELLO MATAO
27/12 EDUARDO CHEDID SAO JOAQUIM DA BARRA
27/12 FLORIZA APARECIDA BARCELLOS DONEGA MONTE ALTO
27/12 IGNES COSTA GERALDINI POLONI
27/12 MARIA APARECIDA MARQUES BERALDI BATATAIS
27/12 MARTA SILVA DE MENDONCA MIGUELOPOLIS
27/12 MAURICIO RIBEIRO DE MENDONCA MIGUELOPOLIS
27/12 SERGIO ZUBIOLI DE SOUZA IPUA
28/12 BRUNA SOUZA SILVA PIMENTA SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO
28/12 CLAUDEMIR MOREIRA MATAO
28/12 JAIR MARCON DUMONT
28/12 JOSE ROBERTO DE ALMEIDA BARROS GUAIRA
28/12 MARCOS JOSE LUIZ SAO JOAQUIM DA BARRA
30/12 LAUDO GARCIA PIZZIGUINI AURIFLAMA
30/12 ROSIMAR FRANCISCA TOMAZ REZENDE OUROESTE
30/12 WALTHER SPINELLI FILHO TAQUARITINGA
31/12 AMADO D RICARDO SOUZA GUAIRA
31/12 ELIEZER MARCOS FREIRI NHANDEARA ALIANCA
31/12 GUSTAVO LUÍS DOS SANTOS JABOTICABAL
31/12 MARIA CRISTINA PAVAN NEVES PAULISTA
31/12 MARIA MARTA DA SILVA PENHA FRANCA CIDADE NOVA
31/12 NELSON GONÇALVES SAO JOSE DO RIO PRETO

            

RESPOSTAS – QUAL O SEU QI EM LEONISMO:

01.  1945

02.  1987

03.  10 de outubro

04.  01 de julho

 

Um fraterno abraço a todos e até o próximo mês, se Deus assim o permitir.

PDG MJF ANTONIO DOMINGOS ANDRIANI

Coordenador Geral do Distrito LC-6

 

 

 

Cc:       Membros do Conselho de Ex-Governadores do Distrito LC-6

1.º e 2.º Vice-Governadores do Distrito LC-6

            Presidentes de Região e Divisão do Distrito LC-6

            Assessores e Assistentes Distritais do LC-6

            Outros CCLL, CCaLL e DDMM interessados

 

 

 

           

 

 

        

           

 

 

 

 

 

 

 

Associação Internacional de Lions Clubes – DMLC – Ano Leonístico 2020/2021

GOVERNADORIA DO DISTRITO LC-6

Rua São José, 2261 – Jardim Sumaré – CEP 14025-180 – Ribeirão Preto - SP

CARTA MENSAL DE NOVEMBRO da

Coordenadoria Geral do Distrito LC-6

Ribeirão Preto, 01 de novembro de 2020

                                                    

Destinatários: PRESIDENTES DE CLUBES DO DISTRITO LC-6

Tenham fé e esperança!   Logo, logo, se Deus assim o permitir, estaremos todos nos abraçando novamente!   Mas, por favor, continuem respeitando aquilo que é recomendado pelas autoridades sanitárias e de saúde!   PDG MJF Andriani.

 

MENSAGEM DO GOVERNADOR:

Já chegamos às vésperas do final do ano e a preocupação continua diante de toda essa loucura que estamos vivendo desde o início do ano.

Aos poucos vamos caminhando ao lado dos nossos sentimentos, um peso de dores que estamos passando com a perda de entes queridos e que nos deixam com muita saudade. Rogamos a Deus que nos dê suas bênçãos e que abençoe todos aqueles que partiram, assim como todas as famílias enlutadas. Sentimos tudo isso diante dos familiares que nos deixaram, assim como dos Amigos, Companheiros, Companheiras e Domadores que partiram e sempre serão lembrados eternamente.

Mas, como sempre foi dito, a vida continua!

Aproveitamos a oportunidade para lembrar aos Clubes para que deixem as taxas da Mútua Leonística sempre em dia com o Distrito LC-6, para evitar que outros problemas sejam causados. Lembramos também das taxas distritais, pois existem Clubes em falta com esses pagamentos.

Tudo foi pensado desde o início deste nosso ano leonístico 2020/2021. Fizemos nosso planejamento orçamentário, diminuindo os percentuais que vinham sendo cobrados e enxugando nossas despesas ao máximo possível.

Alguns Companheiros e Companheiras até nos questionam dizendo: não estão fazendo visitas administrativas, as visitas oficiais ainda não foram iniciadas, as primeiras reuniões distritais também não, etc. etc. etc.

Foi justamente prevendo tudo isso que fizemos nosso planejamento. Ao realizarmos reuniões virtuais e não presenciais é que diminuímos nosso orçamento de arrecadação, que são as taxas distritais, em aproximadamente R$80.000,00. Nosso planejamento orçamentário está sob rigoroso controle. Dessa forma, não foi preciso recorrer ao Fundo de Reserva do Distrito.

Estamos contando com os Clubes faltosos para que regularizem esses pagamentos, o que certamente muito nos ajudará em nossa caminhada até o final da gestão.

Sobre o pagamento das taxas internacionais, diversos Clubes (inclusive de outros Distritos) têm se manifestado sobre a posição de Lions Internacional, que solicitou que as taxas em aberto sejam quitadas no prazo de 60 dias, sob pena dos Clubes em débito serem colocados em Suspensão. O Presidente Internacional se posicionou antes do início da pandemia da Covid-19, determinando que a data para pagamento das taxas internacionais se estenderia até 31/12/2020. Solicitamos que os Clubes em débito com as taxas internacionais não esperem até aquela data para efetuar a quitação. Que efetuem a quitação até 22/12/2020, para que haja tempo de uma efetiva contabilização e não ocorram dissabores.

Teremos nossa 2.ª reunião do Conselho Consultivo da Governadoria, que será realizada virtualmente no próximo dia 22, conforme edital de convocação que já foi enviado para todos os dirigentes e unidades distritais. Contamos com a participação de todos.

Afirmamos que, em nossa gestão, apesar das circunstâncias, está tudo sob controle. Continuamos caminhando com tranquilidade, porque todos e todas vocês nos dão o suporte necessário para que isso aconteça.

Aceitem nosso abraço carinhoso.

DG MJF Antonio Paulo Caliento, Governador do Distrito LC-6

 

EDITORIAL:

 

Precisamos reconhecer que a Associação Internacional, nos últimos anos, tem procurado levar o movimento leonístico para a modernidade. Novos programas e conceitos foram lançados. Novas metas foram idealizadas e sugeridas para nosso desenvolvimento, procurando fazer com que o leonísmo não fique na contramão dos tempos atuais.

Só que, para se tornarem exequíveis, saindo do papel e serem colocadas em prática, promovendo um plano de ação viável, o êxito das metas propostas vai depender, fundamentalmente, de cada Clube, de cada Distrito, de cada Leão e de cada Domadora.

Vamos citar um exemplo para corroborar com esse nosso ponto de vista: Lions Internacional aprovou e lançou, há cerca de dois anos, um novo organograma para os Lions Clubes. No aspecto formal é maravilhoso, um quadro de arte que abrange todas as atividades clubísticas, envolvendo-as com o objetivo comum da Associação, inclusive quanto à especificação das atividades da Equipe de Ação Global. Só que o organograma foi lançado de “supetão”, sem a proposta para ter sua aplicabilidade e adaptação com uma carência desejável, para, aí sim, alcançar o êxito almejado. É, repetimos, um organograma fantástico, digno do século atual, mas que, para atingir sua plenitude, precisa de um Lions Clube com um mínimo de 40 ou 50 associados, já que ele engloba mais de vinte cargos executivos. Como implantá-lo num Lions Clube com 10 ou 15 associados? Reiteramos, por isso, que existe necessidade premente da reestruturação dos Clubes que estão nessa situação.

O leonismo somente será revigorado com o fortalecimento dos Lions Clubes!   Pensamos e defendemos essa ideia.

Quem gosta do leonismo e estuda o movimento pode observar que, analisando friamente, as metas da Associação Internacional, apesar de atuais e modernas, pouco acrescentam à montanha de coisas que já foram escritas a respeito das nossas necessidades. Elas apenas estão sendo adaptadas para a realidade de hoje.

Os Clubes são a base sólida do leonismo! Enquanto sua maioria não for reestruturada e consolidada, tendo uma estrutura segura que permita seu pleno desenvolvimento, nada de prático será conseguido.

Grande parte dos Lions Clubes, infelizmente, está afetada pelo letargismo que vem se acumulando ao longo dos anos. Há necessidade de se exorcizar a letargia que está impregnada no seu interior e vem prejudicando suas atividades.

O problema, portanto, em nosso modesto entendimento, está nos Clubes. Precisamos transformar os Clubes em verdadeiros Clubes de Serviço voltados para os interesses das suas comunidades. Lions não é entidade benemerente ou filantrópica!

O objetivo principal do leonismo é o envolvimento com a comunidade. E o leonismo somente ganhará força maior quando se envolver diretamente com as comunidades. É a venda da nossa marca Lions. E sempre existe, em algum lugar, um cantinho de necessidade onde podemos atuar.

Temos consciência que o leonismo da atualidade precisa ser repensado com responsabilidade, mas também calcado na realidade dos nossos tempos, pois não podemos sonhar em construir alguma coisa no terreno do nada.

Gostamos de mencionar sempre que vocês, Leões e Domadoras, como líderes que são, devem usar o poder da mente, a força de vontade e a convicção pessoal para fazer com que o leonismo deslanche com a plenitude da sua força.

Em vez de pensar QUERO FAZER, digam sempre CONSIGO FAZER. Em vez de pensar QUERO SER, digam sempre POSSO SER. Pensar QUERO é força de vontade, mas pensar POSSO é a força da convicção. Por mais que nos esforçamos para tentar alguma coisa com nossa força de vontade, jamais conseguiremos realiza-la sem a força da nossa convicção.

No leonismo, como em qualquer outra atividade, jamais pensem QUERO FAZER. Digam sempre CONSIGO FAZER.

Nesse sentido, nosso movimento está precisando de cada um de nós!

           

PDG MJF Antonio Domingos Andriani, Coordenador Geral do Distrito LC-6

 

 

2.ª REUNIÃO DO COMITÊ DO GABINETE DISTRITAL 2020/2021:

 

O Secretário do Distrito LC-6, por determinação do DG MJF Antonio Paulo Caliento, expediu, em 22 de outubro de 2020, a convocação para a 2.ª reunião do Comitê do Gabinete Distrital do ano leonístico 2020/2021, que será realizada no dia 22 de novembro de 2020. O evento, devido a pandemia da Covid-19 que ainda persiste entre nós, será virtual e não presencial. Foram convocados os membros deliberativos do Comitê do Gabinete Distrital, os membros consultivos, os presidentes de Clubes, o presidente do Distrito Leo e demais associados dos Lions Clubes e dos Leo Clubes do Distrito LC-6. A reunião, naquela data, domingo, será realizada a partir das 09:30 horas, observando a seguinte

ORDEM DO DIA

01) Formação da mesa dirigente pelo Assessor Distrital do Protocolo Leonístico.

02) Abertura pelo DG MJF Antonio Paulo Caliento

Invocação a Deus

Hino Nacional Brasileiro

Hino à Bandeira

Saudação ao Pavilhão Nacional

 

03) Mensagens iniciais do DG MJF Antonio Paulo Caliento

Agradecimentos

Minuto de silêncio pelos CCLL, CCaLL e DDMM falecidos

Mensagem do Assessor Distrital da Mútua Leonística

Dificuldades encontradas diante da pandemia da Covid-19

Resultados do 1.º quadrimestre da gestão 2020/2021

Metas da Governadoria e comprometimento dos Clubes

Início das visitas oficiais aos Clubes

Distribuição das Nominatas

Palavra do Secretário e Coordenador Geral do Distrito

Palavra do Tesoureiro e aprovação do balancete do 1.º trimestre

 

04) Mensagem do 1VCC PMJF José Gomes Duba das Chagas

 

05) Mensagem do Presidente do Conselho de Ex-Governadores do Distrito LC-6

 06) Mensagens dos PDGs participantes, por ordem de inscrição

 07) Mensagem do 1.º Vice-Governador do Distrito

 08) Mensagem do 2.º Vice-Governador do Distrito

 09) Mensagem do Assessor Distrital do Concurso de Eficiência

 10) Mensagem de um representantes dos Presidentes de Região

 11) Mensagem de um representantes dos Presidentes de Divisão

 12) Mensagem de um representante dos Assessores Distritais

 13) Mensagem de um representante dos Presidentes de Clubes

 14) Mensagem do Presidente do Distrito Leo Lc-6

 15) Mensagens finais e encerramento pelo DSG MJF Antonio Paulo Caliento

Agradecimentos finais

Expectativas futuras

Confiança em novos tempos

Oração pelo Brasil

Saudação ao Pavilhão Nacional

Encerramento

As instruções para integração dos participantes desta 2.ª reunião (link) serão fornecidas antecipadamente pelo 1VDG Glauber Gomes da Silva, Assessor Distrital do Banco de Dados e Informática. ACOMPANHEM e FIQUEM ATENTOS!

 

DICAS PARA O PROCESSO DE PEDIDO DE SUBSÍDIOS PARA LCIF:

  1. Faça uma avaliação das necessidades da sua comunidade.
  2. Examine os critérios para programas de subsídios de LCIF.
  3. Identifique aliados ou colaboradores e discuta o conceito do projeto.
  4. Planifique as atividades.
  5. Preencha o formulário de inscrição.
  6. Obtenha aprovação da liderança.
  7. Envie a solicitação a LCIF.
  8. Responda as perguntas de LCIF sobre o pedido no tempo solicitado.

 

2.ª REUNIÃO DO CONSELHO CONSULTIVO DO GOVERNADOR:

 

Novembro traz uma atividade de grande responsabilidade para cada Presidente de Divisão. É o mês que ele precisa planejar e realizar sua 2.ª reunião do Conselho Consultivo do Governador (antigo Comitê Assessor) com os Lions Clubes da sua área.

Depois da Convenção Distrital e doComitê do Gabinete Distrital, a reunião do Conselho Consultivo do Governador é a mais importante reunião na esfera técnica/administrativa do Distrito LC-6.

E À FRENTE DE TUDO ISSO ESTÁ O PRESIDENTE DE DIVISÃO!

Muitas vezes considerada a mais importante reunião dos dirigentes de Clubes, o Conselho Consultivo do Governador oferece aos Presidentes e Diretores de Clubes a oportunidade de aprenderem sobre os programas e iniciativas do Distrito, do Distrito Múltiplo e de Lions Internacional. No entanto, o elemento indubitavelmente mais valioso da reunião é a oportunidade que esses líderes têm de trocas ideias e desafios com os dirigentes de outros Clubes da Divisão.

O PRESIDENTE DA DIVISÃO DEVE DILIGENCIAR PARA QUE A REUNIÃO SEJA PRODUTIVA.

A reunião geralmente se concentra na implementação de projetos de serviços, gestão de Clube, aumento de associados e desenvolvimento de liderança. Embora o objetivo principal seja oferecer aos dirigentes de Clubes um fórum de discussão, a reunião também oferece ao Presidente de Divisão a oportunidade de compilar recomendações que possam ser compartilhadas com a equipe do Governador do Distrito.

O PRESIDENTE DA DIVISÃO, NOS ARTIGO 49 A 53, E SEUS PARÁGRAFOS, DO ESTATUTO DO DISTRITO LC-6, TEM TODAS AS DICAS PARA PLANEJAR E SEDIAR O EVENTO.

As responsabilidades do Conselho Consultivo do Governador são:

  1. Certificar-se de que cada Clube está funcionando de forma eficaz, de acordo com as normas e Estatutos e Regulamentos do Distrito e de Lions Internacional, atendendo as necessidades dos associados.
  2. Garantir que os Clubes ofereçam serviço significativo, inspirem o crescimento do quadro associativo e desenvolvimento das lideranças.
  3. Promover os programas oferecidos pelo Distrito, pelo Distrito Mútiplo e por Lions Internacional.
  4. Garantir que cada Clube esteja instalando os seus dirigentes e empossando os novos associados, reconhecendo as realizações de uma maneira significativa.
  5. Incentivarem os Clubes a participarem das Convenções do Distrito, do Distrito Múltiplo e de Lions Internacional.
  6. Promover reuniões inter-Clubes, incentivando a participação nas reuniões de companheirismo, de visita do Governador e outros eventos.

 

Além de realçar essas responsabilidades, o Presidente da Divisão deve incluir na pauta da reunião, para apreciação e discussão, os assuntos que fazem parte do dia-a-dia da administração distrital, tais como:

  1. Metas do Governador do Distrito para o ano leonístico 220/2021 (essas metas estão especificadas na ata da 1.ª reunião do Comitê do Gabinete Distrital, que foi encaminhada para todos os interessados),
  2. Debates sobre as diretrizes da Equipe de Ação Global do Distrito (LCIF, GLT, GMT e GST). Essa equipe é de fundamental importância para implementação de ações no âmbito distrital. Os titulares dos referidos órgãos estão aptos a orientar sobre como os Clubes podem lidar com os desafios que enfrentam e/ou compartilhar sucessos.
  3. Questionamento ao Presidente da Região quanto às providências que estão sendo tomadas para fundação de pelo menos um Lions Clube na área, conforme comissão já formada através de resolução editada pela Governadoria do Distrito.
  4. Necessidade dos Presidentes de Clubes divulgarem aos seus associados o texto das Cartas Mensais que estão sendo expedidas regularmente pela Coordenadoria Geral do Distrito, pois tal documento traz notícias e informações de interesse do leonismo, temas do nosso movimento, matérias que visam colaborar com o desenvolvimento dos Clubes, instruções leonísticas e documentos que visam facilitar o desempenho dos dirigentes na execução das suas funções.
  5. A necessidade que os Clubes têm em informar a correta movimentação de associados a Lions Internacional.
  6. A importância dos Clubes informarem a realização de suas atividades para MyLion.
  7. Falar sobre a necessidade que os Clubes tem e manter em dia suas obrigações financeiras. O caso da Mútua Leoística é bastante significativo, pois, na fatalidade de um infortúnio, poderá ser vedado o pagamento do pecúlio ao beneficiário.
  8. Apesar da pandemia que ainda assola nosso país, mas que felizmente está arrefecendo, pedir aos Clubes que ainda não o fizeram que agendem a visita do casal Governador.

É evidente que, antes das tratativas acima mencionadas, o Presidente da Divisão deve tomar algumas medidas preliminares:

  1. Abrir a reunião protocolarmente e ressaltar a importância do serviço, que é a função mais essencial de qualquer Lions Clube. Explicar que o objetivo da reunião é compartilhar ideias e ferramentas que os Clubes poderão usar para garantir que os serviços prestados efetivamente atendam as necessidades das comunidades e expectativas dos associados. Mencionar que, ao final da reunião, haverá um debate aberto sobre os desafios e sucessos de cada Clube.
  2. Pedir que os participantes façam uma rápida apresentação, dando seu nome, título e nome do Clube.
  3. Dependendo do número de participantes, permita que cada Clube (2-3 minutos) comente suas atividades para o ano. O relato deve incluir ações de projeção do Clube, bem como quaisquer outros projetos planejados e os desafios.

 

Essas são, de forma geral, algumas considerações que esta Coordenadoria Geral do Distrito tem a fazer sobre a importância da 2.ª reunião do Conselho Consultivo do Governador.

Consideração final ao Presidente da Divisão: na convocação que for enviada aos Clubes para participação na reunião, lembrar que a presença dos membros deliberativos do Conselho na reunião (Presidente, Secretário, Tesoureiro, Diretor Social, Diretor de Associados, Diretor de LCIF, Diretor de GLT, Diretor de GMT, Diretor de GDT e Diretor de Comunicação e Marleting) quando convocados, é obrigatória, podendo, porém, em caso justificado, os referidos titulares se fazerem representar por substitutos previamente informados ao Presidente da Divisão (artigo 52 do Estatuto do Distrito LC-6).

 

CASAL GOVERNADOR INICIOU SUAS VISITAS OFICIAIS AOS CLUBES:

Conforme programação agendada, e apesar de ainda estarmos vivenciando os efeitos da pandemia, mas sempre observando as cautelas necessárias, o casal Governador iniciou suas visitas oficiais aos Clubes do Distrito.

No dia 29 de outubro de 2020, quinta-feira, foi a primeira visita oficial do casal Governador, que esteve presente no Lions Clube de São Sebastião do Paraíso. Foi uma agenda repleta de atividades.

No período da tarde, por volta das 15:00 horas, o casal esteve na Prefeitura daquela cidade onde, com o Prefeito Walker Américo Oliveira e diversos Secretários Municipais, o DG Caliento assinou o acordo de cooperação que entre si celebraram o município de São Sebastião do Paraíso/MG e o Distrito LC-6 da Associação Internacional de Lions Clubes, tendo por objetivo o recolhimento de óleo de fritura usado. O casal Governador esteve acompanhado do casal Coordenador Geral do Distrito, do Assessor Distrital do Meio Ambiente, da Presidente Paula Angela Amaral Cauduro Lauria e seus Diretores.

À noite, em assembleia festiva, o casal foi recebido pelo Clube local em sua bela sede social. Foi uma solenidade marcante. A Diretoria do Lions Clube de São Sebastião do Paraíso esmerou-se no protocolo e na observância daquilo que é preconizado pelas autoridades sanitárias, como um espaço bem arejado, distanciamento social, uso de máscaras e distribuição de álcool em gel em diversos pontos. Tudo como manda o figurino. Foi uma recepção digna da fidalguia mineira.

Durante a solenidade, que observou excelente rito protocolar, o DG Caliento agraciou duas fundadoras que ainda permanecem no Clube e no leonismo (Edyna Maldi Borges e Ana Maria Saullo Vasconcelos) com o “Diploma de Mérito Leonístico”. A Presidente Paula Lauria, no mesmo momento, e em nome do Clube, entregou às duas homenageadas uma réplica da Carta Constitutiva do Clube ricamente emoldurada.

A Presidente Paula Lauria, que conduziu a reunião com um protocolo perfeito, e seus Diretores, foram de uma atenção extrema no atendimento aos presentes. O DG Caliento, em seu pronunciamento oficial, além de realçar os objetivos de Lions Internacional e daquilo que espera dos Clubes no atendimento das suas metas para o presente ano leonístico, fez linda apologia sobre o amor que deve existir e envolver toda nossa família leonística.

Outro registro significativo no ambiente foi a exposição de três toneladas de alimentos que foram arrecadados pelo Clube em uma gincana que havia sido realizada no sábado anterior, e que serão distribuídos às entidades assistenciais da comunidade.

O evento foi encerrado com um magnífico jantar, num ambiente que exalava extraordinária amizade e companheirismo.

Até uma pequena e aconchegante chuva aconteceu durante a visita do casal Governador ao Lions Clube de São Sebastião do Paraíso, como que representando as lágrimas do céu em agradecimento ao brilhantismo daquela solenidade.

 O casal Nadir/Andriani acompanhou o casal Governador em sua visita.

 

INSTITUÍDO O CONCURSO DE FOTOGRAFIAS DO MEIO AMBIENTE NO LC-6:

           

A fotografia é a arte ou o processo de reproduzir a imagem sobre uma superfície fotossensível (como um filme) pela ação de energia radiante. É um processo que permite registar e reproduzir, através de reações químicas e em superfície preparada para o efeito, as imagens que se tiram de uma câmara escura. A fotografia, enfim, e a arte que capta a sensibilidade humana.

Diante das considerações acima, o DG MJF Antonio Paulo Caliento editou a Resolução n.º 20-2020/2021, instituindo o “Concurso de Fotografias do Meio Ambiente” no Distrito, que definiu as seguintes normas para sua realização:

 

1- O concurso instituído e destinado a todos os Companheiros Leão, Companheiras Leão, Domadoras e Leos associados dos Lions Clubes do Distrito LC-6.

2- As fotos devem pertencem a 4 (quatro) categorias:

- Meio ambiente e vegetação

- Vida animal

- Paisagem urbana ou natural

- Fenômeno meteorológico

 

3- As fotos não podem incluir pessoas.

 

4- As fotos podem ser coloridas ou em preto e branco.

 5 -As fotos deverão ser impressas em papel apropriado, medindo 20,3 por 25.4 cms (8 a 10 polegadas).

 6- As fotos deverão ser obtidas, obrigatoriamente, na área distrital do LC-6, e tem como objetivo elementos que incluem as categorias propostas.

 7- O julgamento das propostas ficará a cargo de uma Comissão Julgadora formada pelos seguintes Companheiros Leão:

PMFJ Antonio Douglas Zapolla, do LC de Brodowski (presidente)

MJF Antonio Abdo Chedid, do LC de São Joaquim da Barra (membro)

CL Renato Chaves Infante, do LC Nhandeara-Aliança (membro)

 

8 -O julgamento das fotos levará em consideração critérios estéticos da imagem produzida, tais como:

enquadramento, luz, foco, composição, cores, a proposta estética transmitida pelo autor, bem como outros atributos/critérios porventura julgados pela Comissão.

9- As fotos participantes não devem conter recursos de edição e manipulação que alterem as características naturais dos elementos registrados na foto.

 10- As fotografias que forem plagiadas (tiradas da internet) serão desclassificadas assim como seu Clube de origem.

11- Cada autor poderá, no máximo, participar com uma foto por categoria.

12- Poderão participar do concurso todos os associados do Distrito que estejam em dia com suas obrigações financeiras junto ao Distrito e Lions Internacional, e cujos Diretores devem incentivar a participação de todos,

13- Fica vedada a participação no concurso dos Companheiros e Companheiras ligados diretamente ao staff do Governador e os membros da Comissão Julgadora.

14- As inscrições serão válidas no período de setembro de 2020 a março de 2021.

15- As fotos concorrentes deverão ser apresentadas ao Presidente do Clube do autor, acompanhada da indicação da categoria, nome e endereço completo do autor, nome do Clube, entre outros.

16- As fotos deverão ser enviadas pelo Presidente do Clube do autor para o Presidente da Comissão Julgadora, pelo correio e com porte registrado (PMJF Antonio Douglas Zapolla – rua General Carneiro n.º 664 – CEP 14340-00 – Brodowski – SP)

17- As fotos não poderão portar marcas, nomes, pseudônimos ou qualquer identificação que possa associar uma autoria, sob pena de desclassificação.

18- As fotos que não seguirem as orientações constantes destas normas serão automaticamente desclassificadas, não cabendo recurso/devolução.

19- Classificar-se-ão em 1.º lugar as fotografias mais significativas de cada categoria.

20- Os primeiros colocados de cada categoria receberão troféus da Governadoria.

21- Os demais participantes de cada categoria, do 2.º ao 5.º lugar, receberão um certificado de participação.

22- Os autores cedem o direito de publicação e exposição das fotografias ao Distrito LC-6, na forma destas normas.

23- Todas as fotos participantes do concurso participarão de uma exposição que será realizada durante a 22.ª Convenção Distrital do LC-6, em local a ser definido e que ficará a cargo da Comissão Julgadora do Concurso.

 

GOVERNADOR HOMENAGEARÁ ASSOCIADOS FUNDADORES E AQUELES QUE TÊM 50 ANOS DE ATIVIDADES ININTERRUPTAS:

Os “Associados Fundadores” que ainda permanecem no movimento, e os “Associados com mais de 50 anos de atividades ininterruptas”, pertencentes aos Lions Clubes do Distrito LC-6, se constituem em exemplos que devem ser seguidos por todos aqueles que tem dentro de si o desejo ardente e sincero de prestar serviço desinteressado às comunidades.

Com esse pensamento, o DG MJF Antonio Paulo Caliento resolveu homenagear esses Companheiros durante as visitas oficiais que realizará aos Clubes. Os associados fundadores receberão uma réplica da Carta Constitutiva do Clube, onde seus nomes estão gravados, acompanhado de um “Diploma de Mérito Leonístico”.  Os associados com mais de 50 anos de atividades ininterruptas receberão o diploma. Essas deliberações foram instituídas pela Resolução n.º 22-2020/2021, emitida pelo Governador em 10/10/2020.

Referidas láureas serão entregues aos homenageados em uma solenidade especial organizada pelos Clubes a que percentem, ou, então, durante a visita oficial do casal Governador aos Clubes.

 

19 DE NOVERMBRO – SAUDAÇÃO AO PAVILHÃO NACIONAL:

           

Bom dia Bandeira do meu País. Eu te saúdo em nome da família leonística. Eu te saúdo com orgulho, com inquebrantável fé cívica, com a ternura dos filhos amorosos.

Símbolo maior da minha Pátria, que nos traz a evocação de um passado grandioso, repleto de exemplos de amor à liberdade, de convicção democrática de respeito às pessoas.

Bandeira altaneira, que pelo exemplo da tua história nos dá a esperança e, apesar da incorreção de muitos dos teus filhos, nos dá a expectativa de vislumbrar um futuro generoso, de construção humana, de convicção cristã, de harmonia, de paz e felicidade.

Não vamos ficar repetindo o significado das tuas cores, tão comum entre aqueles que te saúdam.

O que tu representas nós bem sabemos. O importante é que todos saibam respeitar aquilo que tu representas.

E nós, da família leonística, te respeitamos e compreendemos o teu valor, ao contrário daquela minoria criminosa que vive e explora os desacertos e desencontros, praticando uma política sem escrúpulos e patriotismo, escancarando a corrupção a céu aberto, humilhando o cidadão honesto, confundindo nossa juventude, maltratando a criança e o idoso, deixando todos nós quase sem perspectivas e sem fé no amanhã.

Respeitável Bandeira do meu Brasil.

Aqui está reunida uma parte da família leonística do teu País.

Os que aqui estão neste conclave reafirmam o amor por ti, o respeito pela tua excelsa presença, em todas as circunstâncias e ocasiões, para que continues a tremular altaneira acima dos mesquinhos interesses dos teus inimigos internos, que são os maus brasileiros.

Obrigado pelo que representas, Bandeira do Brasil

 

A QUESTÃO DA CONSERVAÇÃO DOS ASSOCIADOS:

Muito se tem escrito, falado e comentado sobre o porquê de tantos associados se desligarem dos Lions Clubes. Peço licença para meter minha colher no angú.

Se o Clube não proporcionar ao associado, principalmente quando recém-admitido, a oportunidade de experimentar aquilo que está procurando e se não se sentir satisfeito, com certeza vai procurar outro lugar para ter a chance de servir voluntariamente.

Pesquisas indicam que cerca de 50% dos nossos associados deixam o Lions nos três primeiros anos de ingresso. As seis principais razões apontadas são:

            - Falta de planejamento do Clube.

            - Reuniões longas e não cumprimento do horário.

            - Falta de envolvimento junto à comunidade.

            - Falta de espírito de equipe.

            - Falta de liderança do Presidente.

            - Formação de grupinhos, igrejinhas e panelinhas.

Quais são os antídotos para sanar essas falhas? Vou tentar resumir e da forma mais sucinta possível.

SOBRE A FALTA DE PLANEJAMENTO DO CLUBE: Peter Drucker, em uma das suas obras, afirmou que “o planejamento não diz respeito a decisões futuras, mas sim a implicações futuras e de decisões presentes”. É a síntese perfeita da questão!

SOBRE REUNIÕES LONGAS E NÃO CUMPRIMENTO DO HORÁRIO: Reuniões produtivas, objetivas, interativas e participativas são importantes para o bom funcionamento e sucesso de qualquer Clube. Quanto ao horário, bem... ele foi feito para ser cumprido;

SOBRE A FALTA DE ENVOLVIMENTO JUNTO À COMUNIDADE: A probalidade de um associado deixar o Clube é bem menor quando ele tem participação ativa e pode exercer sua liderança.

SOBRE A FALTA DE ESPÍRITO DE EQUIPE: Quando se trabalha em equipe todos se beneficiam: o associado, o Clube, o Distrito, o Lions Internacional e, principalmente, a comunidade. Com trabalho de equipe as ações alcançam maiores horizontes e ficam mais suaves, pois a responsabilidade pelo sucesso é de todos. Uma equipe é um time de pessoas que têm o mesmo objetivo.

SOBRE A FALTA DE LIDERANÇA DO PRESIDENTE: o Presidente é o líder maior do Clube. Deve e precisa usar o martelo sempre que necessário. Não deve ser omisso, porém não deve tomar partido em assuntos polêmicos. Não deve permitir discussão de assuntos alheios aos objetivos e projetos do Clube. Deve delegar tarefas, sem abdicar da responsabilidade.

SOBRE GRUPINHOS, IGREJINHAS E PANELINHAS: Isso pode ser evitado desde que todos os associados se sintam integrados ao grupo e envolvidos nos assuntos de interesse do Clube. Não deve existir no Clube o grupo do NÓS ou o grupo do ELES, mas sim o grupo do NÓS SERVIMOS.

Não podemos tapar o sol com a peneira, pois a realidade dessas falhas, infelizmente, ainda é constatada em muitos dos nossos Clubes.

 

NOVEMBRO AZUL

Novembro azul é uma campanha que tem como objetivo conscientizar os homens sobre os cuidados com a saúde, principalmente em relação ao câncer de próstata. A campanha é essencial, contribui para quebrar tabus, além de divulgar informações importantes sobre a doença.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), há cada 38 minutos um homem morre no Brasil pelo câncer de próstata. A mortalidade dessa doença é alta e ceifa 28,6% dos que desenvolvem neoplasias malignas.

Um dos aspectos mais preocupantes sobre o câncer de próstata vai além da mortalidade. É preciso acabar com a cultura da negligência e preconceito contra os exames de prevenção. Nesse sentido, a campanha Novembro Azul existe para alertar e incentivar a população masculina a cuidar da saúde.

Você sabe o que é o Novembro Azul e como prevenir o câncer da próstata?

O Novembro Azul é um movimento que surgiu no Brasil e se espalhpu para mais de 20 países nos últimos anos. Criado pelo “Instituto Lado a Lado pela Vida”, o mês é dedicado a levar informações sobre a saúde masculina e prevenção contra doenças, sobretudo o câncer de próstata.

Assim como no Outubro Rosa, em novembro diversas instituições chamam a atenção iluminando suas fachadas com a cor do mês, além de promoverem debates, campanhas de exames e consultas em massa com foco na saúde do homem.

Apesar de nascer tendo em vista o câncer de próstata, o Novembro Azul é hoje uma data abrangente, que visa quebrar paradigmas do homem em relação à sua saúde em todos os sentidos.

Nas palavras do Coordenador Nacional de Saúde do Homem do Ministério da Saúde,

“Nós começamos a trabalhar o Novembro Azul dentro da perspectiva de saúde integral. Então, se tornou um mês para alertar os homens sobre todos os cuidados com a saúde. É um meio importante para dar visibilidade às ações de saúde do homem no país, durante este mês, todos os municípios brasileiros trabalham na perspectiva de trazer o homem para saúde integral”.

O câncer de próstata é a segunda doença que mais acomete os homens no Brasil.

A estimativa é que, a cada 100 mil homens, 66 desenvolvem a doença. Esse tipo de câncer se desenvolve quando a próstata passa a produzir descontroladamente algumas células, originando o tumor.

As principais vítimas são homens com mais de 50 anos, mas a doença começa a se desenvolver muito antes, por isso a prevenção e diagnóstico precoce são tão essenciais.

Pessoas com parentes de primeiro grau, como irmão ou pai, que desenvolveram a doença também estão mais propensos.

Maus hábitos de saúde também podem levar ao seu desenvolvimento, como sedentarismo, obesidade e alimentação rica em gorduras, sódio, carne vermelha e deficiente em vegetais e legumes.

A poluição ambiental, contato excessivo com substâncias como o cádmio, chumbo, cromo e ferro e o excesso de estrogênio no organismo também são pontos de atenção.

Na fase inicial, o câncer de próstata pode não demonstrar sintomas. Quando aparecem, os mais comuns são a bexiga desregulada – excesso ou dificuldade em urinar. Pode ser que neste momento nenhuma anormalidade seja observada ou que seja identificado um leve crescimento da próstata (fase benigna) ao toque.

Por outro lado, quando a doença se instala, os sintomas são severos, como a insuficiência renal, infecção generalizada, dores nos ossos.

O diagnóstico é feito pelo exame Prostate-Specific Antigens (PSA) ou antígenos específicos da próstata e pelo exame de toque.

Ele deve ser realizado todo ano para monitorar a saúde do órgão e possíveis alterações que ocorrem em forma de infecções, inflamações, hiperplasia e o próprio câncer Se identificada anormalidades é feita uma biopsia.

Há dois principais pontos na prevenção do câncer da próstata: a realização dos exames frequentemente e adoção de hábitos saudáveis. Portanto, é recomendável que.

            - Realize um check-up anualmente.

            - Faça o controle do colesterol, diabetes e pressão.

            - Pratique exercícios físicos regularmente.

            - Mantenha o peso ideal.

            - Evite cigarro e abuso de álcool.

            - Mantgenha uma alimentação equilibrada.

Além disso, é essencial que se realizem exames periódicos, como hemograma completo, teste de urina e verificação do perímetro abdominal.

O tratamento para o câncer de próstata depende de alguns fatores. O estado de saúde da pessoa, da doença e a expectativa de sobrevida são os principais. Por exemplo, nos casos em que os tumores são pouco agressivos, pode ser que o especialista recomende somente o monitoramento. Situações mais graves podem requerer a remoção do tumor e tratamentos como a quimioterapia.

Falamos muito sobre o câncer de próstata, mas o Novembro Azul vai muito além disso. Além da doença é preciso ficar de olho em outras condições que sempre levam mais e mais pacientes aos hospitais.

A doença que mais afeta os homens no Brasil é o câncer de pele não melanoma. O tumor no testículo aparece como a doença que mais acomete na faixa etária dos 20 a 40 anos. Além dessas, a disfunção erétil, andropausa e o câncer de pênis (que muitas vezes é favorecido pela má higiene) são outras condições que assombram a saúde dos homens.

Tanto no Novembro Azul quanto no Outubro Rosa (que abordamos na carta do mês anterior), a mensagem é a mesma: cuidar da saúde e prevenir doenças.

De fato, essas duas ações estão ao seu alcance, sobretudo a prevenção. Agende home mesmo a marcação do procedimento que você precisa e não deixe esse Novembro Azul passar em branco.

                       

A NECESSIDADE DO PROTOCOLO LEONÍSTICO PARA OS CLUBES:

 

O título que encima este capítulo, e o artigo que a seguir transcrevemos, é de autoria do PDG MJF Manoel da Rocha Freitas, Assessor de Protocolo Leonístico do Distrito LC-6, e pertencente ao Lions Clube de Sertãozinho:

“Foi muito oportuna a abordagem do editoria da Carta Mensal de Outubro, sob o título de “Estamos nos preparando para o funeral do protocolo leonístico”. Há anos o Lions iniciou o funeral do seu protocolo, o qual chegou até ser anunciado pelo PIP Sobral, que alertou e nos proporcionou a tomada de decisões emergenciais.

Para falar sobre o assunto quero relembrar somente alguns acontecimentos durante o AL 2006/2007, período em que exerci as funções de Governador do Distrito LC-6, repleto de propostas para o desenvolvimento de projetos visando a reativação do leonismo no Distrito.

Esses projetos tinham nascido das observações anotadas durante meus anos de vivência leonística, somados às preparações obrigatórias para assumir as funções de Governador, com sonhos de querer transformar os Clubes do Distrito LC-6 em verdadeiros Clubes de Serviço voltados aos interesses das comunidades, com um convívio de amizade e companheirismo, destacando o Protocolo Leonístico, por envolver etiquetas, procedimentos e até mesmo condutas de vida.

Imbuído desses propósitos e sabendo que o protocolo é também um conjunto de formalidades para eventos solenes como reuniões de Lions, cada uma delas regida por seu protocolo. Por exemplo: o protocolo de uma reunião de diretoria difere do protocolo de uma reunião festiva; de uma assembleia de Distrito e assim por diante; lembrando também que Lions Internacional permite algumas mudanças segundo usos e costumes regionais

De posse desses atributos e de comum acordo com a equipe administrativa daquele ano, enviei a todos os Clubes as pretensões do Governador, acompanhadas do protocolo a ser seguido, principalmente na visita oficial do Governador, na procura de padronizar os rituais desde a chegada dos convidados até o final da recepção.

Qual foi minha surpresa: logo na primeira visita fui surpreendido por significativas distorções, demonstrando que – a meu ver – alguns Clubes não tinham lido as sugestões, como também nunca tinham lido algum artigo sobre protocolo leonístico e muito menos sabiam o significado de protocolo. Ao receberam o casal Governador deixavam os demais membros da comitiva governamental totalmente à margem das atenções, até mesmo sentados em mesas separadas sem que ao menos perguntassem a que Clubes pertenciam. Também existiam reuniões prolongadas, enfadonhas, uma verdadeira aberração, desmotivando o retorno de quem quer que seja.

Exemplo marcante foi o acontecido numa visita oficial em que a comitiva governamental chegou uniformizada a critério de uma visita de Governador, e deparamos com uma reunião programada para acontecer numa quadra de esportes, sem cobertura, umas cinco mesas de buteco montadas em fileira, sem toalhas e com a maioria dos membros do Clube de shorts e camisetas, fazendo churrasco. Para que formalidades se quisermos receber o casal Governador como amigos, diziam eles. Ficamos envaidecidos, porém essa não era nossa orientação.

Muitos outros acontecimentos deselegantes que denegriam a imagem do leonismo aconteceram, porém não é o caso de ficar rememorando acontecimentos bons ou ruins. Queria falar tão somente sobre a importância do protocolo leonístico para os Clubes, sabendo que Governadores anteriores também tinham enfrentado dificuldades semelhantes.

No Lions não há necessidade de novas invenções, visto que Lions Internacional possui um protocolo exemplar; basta adaptá-lo para o local e utilizar. É o que há anos fazemos e enviamos para todos os Clubes do Distrito.

Felizmente, na atualidade, estudiosos e experientes Leões Brasil afora estão levando a sério o protocolo leonistico, corrigindo as discrepâncias havidas e mostrando conhecimento, transmitindo-os aos seus seguidores e melhorando o procedimento do leonismo em geral, o que é muito bom.

Com o advento e evolução da tecnologia da informação, esses estudiosos sabiamente têm apresentado via on line palestras excelentes, deixando-nos mais confiantes dos nossos Clubes e acreditando que logo teremos procedimentos em todo Distrito e sem deslocação com onerosas e perigosas viagens.

De agora em diante, diante da pandemia que vivemos, e não sabemos até quando, não vamos tornar nossas vidas inúteis. Vamos aprender a conviver com essa situação e temos que nos adaptar às reuniões virtuais, com protocolos resumidos e sem muitas formalidades, mesmo sentindo falta das presenciais, que nos permitem agradáveis encontros.

Nosso protocolo não pode ter em seu bojo erros gritantes como os descritos acima, ser rígido como o dos militares, porém seguir o que nos orienta Lions Internacional e executá-lo com amizade e companheirismo. Podermos até errar algumas vezes, porém não desistir, chegaremos lá. Henry Ford dizia que “o insucesso é apenas a oportunidade para recomeçar com mais inteligência”. O protocolo leonístico adaptado às necessidades dos nossos Clubes é necessário sim!” (sic)

 

MAPA GENEALÓGICO DO NOSSO DISTRITO LC-6:

Um capítulo importante e fundamental na vida de uma instituição é a sua história, na qual se assentam todos os ensinamentos que, no presente, conduzirão ao futuro.

Assim é no leonismo, cuja história é rica de pessoas, atos e fatos que, através dos tempos, consolidam a força e a pujança do nosso movimento.

Desde o ano de 1952, quando o leonismo chegou ao Brasil, numerosos Companheiros e Companheiras Leão foram eleitos para, na condição de Governador ou Governadora, conduzirem durante um ano o destino dos Distritos que foram surgindo em consequência das diversas divisões territoriais.

As histórias de cada um dos Distritos brasileiros têm origem na mesma raiz, ou seja, a fundação do primeiro Clube, o “Clube de Leões” do Rio de Janeiro, seguida da fundação progressiva de outros Clubes e que acarretaria, como de fato acarretou, a formação do Distrito inicialmente Provisório e que com o tempo consolidou-se.

O fato importante é a lembrança daqueles que, um dia, cada um a seu modo, contribuíram para o desenvolvimento do leonismo, e que, citando-os cronologicamente, consegue-se preservar parte da nossa história que frequentemente é lida e analisada pelos Companheiros Leão, Companheiras Leão e Domadoras.

É importante enfatizar que, quando é elaborada a “Nominata” ou são feitas listagens dos Governadores de um Distrito, elas quase sempre se referem ou aos Governadores daquele Distrito a partir de um período, ou ainda àqueles Governadores que ainda permanecem naquele mesmo Distrito. Mas, inadvertidamente, não se referem àqueles Governadores de períodos anteriores, que governaram o Distrito com outra designação que foi modificada com o transcorrer do tempo, isso em consequência das divisões territoriais que ocorreram.

Qualquer publicação com os nomes dos Governadores de um Distrito somente será historicamente completa se nela constarem os nomes de TODOS os Governadores do referido Distrito, independentemente da designação que o Distrito tenha tido ao longo da sua vida.

Com base nas considerações acima, e como para nós o que interessa é o registro histórico do nosso Distrito LC-6, esta Coordenadoria Geral preparou o mapa genealógico com o detalhamento de todos os Governadores que pertenceram à nossa base territorial, a partir do ano leonístico 1963/1964. Nosso Distrito já teve três designações: de 1963 (quando nossa base territorial foi desmembrada de outra) a 1967/1968, éramos o Distrito L-5; de 1968/1969 a 1998/1999 (quando foi sacramentado o redistritamento do leonismo brasileiro nos atuais Distritos Multiplos), éramos o Distrito L-17; e de 1999/2000 até hoje somos o Distrito LC-6. Temos, portanto, em nossa base territorial, 05 Ex-Governadores do L-5, 31 do L-17, 22 do LC-6 e 03 do L-20 que foram incorporado ao nosso. Portanto, de 1963/1964 a 2020/2021, são 60 Ex-Governadores, mais o DG deste ano leonístico. Destes, 30 são falecidos, 05 abandonaram o movimento e 26 continuem entre nós. Como nossa homenagem a eles, divulgamos abaixo a

GALERIA DOS NOSSOS EX-GOVERNADORES

Ano leonístico, Distrito a que serviram e nome                                                    Registro:

1963/1964      L-5       João Batista Soares (Ribeirão Preto)                                 Falecido

1964/1965      L-5       Mário Bettarello (Franca)                                                   Falecido

1965/1966      L-5       José Lerro Palamone (Catanduva)                                     Falecido

1966/1967      L-5       Salim Abdala Thomé (Barretos)                                         Falecido

1967/1968      L-5       Eduardo Gomes Freitas Martins (Pirassununga)               Falecido

1968/1969      L-17     Eládio Arroyo Martins (São José do Rio Preto)                 Falecido

1969/1970      L-17     Isidoro Nunes (Barretos)                                                    Falecido

1970/1971      L-17     Edwil José Ferreira Roncada (Taquaritinga)         

1971/1972      L-17     Romeu Bonini (Sertãozinho)                                              Falecido

1972/1973      L-17     Eduardo Silva Araújo (São José do Rio Preto)                   Falecido

1973/1974      L-17     Cícero Barbosa Lima Júnior (Votuporanga)                        Falecido

1974/1975      L-17     Edgar Antonio Piton (Olímpia)

1975/1976      L-17     Jair de Figueiredo Leal (Pontal)                                          Saiu do Lions

1976/1977      L-17     Antonio Dante de Oliveira Buscardi (Taquaritinga)          Falecido

1977/1978      L-17     Silvio Benito Martini (São José do Rio Preto)                    Falecido

1978/1979      L-17     Osvaldecir Apparecido Roque (Jaboticabal)

1978/1979      L-20     Sebastião Geraldo Getúlio Vasconcelos (Passos)              Falecido

1979/1980      L-17     Helvécio de Mendonça Henriques (Ribeirão Preto)          Falecido

1980/1981      L-17     Luiz Carlos Cardoso Prado (Votuporanga)                         Falecido

1981/1982      L-17     Wander Pellizzon (Catanduva)                                           Falecido

1982/1983      L-17     Sebastião Fernando Gomes (Batatais)                               Falecido

1983/1984      L-17     Gilberto Antonio Marques Bellini (Sertãozinho)

1984/1985      L-17     Osmar Marcon (São Joaquim da Barra)                             Falecido

1985/1986      L-17     Mauro Vechiatto (São José do Rio Preto)                          Saiu do Lions

1986/1987      L-17     Pedro Cavallini Filho (Barretos)                                         Falecido

1987/1988      L-17     Mário Marcos Pompeu de Araújo (Ribeirão Preto)          Falecido

1988/1989      L-17     Nilson Pereira Maia (Pontal)

1989/1990      L-17     Alcides Viotto (Franca)

1990/1991      L-17     Marinho da Silva (Santa Fé do Sul)                                    Saiu do Lions

1991/1992      L-17     Ézio Athayde de Souza (Ituverava)

1992/1993      L-17     José Eduardo Batista (Orlândia)                                         Falecido

1993/1994      L-17     Rubens Bonvino (São José do Rio Preto)                           Falecido

1994/1995      L-17     Horácio Carnelossi (Fernandópolis)                                   Falecido

1995/1996      L-17     Altayr Ribeiro da Silva (Igarapava)                                    Falecido

1995/1996      L-20     Sebastião Pimentel de Vasconcelos (Passos)                    Falecido

1996/1997      L-17     Amado Dagoberto Ricardo de Souza (Guaíra)

1996/1997      L-20     Benedito Nogueira de Souza (São Seb.do Paraíso)           Falecido

1997/1998      L-17     Antonio Domingos Andriani (Ribeirão Preto)

1998/1999      L-17     José Emilio Menóia (Votuporanga)                                    Falecido

1999/2000      LC-6     Luiz Carlos Dias (Sertãozinho)                                            Saiu do Lions

2000/2001      LC-6     Antonio Damasceno Dias (Votuporanga)                          Falecido

2001/2002      LC-6     José Reynaldo Nascimento Falleiros (Franca)                   Falecido

2002/2003      LC-6     Dejayr Nery Barbosa (Jales)

2003/2004      LC-6     Lauro Hyppólito (Pedregulho)

2004/2005      LC-6     Antonio Paulo Caliento (Ribeirão Preto)              

2005/2006      LC-6     Maurício Brandão de Vilhena (Tanabi)                              Falecido

2006/2007      LC-6     Manoel da Rocha Freitas (Sertãozinho)

2007/2008      LC-6     Roberto Luiz Dotto (Catantuva)

2008/2009      LC-6     Ana Maria Bononi de Barros (Matão)                                Saiu do Lions

2009/2010      LC-6     Antonio Carlos Bittar (Mirassol)

2010/2011      LC-6     Maurício de Souza (Batatais)

2011/2012      LC-6     Hairton Santiago (José Bonifácio)

2012/2013      LC-6     José Gueia Mas (Nhandeara)

2013/2014      LC-6     José Gomes Duba das Chagas (Franca)

2014/2015      LC-6     Sebastião José de Oliveira Carvalho (Taquaritinga)

2015/2016      LC-6     José Mário Bazan (Ribeirão Preto)

2016/2017      LC-6     Sérgio David de Souza (Neves Paulista)

2017/2018      LC-6     Luiz Antonio Chiquetto (Votuporanga)

2018/2019      LC-6     Maria Aparecida Destito Pellizzon (Orlândia)

2019/2020      LC-6     Gustavo José Gil de Almeida (Icém)

2020/2021      LC-6     Antonio Paulo Caliento (Ribeirão Preto)

PREITO AOS EX-GOVERNADORES QUE NOS DEIXARAM

            “Saudade tem rosto, nome e sobrenome.

            Saudade tem cheiro, tem gosto.

            Saudade é a vontade que não passa.

            É a ausência que incomoda.

            Saudade é a prova de que tudo vale a pena...

            Não são as coisas bonitas que marcam nossas vidas,

            Mas sim as pessoas que tem o dom de jamais serem esquecidas!”

 

COMO ESTÁ SUA LIDERANÇA LEONÍSTICA?:

Estudo realizado entre centenas de líderes Leões, anos atrás, demonstrou que a LIDERANÇA requer certas habilidades, mesmo para aqueles “que já nasceram líderes”.

Referido estudo ensejou, também, oportunidade aos Leões para avaliarem melhor suas virtudes e defeitos, determinando como eles poderiam desenvolver ainda mais a sua auto avaliação.

Vocês gostariam de participar dessa auto avaliação de liderança, mesmo que seja apenas por curiosidade?

Na sequência da mensagem deste capítulo os interessados encontrarão uma lista de necessidades básicas para a liderança leonística.

Isso não é um teste ou uma avaliação. Apenas algo que poderá ajudar Companheiros Leão, Companheiras Leão e Domadoras a analisar, cuidadosamente, a distância entre o “ponto onde estão agora”, em termos de liderança, e “aquele onde gostariam de estar”.

É apenas uma colaboração leonística. Este Coordenador Geral, como Leão, também sentiu dificuldades em pontuar algumas questões. Estou, por isso, repassando para os eventuais interessados.

Auto avaliação de liderança leonística

            Marque uma letra à frente de cada necessidade listada abaixo, sendo:

            A = posso fazer isso efetivamente.

            B = posso fazer isso, porém satisfatoriamente.

            C = necessito desenvolver minhas habilidades para fazer isso.

            - Conheço as necessidades e interesses dos Companheiros, Companheiras e Domadoras e sei como aplicar esse conhecimento para motivá-los.

            - Posso fazer uma boa apresentação a um grupo de Leões.

            - Sei como e quando usar estilos variados de liderança.

            - Posso motivar uma comissão para trabalhar eficiente e harmoniosamente.

            - Posso liderar um grupo na decisão e solução de um problema complexo.

            - Posso resolver conflitos entre dois ou mais Leões.

            - Posso conduzir uma reunião com grande número de participantes.

            - Sei como organizar um grupo que atue com eficiência e harmonia.

            - Sei estabelecer metas e prioridades para mim e para meus Companheiros.

            - Sei organizar um plano de trabalho detalhado.

            - Sei dispor do meu tempo de modo que possa adequá-lo para fazer coisas importantes.

            - Posso liderar projetos de serviços e campanhas de arrecadação, envolvendo diversos Companheiros e o público.

            Uma boa avaliação a todos.

 

CALENDÁRIO LEONÍSTICO DE NOVEMBRO:

            - Mês da reunião do Comitê do Gabinete Distrital.

            - Mês da reunião do Conselho Consultivo do Governador.

 

CALENDÁRIO CÍVICO DE NOVEMBRO:

            05 – Dia da Cultura e da Ciência

            14 – Dia do Bandeirante

            15 – Proclamação da República (1889)

            19 – Dia da Bandeira

            24 – Dia Internacional do Doador de Sangue

 

DATAS RESERVADAS NA AGENDA DO GOVERNADOR, ATÉ HOJE:

            13/11/2020 (sex) - Lions Clube de Novo Horizonte

   20/11/2020 (sex) – Lions Clube de São Joaquim da Barra

            21/11/2020 (sab) – Reunião do Conselho de Ex-Governadores do Distrito LC-6

            22/11/2020 (dom) – 2.ª Reunião do Comitê do Gabinete Distrital do LC-6

            23/11/2020 – Reservado

            25/11/2020 (qua) – Lions Clube de Nhandeara-Aliança

            09/02/2021 (ter) – Lions Clube de Brodowski

            12/02/2021 (sex) – Lions Clubes de Franca e Pedregulho-Us.de Estreito (6 Clubes)

            13/02/2021 (sab) – Lions Clube de Altinópolis

            19/02/2021 (sex) - Reservado

            20/02/2021 (sab) – Reunião do CEG e 3.ª Reunião do Comitê do Gabinete Distrital

            21/02/2021 (dom) – 3.ª Reunião do Comitê do Gabinete Distrital

            23/02/2021 (ter) – Lions Clubes de Sertãozinho (2 Clubes)

            26/02/2021 (sex) – Lions Clube de Miguelópolis

            02/03/2021 (ter) – Lions Clube de Passos

            03/03/2021 (qua) – Reservado

            04/03/2021 (qui) 2.ª RCG do Distrito Múltiplo LC – Ribeirão Preto/SP

            05/03/2021 (sex) 2.ª RCG do Distrito Múltiplo LC – Ribeirão Preto/SP

            06/03/2021 (sab) 2.ª RCG do Distrito Múltiplo LC – Ribeirão Preto/SP

            07/03/2021 (dom) – Encerramento da 2.ª RCG do DMLC – Ribeirão Preto/SP

            12/03/2021 (sex) – Lions Clubes de Ribeirão Preto (4 Clubes)

            13/03/2021 (sab) – Reservado

            18/03/2021 (qui) – Lions Clube de Auriflama

            19/03/2021 (sex) – Lions Clube de Palmeira D’Oeste

            20/03/2021 (sab) – Lions Clubes de Guaíra (2 Clubes)

            25/03/2021 (qui) - Lions Clube de Potirendaba

            26/03/2021 (sex) – Lions Clube de Cravinhos

            03/04/2021 (sab) – Lions Clube de Orlândia

            09/04/2021 (sex) – Lions Clube de Jaboticabal

            10/04/2021 (sab) – Lions Clube de Taquaritinga

            14/04/2021 (qua) – Lions Clubes de Fernandópolis (2 Clubes)

            15/04/2021 (qui) – Lions Clube de Nhandeara

            16/04/2021 (SEX) - Reservado

            17/04/2021 (sab) – Lions Clube de Barretos

            20/04/2021 (ter) – Lions Clube de Ituverava

            22/04/2021 (qui) – Lions Clube de Igarapava

            23/04/2021 (sex) – Reservado

            24/04/2021 (sab) – Reunião do CEG e 22.ª Convenção Distrital do LC-6

            25/04/2021 (dom) – 22.ª Convenção Distrital do LC-6

Após a Convenção Distrital o casal Governador do Distrito não participará de visitas oficiais aos Clubes. O período fica reservado para preparativos do encerramento da gestão, Convenções do Distrito Múltiplo e Lions Internacional, além de outras atividades administrativas pertinentes.

Reiteramos os constantes apelos que temos feitos aos estimados Companheiros Leão e dulcíssimas Companheiras Leão Presidentes de Clubes. Apesar da situação que ainda estamos vivenciando com a pandemia da Covid-19, que felizmente parece estar sendo arrefecida, não podemos deixar de realizar nossas atividades, e a visita do casal Governador aos Clubes é uma delas.   Encarecemos que cada Presidente que ainda não o fez agende a visita, em comum acordo com os associados do Clube.

 

INSTITUTO REGIONAL DE LIDERANÇA LEONÍSTICA:

O Distrito Múltiplo LC realizou na cidade de Campinas/SP, no período de 23 a 25 de outubro de 2020, o 7.º IRLL (Instituto Regional de Lideranças Leonísticas). A finalidade do curso é preparar Leões que almejam assumir cargos relevantes em seus Distritos, apresentando uma série de módulos direcionados especialmente a esta finalidade, como gerenciamento de tempo, oratória, entre outros. Este 7.º IRLL ainda é referente ao ano leonístico de 2019/2020, mas que, pelas circunstâncias atuais, foi reprogramado para o último mês.

O curso é aberto para 3 Leões de cada Distrito do DMLC. Entretanto, em virtude da ausência de alguns Distritos mais distantes, muitos dependentes de voos comerciais, foram abertas algumas vagas para os Distritos mais próximos, dando oportunidade para que nosso LC-6 enviasse mais um participante.

Os participantes foram selecionados através das inscrições abertas em 2019/2020, mantido o cadastro de suplentes para o caso de desistências.

O LC-6 esteve representado no 7.º IRLL pelos CCLL: Paulo Henrique Rodrigues de Oliveira (LC de Votuporanga), Adriano Migani Teixeira (LC de Franca-Cidade Nova), Acácio Alves Teixeira Júnior (LC de Franca-Cidade Nova) e Carlos Roberto Ramos Rodrigues (LC de Mirassol). O 1VGD MJF Glauber Gomes da Silva foi um dos docentes de Lions Internacional, tendo proferido palestra sobre gerenciamento de tempo. Teve a colaboração da MJF Alessandra Zotarelli Gomes da Silva.

O cumprimento dessa etapa apresentou um resultado extraordinário, mostrando que a metodologia da diversidade adotada pelo Instituto integra Leões experientes com os mais jovens e motiva o grupo pelo elevado nível de aprendizado.

O 1VDG Glauber está informando que o 8.º IRLL, correspondente a este ano leonístico de 2020/2021, também será realizado em Campinas no início do próximo ano. E recomenda que os interessados fiquem atentos aos detalhes que serão divulgados através do site oficial do Distrito LC-6.

 

QUAL O SEU QI EM LEONISMO?:

01) Um brasileiro assumiu pela primeira vez a Presidência da Associação Internacional de Lions Clubes durante o ano leonístico 1976/1977. Quem foi esse notável Leão?

02) Quando Helen Keller desafiou os Leões a se tornarem “cavaleiros dos cegos na cruzada contra a escuridão”, a Associação assumiu seriamente o compromisso de servir aos deficientes visuais. Esse desafio de Helen Keller aconteceu durante a Convenção Internacional realizada em _______________________, Ohio, Estados Unidos, no ano de: a) 1925; b) 1940; c) 1941; d) 1945.

03) O orador oficial da inauguração da nossa sede internacional em Oak Brook foi o Leão brasileiro ______________________________________,

04) A organização leonística que acumula e distribui contribuições recebidas de Leões para fins humanitários, no mundo inteiro, é conhecida pela sigla: a) CARE; b) LCIF; C) Cruz Vemelha.

 05) A Lions Clubs International Foundation iniciou oficialmente suas atividades em: a) 1955; b) 1961; c) 1968; d) 1972;

 (respostas no final desta Carta Mensal)

 

ALGUNS “PITACOS” LEONÍSTICOS:

01) Melvin Jones faleceu no dia 01 de junho de 1961, aos 82 anos de idade, em Floosmoor, subúrbio de Chicago. Seu corpo foi velado, durante quatro dias, na Lain Chapel, sendo sepultado no dia 05 de junho no Mount Hope Cemetery.

02) O Leão n.º 1 do Brasil é o saudoso PDG Armando Fajardo, do Rio de Janeiro, que trouxe o movimento leonístico para nosso País.

 03) O “Dia Internacional do Leo Clube” é comemorado em 05 de dezembro. Em 1957, nesta data, o Lions Clube de Glenside, na Pensilvânia, Estados Unidos, concedeu uma Carta Constitutiva ao Leo Clube de Abington High School, cujos sócios eram, na maioria, do time de baseboll da escola. Como primeiro Leo Clube do mundo o grupo escolheu o acrônimo LEO-Liderança, Igualdade (mais tarde alterado para Experiência) e Oportunidade. E o grupo escolheu também as cores vermelho escuro e dourado (que eram as cores da sua escola) como as cores do Leo Clube. Aberto a ambos os sexos, o objetivo do Programa do Leo Clube é “oferecer aos jovens do mundo uma oportunidade de desenvolvimento e contribuição individual e coletiva, como membros responsáveis da comunidade local, nacional e internacional”. No Brasil, o “Dia Nacional do Leo Clube” é comemorado no dia 28 de agosto.

 

CLUBE DO DISTRITO LC-6 FUNDADO EM NOVEMBRO:

            Dia 22 – Nhandeara-Aliança

05 DE NOVEMBRO – DIA DA CULTURA E DA CIÊNCIA:

Durante a caminhada da humanidade através da evolução, foram registrados muitos inventos, descobertas, instituições... De suas experiências, foram formados dois grandes ramos: o da cultura e o da ciência. Seriam, assim, como duas grandes arcas onde o homem foi acumulando, através das gerações, tudo o que pode achar de interessante e aparentemente útil. Nesse acúmilo, pelos séculos afora, entraram colaboração de todos os povos.

A cultura e a ciência foram zelosas em receber todos os esforços do homem. Desde as primeira palavras que conseguiu balbuciar até as mais complexas teorias filosóficas; das primitivas pesquisas dos selvagens até os voos interplanetários, tudo a cultura e aciência acumularam para que o homem não se repetisse, mas para que em cada geração fosse um indivíduo mais evoluído, mais parto da perfeição.

A cultura é algo deslumbrante! É maravilhoso o que cada geração consegue realizar seja na área da música, da literatura e em tantas outras, graças a essa herança acumulativa. E a ciência? O que não permitiu ela no sentido de o homem progredir cada vez mais para propiciar conforto e segurança à sua espécie? E no microcosmo e no macrocosmo, não são empolgantes as conquistas? O que as gerações do futuro não conseguirão graças à herança que lhes transferiremos? Homenageemos, pois, a cultura, a ciência e seus seguidores.

 

14 DE NOVEMBRO – DIA DO BANDEIRANTE:

Os Bandeirantes tiveram uma participação inigualável no desbravamento dos sertões brasileiros. Penetrando por matas desconhecidas, permitiram que o povoamento deixasse de ocupar apenas a faixa litorânea, esparramando-se pelo interior.

Além disso, descobrindo e explorando riquezas, despertaram novos interesses entre a população, criando um novo ritmo de vida na pacata atividade colonial.

Mas, acima de tudo, a ação dos Bandeirantes garantiu a dilatação das nossas linhas territoriais, duplicando, praticamente, a área concedida pelo Tratado de Tordesilhas.

Muitos Bandeirantes ficaram célebres na história do Brasil, como Fernão Dias Paes, Borba Gato e Bartolomeu Bueno da Silva. Cognominado o “Caçador de Esmeraldas” , Fernão Dias Paes tornou-se célebre pelo desprendimento que se dedicou à procura dessas pedras preciosas. Após inúmeras buscas e sofrimentos, conseguiu encontrar aquilo que acreditava ser as cobiçadas esmeraldas. E morreu em pleno sertão, convicto da legitimidades das pedras, que eram falsas. Olavo Bilac escreveu um dos mais lindos poemas, inspirado na aventura de Fernão Dias: “O Caçador de Esmeraldas”.

Como as bandeiras costumavam partir da cidade de São Paulo, esta ficou conhecida como “Capital Bandeirante”. Houve, também, um outro tipo de expedição, que se denominada “Entrada”. As entradas tinham o mesmo objetivo de adentrar o sertão, porém não tanto quanto às bandeiras.

 

15 DE NOVEMBRO – PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA:

A 15 de novembro de 1889 o Marechal Deodoro da Fonseca proclamara a República e, assim, marcava o ponto culminante de uma vontade que vinha se fortalecendo.

Pessoalmente, D. Pedro II era um homem muito querido e respeitado, e havia construído um progresso imenso ao nosso País. Ocorre, porém, que representava um sistema de regime que já não agradava por constituir um poder hereditário, ou seja, ficava sempre nas mãos da mesma família. A herdeira do trono era a princesa Isabel. Sendo casada com um francês, o conde d’Eu, temiam os brasileiros ver o governo ser entregue a um estrangeiro.

Mas existiam outros problemas que tinham abalado os alicerces da monarquia. A guerra do Paraguai prejudicara a economia do país e a libertação dos escravos retirara o apoio dos fazendeiros ao Imperador. Além de tudo, D. Pedro II tinha contra si a idade avançada e a sucessão que, como ressaltamos, não era do agrado dos brasileiros.

O ideal republicano entusiasmava os homens cultos da época, que se inspiravam nos exemplos dos Estados Unidos e da França. Desejavam dar ao País um regime de igualdade, onde os governantes fossem homens do povo, que respeitassem o povo, escolhidos pelo povo para um período determinado.

A proclamação da República marcou uma nova época na história do nosso País. Os brasileiros tinham conseguido, finalmente, obter o direito político que tanto desejavam.

 

25 DE NOVEMBRO – DIA INTERNACIONAL DO DOADOR DE SANGUE:

Uma data que para nós, Leões e Domadoras, pode se constituir numa ferramenta dentro daquilo que postulamos em servir desinteressadamente aos nossos semelhantes.   

A par de uma participação pessoal, precisamos, através do movimento leonístico, colaborar na divulgação dos cuidados indispensáveis para a doação de sangue:

            - Idade: entre 18 e 50 anos;

            - Peso mínimo: 50 quilos.

            - Prazo mínimo de repouso: 6 horas;

            -Alimentação: Não doe sangue em jejum; evite alimentos pesados e gordurosos. Após o almoço aguarde 3 horas;

            - Para proteger sua saúde: Você não deve ser doador se já doou há menos de 90 dias, estiver grávida ou em período de até 6 meses após o parto ou cirurgia importante.

            - Para proteger a saúde do paciente: Não deve doar sangue se teve gripe ou febre nos últimos 7 dias, teve hepatite, sífilis, malária ou for portador da doença de Chagas, ter hábitos homossexuais ou bissexuais, for viciado em drogas, teve contatos sexuais com suspeitos de portar Aids, tomou bebida alcoólica há menos de 24 horas. E evitar fumar até a hora da doação;

 

AINDA SOBRE A BANDEIRA DO BRASIL...:

A Bandeira da República Federativa do Brasil é a antiga bandeira Imperial, com algumas modificações. E esta havia se originado da bandeira colonial portuguesa. A bandeira do Império era composta de um paralelogramo verde, apresentando um losango de ouro no centro. No centro desse losango havia um escudo, em campo verde, contendo a esfera armilar de ouro, atravessada pela crus da Ordem de Cristo. Ao redor, contavam-se 19 estrelas de prata sobre uma orla azul. Acima do escudo, a coroa imperial. Abraçando o escudo, dois ramos, um de fumo, outro de café. A República substituiu o escudo pela esfera, mantendo as cores azul e branca. A cruz da ordem do Cristo foi substituída pelo Cruzeiro do Sul. Cortando a esfera, uma faixa branca. Sobre ela, a legenda Ordem e Progresso. Suprimiram-se os ramos de fumo e café. Na esfera estão as estrelas que, com a constelação do Cruzeiro do Sul, representam os Estados e o Distrito Federal.

A configuração oficial desse nosso símbolo, e a correspondência das estrelas da Bandeira Nacional (Cruzeiro do Sul) com os Estados e o Distrito Federal é a seguinte:

Estado do Acre = Gama da Hidra Fêmea; Estado do Amapá = Beta do Cão Maior; Estado do Amazonas – Procyon (Alfa do Cão Menor); Estado do Pará – Spica (Alfa da Virgem); Estado do Maranhão – Beta do Escorpião; Estado do Piauí – Antares do Escorpião; Estado do Ceará = Epsilon do Escorpião; Estado do Rio Grande do Norte = Lambda do Escorpião; Estado da Paraíba = Capa do Escorpião; Estado de Pernambuco = Mu do Escorpião; Estado de Alagoas = Teta do Escorpião; Estado de Sergipe = Iota do Escorpião; Estado da Bahia = Gama do Cruzeiro do Sul; Estado do Espírito Santo = Epsilon do Cruzeiro do Sul; Estado do Rio de Janeiro = Beta do Cruzeiro do Sul; Estado de São Paulo = Alfa do Cruzeiro do Sul; Estado do Paraná = Gama do Triângulo Austral; Estado de Santa Catarina = Beta do Triângulo Austral; Estado do Rio Grande do Sul = Alfa do Triângulo Austral; Estado de Minas Gerais = Delta do Cruzeiro do Sul; Estado de Goias = Canopus (Alfa de Argus); Estado do Mato Grosso = Sirius (Alfa do Cão Menor); Estado do Mato Grosso do Sul = Alfard (Alfa da Hidra Fêmea); Estado de Rondônia = Gama do Cão Maior; Estado de Roraima = Delta do Cão Maior; Estado do Tocantins = Epsilon do Cão Maior; Distrito Federal = Sigma do Oitante. Observação do Coordenador Geral: como é bom voltar aos bancos escolares!

A bandeira é o símbolo da Pátria. Por isso, merece o nosso amor e respeito. O hino à Bandeira Nacional foi escrito por Olavo Bilac. A música é de Francisco Braga. A nossa Bandeira é uma das mais lindas do mundo. A legenda Ordem e Progresso expressa nossa filosofia. Sabemos que para progredir, necessita-se de ordem. E é através da disciplina, da aplicação e da perseverança que se consegue progredir.

 

CRESCE O NÚMERO DE ASSOCIADOS NO DISTRITO LC-C:

Apesar das incertezas que ainda nos envolvem com a pandemia atual, em que pese o lamentável falecimento de oito notáveis Companheiros e Companheiras, além de alguns desligamentos que sempre ocorrem no início de um ano leonístico, o Distrito LC-6 pode considerar que na gestão 2020/2021 já teve um considerável aumento do seu quadro associativo. No período de 01/07/2020 a 27/10/2020 foram admitidos 58 novos associados(as) em diversos Clubes.

Como homenagem aos Leões de juba nova e seus padrinhos/madrinhas, relacionamos abaixo quem contribuiu para esse aumento do quadro associativo:

 

Novo associado(a):                           Padrinho/madrinha:                         Lions Clube de:

Ana Paula P. Barbosa Dias                Edileila Imbernom Bittar                  Mirassol

Ana Paula Chierotti Zanin                Albino Trevisan Neto                        Mirassol

Ana Paula de Oliveira                       Fernando de Souza                           Nhandeara-Aliança

Ana Paula Salgado                            Fabiano Machado                             São Seb.do Paraíso

Anderson da Silva Gomes                 Adriano Teixeira                               Franca-Cidade Nova

Bruna Souza Silva Pimenta              Patrícia Cristina Machado                São Seb.do Paraíso

Carlos Henrique Aguiar                    Caetano Adami Neto                        Brodowski

Cássia Ap. Frutuozo Ribeiro             Adair Júnior Bertoldi                        Nhandeara-Aliança

Celso Antonio G. Dias                        Antonio Carlos Bittar                        Mirassol

Cibele Ferreira de Oliveira                Odair Alota                                        Nhandeara

Cláudia Abadia B. Mellem                Zuleica Silveira Nassif                       Franca-Sobral

Cláudia Regina S. Goulart                 Arariba Ferreira                                Nhandeara

Cleber Luiz Almeida R. Silva             Marcus Vinicius de Souza                 São Seb.do Paraíso

Cleida Maria da Silva                        Paula Ângela Cauduro Lauria           São Seb.do Paraíso

Cristina Maria F. Khoury                   Alexandre Pereira da Costa              Potirendaba

Daniel Bortolato Pereira                  Sônia Silveira                                    Franca-Sobraç

Danielle Nayane P. Mineiro             Daniel Fedozzi                                   Potirendaba

Edward Carlos Teixeira                     Adriano Teixeira                               Franca-Cidade Nova

Elaina Ap. Garcia Domingos             Paula Angela Cauduro Lauria           São Seb.do Paraíso

Eliana Ap. Braga D’Aiuto                  Ana Maria Saullo Vasconcelos         São Seb.do Paraíso

Evandro Ferretti Mineiro                 Daniel Fedozzi                                   Potirendaba

Fabiana Ap. Finotti Palma                Edileila Imbernom Bittar                  Mirassol

Fernando Garcia                               Adriano Teixeira                               Franca-Cidade Nova

Guilherme Rocha                              Admir Paschoal Palharini                 Potirendaba

Hélio Alves Goulart                           Arariba Ferreira                                Nhandeara

Ivone da Silva dos Santos                 Morvan Rodrigues dos Santos         Potirendaba

João Bosco F. de Medeiros               José Santana                                     Indiaporã

Luís Henrique A. Agostini                 Fernando de Souza                           Nhandeara-Aliança

Luiz Carlos Zanin Júnior                    Albino Trevisan Neto                        Mirassol

Luiz Gilberto de Souza                      Paula Ângela Cauduro Lauria           São Seb.do Paraíso

Manolo Domenico D’Aiutp              Ana Maria Saullo Vasconcelos         São Seb.do Paraíso

Marcela Zilho                                    Clóvis Neto                                        Nhandeara-Aliança

Marcus Vinicius R. de Souza             Patrícia Cristina Machado                São Seb.do Paraíso

Maria Andressa Z. Agostini              Fernando de Souza                           Nhandeara-Aliança

Mariana A. da S. Breseghelo            José Gueia Mas                                  Nhandeara

Mariana Souza Pereira                     Clóvis Fernandes Parra                     Franca-Sobral

Marize Borges Marques                   Paula Ângela Cauduro Lauria           São Seb.do Paraíso

Marta Chaim C. Fracasso                  Silmara Amarante                             Tanabi

Mayara Gonçalves Soares                Cleide da Silva                                   São Seb.do Paraíso

Miguel Arcanjo da Silva                    Paulo Aparecido Madi                      Franca-Cidade Nova

Miguel Victor M. A. Generoso          Maria Salete Souza                           São Seb.do Paraíso

Néria Rachel M. A. Generoso           Maria Salete Souza                           São Seb.do Paraíso

Orlando Frederico Ribeiro               Adair Júnior Bertoldi                        Nhandeara-Aliança

Osvaldo Silvânio Filho                      Acácio Teixeira                                  Franca-Cidade Nova

Pedro Palma                                      Antonio Carlos Bittar                        Mirassol

Rafael de Carvalho Ventura             Acácio Teixeira                                  Franca-Cidade Nova

Reinaldo Vieira Santoa                     André Luiz Viveiros Corona              Santa Fé do Sul

Rister Ranier Marques                      Clóvis Fernandes Parra                     Franca-Sobral

Roberta Dizaró Saullo                       Rafael Saullo                                     São Seb.do Paraíso

Rodrigo César Domingos                  Paula Ângela Cauduro Lauria           São Seb.do Paraíso

Romis Divino M. da Silva                  Rogério Thomazelli                           Cravinhos

Rosemeyre Santos R. Pinto              Edyna Maldi Borges                          São Seb.do Paraíso

Rosiane Soares Monteiro                 Romis Divino M. da Silva                  Cravinhos

Sueli Elza Mazola Moreti                  Sônia Silveira                                    Franca-Sobral

Suzy Zanin da Sila Saullo                  Rafael Saullo                                     São Seb.do Paraíso

Valter Ferreira de Oliveira                Odair Alota                                        Nhandeara

Walterson de Paula Grilo                 Edyna Maldi Borges                          São Seb.do Paraíso

Zilma Monteiro                                 Bernadete Aparecida Aguiar            São Seb.do Paraíso

 

            Resumo das admissões por Clubes:

            Lions Clube de São Sebastião do Paraíso ...........    19 (dezenove)

            Lions Clube de Mirassol ....................................      06 (seis)

            Lions Clube de Nhandeara-Aliança ...................      06 (seis)

            Lions Clube de Franca-Cidade Nova .................      06 (seis)

            Lions Clube de Nhandeara ..............................        05 (cinco)

            Lions Clube de Franca-Sobral ..........................        05 (cinco)

            Lions Clube de Potirendaba ............................        05 (cinco)

            Lions Clube de Cravinhos ................................        02 (duas)

            Lions Clube de Brodowski ...............................        01 (uma)

            Lions Clube de Indiaporã ................................        01 (uma)

            Lions Clube de Tanabi .....................................        01 (uma)

            Lions Clube de Santa Fé do Sul ........................        01 (uma)

Nossos cumprimentos aos Clubes acima pela dedicação ao nosso movimento e pelo comprometimento com uma das metas do Governador Caliento.

Registro: na noite do último dia 27 de outubro, terça-feira, em contato telefônico com o Governador Caliento, o CL Acácio Alves Taxeira Júnior, Presidente da Região “E”, informou sobre a admissão de dois novos associados no Lions Clube de Ituverava. Por eventual atraso na comunicação, essas duas admissões não foram computadas no quadro acima (fornecido pelo DMLC). Certamente serão contabilizadas na próxima relação.

 

CUMPRIMENTOS AOS ANIVERSARIANTES DE NOVEMBRO:

Aos aniversariantes de novembro muita harmonia, saúde e paz. Parabéns e felicidades! Que Jesus abençoe cada um de vocês e seja Guia de todos. Saibam que sua amizade é muito importante para todos nós, e que Deus permita que essa amizade perdure por longos anos.

Um ano inteiro se passa e, quando damos conta, estamos ficando mais velhos. O mais comum e esperado é se comemorar com a família e com os amigos. Se o ano que passou foi bom, comemore todas as conquistas; se não foi muito favorável, comemore pelo próximo ano de vida que está começando.

O aniversário é mais um estágio no desenvolvimento e ocasião propícia para uma introspecção. Precisamos sempre perguntar a nós mesmos qual a distância dos atos que praticamos ou daqueles que ainda podemos praticar e adicionar.

Fazer aniversário é olhar para trás com gratidão e para frente com fé! A todos vocês, aniversariantes de novembro, que relacionamos abaixo, os cumprimentos e o carinho do DG MJF Antonio Paulo Caliento e toda sua equipe.

            Dia      Aniversariante                                              Do Lions Clube de

            01        Evandro Ferretti Mineiro                             Potirendaba

            01        Gilmar Antonio Guilhen                               Mirassol

            01        Elza Maria Bonvicino                                    Barretos

            01        Floripes Torres Tolentino Martins               Votuporanga-Brisas Suaves

            01        Neyle Maria Vitaliano Nogueira                  Ribeirão Preto

            01        Ricardo Antonio da Silva                              Orlândia

            02        Maria Zélia Capriccio do Carmo                   Franca-Inovação

            02        Ronaldo César Esgoti                                    Fernandópolis

            02        Rosilene Procópio de Oliveira                      Cravinhos

            03        Ana Maria Anaga Amorim                            Batatais

            03        Ana Maria Ventura da Costa                        Votuporanga-Brisas Suaves

            03        Antonio Carlos Lazari                                    Matão

            03        Franco Alberto Paula Rodrigues                  Miguelópolis

            04        Alceny Cássio Ferreira                                  Catanduva

            04        Fernanda Mialich Lopes Castro                    Olímpia-Energia

            04        Leila Magne de Andrade                              Brodowski

            04        Luceli Aparecida Rodrigues Megiani           Votuporanga

            04        Rafaela Fabbri                                               Brodowski

            04        Sérgio Flora Baptistucci                                São Joaquim da Barra

            04        Valentim Lourenção                                     Jales

            05        Altina Ester de Souza Silva                           Franca

            05        Lidiane de Lourdes Mendonça Pereira        Guariba

            06        Alceu Luís Gonçalves                                    São Joaquim da Barra

            06        Aline Baccarim Novelli Quintas                   Fernandópolis

            06        Carlos Alberto Rosa                                      São José do Rio Preto-Sul

            06        Edyna Maldi Borges                                      São Sebastião do Paraíso

            06        Elias Bittar                                                     Mirassol

            06        Hermes Domingos Marcon                          Jaboticabal

            06        Ivete Marques da Silva Simão                      Nhandeara

           

06        José Carlos Barbosa                                      Auriflama

            06        Marcus Vinicius Marchanm                         Fernandópolis-Cidade Progresso

            06        Renan Henrique Pires Gomes                       Auriflama

            06        Renata Maria de Almeida                             Auriflama

            06        Zilda Barbosa Silva                                        Altinópolis

            07        Angela Maria Alves Gobe                             Igarapava

            07        Flávia Cristina Oliveira Galvão                     Guaíra

            07        Jorge Nassar Frange                                      Tanabi

            07        Luiz Gilberto de Souza                                  São Sebastião do Paraíso

            07        Maria Aparecida Jordão de Abreu               Batatais

            08        Benedito Luizini Gasques                             Jales

            08        Demilso Bassan                                             Mirassol

            08        José Jorge do Sim                                          São José do Rio Preto-Sul

08        Luciano Amorim Bianco                               Jaboticabal

08        Silvia Helena Campos Samara                      Ribeirão Preto

08        Vanderlice Aparecida Ernandes Brolezi       Fernandópolis-Cidade Progresso

09        Albino Trevisan Neto                                    Mirassol

09        José Roberto Guimarães Braga                    Batatais

09        Lilian Pistori                                                  Ituverava

09        Lucinei Galhardi                                            Matão

10        Cláudia Vieira dos Santos                             Ouroeste

10        João Donizetti Furtado                                 Taquaritinga

10        Maria Francisca Arantes Campos                 Indiaporã

10        Márcia Cristina da Silva                                Ituverava

11        Marlene Marques de Brito Bueno               Barretos

11        Maria Helena Solano Zamoner                    Sertãozinho

11        Patrícia de Campos Silva                              Miguelópolis

11        Rosa Meire Bartolomeu Adami                   Brodowski

12        Alessandra Beveloni Mendes                       Taquaritinga

12        Maria Rosa de Souza Alonso                        Auriflama

12        Raquel Souza Volpe                                      Franca-Inovação

13        Felipe Santana Prado                                    Igarapava

13        Maria de Lourdes Rondi                               Pontal

13        Tereza Bernardes da Silva Oliveira              São Joaquim da Barra

13        Washington Luís de Campos                        Guaíra-Águas Correntes

14        Aguinaldo Alves de Souza                            São Sebastião do Paraíso

14        Mayara Gonçalves Soares                            São Sebastião do Paraíso

14        Valdirene Aparecida Perico Pereira             Matão

14        Vilma Maria Lorenzato Bredarioli               Dumont

15        Acácio Alves Taveira Júnior                          Franca-Cidade Nova

15        Fernando Uietanabara                                 Fernandópolis

15        Iracilda Pansani Berger                                 Ouroeste

15        Luiz Antonio Lemos                                      Mirassol

16        Aparecido Belini                                           Jales

16        Edivaldo dos Santos Furlanetti                    Palmeira D’Oeste

16        Márcio Munhoz                                            Ribeirão Preto-Jardim Paulista

16        Vinicius Sales Guerche                                  Votuporanga-Brisas Suaves

17        Antonio Douglas Zapolla                              Brodowski

17        Carolina Machado de Almeida Gonçalves   Icém

17        Isabel Cristina Meloni Bombonatti              Sertãozinho

17        José Roberto Berchan                                  Pontal

17        Maria Aparecida da Silva Semprini             Ribeirão Preto-Ipiranga

17        Sandra Regina de Almeida                           Ituverava

18        Adriana Lopes                                                           Ribeirão Preto-Jardim Paulista

18        Josnei dos Santos                                          Passos

18        Lara Borges Simões Taveira                          Franca-Cidade Nova

18        Marcelo Henrique Girardi de Souza            Monte Alto

18        Odair Alota                                                    Nhandeara

18        Omar Nahas                                                  Ribeirão Preto

18        Sandra Mara Guimarães                               Auriflama

19        Fernando Boldrin Toloto                              São Joaquim da Barra

19        José Roberto Baldine                                    Orlândia

19        Wilson Plaza                                                  Monte Azul Paulista

20        Elton Fernandes Reu                                     Ituverava

20        Rubens Boschilia                                           Nhandeara

21        Arlete Aparecida Apis Sampaio                   Monte Alto

21        Ceide Alves da Silva                                      São Joaquim da Barra

21        Jacquelline Yuko Matsubara                        Auriflama

21        Júlio César de Oliveira                                  São Joaquim da Barra

21        Ricardo Augusto Falico Costa                      Votuporanga-Grandes Lagos

21        Roseli Belcavelo Contin Silva                       São Joaquim da Barra

21        Simone de Martini Carvalho                        Ribeirão Preto-Campos Elíseos

21        Sônia Dutra                                                   Ituverava

22        Eliana Aparecida Braga D’Aiuto                   São Sebastião do Paraíso

22        Irene Garcia Brigo                                         Potirendaba

22        João Antonio Rodrigues                               Nhandeara

22        João Carlos da Silva                                      Ipuã

22        José Eduardo Vieira                                      Orlândia

22        José Paulo Inohue                                         Cravinhos

22        Maria Cecília Dias Pereira                            José Bonifácio

22        Mário Denis Machado                                  Votuporanga-Brisas Suaves

22        Sindia Priscilla da Costa Esteves                  São José do Rio Preto-Sul

22        Zilma Monteiro                                             São Sebastião do Paraíso

23        Antonio Paulo Caliento                                Ribeirão Preto-Jardim Paulista

23        Angélica Melo                                               Icém

23        Elina Vieira                                                    Jaboticabal

23        Manoel Sichieri Neto                                    Sertãozinho

23        Maria Aparecida Bedin Leone                      Ribeirão Preto

23        Neuci de Souza                                              Jaboticabal

23        Roseli Alves Francisco                                  Neves Paulista

23        Valdir José Uchôa                                          Tanabi

24        Chafi Rimi                                                      Ribeirão Preto-Campos Elíseos

24        Daiane Aparecida Pereira da Silva               Olímpia-Energia

24        Marinete Sgarbosa Barichello                     Guariba

24       Paulo Barbosa                                               Orlândia

24        Vinicius Thiago Grillo Brumato                    São José do Rio Preto-Letícia

25        Alex Aparecido Verde                                  Guariba

25        Celina Vilela Rosa Ardenghe                        Mirassol

25        Maria Aparecida Machado Santos              Ouroeste

25        Marli Aparecida de Deus                              Matão

26        Alexandre Duarte                                         Taquaritinga

26        Edie Francisca Fernandes Sanches               Ouroeste

25        Ivete Randinsk Fatori                                    Jaboticabal

26        José Carlos Lucas                                           Jaboticabal

26        Miguel Tosti                                                  Batatais

26        Paula Thamiris Ribeiro Costa                       Nhandeara-Aliança

27        Clélia Cristina de Moraes Souza                   Auriflama

27        Eduardo Takassi                                            Guaíra-Águas Correntes

27        Marisa Mariko Yamada Minamihara           Franca

27        Mauro Sérgio Cecílio                                    Tanabi

27        Nelson Gimenes                                            Catanduva

28        Gilberto Antonio Germano                          Catanduva

28        Neusa Sanches de Oliveira                           Monte Azul Paulista

28        Osvaldecir Apparecido Roque                     Jaboticabal

28        Rogério Fatore                                              Jaboticabal

29        Amanda Roma Menten                                Guariba

29        Angela Aparecida Takeda                            Orlândia

29        Carlos Henrique Triques                               Santa Fé do Sul-Estância Turistica

29        Edison Célio Garcia Costa                             Franca-Imperador

29        Jacyr Torres Mazza                                        Ribeirão Preto

29        Olney Bernardo Camacho Greilberger        Matão

29        Ricardo Sanches Lima                                   Monte Azul Paulista

29        Rodrigo Alonso Garcia                                  Catanduva

29        Solange Fagiolli Cavallieri                            São Joaquim da Barra

30        Natalia dos Santos Benetoli da Silva           Potirendaba

30        Rafaela Imbernom Bittar                              Mirassol

30        Rodrigo Amorim Bianco                               Jaboticabal

30        Sônia Regina Castelani                                 Jaboticabal

 

RESPOSTAS – QUAL O SEU QI EM LEONISMO:

01) João Fernando Sobral

02) Cedar Point, em 1925

03) João Fernando Sobral

04) LCIF-Lions Clubs International Foundation

05) 1960

 

Um fraterno abraço a todos e até o próximo mês, se Deus assim o permitir.

                                                                       PDG MJF ANTONIO DOMINGOS ANDRIANI

                                                                           Coordenador Geral do Distrito LC-6

 

Cc:       1.º e 2.º Vice-Governadores do Distrito LC-6

            Presidentes de Região e Divisão do Distrito LC-6

            Assessores e Assistentes Distritais do LC-6

            Outros CCLL, CCaLL e DDMM interessados

 

 

Associação Internacional de Lions Clubes – DMLC – Ano Leonístico 2020/2021

GOVERNADORIA DO DISTRITO LC-6

Rua São José, 2261 – Jardim Sumaré – CEP 14025-180 – Ribeirão Preto - SP

CARTA MENSAL DE OUTUBRO da

Coordenadoria Geral do Distrito LC-6

                                                     Ribeirão Preto, 01 de outubro de 2020

                                                    

Destinatários: PRESIDENTES DE CLUBES DO DISTRITO LC-6

Esta carta mensal é um trem cujos vagões transportam notícias e informações de interesse do leonismo, temas do nosso movimento, matérias que visam colaborar com o desenvolvimento dos nossos Clubes, instruções leonísticas e documentos que visam facilitar a vida dos nossos dirigentes no desempenho de suas funções. Sua finalidade é fazer com que o comboio chegue à sua parada final, que são os Clubes e seus associados, com o objetivo atingido. Fazemos votos para que os estimados Companheiros Leão e dulcíssimas Companheiras Leão Presidentes de Clubes não percam esse trem e fiquem perdidos na estação.   PDG MJF Antonio Domingos Andriani.

 

 

MENSAGEM DO GOVERNADOR:

 

Temos recebido vários telefonemas sobre nossa participação na 1.ª reunião do DMLC, realizada virtualmente nos dias 26 e 27 de setembro último, onde fizemos a apresentação do significado do PIN da Governadoria e do trabalho que os Clubes vêm realizando. Por isso, nada melhor do que apresentarmos ao Distrito, através desta carta mensal, um resumo daquilo que ocorreu naquele evento.

Relatamos durante nossa apresentação que, dentre os trabalhos que o Distrito LC-6 vem realizando, procuramos fazer uma retrospectiva de como nossos Clubes vêm atuando para cumprir as metas estabelecidas pela Governadoria, realizando um grande trabalho em suas respectivas Regiões.

Isso foi apresentado no vídeo. Iniciamos falando do PIN da Governadoria do Distrito LC-6. Nele aparece nosso lema “Companheirismo com Simplicidade”. Companheirismo com simplicidade, um modo simples de sermos e de tratarmos com carinho as pessoas, sem precisarmos ser autoritários. No destaque aparecem dois Leões e o emblema do Lions. Duas mãos aparecem amparando-os. Ali, os Leões somos nós, e eles nos representando no PIN. As mãos são o amparo que pedimos a Deus nessa caminhada que estamos enfrentando durante a tempestade da Covid.19. Um modo bem simples de nos colocarmos diante de Deus, rogando por sua ajuda. Esse é o PIN que nos acompanhará nessa caminhada. E que assim seja!

Falo agora do vídeo que foi apresentado, o qual, por si só, mostrou a realização de algumas das metas que nos propusemos realizar neste ano leonístico 2020/2021.

O vídeo mostra também as campanhas dos Clubes e os trabalhos que os mesmos estão realizando. O fundo musical que ilustrou o vídeo foi o “Tema da Vitória”, que é o que desejamos a todos e que certamente teremos no final de tudo isso que estamos passando com esse terrível Covid-19.

O vídeo mostra, por ordem alfabética, o que alguns Clubes do Distrito estão realizando. Por isso, não há necessidade de ficarmos narrando imagem por imagem, pois as mesmas já falam por si só.

Uma das metas a que nos propusemos realizar diz respeito ao aumento de associados, apesar de algumas perdas sentidas que temos registrado. Temos, até agora, um Clube de destaque no Distrito, onde foram admitidos 22 novos associados em apenas duas semanas, e com promessa de outras admissões. Estamos nos referindo ao Lions Clube São Sebastião do Paraíso e não poderíamos deixar passar a oportunidade de fazer esse nosso reconhecimento. Isso também é o “Nós Servimos”.

Como vocês puderam observar, o vídeo apresentou os trabalhos que os Clubes vêm realizando durante a presente pandemia. Temos que valorizar nossos Clubes, pois eles demonstram a força do Distrito. O Governador é um mero coadjuvante nisso tudo!

E assim será, demonstrando que o Distrito tem lideranças dentro dos seus Clubes.

Tem que ser assim em todos os setores da nossa vida. Valorizarmos sempre o trabalho das pessoas que estão ao nosso lado.

Finalizando, e para relembrar, as imagens do vídeo apresentado poderão ser revistas acionando o site oficial do Distrito.

Um grande abraço a todos.

        

DG MJF Antonio Paulo Caliento, Governador do Distrito LC-6

 

EDITORIAL:

 

Estamos nos preparando para o funeral do protocolo leonístico?   Pode parecer um questionamento sem nexo, mas tem tudo a ver com o que passo a relatar.

A literatura ensina que o protocolo é irmão da etiqueta e da boa educação, filho do bom-senso e das boas maneiras. Na teoria isso é lindo, muito lindo! Só que, na prática, alguns membros da família leonística estão tratando esses nossos “parentes” de forma deselegante e, em alguns casos, até mesmo vexatoriamente. E a constatação desse fato depõe contra a excelência que deve envolver e nortear nossas atividades.

Alguns atos que tenho observado, nos últimos tempos, chega às raias do absurdo. Principalmente levando-se em conta que agressões inadmissíveis contra o protocolo leonístico têm sido praticadas por Leões que estão há longos anos no movimento. E estes, pelo menos, têm por obrigação conhecer um mínimo que seja das regras que devem conduzir nossas solenidades. Ou, se não conhecem, devem perguntar e pesquisar. Isso não é desdouro para quem quer que seja, já que ninguém nasce sabendo.

Que absurdos são estes? Exemplificando, e para não saturar a paciência de ninguém, vou comentar três situações que já constatei e presenciei:

Primeira: por mais que o assunto tenha sido discutido e martelado, ainda são cometidos erros lamentáveis quando ao posicionamento das bandeiras nas respectivas bases ou suportes. Presume-se que cada Clube deve ter, sem seus arquivos, dezenas de instruções e orientações sobre a ordem de colocação das bandeiras,basta apenas consultar. Participei de uma importante solenidade distrital. As bandeiras colocadas nos mastros para hasteamento não obedeciam a ordem protocolar. E, pasmem, nesta solenidade convidaram um graduado dirigente leonístico – que por sinal foi o orador oficial do evento – para hastear uma bandeira que estava no lugar errado. Prefiro acreditar que o rubor que se apossou do seu rosto foi originado pelo sol que no momento brilhava sobre o local...

Segunda: Formação de mesa dirigente tem sido outro ponto de desacato ao protocolo leonístico. Especialmente em solenidades de Clubes. O puxa-saquismo natural para com as pessoas da comunidade, que evidentemente merecem as honrarias, só que nos lugares que lhes competem, foi por mim observado em inúmeras oportunidades. Ora são vereadores ou representantes do prefeito que são declinados em detrimento a Ex-Governadores presentes; outras vezes presidentes de Rotarys ou veneráveis de Lojas Maçônicas são convidados antes de dirigentes leonísticos graduados,até mesmo prefeitos são chamados antes do Ex-Governador Imediato ou Vice-Governadores do Distrito presentes. E assim a barca vai, cada vez mais desgovernada, simplesmente por falta de quem a conduza com zelo e competência.

Terceira: e o Mestre de Cerimônia? Em alguns casos sua atuação chega a ser lamentável! Menos por culpa dos Companheiros ou Companheiras Leão convocados ou convocadas para as funções, sem conhece-las, mas por culpa exclusiva dos Presidentes e Diretores Sociais, aos quais cabe a definição do protocolo e a orientação de todos que estejam envolvidos na programação. Existe aquele Mestre de Cerimônia que pega o microfone no início da festiva e larga somente no fim, cometendo, inclusive, o sacrilégio de conceder ou anunciar a palavra de dirigentes, quando isso é prerrogativa exclusiva do Presidente. Tem outro que gosta de imitar o apresentador de telejornal, comentando toda notícia que divulga. Há também aquele que gosta de fazer introduções sobre as qualidades pessoais de Companheiros, quando não das suas próprias, relatando que fez isso ou aquilo. E. se não bastasse, antes de devolver o colar faz uma longa peroração, cheia de citações e salamaleques, para agradecer penhoradamente o privilégio de ter sido designado para as funções. Sinceramente, não há... tempo que não estoure. O Mestre de Cerimônia é peça importante numa assembleia, pois a ele cabe uma parte na direção dos trabalhos. Mas ele deve conhecer as regras e saber aplica-las, pois é somente executor de um ritual. Nada mais que isso!

Como disse, esses são apenas três exemplos, pois se fosse relatar dezenas e dezenas de outras falhas que tenho observado provavelmente este editorial iria longe demais

Existem culpados pela degringolada que está havendo no desprezo e desrespeito ao protocolo leonístico? Claro que sim!   Somos todos culpados!   Eu, você, Presidentes de Clubes, Presidentes de Região e Divisão, Assessores e Assistentes Distritais, Ex-Governadores e o próprio Governador do Distrito. Cada um deve atuar no limite da respectiva competência para tentar salvar um dos mais lindos procedimentos leonístico que é o seu protocolo.

Senão? Bem, senão vamos nos preparar para o funeral do protocolo leonístico. Mas, por gentileza, que nas exéquias, como despedida final, sejam utilizadas flores roxas e amarelas para simbolizar as cores oficiais do Lions, cuja observância será, de certa forma, um meio de nos lembrarmos do protocolo leonístico.

 

            PDG MJF Antonio Domingos Andriani, Coordenador Geral do Distrito LC-6

 

DIA MUNDIAL DO SERVIÇO LEONISTICO:

 

Vivemos em um mundo em que o progresso tecnológico é impressionante. Continentes e oceanos podem ser percorridos em minutos. Em segundos podemos entrar em contato com uma pessoa em qualquer parte do mundo. A lua já foi visitada por humanos.

Entretanto, em todas as partes do planeta milhões de pessoas sofrem os males da pobreza, do desamparo e da fome. Outros milhões vivem em desespero diante da falta de compreensão, compaixão, carinho e proteção.

Foi com esse escopo serviço aos necessitados do mundo que nossa Associação Internacional de Lions Clubes criou o “Dia Mundial do Serviço Leonístico”, com o objetivo de levar a todos os necessitados e abandonados e assistência e o socorro que necessitam para viver com dignidade.

Assim, todos os anos, o dia 08 de outubro brilha como um farol luminoso de esperança humanitária para as pessoas necessitadas.

É nesse dia que Companheiros Leão, Companheiras Leão, Domadoras, Leos e Juventude Leonística de todo mundo se unem em serviço, trabalhando com uma força única para confortar e prestar assistência tanto aos cidadãos de nossas comunidades como aos habitantes menos afortunados em todo mundo.

O “Dia Mundial do Serviço Leonístico” é um dia no qual toda nossa família humanitária se compromete com o serviço ao próximo. É um dia no qual compactuamos com o “Nós Servimos”.

O dia 08 de outubro tem mais do que um propósito. Na verdade, neste dia grandes atos de serviço são inspirados por Leões dedicados.

Este singular dia de serviços também oferece oportunidade para renovação espiritual para homens e mulheres que decidem servir ao próximo através dos Lions Clubes.

Neste dia, as mãos e o coração de cada Leão unem-se em serviço com homens e mulheres de diferentes culturas e nacionalidades,pessoas que falam idiomas diferentes e agem de modo diferente.

O leonísmo é um idioma falado por todos que possuem espírito humanitário. É a voz que sobressai para ser ouvida além dos clamores de dor e pobreza das necessidades mundiais.

 

REPETIR OU NÃO REPETIR, EIS A QUESTÃO:

 

Tornou-se protocolar, no final de uma assembleia leonística, o dirigente da solenidade solicitar que algum Companheiro Leão ou Companheira Leão faça a leitura da “Oração pelo Brasil” ou da “Oração Final”. Ambas têm texto altamente significativo e exalta os ideais do nosso serviço desinteressado. Existe, porém, um fato que vem deslustrando o protocolo leonístico. A “Oração pelo Brasil” deve ser repetida pelos presentes. A “Oração Final” não deve ser repetida pelos presentes. Dessa forma, quando alguém for convidado para proferir a “Oração pelo Brasil”, deve se dirigir aos presentes e dizer: “por favor, repitam comigo”, e ler a mensagem pausadamente para que todos possam acompanhar seus enunciados.   Infelizmente ainda existem muitos membros da nossa família leonística (inclusive altos dirigentes) que, convidados para ler a “Oração Final”, pedem para que os presentes repitam seus enunciados. Vamos corrigir enquanto é tempo!

 

O EMBLEMA DO LIONS:

Quando nós tomamos posse como associados do Lions recebemos, normalmente, orientação para usar o distintivo com orgulho, mostrando a todos que pertencemos a uma Associação que presta serviços desinteressados à comunidade.

Segundo o “Dicionário Enciclopédico Leonístico”, de autoria do saudoso PID Áureo Rodrigues, o “PIN” é uma expressão inglesa traduzida por emblema, broche ou distintivo, usado nas lapelas ou nas golas de camisas e blusas, a fim de que o possuidor seja identificado como associado de um Lions Clube.

Esse emblema, hoje, é o símbolo de serviço mais largamente usado em todo mundo. Ele aparece ostentado por homens e mulheres que se uniram com a finalidade de prestar serviço desinteressado àqueles que necessitam.

Milhares de pessoas desprivilegiadas, em desabrigo ou sofrimento, estão agora gratas pela luz de esperança que este emblema trouxe para suas vidas.

Quem usa o emblema do Lions? Homens e mulheres de inúmeras nacionalidades, raças, crenças religiosas e políticas, pois o emblema é um símbolo de compreensão e cooperação entre as pessoas de boa vontade.

Os Companheiros Leão, Companheiras Leão e Domadoras orgulham-se de usar o seu emblema e pertencer ao Lions. Eles são parte de uma cadeia humana de serviço que se estende por todo o globo, ignorando limites e fronteiras.

O distintivo com o emblema do Lions tem um importante significado. Ele identifica o CL, a CaL ou a DM que o usa como um digno associado de uma organização mundial unida a serviço da humanidade. Significa que você está contribuindo com algo para a vida, ao invés de estar apenas tirando proveito dela.

Use sempre o emblema do Lions com orgulho!

A propósito, na próxima assembleia do seu Clube, se notar que algum Companheiro Leão não está ostentando o emblema do Lions, não se acanhe em perguntar: “Companheiro, onde está o seu Pin?

 

OUTUBRO ROSA:

 

Você sabe o que é “Outubro Rosa”?

Outubro Rosa é uma campanha anual realizada mundialmente em outubro, com a intenção de alertar a sociedade sobre o diagnóstico precoce do câncer de mama.

A mobilização visa também à disseminação de dados preventivos e ressalta a importância de olhar com atenção para a saúde, além de lutar por direitos como o atendimento médico e o suporte emocional, garantindo um tratamento de qualidade.

Durante o mês, diversas instituições abordam o tema para encorajar mulheres a realizarem seus exames e muitas até os disponibilizam. Iniciativas como essa são fundamentais para a prevenção, visto que nos estágios iniciais a doença é assintomática.

Sobre o câncer de mama:

O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação de células anormais da mama, que formam um tumor. Há vários tipos de câncer de mama. Alguns tipos têm desenvolvimento rápido, enquanto outros são mais lentos. É um tumor maligno que afeta o tecido mamário e é um dos tipos mais comuns, segundo o Instituto Nacional do Câncer. Ele se desenvolve quando ocorre uma alteração de apenas alguns trechos das moléculas de DNA, causando uma multiplicação das células anormais que geram o cisto.

A importância da mamografia:

De acordo com o Instituto Oncoguia, diagnosticar o câncer precocemente aumenta significativamente as chances de cura, pois 95% dos casos identificados em estágio inicial têm possibilidade de cura. Por isso, a mamografia é imprescindível, sendo o principal método para o rastreamento da doença.

Conforme dados da Sociedade Brasileira de Mastologia, das 11,5 milhões de mamografias que deveriam ser realizadas no ano passado, apenas 2,7 milhões foram feitas. A diminuição acentuada do exame é um risco para milhares de mulheres e um alerta para a importância da campanha.

Sinais e sintomas do câncer de mama:

- Caroço (nódulo), geralmente indolor.

- Pele da mama avermelhada ou parecida com casca de laranja.

- Surgimento de alterações no bico do peito (mamilo), ou saída espontânea de líquido de um dos mamilos.

-Mamas vermelhas e quentes.

- Mudança no formato ou tamanho.

- Mamilo retraído.

- Veias crescentes.

Aproximadamente 80% dos tumores são descobertos pelas próprias mulheres através do toque.

O homem também pode ter câncer de mama. Porém, o percentual é significativamente menor quando comparado às mulheres: apenas 1% do total de casos.

Breve história:

O movimento “Outubro Rosa” teve início no ano de 1990 em um evento chamado “Corrida pela Cura”, que aconteceu em Nova Iorque, nos Estados Unidos, destinado a arrecadar fundos para a pesquisa realizada pela instituição “Susan G. Komen Breast Cancer Foundation”.

O evento ocorria sem que houvessem instituições públicas ou privadas envolvidas. A medida em que cresceu, outubro foi instituído como o mês de conscientização nacional nos Estados Unidos, até se espalhar para o resto do mundo.

A primeira ação no Brasil aconteceu em 2002, no parque Ibirapuera, em São Paulo, com a iluminação cor-de-rosa do Obelisco Mausoléu ao Soldado Constitucionalista.

A partir de 2008, iniciativas semelhantes se tornaram cada vez mais frequentes. diversas entidades relacionadas ao câncer passaram a iluminar prédios e monumentos transmitindo a mensagem: a prevenção é necessária.

Os Lions Clubes, pela sua própria natureza de entidade voltada às causas humanitárias, podem se envolver na divulgação do “Outubro Rosa”.

 

INVESTIR NA FELICIDADE:

 

Qualquer que seja a trajetória da nossa vida, e para obter aquilo que procuramos, é preciso haver um mínimo sentido de liderança, pois sem isso ninguém conseguirá essa coisa tão procurada e ambicionada chamada êxito.

E êxito somente conseguimos se lutarmos com fé, dedicação, amor, zelo abnegação e muito desprendimento.

A nossa Associação Internacional de Lions Clubes encerra em seu bojo a magnitude que toda nossa imaginação possa alcançar. Parem e pensem! Aqui encontramos uma filosofia de trabalho, comportamento, perseverança, sentimento, consideração, relacionamento, eficiência, reciprocidade, amizade, bem-estar, busca e compreensão.

Podemos passar horas adjetivando o sentido da palavra que encerra nossa Associação, para nos expressarmos e resumi-la numa só palavra: AMOR.

Temos nossa ética e nossos propósitos. Se parássemos um pouco e refletíssemos sobre o que significa nossa Associação, encontraríamos toda uma regra de conduta, de bem viver e de bem pensar.

Nossa entidade pertence a todos nós. Ela não é privilégio de intelectuais, professores, técnicos, políticos, religiosos e muito menos apenas daqueles que dispõem de tempo. Com apenas duas palavras nós formulamos o ingrediente necessário para tornar nossa Associação um sucesso: BOA VONTADE.

Sabemos perfeitamente que o sucesso da nossa Associação depende fundamentalmente dos seus associados. O segredo está em descobrir a fonte preciosa das ideias de êxito, para que fecunde e desabroche o potencial humano que existe em cada um de nós.

As coisas mais importantes da vida não encontramos na opulência do poder, nem tampouco na riqueza. Nós vamos encontra-la na simplicidade da natureza. Aí sim, descobre-se a importância que nos motiva a conseguirmos aquilo que desejamos, atingindo a verdadeira finalidade da vida.

A Associação nos dá a chance de desenvolver as possibilidades ilimitadas que existe em cada um de nós, para emergirmos, elevando o sentido maior dos nossos objetivos e dando o melhor de nós pela união e amizade que deve prevalecer.

Precisamos nos agregar em torno da nossa Associação, participando de todas as suas propostas e ações. O importante é agir. Da ideia à ação, sem temer o erro. Nós somos os semeadores e as sementes: colhemos aquilo que plantamos.

Nunca devemos deixar de agir por medo de errar. Todo mundo erra, e somente não erra quem nada faz ou quem nada diz. O importante é saber usar o bom-senso para tirar proveito dos erros.

Não é o tempo que faz alguém ser maior ou saber mais do que os outros, mas, sim, a atenção nas experiências acumuladas.

A ideia da criação da Associação não foi fazer uma sociedade para nos sentirmos importante com a força do seu sentido, mas unicamente fazer desse movimento uma força de prestígio calcada no seu patrimônio humano.

É a parcela do trabalho de todos nós (às vezes anônima), a nossa inteligência, a nossa disposição, a nossa responsabilidade, o nosso conceito e uma série de outros atributos que, somados, fazem o prestígio da nossa Associação.

Alguém já afirmou que “amar é investir nossa felicidade na felicidade do outro”. É um investimento que não custa nada! Vamos investir?

 

NINGUÉM NA FRENTE DA BANDEIRA DO BRASIL:

 

Hoje em dia, nos eventos leonísticos distritais, talvez por motivos logísticos, quase já não há mais a solenidade de hasteamento das bandeiras. O que se tem feito, atualmente, é a realização da solenidade de homenagem às bandeiras no próprio recinto das plenárias. O suporte com as bandeiras é colocado em posição estratégica e os dirigentes leonísticos convidados se postam à frente dos diversos pavilhões. Durante a solenidade, e normalmente após a execução do Hino Nacional, alguém é destacado para fazer a saudação ao Pavilhão Nacional. É nesse momento que ocorre uma aberração ao protocolo leonístico. Enquanto a saudação é feita, os dirigentes convidados continuam postados à frente das bandeiras, ocultando-as parcialmente ou quase por completo. Quando é feita a saudação à Bandeira do Brasil, ninguém pode ficar colocado à sua frente. Ela deve ficar livre e solta para que possa ser saudada condignamente. Nesse caso, e antecipadamente, o condutor da solenidade deve solicitar aos dirigentes que participaram do ato para que, antes de ser iniciada a saudação à Bandeira do Brasil, eles se desloquem do lugar em que estão e se coloquem ao lado do suporte onde estão as bandeiras, deixando principalmente a do Brasil completamente visível para todos os presentes. Vamos corrigir enquanto é tempo!

 

E OS NÚMEROS CONTINUAM CAINDO VERTIGINOSAMENTE:

Antes eram 6.

Depois passaram para 9.

Mais tarde foram registrados 11.

Não muito tempo depois eram 15.

Mais algum tempo e já eram 19,

Em janeiro de 2019 o número passou para 26.

Um mês depois, em fevereiro, já eram 28.

E agora, no último levantamento feito, em agosto de 2020, já são 33 Clubes do nosso Distrito LC-6 com menos de 20 (vinte) associados, que corresponde a 50% das nossas atuais 66 unidades.

Lions Internacional recomenda que os Clubes deverão se empenhar para manter 20 associados, que é o número mínimo exigido para recebimento da Carta Constitutiva.

Não é da alçada desta Coordenadoria, mas julgo de utilidade fazer um alerta: alguém precisa tomar alguma providência, por mais drástica que seja. Senão...

Com a palavra os estimados Companheiros Leão e dulcíssimas Companheiras Leão Presidentes dos 33 Clubes que estão com o déficit registrado!

 

COMO ORGANIZAR UMA REUNIÃO OU SEMINÁRIO:

 

Quando você for convidado para organizar uma reunião ou seminário, ou mesmo participar da atividade em conjunto com outros Companheiros e Companheiras, poderá se valer do conteúdo educativo abaixo para preparar ou divulgar o evento.

Na coluna da esquerda estão os 13 tópicos possíveis para se preparar e divulgar uma reunião ou seminário. Estão fora de ordem. Coloque nos parênteses a numeração sequencial (de 01 a 13) que você acha correta e correspondente a cada tópico. Por exemplo: se achar que “promover as inscrições” é o primeiro passo para organizar a reunião, coloque o n.º 01 no parêntese correspondente. Na coluna da direita está sequência que você deverá utilizar para registrar sua opinião.

(     )  Marcar data, local e hora.         (01) ________________________
(     )  Selecionar temas. (02) ________________________
(     )  Avaliar o seminário. (03) ________________________
(     )  Escolher os expositores. (04) ________________________
(     )  Preparar o regulamento do evento.    (05) ________________________
(     )  Conclusões. (06) ________________________
(     )  Promover as inscrições. (07) ________________________
(     )  Selecionar o pessoal de apoio. (08) ________________________
(     )  Divulgar resultados. (09) ________________________
(     )  Divulgar o seminário. (10) ________________________
(     )  Debates. (11) ________________________
(     )  Levantar necessidades.             (12) ________________________
(     )  Apresentação dos temas. (13) ________________________

 

Estou divulgando este conteúdo com o único objetivo de avivar a atenção dos interessados para as atividades leonísticas.   Depois de registrar sua opinião, você poderá confrontá-la com o resultado que estamos divulgando no final desta carta mensal.

 

BOLETIM VIRTUAL X BOLETIM IMPRESSO

 

O título que encima deste capítulo, e o artigo que a seguir transcrevemos, é de autoria do PMJF Antonio Douglas Zapolla, Assessor Distrital de Instruções Leonísticas, Revistas BIG e Lion Sudeste, pertencente ao quadro associativo do Lions Clube Brodowski:

“A globalização, a internet, as facilidades dos boletins virtuais vêm dominando a imprensa do leonismo e temos poucos boletins impressos que são distribuídos nas comunidades. As facilidades da tecnologia em contraposição ao custo financeiro da impressão e despesas de correio, colaboram para esse cenário.

Acreditamos nesse novo modo de comunicação que democratiza rapidamente as informações, atingindo praticamente o mundo todo em poucos segundos. Mas será que atinge a sua verdadeira finalidade? A valorização do Lions Clube, do movimento leonístico em nossa comunidade está sendo conseguido com boletim on-line?   Não será esse um meio de pessoas que já são do Lions, Companheiros e Companheiras que tenham internet e que as usam com frequência?

Temos que pensar na nossa necessidade de aparecer perante as autoridades locais, o comércio e a indústria, os profissionais liberais, que de certa forma são o alvo principal para a divulgação leonistica, para que a comunidade local acompanhe, valorize, colabore e entenda o que o Lions Clube faz. É preciso divulgar o quanto o Lions é importante em uma comunidade. Assim, através do conhecimento dessas atividades, podemos conseguir novos associados que venham garantir a continuidade do movimento leonístico.

Afinal de contas, o boletim impresso pode ser lido em um escritório, consultório, num gabinete, numa loja, em um dos momentos para uma leitura “de espera”, de informação rápida e eficaz. E também acreditamos que muitos que recebem uma edição virtual, excluindo aqueles diretamente interessados, seja do clube, editor e de clubes e dirigentes, certamente não os lêem em sua totalidade, se apegando apenas às manchetes.

Por isso, a importância da nossa imprensa leonística continuar a editar os seus boletins, por mais simples que sejam, e que sejam divulgados e distribuídos nas comunidades.

Sabemos também que os Clubes não dispõem sempre de recursos financeiros para imprimir seus boletins e especialmente enviá-los pelo correio, já que a franquia é onerosa. Se enviarmos muitos, certamente o correio ficará mais caro que a gráfica. Por isso os on-line devem continuar sendo elaborados, e se o Clube tem um Companheiro com conhecimento, seja de word, pdf ou corel draw, estes boletins não irão ter custo algum.

Inclusive em nossas comunidades, sendo enviados em nossos grupos de whatsaap e para todos os nossos contatos.

Por isso, temos que nos adequar a esta realidade, acreditando que ambos irão atingir sua finalidade.

A internet já é uma realidade e facilita sobremaneira esta comunicação e envio virtual dos nossos boletins.

Parabenizo todos os Editores de boletim e os convido a continuar o trabalho para não deixar nossos boletins morrerem.

Vida longa à imprensa leonística. Impressa ou virtual.” (sic)

 

A IMPORTÂNCIA DO LIONS QUEST:

 

O título que encima este capítulo, e a mensagem abaixo transcrita, é de autoria do MJF Marcos Giovani Lagassi, Assessor Distrital de Lions Quest, pertencente ao Lions Clube Guaíra:

“O que é Lions Quest?

Lions Quest é um programa de habilidades para a vida, desenvolvendo habilidades nas crianças e jovens para que ao longo da sua vida psicossocial tenham a oportunidade de se tornarem cidadãos que possam proporcionar bons exemplos à sociedade. O programa traz também uma série de ações para prevenção sobre o uso de drogas. Este programa de LCIF está implementado em mais de 50 países ao redor do mundo. Os programas de Lions Quest orientam os jovens para as habilidades necessárias ao sucesso de suas vidas. Essas habilidades são:

    • Aprender a assumir responsabilidades.
    • Comunicar-se eficazmente. 
    • Estabelecer metas. 
    • Tomar decisões responsáveis. 
    • Resistir à pressão para o uso de drogas e álcool. 
    • Oferecer recursos de alta qualidade para as salas de aulas, possibilitando aos professores ter em mãos material didático de acordo com a faixa etária dos alunos. 
    • Oferecer oportunidades aos estudantes para que aprendam habilidades para a vida, travando amizades positivas. 
    • Envolver a família e a comunidade no desenvolvimento de jovens saudáveis. 

Nosso Distrito LC-6 sempre esteve atento a essa necessidade de desenvolvimento das crianças e jovens, e, por isso, não mede esforços para implementação do programa junto aos Clubes.   Só que se faz necessário o envolvimento e o comprometimento de cada Clube para assumir a implementação do programa.

Hoje, em decorrência do cenário da pandemia, o programa Lions Quest também sofreu consequências para sua realização. Precisamos, ao longo desse cenário, desenvolver meios para que possamos dar sequência ao programa. Sabemos que nosso Distrito é repleto de CCLL, CCaLL e DDMM que tem envolvimento com a educação. Caso tenham alguma sugestão de como poderemos contornar essa situação de forma eficaz, saibam que suas sugestões serão sempre muito bem-vindas.

Programa Lions Quest: melhor construir crianças do que reparar adultos! (sic)

 

NOVO COORDENADOR DO GST DO DISTRITO LC-6:

 

O DG MJF Antonio Paulo Caliento, face ao inesperado e sentido falecimento do MJF Valdir Edgard Homem, precisou alterar a composição da sua equipe e nomear um novo titular para o cargo de Coordenador Distrital da Equipe de Serviço Global (GST) do Distrito LC-6.

Depois das consultas julgadas indispensáveis, e considerando a necessidade de se nomear para o cargo um Companheiro Leão de real capacidade e com condições de dar continuidade ao trabalho que deve ser desenvolvido na importante função, o Governador nomeou para o cargo o PMJF Carlos Roberto Ramos Rodrigues, do Lions Clube Mirassol, que responderá pelo mesmo cumulativamente com suas funções de Assessor Distrital da Mútua Leonística.

Através da resolução n.º 21-2020/2021, editada em 28 de setembro de 2020, o DG Caliento sacramentou a nomeação e desejou sucesso ao ilustre Companheiro Leão no desempenho das funções.

 

CALENDÁRIO LEONÍSTICO DE OUTUBRO:

 

Mês do aumento de associados

Mês da Cooperação e Compreensão Internacional

08 - Dia Mundial do Serviço Leonístico

10 – 1.ª Convenção Internacional – Dallas – Texas – USA (10/10/1917)

           

           

CALENDÁRIO CÍVICO DE OUTUBRO:

 

04 – 1.º domingo – Dia do Município

04 - Dia dos Animais

12 - Dia da Criança

12 - Descobrimento da América

15 - Dia do Professor e da Professora

24 - Dia das Nações Unidas

 

DIA DO MUNICÍPIO – 1.º DOMINGO DE OUTUBRO:

 

Tudo é constituído por unidades. Os indivíduos constituem a família. As famílias constituem os bairros. Os bairros, os municípios. E estes, os Estados. E os Estados formam o país.

O município representa uma célula importante na estrutura nacional, pois tem a organização político-administrativa, características próprias, produções e assim vai. Dentro dos Estados, um dos municípios representa a capital, onde está sediado o governo estadual.

As origens dos municípios são muitos diversificadas. Os mais antigos começaram a se formar a partir de núcleos estabelecidos por colonizadores e bandeirantes. Outros, mais modernos, tiveram origens em fazendas ou foram instituídos por planejamento, como é o caso de Belo Horizonte/MG. Alguns desses municípios, por diversas razões, progrediram bastante, enquanto outros não tiveram a mesma sorte.

De modo geral, os municípios têm suas qualificações: econômica, industrial ou agrícola, registrando-se, também, os históricos, como Ouro Preto, a antiga Vila Rica, no
Estado de Minas Gerais. Ouro Preto é uma importante amostra do Brasil antigo, com suas igrejas, ruas íngremes e estreitas e as celebres esculturas do Aleijadinho. Foi ali que se desenvolveu o drama da Inconfidência, da qual Tiradentes viria ser o símbolo imortal.

Todos os habitantes devem se interessar pelo seu município e por tudo que ali acontece. O interesse pelo progresso do seu próprio município irá, de forma decisiva, refletir no progresso do país;

 

04 DE OUTUBRO – DIA DOS ANIMAIS:

 

Qual será o resultado da dívida que a humanidade tem para com os animais? Um cálculo dessa dívida, naturalmente, seria impossível, pois não há momento em que ela não se multiplique, em todo mundo, mais rápida do que os nossos processos de cálculo.

Os animais estiveram lado a lado com o homem através da caminhada que ele empreendeu em sua evolução. Foram os animais que, com o seu trabalho, com sua carne, com seu valioso couro, com seus ossos, permitissem ao homem que sobrevivesse pelos milênios e construísse as diversas civilizações, que foram como que degraus por ele caminhou até a época atual.

Desde que o homem descobriu que podia fazer amizade com certos animais, ele entrou em outra fase da sua história, pois passou de ser errante que era, sempre atrás de caça mais fácil, a criador fixo da sua região. Contribuindo para a formação de núcleos populacionais,

De um modo ou de outro todos os animais são úteis ao homem. Os domésticos, de forma direta,os selvagens, indiretamente, pois propiciam o equilíbrio ecológico, imprescindível à nossa existência.

Devemos, portanto, conscientemente, proteger os animais, dando-lhes condições para que se reproduzam. Não devemos maltratá-los, pois eles também sofrem e têm medo. E também não devemos matá-los se não houver necessidade. Para isso, somos providos de inteligência e de sentimentos.

 

12 DE OUTUBRO – DIA DA CRIANÇA:

 

A “Semana da Criança” começa no dia 05 de outubro e termina no dia 12, “Dia da Criança”. Na semana, são executados diversos programas com o objetivo de se propiciar às crianças os melhores momentos recreativos e culturais. Há concursos de redação e de desenhos, muito importantes para despertar as vocações infantis. A infância pode ser considerada como base onde se desenvolverão a adolescência e a maturidade.

Os adultos devem se esforçar para que as crianças cresçam no melhor ambiente possível, tanto em casa como na escola. Hoje, as escolas orientam os princípios de comportamento em família, na sociedade e seus deveres para com a Pátria. Os país devem colaborar com os professores no sentido de que casa e escola se integrem na importante missão de preparar as nossas crianças para que ocupem lugar construtivo na família, na sociedade e na Pátria.

Agindo nesse sentido, teremos no futuro um povo constituído apenas de indivíduos conscientes, que jamais oporão a violência, a vingança, a incompreensão aos princípios de amor ao semelhante, com o consequente respeito à Justiça.

Portanto, a criança é merecedora de todo cuidado por parte dos adultos. Estes devem se conscientizar da responsabilidade que tem para com o mundo infantil, que inapelavelmente será o mundo de amanhã.

 

12 DE OUTUBRO – DESCOBRIMENTO DA AMÉRICA:

 

Vamos recordar os bancos escolares, onde demos os primeiros passos para nos trazer ao que somos no dia de hoje? Dia 12 de outubro de 1492! Dia em que, segundo diz a literatura, a América foi descoberta por Cristovão Colombo!

O primeiro ponto avistado do novo continente foi a ilha de Guanaani. Porém, Colombo estava certo de que a ilha descoberta pertencesse às Índias, para as quais procurava encontrar um caminho mais curto pelo Ocidente. Tomou posse da ilha, a que denominou São Salvador, em nome dos reis da Espanha, Fernando e Isabel.

Foram muitas as lutas de Colombo para conseguir meios que lhe permitissem a viagem, pois os nobres não acreditavam na possibilidade de um novo caminho para a Ásia Oriental, bem como na descoberta de novas terras, de acordo com as constantes afirmações de Colombo. Os únicos interessados foram os reis Fernando e Isabel. Forneceram três navios ao futuro descobridor da América: “Santa Maria”, “Pinta” e “Nina”. Estas embarcações suficientemente equipadas para a missão.

A 03 de agosto de 1492, o navegador iniciou a viagem partindo de Palos. Fundeou nas Ilhas Canárias para abastecer-se de água fresca. Depois, navegou para o oeste e mais tarde para o sudoeste, penetrando em mares desconhecidos.

Às duas horas da manhã de 12 de outubro, o marinheiro Rodrigo de Triana anunciava terra à vista. Era a ilha de Guanaani.

Colombo nasceu em Gênova,, Itália, em 1451. Morreu em Valadolid, Espanha, em 1506. Após a descoberta, realizou ainda três viagens à nova região.

 

15 DE OUTUBRO – DIA DO PROFESSOR E DA PROFESSORA:

 

Repartir o que temos seria a forma mais avançada de fraternidade.

O professor e a professora são exemplos de altruísmo intelectual. Sua finalidade é absorver conhecimentos e reparti-los com os discípulos. Ensinar é uma tarefa que exige altruísmo e responsabilidade, e, em consequência, o(a) professor(a) tem um trabalho constante para atualizar-se e preparar suas aulas.

Em tempo que não vai muito longe, quando a criança inicia seus estudos é num ambiente de compreensão e carinho. Sentindo-se como se estivesse em casa. O ensino nos primeiros anos geralmente é ministrado por professora. Ela precisa ter muita capacidade, muito amor, para tratar todas as crianças como se fossem seus filhos. Isso é muito importante, pois os primeiros anos de estudo vão constituir para as crianças a base para os estudos posteriores. Portanto, ensinar é uma tarefa quase que sagrada.

O progresso de um país depende da cultura do povo. Ao professor e à professora não cabe apenas dar instrução, mas sim preparar o aluno para absorver cultura. Por tudo isso, os discípulos devem sempre agradecer aos mestres,colaborar com eles em seu trabalho inigualável, compreender a importância do significado que ele representa.

No “Dia do Professor e da Professora” os alunos têm por dever dedicar-se a um pouco de reflexão para saber se estão correspondendo ao sacrifício dos mestres,se estão entendendo o significado da sua missão.

Quando terminei este breve comentário, acordei e vi que estava em pleno ano de 2020. E aquele meu rascunho era dos anos de 1950 do século passado, quando eu frequentava os bancos escolares. Hoje, lamentavelmente, como nossos mestres são desvalorizados e desprotegidos em todos os sentidos!

 

24 DE OUTUBRO – DIA DAS NAÇÕES UNIDAS:

 

Após a segunda grande guerra, o mundo precisava compreender que havia necessidade da criação de um órgão internacional com capacidade para resolver os grandes problemas mundiais, evitando, assim, a disputa bélica.

E assim foi criada a ONU-Organização das Nações Unidas. A atual sede do organismo está localizada em um terreno com cerca de 70.000 m2, localizado ao longo do East River, ilha de Manhattan, nos Estados Unidos. Graças a um empréstimo de 65 milhões de dólares feito pelos americanos, a construção da sede da entidade foi iniciada em 1948. O terreno onde está localizada a sede da ONU é considerado território internacional

A ONU possui diversos órgãos que são encarregados de manter a ordem e o progresso mundiais. As sedes desses órgãos estão situados em várias partes do globo, como Londres, Genebra e Viena.

Com a criação da ONU o mundo passou a ter uma entidade a quem recorrer para solução dos seus problemas.   Os principais órgãos da ONU são: Assembleia Geral, Conselho de Segurança, Conselho Econômico e Social, Conselho de Administração Fiduciária, Tribunal Internacional de Justiça, Secretaria Geral, Agência Internacional de Energia Atômica, Associação Internacional de Desenvolvimento, Organização Mundial da Saúde e Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

A principal finalidade da Organização das Nações Unidas é garantir a segurança e a integridade das nações.

 

QUESTIONAMENTOS DO GOVERNADOR PARA CADA PRESIDENTE DE CLUBE:

 

- Como está seu Clube na parte administrativa? As assembleias, apesar da pandemia da Covid-19, têm sido realizadas? Presenciais ou virtuais?

- Como está a situação financeira do seu Clube?   As taxas e cotas têm sido pagas? Os pagamentos dos associados estão em ordem? Vocês estão com alguma dificuldade ou problema financeiro?   (Não esqueçam de incluir os novos associados na Mutua Leonística, com o pagamento das cotas devidas).

- A Secretaria está relatando as atividades de serviço do Clube para o site MyLion? Tem havido alguma dificuldade para se conectar com Lions Internacional? O Secretário sabe que, se tiver alguma dificuldade com relação a MyLion, pode contatar diretamente com o Assessor Distrital do Concurso de Eficiência? A Secretaria tem ciência que as atividades para MyLion devem ser reportadas no mesmo dia da realização, ou o mais breve possível, para que haja possibilidade de registrar essas atividades por dia da realização e, também, para valorizar as horas de voluntariado comprometidas?

- A Tesouraria está relatando a movimentação de associados (ingresso, desligamento ou transferência) para o site MyLCI? Tem havido alguma dificuldade para conexão com o site?

O Tesoureiro sabe que, se tiver alguma dificuldade com relação com MyLCI, pode contatar diretamente com o Assessor do Banco de Dados e Tecnologia da Informação? E que as informações sobre movimentação de associados devem ser igualmente enviadas para o site oficial do Distrito LC-6, para garantia do perfeito funcionamento da Mútua Leonística?

- Você tomou conhecimento e está ciente das metas da Governadoria para o presente ano leonístico? Verificou que essas metas foram especificadas na ata da 1.ª Reunião do Comitê do Gabinete Distrital? Existe algum planejamento do Clube para cumprimento das metas estabelecidas? Existe preferência pelo menos por algumas delas? Como pretende desenvolver essas metas?

- Como está o planejamento do Clube para admissão de novos associados?

- Você está ciente que faz parte da comissão nomeada pela Governadoria para fundação de pelo menos um Lions Clube na sua Região durante este ano leonístico? Que seu Presidente da Região é o presidente da comissão? E que seu Presidente de Divisão também é membro efetivo da comissão? O seu Presidente de Região já sinalizou com alguma reunião preparatória para tratativa do assunto?

- Você está precisando da ajuda da Governadoria para solução de algum problema? Ou para desenvolvimento de alguma ação ou atividade?

- Você tem recebido a carta mensal que vem sendo editada pela Coordenadoria Geral do Distrito? Ela tem sido útil para o Clube e seus dirigentes? Tem sido divulgada entre seus associados.

 

47.º CONCURSO NACIONAL DE PUBLICAÇÕES LEONÍSTICAS:

 

Está em pleno andamento o “Concurso Nacional de Publicações Leonísticas”, este ano em sua 47.ª edição.

Hoje, apesar da pandemia que estamos vivenciando, não é difícil para o Clube editar seu boletim informativo, especialmente se for utilizado o recurso do meio virtual, que poderá não ocasionar qualquer ônus para a unidade distrital. Basta apenas boa vontade por parte das Diretorias dos Clubes.

A administração do 47.º Concurso Nacional está a cargo do insigne e nacionalmente conhecido Companheiro Leão Epifânio Menezes de Oliveira, de Fortaleza/CE, editor do boletim “O Dentre do Leão”, vencedor do 46.º Concurso.

PCC PMJF EPIFÂNIO MENEZES DE OLIVEIRA

Rua Santos Dumont, 2386 – Apto. 304-B

CEP 60150-151 – FORTALEZA – CE

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Na próxima carta mensal vamos divulgar uma matéria sobre a importância da participação dos Clubes no concurso.

 

CONCURSO DE FOTOGRAFIAS DO MEIO AMBIENTE:

 

Através da resolução n.º 20-2020/2021, editada em 25 de setembro de 2020, e depois de comentar sobre a importância da arte de fotografar, o DG MJF Antonio Paulo Caliento instituiu o “Concurso de Fotografias do Meio Ambiente” no Distrito LC-6.

Na carta mensal do próximo mês divulgaremos e detalharemos as normas estabelecidas para o concurso.

 

DATAS JÁ RESERVADAS NA AGENDA DO GOVERNADOR, ATÉ HOJE:

 

25/09/2020 (sex) - Reunião do DMLC - Virtual

26/09/2020 (sab) – Reunião do DMLC – Virtual

27/09/2020 (dom) – Reunião do DMLC – Virtual

24/10/2020 (sab) - Lions Clube Matão

29/10/2020 (qui) - Lions Clube de São Sebastião do Paraíso.

20/11/2020 (sex) – Lions Clube de São Joaquim da Barra

21/11/2020 (sab) – Reunião do Conselho de Ex-Governadores do Distrito LC-6

22/11/2020 (dom) – 2.ª Reunião do Comitê do Gabinete Distrital do LC-6

23/11/2020 (seg) - Reservado

28/11/2020 (sab) – Lions Clube Guariba

09/02/2021 (ter) – Lions Clube Brodowski

20/02/2021 (sab) – Reunião do CEG e 3.ª Reunião do Comitê do Gabinete Distrital

21/02/2021 (dom) – 3.ª Reunião do Comitê do Gabinete Distrital do LC-6

23/02/2021 (ter) – Lions Clubes Sertãozinho (2 Clubes)

26/02/2021 (sex) - Lions Clube Miguelópolis

02/03/2021 (ter) – Lions Clube Passos

03/03/2021 (qua) – Reservado

04/03/2021 (qui) – 2.ª RCG do Distrito Múltiplo LC – Ribeirão Preto/SP

05/03/2021 (sex) – 2.ª RCG do Distrito Múltiplo LC – Ribeirão Preto/SP

06/03/2021 (sab) – 2.ª RCG do Distrito Múltiplo LC – Ribeirão Preto/SP

07/03/2021 (dom) – 2.ª RCG do Distrito Múltiplo LC – Ribeirão Pteto/SP

12/03/2021 (sex) – Lions Clubes Ribeirão Preto (4 Clubes)

13/03/2021 (sab) – Reservado

18/03/2021 (qui) – Lions Clube Auriflama

19/03/2021 (sex) – Lions Clube Palmeira D’Oeste

20/03/2021 (sab) – Lions Clubes Guaíra (2 Clubes)

26/03/2021 (sex) – Lions Clube Cravinhos

03/04/2021 (sab) - Lions Clube Orlândia

09/04/2021 (sex) - Lions Clube Jaboticabal

10/04/2021 (sab) - Lions Clube Taquaritinga

14/04/2021 (qua) – Lions Clubes Fernandópolis (2 Clubes)

15/04/2021 (qui) – Lions Clube Nhandeara

20/04/2021 (ter) – Lions Clube Ituverava

22/04/2021 (qui) – Lions Clube Igarapava

23/04/2021 (sex) - Reservado

24/04/2021 (sab) – Reunião do CEG e 22.ª Convenção Distrital do LC-6

25/04/2021 (dom) – 22.ª Convenção Distrital do LC-6

Observação da Coordenadoria Geral: após a Convenção Distrital, fica vedado ao Governador do Distrito participar de visitas oficiais aos Clubes.   

Reiteramos os constantes apelos que temos feito aos prezados Companheiros Leão e dulcíssimas Companheiras Leão Presidentes de Clubes. Apesar da situação que estamos vivenciando com a pandemia da Covid-19, não podemos deixar de procurar manter nossas atividades. E a visita do casal Governador aos Clubes é uma delas! Procurando minimizar a situação, temos encaminhado algumas sugestões aos Clubes: reuniões conjuntas com Clubes de uma mesma cidade; reuniões conjuntas com Clubes de cidades circunvizinhas, por exemplo. Solicitamos que cada Presidente que ainda não o fez, agende a visita em consenso com os associados do seu Clube e, depois, informe duas datas para esta Coordenadoria: uma preferencial e outra alternativa. Confirmaremos a data que for estabelecida. Agradecemos pela cooperação e participação.

 

QUAL O SEU QI EM LEONISMO?

1 - Simbolicamente, os dois Leões em nosso emblema têm a face voltada tanto para o _________________ como para o ___________________.

2 - A Associação Internacional de Lions Clubes possui diversos programas de serviço. Tais programas são organizados em diversas categorias. Cite três delas:

    1. ________________________________________
    2. ________________________________________
    3. ______________________________________________


3 - A sede da Associação está localizada em ______________, Illinois, Estados Unidos, e foi oficialmente instalada em: a) 18/04/1969; b) 25/10/1956; c) 01/06/1971.

4 -Nosso atual Presidente Internacional é _________________________________

5 - A Diretoria Internacional da nossa Associação é composta por: a) 14 Diretores; b) 34 Diretores; c) 27 Diretores;

 

(Respostas no final desta Carta Mensal).

 

ALGUNS “PITACOS” LEONÍSTICOS:

 

  1. As mulheres passaram a ser admitidas como associadas dos Lions Clubes a partir de 1987, por decisão da Diretoria Internacional aprovada durante a 70.ª Convenção Internacional, realizada em Taipei, Taiwan, China.
  2. Lions Quest, o programa educacional de combate às drogas promovido pela Associação Internacional, foi estabelecido a partir de 1985.
  3. O programa Lioness Clubs foi oficialmente organizado pela Associação em 1975.
  4. A Associação Internacional envolveu-se com a ONU-Organização das Nações Unidas em 1945, quando foi convidada e ajudou a estabelecer seções de Organizações Governamentais daquele organismo mundial.

LUTO OFICIAL NO DISTRITO:

Registramos, com profundo pesar, os seguintes falecimentos durante o mês de setembro:

Dia 16 – MJF Bolivar Leal Fonseca, do Lions Clube Igarapava

Dia 18 – MJF José Tarcício “Sadala” Sfair, do Lions Clube Tanabi

Dia 18 - MJF Valdir Edgard Homem, do Lions Clube Jaboticabal.

Dia 21 - MJF Arnaldo dos Santos, do Lions Clube Palmeira D’Oeste.

O DG MJF Antonio Paulo Caliento, em respeito a esses infaustos acontecimentos, editou as resoluções n.ºs 16, 17, 18 e 19-2020/2021, decretando luto oficial de 3 dias em todo território do Distrito LC-6.

 

REPORTE DAS ATIVIDADES DE SERVIÇO DOS CLUBES:

Em que pese as diversas tentativas de esclarecimentos já formalizadas, algumas dúvidas ainda existem em alguns Clubes do Distrito a respeito do encaminhamento de suas atividades, observando a metodologia atual. Vamos procurar esclarecer o assunto de forma definitiva:

Lions Internacional possui 3 (três) sites para receber as informações de atividades de serviço dos Lions Clubes: MYLCI, MyLion e o Distrito LC-6.

 1- As taxas recolhidas e devidas a Lions Internacional, bem como a movimentação de associados (admissões, desligamentos e transferências), devem ser reportadas para MyLCI no mesmo mês da ocorrência. E devem ser informadas ao Distrito, imediatamente após serem registradas, através do site , para controle da Mútua Leonística e a fim de evitar cobranças indevidas.

 2- As atividades de serviço dos Clubes devem ser reportadas para MyLion, preferencialmente no mesmo dia, ou o mais breve possível, para que haja possibilidade de separar as atividades por dia da realização , a fim de valorizar as horas de voluntariado comprometidas. Essas informações para MyLion servem para alimentar o Concurso Distrital de Eficiência. Quanto mais atividades reportadas, horas de voluntariado e doações registradas, melhor para o Clube envolvido.

 3- As informações para MyLion são abertas a todos os Leões e, na realidade, não precisam ser enviadas a quem quer que seja. Para obter detalhes, basta entrar no site de MyLion!   Porém, para que a Governadoria e a Secretaria do Distrito fiquem a par dessas atividades em tempo real, o(a) Secretário(a) do Clube poderá lhes enviar cópia da relação, para conhecimento, no mesmo dia em que elas forem encaminhadas para MyLion. O Assessor Distrital do Concurso de Eficiência acessará o site para ir coletando dados para a pontuação. E, a exemplo do que for feito para a Governadoria, a Secretaria do Clube poderá igualmente mandar cópia para o Assessor no mesmo dia em que o encaminhamento das atividades for reportado para o MyLion.

 4- As informações enviadas para MyLCI igualmente são abertas a todos os Leões e, na realidade, não precisam ser fornecidas ou enviadas a quem quer que seja. Para obter detalhes, basta acessar o site! Porém, para que a Governadoria e a Tesouraria do Distrito fiquem a par dessas informações em tempo real, o(a) Tesoureiro(a) do Clube poderá lhes enviar cópia dos pagamentos ou da movimentação de associados, no mesmo dia do encaminhamento para MyLCI.

 5- O envio de informações para o site do Distrito LC-6 é obrigatório, devendo ser enviadas para o mesmo todas as informações referentes à movimentação de associados (entradas, desligamentos e transferências), para garantia do funcionamento da Mútua Leonística. Cada Clube deve providenciar a verificação das datas de nascimento dos associados, e complementar ou corrigir o que estiver em desacordo, encaminhando tudo para o e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. endereçado ao Assessor Distrital do Banco de Dados e Tecnologia da Informação.

 6- Quem cuida do site do Distrito LC-6 é o 1VGD MJF Glauber Gomes da Silva, Assessor do Banco de Dados e Tecnologia da Informação, que está à disposição dos Clubes para qualquer informação a respeito do site (e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. – telefone (17) 98142-9961.

 7- Quem cuida do Concurso de Eficiência para Clubes do Distrito LC-6, com base no site MyLion, é o MJF José Antonio de Souza Rossato, Assessor Distrital do Concurso de Eficiência para Clubes, que está à disposição das nossas unidades para qualquer informação da respeito do concurso (e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. – telefones (16) 99709-3719 e 3202-2561).

Com as informações acima, esta Coordenadoria Geral espera ter esclarecido o assunto.

 

CLUBES DO DISTRITO LC-6 FUNDADOS EM OUTUBRO:

 

Dia 04 – Votuporanga-Abílio Calile

Dia 07 – Franca-Imperador

Dia 08 – Barretos

Dia 12 – Ipuã

Dia 15 – São José do Rio Preto-Sul

Dia 16 – Franca-Cidade Nova

Dia 20 – Miguelópolis

Dia 26 – Ribeirão Preto-Ipiranga

 

CUMPRIMENTOS AOS ANIVERSARIANTES DE OUTUBRO:

 

Aos aniversariantes de outubro feliz aniversário! Que Jesus abençoe cada um de vocês e seja Guia de todos. Muita paz, amor, saúde, sucesso e sabedoria para tomarem as decisões certas. Saibam que sua amizade é muito importante para todos nós, e que Deus permita que essa amizade dure por muitos anos.

Um ano inteiro se passa e, quando damos conta, estamos ficando mais velhos. O mais comum e esperado é se comemorar com a família e com os amigos. Se o ano que passou foi bom, comemore todas as conquistas,se não foi muito favorável, comemore pelo próximo ano de vida que está começando.

O aniversário é mais um estágio no desenvolvimento e ocasião propícia para uma introspecção. Precisamos sempre perguntar a nós mesmos qual a distância dos atos que praticamos ou daqueles que ainda podemos praticar e adicionar.

Fazer aniversário é olhar para trás com gratidão e para frente com fé! A todos vocês, aniversariantes de outubro, que relacionamos abaixo, os cumprimentos e o carinho do Governador Caliento e toda sua equipe.

 

NASCIMENTO NOME CLUBE
1/10 BEATRIZ FRUJUELLO CORREA LEITE GUARIBA
1/10 DAIANI REGIS MONTELI DE LOLLO FERNANDOPOLIS CIDADE PROGRESSO
2/10 JORGE LUIZ DONEGA SALOMAO DUMONT
2/10 LEONICE RODRIGUES A. MARCHIORI FERNANDOPOLIS CIDADE PROGRESSO
2/10 MARCIA REGINA FERREIRA CURADO SAO JOSE DO RIO PRETO SUL
2/10 MARCIO LUIZ VESCHI AURIFLAMA
2/10 MAURO LEANDRO PONTES FERNANDOPOLIS
2/10 VANDERLEI BATISTA GIMENES DE MATOS ITUVERAVA
2/10 VERA ALEIXO CEVALLOS DOMINGUES VOTUPORANGA
3/10 AUGUSTO CAMPANERI JALES
3/10 CARLOS ROBERTO DIAS ITUVERAVA
3/10 JACOB MODOLO ZANONI JUNIOR AURIFLAMA
3/10 JACQUELINE LOUISE MADEIRA RABELLO JABOTICABAL
3/10 MARILEI APARECIDA DA SILVA POLONI
3/10 MIGUEL VICTOR MAIA AGUIAR GENEROSO SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO
3/10 NÉRIA RACHEL MAIA AGUIAR GENEROSO SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO
4/10 FATIMA GRANZOTTO JABOTICABAL
4/10 FRANCISCO DE ASSIS LEONE RIBEIRAO PRETO
4/10 FRANCISCO RICARDO MONTES RIBEIRAO PRETO
4/10 GISELLE DE ALMEIDA COSTA GARCIA JABOTICABAL
5/10 JAQUELINE APARECIDA TEIXEIRA FREIRI NHANDEARA ALIANCA
5/10 JUSCELINO RODRIGUES CARDOSO RIBEIRAO PRETO
5/10 MARIA MARLENE LEAL FRANCA DO IMPERADOR
5/10 ROSEANE S BARBOSA ORLANDIA
6/10 JACILMARA M A A FERNANDES CRAVINHOS
6/10 MARIA ESTHER PRESOTTO PEREIRA FRANCA
6/10 SIMONE DOS SANTOS DONADON JABOTICABAL
6/10 VERA LUCIA RODRIGUES ITUVERAVA
7/10 MARIANGELA BATISTUCCI GUIMARAES SAO JOAQUIM DA BARRA
7/10 SILVONI GASQUES CANDIL PALMEIRA D'OESTE
8/10 FÁBIOLA ROSANA BOLONHEZ DE GODOY SAO JOSE DO RIO PRETO SUL
8/10 JOSE ANTONIO DE OLIVEIRA CRAVINHOS
8/10 JOSÉ LUCIO ROMERO VOTUPORANGA
8/10 MARCOS ANTONIO PEREIRA DO AMARAL FRANCA SOBRAL
8/10 POLIANA DE LIMA DANTONIO PINTO GUAIRA AGUAS CORRENTES
9/10 CYONÉIA WILMA M SOARES BARRETOS
9/10 ELIAS PEREIRA DA MOTA VOTUPORANGA BRISAS SUAVES
9/10 ERIKA BISPO VISONA AURIFLAMA
9/10 MARCOS PAULO DA SILVA ARAUJO INDIAPORA
9/10 REGIS MANZINI VOTUPORANGA BRISAS SUAVES
9/10 RICARDO SOARES ANDRADE PASSOS
9/10 VALDIR ZAMONER SERTAOZINHO
10/10 ALVARO ANTONIO PINTO ITUVERAVA
10/10 MARIA SIDNEY PEREIRA PONES VOTUPORANGA
10/10 SUSANA SOARES BELO VOTUPORANGA ABILIO CALILLE
10/10 TABATA MURA GARE BRODOWSKI
10/10 TANIA CRISTINA COSTA MASCIOLI RIBEIRAO PRETO CAMPOS ELISEOS
11/10 SANTA MAXIMO RIVA POTIRENDABA
12/10 DENISE CARVALHO RINALDI FRANCA
12/10 HIROKO SANO ARGENTINA JALES
12/10 JORGE PEGOLO JALES
12/10 JOSÉ CARLOS CEZARIO AURIFLAMA
12/10 MARILENA F RODRIGUES LOPES MATAO
12/10 NILSON PEREIRA MAIA PONTAL
12/10 ROSA MARIA DE BRITO FABRI MAZZA TANABI
13/10 CIBELE FERREIRA DE OLIVEIRA NHANDEARA
13/10 CLOVIS FERNANDES PARRA FRANCA SOBRAL
13/10 IVETE SUELI DE SOUSA ROSA SAO JOSE DO RIO PRETO SUL
13/10 MARIA DE FATIMA SOUZA LEMOS MIRASSOL
13/10 MARIA DO CARMO BELIZARIO RODRIGUES ORLANDIA
13/10 MAURA MAGDA CUCOLICCHIO GUEDES BARRETO TAQUARITINGA
14/10 ERICA BARRENHA CHIQUETTO MOTA VOTUPORANGA BRISAS SUAVES
14/10 JOSE MARIO JORGE BRODOWSKI
14/10 RENATA NAHAS CARDILI RIBEIRAO PRETO
14/10 SHIRLEY DE SOUZA ITUVERAVA
15/10 GILSON MANOEL DO COUTO SAO JOSE DO RIO PRETO SUL
15/10 GLEDSON PEREIRA DE ANDRADE BRODOWSKI
15/10 LAUANE ESTEVES DOS SANTOS AUDICHO GUAIRA AGUAS CORRENTES
15/10 MARIA APARECIDA ORTOLAN BELLINI SERTAOZINHO
15/10 NEUSA LEAL CHAVES MIGUELOPOLIS
15/10 PEDRO SEMPRINI RIBEIRAO PRETO IPIRANGA
16/10 SOLANGE ADRIANA REA JACHETTO JABOTICABAL
16/10 WILSON JOSE DA SILVA ICEM
17/10 ADEMAR QUEIROZ FERNANDOPOLIS CIDADE PROGRESSO
17/10 AÉLITON AUGUSTO GRANZOTO TAQUARITINGA
17/10 ENIO DE SOUZA GUIMARÃES SAO JOSE DO RIO PRETO SUL
17/10 JANAINA LOFEGO AGUIAR AURIFLAMA
17/10 JOÃO GERALDO ESCOBAR BRUSSI CATANDUVA
17/10 MARCOS ANTONIO BENTO DA CRUZ ITUVERAVA
17/10 MARIA LÚCIA SILVA E SILVA PEDREGULHO USINA DE ESTREITO
18/10 JAQUELINE BENTO PEREIRA ITUVERAVA
18/10 LEIDA DA PENHA E G COSTA FRANCA DO IMPERADOR
18/10 MARIA SILVEIRA RIBEIRO BORGES ICEM
18/10 RODRIGO ALAN DE OLIVEIRA SERTAOZINHO CENTENARIO
18/10 ROSEMEIRE CRISTINA ESPINOSA FRANCO CATANDUVA
19/10 ADELINO BELINI JALES
19/10 CHRISTINA SEGANTINI LEMOS MIRASSOL
19/10 FERNANDA BOMBIG BOMFIM SAO JOAQUIM DA BARRA
19/10 JOAO ANISIO FERREIRA JUNIOR VOTUPORANGA BRISAS SUAVES
19/10 JOSE MAURO ANTUNES PIMENTA RIBEIRAO PRETO
19/10 OTTO LUIS DE AZEVEDO BARRETTO MATAO
20/10 ANTONIO C GIROTTO SERTAOZINHO
20/10 DIRCE DA FREIRIA MIGUEL CAJURU
20/10 ELY VITORIANO GOMES FRANCA INOVACAO
20/10 FATIMA TERESINHA E LAZARI MATAO
20/10 IVONI LICIOTI AGOSTINHO BRODOWSKI
20/10 LEILA LORENTI BRANDAO VASCO ORLANDIA
20/10 MARIA TEREZA BETIOL FERNANDOPOLIS
20/10 MARIA THEREZINHA DA CRUZ COLETO OLIMPIA ENERGIA
20/10 SELMA DE ALMEIDA SOUZA BATATAIS
21/10 LAUDIR ANTONIO FOSTER FRANCA DO IMPERADOR
21/10 SILVIA REGINA DA MOTA GONDIN TAQUARITINGA
22/10 ANA PAULA FIRMINO OLIMPIA ENERGIA
22/10 ANTENOR LUIZ BORGES MONTE AZUL PAULISTA
22/10 CINTHIA BRITO MOREIRA PITON OLIMPIA
22/10 DANILO FERNANDO ALIZÃO OLIMPIA ENERGIA
22/10 FABIO SPECHOTTO JABOTICABAL
22/10 HELENA GARCIA L.LOPES GUAIRA
22/10 JOSE FRANCISCO PENARIOL JABOTICABAL
22/10 MIGUEL PEREIRA GOULART PALMEIRA D'OESTE
22/10 MILZA DE SIQUEIRA GRIECO GUARIBA
22/10 PAULO CESAR DA SILVA SAO JOSE DO RIO PRETO
22/10 SILVANA BASAN TOBIAS FRANCA
23/10 FABIOLA CARLA DA ROCHA GOSS AURIFLAMA
23/10 JOANA D'ARC DE LUZ FIGUEIREDO TEIXEIRA MONTE AZUL PAULISTA
23/10 LUIZ ANTONIO CHIQUETTO VOTUPORANGA BRISAS SUAVES
24/10 CARLOS EDUARDO SAMPAIO GUAIRA
24/10 CASSIO CLEY CRISTINO OLIVEIRA ITUVERAVA
24/10 EMARIDES BIZARRO DAMIAO CRAVINHOS
24/10 HELOISA DONIZETTI CATTELAN SANTIAGO JOSE BONIFACIO
24/10 LUIZ BAPTISTA PEREIRA FRANCA
24/10 NEUSA MARIA SIMÕES SPADOTO MONTE AZUL PAULISTA
24/10 PATRICIA VACARI FRACAROLLI DA SILVA ALTINOPOLIS
24/10 RAPHAEL LUIZ CANDIA RIBEIRAO PRETO
24/10 ROSANA M. TREVISANELLI MARTINS MATAO
25/10 ANDRÉA PATRÍCIA AFONSO DA SILVA PONTAL
25/10 CRISTIANE BEATRIZ CHIBINI SALES ITUVERAVA
25/10 ELAINE CRISTINA OLIVEIRA MENDES ORLANDIA
25/10 ELIAS JOSE CAVALLIERI SAO JOAQUIM DA BARRA
25/10 JAQUELINE CANDIDO DA SILVA OUROESTE
25/10 JOSE FERRARI JABOTICABAL
25/10 LUIZ ANTONIO MOREIRA SALATA OLIMPIA ENERGIA
25/10 MARIA DELURDES CATANANTE BIAGI DUMONT
25/10 OSVALDO SILVA ALTINOPOLIS
26/10 JOSE ANTONIO SALTARELI BATATAIS
27/10 IVANA ROSELI MONTEIRO GUERRA TAQUARITINGA
27/10 MARIA CLEIDE BAVIERA FIORE ALTINOPOLIS
27/10 MARIO MOTOI UTSUNOMIYA VOTUPORANGA ABILIO CALILLE
27/10 REGINA CELIA PITON DE CARVALHO OLIMPIA
28/10 ANTONIO CELSO BOMBONATTI SERTAOZINHO
28/10 DULCE MARQUES NOGUEIRA CRAVINHOS
28/10 ELIANA P PIMENTA BAPTISTUCCI SAO JOAQUIM DA BARRA
28/10 LUIZ CARLOS DOMINGUES VOTUPORANGA
28/10 MANOEL DA ROCHA FREITAS SERTAOZINHO
28/10 MARCELO LUIS DE SOUZA RIBEIRAO PRETO CAMPOS ELISEOS
28/10 SYLVIO JORGE MENEZES ITUVERAVA
29/10 ALCINO RUYS PEDREGULHO USINA DE ESTREITO
29/10 ANGELA MARIA ARAUJO ICEM
29/10 GISELE APARECIDA PINHEL GUIMARAES OUROESTE
29/10 JOSE GUEIA MAS NHANDEARA
29/10 RICARDO DOS SANTOS DA SILVA GUAIRA AGUAS CORRENTES
29/10 ROSELENE MARÇAL VIEIRA DO NASCIMENTO NHANDEARA
30/10 CELINA MOSCARDINI BORGES INDIAPORA
30/10 JOAO ANISIO FERREIRA VOTUPORANGA BRISAS SUAVES
30/10 JULIANA MARTINS PERES SILVA GUAIRA AGUAS CORRENTES
30/10 MARCELO RODRIGUES SCOTTE ITUVERAVA
30/10 VIRGINA PITON SIQUEIRA OLIMPIA
31/10 ALMIR SOARES RAMOS BRODOWSKI
31/10 FABIANA APARECIDA FINOTTI PALMA MIRASSOL
31/10 FABIO TREVISOLI JABOTICABAL
31/10 GUSTAVO BRITO MOREIRA OLIMPIA
31/10 LUIZA CANDIDA SOUZA SANTANA INDIAPORA
31/10 MARCIA CRISTINA SULINO BALDAN GUARIBA
31/10 MIRIAN APARECIDA BRAçAL DO SIM SAO JOSE DO RIO PRETO SUL

RESULTADO DO COMO ORGANIZAR UMA REUNIÃO OU SEMINÁRIO:

 

Sequência que deve ser observada:

  1. Selecionar temas.
  2. Preparar regulamento.
  3. Escolher os expositores.
  4. Selecionar pessoal de apoio.
  5. Levantar necessidades.
  6. Marcar data.
  7. Divulgar o seminário.
  8. Promover inscrições.
  9. Apresentação dos temas.
  10. Conclusões.
  11. Avaliar o seminário.
  12. Divulgar os resultados.

           

RESPOSTAS PARA QUAL O SEU QI EM LEONISMO:

  1. Passado – Futuro.

  2. Escolha: combate à fome, visão, câncer pediátrico, meio ambiente, diabetes, logopedia, audição e trabalho com os surdos, serviços comunitários, e outros.

  3. Oak Brook – 01/06/1971.

  4. Jung-Yul Choi.

  5. 34 Diretores.

    Um fraterno abraço leonístico a todos e até o próximo mês, se Deus assim o permitir.

PDG MJF ANTONIO DOMINGOS ANDRIANI

Coordenador Geral do Distrito LC-6

                

Cc:       Ex-Governadores do Distrito LC-6

            1.º e 2.º Vice-Governadores do Distrito LC-6

            Presidentes de Região e Divisão do Distrito LC-6

            Assessores e Assistentes Distritais do LC-6

            Outros CCLL, CCaLL e DDMM interessados

 

 

Associação Internacional de Lions Clubes – DMLC – Ano Leonístico 2020/2021

GOVERNADORIA DO DISTRITO LC-6

Rua São José, 2261 – Jardim Sumaré – CEP 14025-180 – Ribeirão Preto - SP

 

CARTA MENSAL DE SETEMBRO da

Coordenadoria Geral do Distrito LC-6

 

 

 

                                                  Ribeirão Preto, 01 de setembro de 2020

                                                    

 

Destinatários: PRESIDENTES DE CLUBES DO DISTRITO LC-6

 

 

MENSAGEM DO GOVERNADOR:

Um ótimo setembro a todos e a todas. Já iniciando o terceiro mês da Governadoria nesse ano leonístico 2020/2021, nossa esperança ainda é a de realizarmos nossas visitas administrativas por Região e presencial, em que pese todos os problemas que já enfrentamos e que ainda iremos enfrentar. Tomando sempre os cuidados que nos são recomendados pelos profissionais da saúde, para não nos expormos aos perigos que a pandemia é causadora, pedimos a todos e a todas que tenhamos tranquilidade e os cuidados necessários para e a enfrentarmos esse turbilhão de situações advindas e oriundas dessa Covid-19.

Tudo vai passar e a fé já nos diz que ainda nesse mês de setembro teremos a possibilidade de iniciarmos os nossos trabalhos presenciais, inclusive marcando nossas visitas administrativas nas Regiões A, B, C, D e E.

Para que isso se realize, e ainda neste mês de setembro, estaremos solicitando aos Presidentes de Região e Presidentes de Divisão que estudem a possibilidade de realizarmos essa atividade – reuniões administrativas – em suas áreas, não sem antes verificarem a agenda do Governador, para que não haja coincidência de datas com aquelas já comprometidas na agenda. Essas datas devem acontecer nas segundas e terças-feiras de cada semana. Vamos entrar em contato com os Presidentes de Região para que eles se articulem com os seus Presidentes de Divisão visando a realização dessas visitas.

Enquanto tudo isso não acontece, vamos mantendo nosso foco nos trabalhos contidos nas cartas mensais que são editadas pela nossa Coordenadoria Geral do Distrito, e que são enviadas aos interessados todo dia 1.º de cada mês.   São trabalhos que, mesmo virtuais, são capaz de serem executados com ótimos percentuais de aproveitamento e, se preciso for, temos ainda as redes de informações, do WhatsApp, do e-mail, dos celulares, do site do Distrito e de tantas outras opções para que possamos manter nossos trabalhos ativos;

Contamos com todos e todas vocês para que, juntos, possamos superar esse período tão difícil que vivemos.

Carinhosamente,

DG MJF Antonio Paulo Caliento, Governador do Distrito

 

EDITORIAL:

Vou aproveitar a onda de civismo que nos envolve neste mês de setembro para, nesta carta, abordar um assunto que, por incrível que possa parecer, ainda ocasiona dúvidas entre alguns Companheiros Leão, Companheiras Leão, Domadoras e Leos, e que, dentro dos meus modestos conhecimentos, vou procurar esclarecer: a questão da salva de palmas ao Pavilhão Nacional no encerramento das nossas assembleias.

É praxe que, em todas as assembleias dos Lions Clubes do Brasil há, ao final, solicitação do dirigente que comanda os trabalhos para que seja dada uma salva de palmas ao nosso glorioso Pavilhão Nacional.

Ocorre que, na década de 1980, começaram a ser inseridos em revistas e informativos de Lions artigos citando a proibição da “salva de palmas ao Pavilhão Nacional”, tendo por base o que diz o parágrafo único do artigo 30 da Lei n.º 5700, de 01 de setembro de 1971, assim especificado:

“É vedada qualquer outra forma de saudação”.

De se notar que o artigo 30 do mencionado diploma legal refere-se, exclusivamente, às “cerimônias de hasteamento ou arreamento, nas ocasiões que a Bandeira se apresentar em marcha cortejo”, o que não é o caso das assembleias do Lions, assim como na “execução do Hino Nacional” – o que também não é o caso em tela – “todos devem tomar atitude de respeito, em silêncio, os civis do sexo masculino com a cabeça descoberta e os militares em continência, segundo os Regulamentos das respectivas corporações”.  Note-se que não há referências às reuniões fechadas, que é o nosso caso. Ademais, registre-se, tanto o hasteamento como o arreamento da Bandeira ocorrem em recintos abertos ao público.

Considere-se, também, que o artigo 31 da já referida Lei apresenta um rol de manifestações de desrespeito à Bandeira Nacional, e portanto proibidas, sem que no mencionado leque de proibições esteja contida a “salva de palmas ao Pavilhão Nacional”.

Este assunto, inclusive, pela relevância, foi analisado pelo Colegiado 1988/1989 do CNG-Conselho Nacional de Governadores em reunião realizada no mês de junho de 1989, na cidade de Belo Horizonte/MG.

O CNG 88/89 analisou se era defeso ou não, nas assembleias dos Lions Clubes do Brasil, cujo civismo é mundialmente reconhecido, prestar-se uma homenagem ao Pavilhão Nacional ao termino dos seus trabalhos, com uma salva de palmas à Bandeira do Brasil, síntese da nossa nacionalidade. A Comissão Técnica Nacional de Estatuto e Regulamentos daquele Conselho emitiu parecer informando que, em pesquisas que haviam sido feitas no então Distrito L-17 (hoje nosso LC-6), nossa organização foi elogiada por autoridades do Exército Nacional pelo civismo que observamos na abertura e no encerramento das nossas reuniões, aprovando o que era observado pelos Lions Clubes.

Depois dessas análises e considerações, a plenária da assembleia do CNG 88/90 aprovou por unanimidade o parecer da sua Comissão Técnica Nacional de Estatuto e Regulamentos, que, para nosso orgulho, teve como relator o Companheiro Leão Nilson Pereira Maia, Governador 88/89 do então Distrito L-17.

Fato consumado, e assinada pelo seu Presidente CL Carmine Campagnone em 03 de junho de 1989, o Conselho Nacional de Governadores editou, aprovou e publicou a Resolução n.º 815-1988/1989, que estabeleceu:

“Os Lions Clubes do Brasil deverão continuar prestando justo e patriótica homenagem ao Pavilhão Nacional, com uma salva de palmas, no final das assembleias e demais eventos leonísticos realizados em recintos fechados.”

Esta Resolução do antigo CNG está em pleno vigor! E por que dessa afirmação? Explico: com o redistritamento do leonismo brasileiro, a partir do ano leonístico 2000/2001, quando foram criados os atuais 4 Distritos Múltiplos (LA, LB, LC e LD), e extinto o Conselho Nacional de Governadores, o acervo documental do CNG foi colocado à disposição dos quatro novos Presidentes dos Distritos Múltiplos 2000/2001. O que foi feito com aquela preciosa documentação do CNG, para seu aproveitamento ou reedição, até hoje ninguém deu qualquer explicação! E quer me parecer, salvo melhor juízo, que ninguém revogou a Resolução CNG 815-1988/1989. Por isso, ela está em pleno vigor!

Espero ter contribuído para esclarecer a questão junto àqueles que possuíam alguma dúvida. E ainda sobre o tema, e à guisa de orientação leonística, quero destacar: nada de pedir uma “calorosa”, ou uma “retumbante”, ou uma “vibrante” salva de palmas ao Pavilhão Nacional; a salva de palmas, pelo seu próprio sentimento cívico, por si só já é calorosa, retumbante ou vibrante. É isso aí!

PDG MJF Antonio Domingos Andriani, Coordenador Geral do Distrito

 

 SETEMBRO, MÊS DA DOMADORA E DA MULHER NO LEONISMO:

Setembro, mês histórico para todo povo brasileiro, foi reservado pelo calendário leonístico para marcar, também, o “Mês da Domadora e da Mulher no Leonismo”.

Cabe a nós, Companheiros Leão, pela afinidade que nos une, preparar a justa homenagem tecendo loas e louvores àquelas que, com o açoite da amizade verdadeira, fazem da jaula o primor da nossa existência.

Nos primeiros anos de funcionamento do Lions a mulher não participava das suas atividades. Deve-se ao CL Humberto Valenzuela, do Chile, Presidente Internacional 1955/1956, o ingresso da mulher em Lions Clubes; seu ponto de vista foi vitorioso em indicação que fez à Diretoria Internacional e, a partir daquele ano leonístico, as esposas dos Leões passaram a integrar nossa Associação. No Brasil elas recebem o título de “Domadora”, por indicação do CL Armando Fajardo, nosso Leão número um, para substituir a expressão “Leona” em uso em Clubes de idioma espanhol. A designação de “Companheira Leão” surgiu durante a 36.ª Convenção Nacional de Lions Clubes realizada em Belo Horizonte/MG, em maio de 1989; houve um plebiscito para a escola do nome da associada do Lions, ganhando a designação “Companheira Leão”; na 38.ª Convenção, realizada em Porto Alegre/RS, em 1991, foi ratificada a escolha que passou a vigorar desde então. Durante a 8.ª Convenção, também realizada em Porto Alegre, através de moção proposta pelo LC de São Paulo-Indianópolis, foi aprovado o mês de setembro para comemorar o “Mês da Domadora”. Posteriormente, por resolução do Conselho Nacional de Governadores do ano leonístico 1997/1998, quando este Coordenador Geral orgulhosamente fazia parte do Colegiado, a efeméride passou a ser denominada de “Setembro, Mês da Domadora e da Mulher no Leonismo”.

As mulheres, hoje, são o coração do movimento leonístico. Não apenas pela graça e encantamento da sua presença, mas também pelo dinamismo e dedicação que demonstram à vanguarda das atividades e das promoções que realizam em benefício dos menos favorecidos. E nós, Leões, nos orgulhamos disso! O chicote, em suas mãos, é o símbolo do império da ternura. Elas domam com amor, com carinho, com a amizade verdadeira, com renúncias e sacrifícios maravilhosos.

Alguém que já perdeu a sua Companheira escreveu uma crônica intitulada “Asa partida”, expressando a falta que sentia dela.   A Companheira que temos é a outra asa que permite nosso voo equilibrado e seguro, e por ela damos graças a Deus. Sem nossas Domadoras e Companheiras Leão seríamos pássaros de asa partida e, seguramente, se conseguíssemos algum voo este seria incerto e sofrido.

O Lions é um Clube privilegiado. Em todas as suas atividades o sucesso é marcante e marcado pela presença feminina, dando aquele toque de mão, de participação, de alegria, culminando com o amor que deve ser a base de todos os nossos propósitos.

Não podemos prescindir do trabalho das nossas estimadas Domadoras e Companheiras Leão, ornamento precioso das nossas reuniões e atividades. Se nos atirarmos a grandes empreitadas é por termos certeza de que elas estarão sempre ao nosso lado.

À nossa frente temos Deus, e à nossa retaguarda vocês estimadas Domadoras e Companheiras Leão! Como é bom vocês existirem! Sejam felizes hoje e sempre!

MÊS DA REVISTA LION:

Setembro registra no calendário leonístico a comemoração do “Mês da Revista Lion”. É a publicação oficial da nossa Associação Internacional de Lions Clubes, levando conhecimento a respeito das atividades realizadas pelos Clubes e pelos Distritos, trazendo a palavra de dirigentes e transmitindo mensagens do nosso movimento.

Aqui no Brasil a revista é editada em suas edições:

A “Revista Lion”, que tem como Editor e jornalista responsável o PID PMJF Zander Campos da Silva, foi fundada em 1963, e tem abrangência sobre os Distritos Múltiplos LA, LB e LD. O endereço do Editor é: Rua 17-A n.º 375, Setor Aeroporto, CEP 74070-100 – Goiânia – GO – E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

A “Revista Lion Brasil Sudeste”, que tem como Editora e jornalista responsável a CaL Denise Rodrigues, foi fundada em 1999, e tem como abrangência o nosso Distrito Múltiplo LC. O endereço da Editora é: Avenida Bernardino de Campos, 571 – Apto. 214 = CEP 11065-003 – Santos – SP – E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

A revista LION é editada por autorização da Diretoria Internacional, em 18 idiomas: alemão, chinês, coreano, dinamarquês, espanhol, finlandês, francês, grego, hindi, holandês, inglês, italiano, japonês, norueguês, português, sueco, tailandês e turco. As nossas duas edições nacionais estão classificadas entre as melhores do mundo.

Considerando essa feliz comemoração, estamos sugerindo aos nossos prezados Companheiros Leão e dulcíssimas Companheiras Leão Presidentes de Clubes do Distrito LC-6 que coloquem para apreciação e aprovação em suas próximas assembleias ordinárias um voto de louvor pela significativa efeméride, e que, se aprovado, se dê ciência da deliberação aos dois editores nacionais da revista.

Independentemente da sugestão que apresentamos no item anterior, seria elegante se os Presidentes e as Presidentes de Clubes enviassem uma mensagem pessoal aos dois editores, cumprimentando-os pela data e pelo muito que vêm fazendo pelo aprimoramente sempre constante das referidas publicações. Permitimo-nos sugerir que nessa mensagem pessoal sejam destacadas: a) os cumprimentos pela comemoração de mais um “Mês da Revista Lion”; b) que o dinamismo de cada edição coloca a revista entre as melhores que são editadas em todo mundo, o que representa a atuação do Editor(a) durante todos esses anos de absoluto empenho e dedicação; c) que o Clube, em nome de todos os seus associados, apresenta seus cumprimentos por tudo aquilo que tem sido feito pelo aprimoramento e engrandecimento daquele notável órgão informativo oficial, com votos extensivos à comissão editorial e auxiliares.

 

CALENDÁRIO LEONÍSTICO DE SETEMBRO:

- Mês da Domadora e da Mulher no Leonismo

- Mês da Revista “The Lion”

- Mês da 1.ª Reunião do Conselho Consultivo do Governador (antigo Comitê Assessor)

 

CALENDÁRIO CÍVICO DE SETEMBRO:

07 – Independência do Brasil

08 – Dia Mundial da Alfabetização

10 – Dia da Imprensa

18 – Dia dos Símbolos Nacionais

18 – Promulgação da Constituição de 1946

21 – Dia da Árvore

21 – Dia do Rádio

22 – Início da Primavera

27 – Dia do Ancião

28 – Lei do Ventre Livre (1871)

 

2.ª RCG DO DMLC SERÁ REALIZADA EM RIBEIRÃO PRETO:

Temos o prazer de informar nossa família leonística que a 2.ª Reunião do Conselho de Governadores do Distrito Múltiplo LC será realizada aqui em Ribeirão Preto, no período de 04 a 07 de março de 2021.

A notícia foi confirmada pelo CC PMJF Eduardo Jacob, Presidente do DMLC, ao DG MJF Antonio Paulo Caliento, Governador do Distrito LC-6, em 17/08/2021.

Acreditamos que um dos fatores que contribuíram para que o importante conclave ocorra em Ribeirão Preto deve-se, em grande parte, ao relacionamento de amizade que une o CC Eduardo Jacob ao DG Caliento. Foi um verdadeiro gol de placa para o Distrito LC-6.

Todos os detalhes do evento serão divulgados pelo DMLC na ocasião oportuna.

Será um acontecimento grandioso e de cunho nacional! Estamos todos de parabéns! Divulguem à vontade

 

A INCLUSÃO DO SUBSTANTIVO “CENTRO” NA DENOMINAÇÃO DO CLUBE:

Já se tornou praticamente “usos e costumes” na esfera leonística a adição do substantivo “Centro” na denominação de um Clube. Alguns exemplos são notórios: Lions Clube de Franca-Centro ou Lions Clube de Ribeirão Preto-Centro. Embora menos usuais, às vezes notamos Lions Clube de Votuporanga-Centro ou Lions Clube de São José do Rio Preto-Centro.

“Centro” faz referência a ponto central, bairro central, centro comercial, centro da cidade, e por aí vai. Nada, absolutamente nada, nos conduz a um Lions-Centro.

Não existe, em qualquer Carta Constitutiva de Clube, a inclusão da expressão “Centro” ao seu nome. Aliás, Lions Internacional não reconhece essa designação no que diz respeito à nomenclatura de um Clube de Lions.

Todo primeiro Clube fundado no município deve ser considerado “Mater”. Sabemos que esta expressão é um substantivo feminino designativo daquela que é ou desempenha a função de mãe, da mulher que gerou. Mas sabemos também que, no sentido figurado, significa “o que está na origem”, “a razão ou causa de ser”, “a questão mater”,

Com o surgimento de novas unidades leonísticas nas cidades, e para evitar inclusive conflitos legais, Lions Internacional determina que, logo após o nome do município, seja adicionado um novo designativo para distinguir o novo Clube. O Estatuto do Distrito LC-6, inclusive, já estabelece isso no § único do seu artigo 10: “Havendo mais de um Clube no município, as identificações deverão ser acrescidas de um complemento que os diferenciem.”

Tempos atrás, sempre que novos Clubes surgiam nos municípios que já contavam com Clubes de Lions, convencionou-se adicionar a estes, não se sabe porque cargas d’água, o substantivo “Centro”, para dizer que naquela cidade já existia um Clube de Lions. E essa prática virou moda, sem ser oficial. Tanto é que, hoje, como dissemos no primeiro parágrafo acima, aqui no LC-6 virou moda e já nos acostumamos com Lions Clube de Franca-Centro, Lions Clube de Ribeirão Preto-Centro ou Lions Clube de Votuporanga-Centro. Isso não existe! O que temos é Lions Clube de Franca, Lions Clube de Ribeirão Preto ou Lions Clube de Votuporanga. E devem ser considerados Clubes “Mater”. Os que vieram depois tem um complemento que os identificam.

Assim, em nossa unidade distrital, e em cidades que contam com mais de um Clube, temos as seguintes configurações oficiais (classificados por data de fundação):

Lions Clube de Ribeirão Preto (09/03/1959)

Lions Clube de Ribeirão Preto-Campos Elíseos (10/04/1969)

Lions Clube de Ribeirão Preto-Jardim Paulista (21/12/1976)

Lions Clube de Ribeirão Preto-Ipiranga (26/10/1978)

Lions Clube de Franca (20/09/1958)

Lions Clube de Franca-Sobral (26/05/1977)

Lions Clube de Franca-Cidade Nova (16/10/1985)

Lions Clube de Franca-Imperador (07/10/1986)

Lions Clube de Franca-Inovação (03/12/1998)

Lions Clube de Votuporanga (22/06/1965)

Lions Clube de Votuporanga-Brisas Suaves )19/03/1991)

Lions Clube de Votuporanga-Grandes Lagos (28/08/2010)

Lions Clube de Votuporanga-Abílio Calile (04/10/2011)

Lions Clube de Fernandópolis (17/06/1964)

Lions Clube de Fernandópolis-Cidade Progresso (23/06/1990)

Lions Clube de Guaíra (12/06/1973)

Lions Clube de Guaíra-Águas Correntes (04/02/2009)

Lions Clube de Nhandeara (20/04/1978)

Lions Clube de Nhandeara-Aliança (22/11/2019)

Lions Clube de Olímpia (28/05/1964)

Lions Clube de Olímpia-Energia (12/02/2020)

Lions Clube de São José do Rio Preto (07/09/1953)

Lions Clube de São José do Rio Preto-Sul (15/10/1968)

Lions Clube de São José do Rio Preto-Letícia Arroyo (04/05/2018)

Lions Clube de Sertãozinho (14/02/1967)

Lions Clube de Sertãozinho-Centenário (29/05/1995)

Está na hora de absorvermos os fatos e a realidade! Lions Centro não existe!

A QUESTÃO DO NÍVEL DE COMPETÊNCIA:

Você sabe por que o Governador do Distrito nomeia dezenas de Assessores e Coordenadores em sua gestão? É para que, com ele, esses auxiliares dividam as inúmeras responsabilidades na administração de um ano leonístico! Todos, cada um na sua área específica, são indispensáveis para que a gestão leonística no Distrito flua na mais absolua normalidade.

Alguns Presidentes de Clubes, seja pela amizade ou mesmo pela inegável capacidade de quem é procurado, têm por hábito canalizar seus pedidos, por exemplo, para um único dirigente. Este, por elegância ou sem querer melindrar quem quer que seja, aceita as solicitações e vai acumulando a condição de “consultor”, muitas vezes em prejuízo da execução das suas funções específicas. É elogiável, mas não é legal!

Meu avô já dizia: “cada macaco em seu galho”. Guardadas as devidas proporções, é o que deve ocorrer entre nós aqui no Distrito LC-6. Vamos, para exemplificar, mencionar algumas situações que podem ocorrer:

 

    1. Falece um componente do Clube. Um dos seus Diretores, no mesmo dia, comunica o fato para esta Coordenadoria Geral ou para o Governador, “mas apenas para decretação do luto oficial”. No dia seguinte ao sepultamento, deve entrar em contato direto com o Assessor Distrital da Mútua Leonística para as providências práticas cabíveis (encaminhamento da certidão de óbito, identificação dos beneficiários legais, dados bancários para depósito do pecúlio ou esclarecendo que o cheque correspondente poderá ser encaminhado para a Diretoria que esta se encarregará do pagamento entre outras). O Assessor Distrital da Mútua Leonística determinará todas as providências e encerrará o caso. Se surgir alguma situação não rotineira, aí sim o Assessor entrará em contato com a Governadoria.
    2. Surge no Clube uma situação ou algum problema mais sério com seu Leo Clube. A Diretoria entrará em contato direto com a Assessora Distrital de Leo Clube. Esta tomará pé da situação e determinará as providências para solucionar o problema. Caso eventualmente não consiga, aí sim ela entrará em contato com a Governadoria para mediação da questão.
    3. O Clube está encontrando dificuldades para desenvolver e implementar uma atividade de serviço que está desejando realizar. Entre em contato direto com o Coordenador do GST do Distrito e peça a ajuda que se fizer necessária.
    4. Problemas de treinamento e preparo de liderança com associados do Clube? Entre em contato direto com o Coordenador do GLT do Distrito e solicite a ajuda necessária.
    5. Surgiram dúvidas a respeito de questões relacionadas com o protocolo leonístico? Acionem, em primeiro lugar, os Assistentes Distritais de Protocolo Leonístico da respectiva Região. Eles possuam condições e capacidade para solucionar e resolver qualquer questão. Ou, em qualquer circunstância, eles recorrerão ao Assessor Distrital de Protocolo Leonístico.
    6. Desejam reformar ou atualizar o Estatuto ou o Regimento Interno do Clube? Procurar o Assessor Distrital de Estatuto e Regulamentos. Ele está altamente qualificado para fornecer orientação segura.
    7. Seu Clube deseja fundar outro Lions Clube? Procurem o Presidente da respectiva Região, com intermediação do seu Presidente de Divisão. Aquele é Presidente de uma comissão técnica especializada para essa finalidade, que, este ano leonístico, já foi oficialmente constituída pelo Governador do Distrito. Aliás, e só para relembrar, o Presidente do Clube é membro efetivo da referida comissão.
    8. Vocês estão pretendendo obter subsídios para desenvolver e gerenciar um programa de LCIF? Nosso Coordenador de Lions Clubs International Foundation tem uma capacidade extraordinária para fornecer uma orientação segura.
    9. Surgiu algum problema sério de finanças em sua unidade? Reporte-se diretamente a algum dos Diretores titulares ou suplentes da Comissão de Finanças. Ele certamente orientará a forma correta de solucionar o problema.
    10. E assim sucessivamente com todas as Assessorias da equipe de colaboradores da Governadoria: meio ambiente e combate à fome; concurso de eficiência; Cartaz sobre a Paz; Lions Quest; intercâmbio juvenil; diabetes; visão; câncer pediátrico e dezenas de outros.

Agora, se vocês quiserem um canal ainda mais direto para suas tratativas, e mais condizente com o nível de competência, e sem passar diretamente pelas Assessorias, reportem seus problemas para seu respectivo Presidente de Divisão, que está apto para resolver ou encaminhar situações. Se eventualmente não conseguir, ele se reporta ao seu Presidente de Região. Se os dois persistirem com alguma dúvida, aí sim recorrerão às Assessorias competentes.

Administrar é simples! Às vezes somos nós que complicamos as coisas! E a observância dos níveis de competência é o que dá vida a uma administração de sucesso!

 

ORDEM DE PRECEDÊNCIA PARA ASSEMBLÉIA DE VISITA DO GOVERNADOR:

Alguns estimados Companheiros Leão que exercem a função de Diretor Social em seus respectivos Clubes, embora poucos, ainda encontram certa dificuldade na composição da mesa dirigente quando da realização de solenidades festivas de visita do casal Governador. São eles os responsáveis pela formação da mesa nessas ocasiões.

De se notar que a execução de um protocolo correto tem início com a formação da mesa dirigente. Se esta for conduzida com a observância das normas vigentes, tudo o mais fluirá em consonância com o que o protocolo leonístico exige.

Para colaborar com aqueles Diretores Sociais que ainda precisam de alguma orientação, e apenas imbuídos de um sentimento de companheirismo, fornecemos abaixo a ordem de precedência para composição da mesa dirigente em uma assembleia festiva de visita do casal Governador.

DIRIGENTES LEONÍSTICOS

Presidente do Clube

Governador do Distrito

Presidente do Conselho de Governadores do Distrito Múltiplo LC

Ex-Presidentes do Conselho de Governadores do Distrito Múltiplo KC

Ex-Governador do Distrito Imediato

1.º Vice-Governador do Distrito

2.º Vice-Governador do Distrito

Ex-Governadores do Distrito (por ordem decrescente)

Coordenador Geral do Distrito

Secretário da Governadoria do Distrito

Tesoureiro da Governadoria do Distrito

Diretor da Escola de Dirigentes do Distrito

Presidentes de Região (precedência para o da região do Clube)

Presidentes de Divisão (precedência para o da divisão do Clube)

Presidente do Distrito LEO

Coordenadores da Equipe de Ação Global

Assessores Distritais

Assistentes Distritais

Presidentes de Clubes (por ordem alfabética do município)

Ex-Presidentes de Clubes imediatos (por ordem alfabética do município)

Secretários de Clubes (por ordem alfabética do município)

Tesoureiros de Clubes (por ordem alfabética do município)

Demais Diretores de Clubes do ano leonístico

Ex-Presidentes de Clubes (por ordem alfabética do município)

AUTORIDADES CÍVIS, MILITARES E ECLESIÁSTICAS

Prefeito Municipal

Juíz de Direito da Comarca ou Diretor do Fórum

Presidente da Câmara Municipal

Promotor Público da Comarca ou Diretor do Ministério Público

Vice-Prefeito Municipal

Delegado de Polícia

Autoridades militares (por ordem: Marinha, Exército, Aeronáutica e Polícia Militar)

Vereadores

Dirigentes religiosos

Presidente de Rotary clube

Venerável de Loja Maçônica

Presidente do Clube onde se realiza a reunião (se for o caso)

Presidente da Associação Comercial e Industrial

Registros importantes:

Quando o Secretário do Distrito, o Tesoureiro do Distrito ou o Diretor da Escola de Dirigentes for um Ex-Governador de Distrito, será chamado quando da convocação dos Ex-Governadores, dentro da hierarquia do seu ano leonístico.

Muitos Clubes tem por tradição convidar autoridades civis, militares e eclesiásticas para participar de suas assembleias. É uma honra e nos sentimos recompensados por isso. Só que protocolo é protocolo, e o leonístico deverá ser rigorosamente observado quando do chamamento para composição da mesa dirigente. A prioridade de uma reunião leonística é para os dirigentes leonísticos e isso não é demérito para ninguém. Aliás, autoridades sabem avaliar esse posicionamento, pois, em suas áreas, eles também têm o seu protocolo. No caso da precedência acima, as autoridades deverão começar a ser nomeadas após o chamamento do Ex-Governador do Distrito Imediato, intercalando-se um dirigente leonístico e uma autoridade (observando-se sempre a ordem de precedência estabelecida). Um outro aspecto importante: representante não deve ocupar o lugar do representado. Por exemplo: se um Vereador estiver representando o Prefeito, ele deve ser chamado para a mesa dirigente na qualidade de Vereador e não na vaga que competir ao Prefeito. Agindo assim, o Clube, o Clube não estará fazendo nada mais do que respeitar o protocolo leonístico, que vem sendo denegrido e agredido de forma inconcebível.

SUGESTÃO DE PROTOCOLO PARA VISITA DO CASAL GOVERNADOR:

Estamos fornecendo abaixo, para colaborar com suas gestões, uma sugestão de protocolo para a assembleia de visita do casal Governador aos Clubes.

Queremos afirmar, para não deixar qualquer dúvida, que, com esse encaminhamento, não estamos atropelando as atribuições da Assessoria Distrital de Protocolo Leonístico. O PDG MJF Manoel da Rocha Freitas, titular daquela Assessoria, foi previamente consultado e aprovou o encaminhamento dessa nossa proposta. Agradecemos a compreensão daquele nosso ilustre Ex-Governador.

PROTOCOLO SUGERIDO:

1.ª PARTE – FORMAÇÃO DA MESA DIRIGENTE

O Diretor Social, exatamente no horário estabelecido no convite, e observando rigorosamente a ordem de precedência, dirige-se ao microfone e anuncia os nomes para formação da mesa dirigente, bem como sua extensão, declinando os nomes dos demais dirigentes e convidados. Depois, comunica o fato: “Companheiro Presidente (ou Companheira Presidente, a mesa está constituída”. Apenas isso!

2.ª PARTE – ABERTURA, INVOCAÇÃO A DEUS E HINO À BANDEIRA

Presidente bate o sino.

Presidente: “Invocando a Deus, pela grandeza da Pátria e pela paz entre as pessoas, damos por iniciada esta assembleia festiva do Lions Clube de ........................................, onde temos a satisfação de receber a visita do casal Governador do Distrito LC-6, MJF Daisy e DG MJF Antonio Paulo Caliento.

“Solicitamos que todos permaneçam em pé, cada um dentro da sua fé, guardando um minuto de silêncio, enquanto ouviremos a Invocação a Deus na palavra do Companheiro Leão ............................................. (ou da Companheira Leão ...................................................).”

(logo após o término da leitura da Invocação a Deus)

"Ainda em pé, convidamos os presentes para me acompanharem na entoação da primeira estrofe e coro do Hino à Bandeira.”

(logo após o Hino)

“Convidamos que todos ocupem seus lugares.”

 3.ª PARTE – NOMEAÇÃO DO MESTRE DE CERIMÔNIA

Presidente bate o sino.

Presidente: “Convidamos o Companheiro Leão .................. ............ (ou a Companheira Leão ................................) para exercer as funções de Mestre de Cerimônia desta noite, e o(a) convidamos para que venha até a mesa dirigente para receber o colar alusivo a essas funções.”

Observação: o(a) Mestre de Cerimônia vai até a frente do(a) Presidente, recebe o colar (sem tocá-lo, pois o Presidente o coloca em seu pescoço), dirige-se ao microfone e faz seu agradecimento pela indicação. Sugestão: “Agradeço o(a) Companheiro(a) Presidente por ter me concedido o privilégio de atuar como Mestre de Cerimônia desta importante solenidade. Espero cumprir minha missão a contento.”

(logo após a manifestação do Mestre de Cerimônia)

4.ª PARTE – SAUDAÇÃO AO CASAL GOVERNADOR

Presidente bate o sino.

Mestre de Cerimônia: “Convidamos nosso(a) Diretor(a) Social, CL .......................(ou CaL .................................) para que, em nome do Clube, faça a saudação ao casal Governador.”

(um minuto depois da saudação)

5.ª PARTE – TROCA DE MIMOS

 Presidente bate o sino.

 Mestre de Cerimônia: “Convidamos o casal Presidente para que, em nome dos associados do nosso Clube, entregue um mimo ao casal Governador.”

 (depois da troca de presentes)

 6.ª PARTE – TÉRMINO DO PROGRAMA DO MESTRE DE CERIMÔNIA

 Presidente bate o sino.

(o Mestre de Cerimônia ocupa o microfone e faz seus agradecimentos. Sugestão: “Agradeço ao CL (ou a CaL) Presidente por ter me concedido a honra de atuar como Mestre de Cerimônia desta assembleia festiva, e lhe devolvo o colar alusivo a essas funções.” (vai até a frente do(a) Presidente e devolve o colar, sem tocar. (O(a) Presidente é quem retira o colar do seu pescoço).

7.ª PARTE – SAUDAÇÃO EM NOME DOS DIRIGENTES E CLUBES VISITANTES

Presidente bate o sino.

Presidente: “Convido o PDG MJF ............................................................., do Lions Clube de ..................................................., para uma saudação em nome dos dirigentes leonísticos e Clubes visitantes presentes.”

(depois da saudação)

8.º PARTE – MENSAGEM DO GOVERNADOR

Presidente bate o sino.

Presidente: “Companheiros, Companheiras, Domadores, Leos e visitantes. Chegou o momento maior da festiva desta noite. É o momento de ouvirmos a mensagem do Governador do Distrito LC-6, DG MJF Antonio Paulo Caliento, a quem dispensaremos nossa melhor atenção.”

(depois da mensagem do Governador)

9.ª PARTE – LEITURA DA ORAÇÃO PELO BRASIL E ENCERRAMENTO

Presidente bate o sino.

Presidente: Convidamos o CL ............................................................................ (ou a CaL ..................................................) para proferir a Oração pelo Brasil.”

(depois da leitura da Oração pelo Brasil)

“Desejamos consignar um agradecimento especial aos Companheiros, Companheiras e Domadoras do nosso Clube que colaboraram para realização da festiva desta noite.”

“Agradecemos igualmente a visita dos queridos Companheiros, Companheiras e Domadoras dos Clubes irmãos, que aqui compareceram para enriquecer ainda mais esta solenidade de visita do casal Governador.”

“Agradecemos, também, os prezados e diletos dirigentes leonísticos que registraram suas presenças, o que muito nos honrou.”

“Queremos, em nome dos Companheiros, Companheiras e Domadoras do nosso Clube manifestar ao casal Governador e honra que sentimos em recebe-los como visitante oficial. A mensagem e incentivo que nos trouxeram servirão para engradecer ainda mais as nossas atividades, o nosso movimento e o nosso Distrito LC-6.!

“Informando que o jantar será seguido a servir, damos por encerrada esta assmbléia festiva e convidamos todos para uma saudação ao Pavilhão Nacional.”

Observações deste Coordenador Geral:

    1. Este é um roteiro enxuto. Não há necessidade de se prolongar em demasia uma festiva de visita do casal Governador. Isso, salvo raríssimas exceções, não agrada ninguém. Com o roteiro acima sugerido, a “fatura” poderá ser liquidada em pouco mais de uma hora.
    2. A escolha de apenas um dirigente para falar em nome dos dirigentes e dos Clubes visitantes servirá para agilizar a reunião. Não existe a mínima necessidade de muita gente ficar falando.
    3. Um cuidado especial deverá ser observado pelo(a) Diretor(a) Social na formação da mesa dirigente e sua extensão. É imprescindível observar a ordem de precedência. Outra observação: dirigentes da mesma categoria não devem, sempre que possível, ser colocados em mesas separadas. Exemplo: Ex-Governador na mesma mesa com outro Ex-Governador.
    4. Alertar o(a) Mestre de Cerimônia. Ele não toca no colar em nenhuma hipótese. É o(a) Presidente que coloca e retira o colar do seu pescoço.
    5. O(a) Presidente não deve ter receito de usar o sino e o martelo como alerta, principalmente se houver muito zum-zum-zum na plateia.
    6. Horário foi feito para ser cumprido. Se a assembleia estiver marcada para as 21:00 horas, o(a) Diretor(a) Social deverá começar a formação da mesa dirigente exatamente neste horário. Nada de justificar que “vai atrasar um pouco porque estamos aguardando a chegada de determinada autoridade”. Além do mais, autoridade que se presa sabe cumprir horário.
    7. O(a) Presidente deve evitar “abrir a palavra” aos visitantes (uma exceção poderá ser feita ao Prefeito Municipal, se estiver presente), pois, se fizer isso, “a coisa vai longe!.
    8. O PDG que for convidado para falar em nome dos dirigentes e Clubes visitantes deverá ser alertado, com diplomacia, sobre o tempo que lhe será concedido, e para que não se exceda do mesmo. E deve ser comunicado, se possível com alguns dias de antecedência, que será convidado para transmitir sua mensagem, a fim de evitar aquela famosa afirmativa de “ter sido pego de surpresa”.
    9. Uma assembleia rápida possibilita um tempo maior para o companheirismo durante o almoço ou jantar de confraternização.
    10. Esta Coordenadoria Geral continua à disposição dos Clubes para colaborar em tudo que for necessário, assim como nosso estimado Assessor Distrital de Instrução Leonística.

 

O LIONS E A POLÍTICA:

Além da terrível situação que estamos atravessando diante da pandemia da Covid-19, alguns Clubes do Distrito (que esperamos sejam poucos) muito provavelmente se defrontarão com outra delicada questão no transcorrer deste ano leonístico e que poderá abalar suas estruturas, a exemplo do que já ocorreu aqui mesmo do LC-6 em época não muito distante: estou me referindo às próximas eleições municipais que serão realizadas no dia 15 de novembro de 2020.

É muito natural, e faz parte do estado democrático de direito em que ainda estamos vivendo, que alguns prezados Companheiros Leão e dulcíssimas Companheiras Leão, no próximo pleito, venham se lançar como candidatos a uma vaga nos Legislativos Municipais.

É um direito líquido e certo! O que se precisa para o bem da harmonia que existe em nossa família leonística é separar o joio do trigo, ou seja, observar onde começa e termina o direito de cada um.

Existe necessidade, em primeiro lugar, de se ater àquilo que é determinado pelos Propósitos do Lions Clube estabelecidos por Lions Internacional. Esse nosso diploma legal proíbe, em seu texto, que assuntos de ordem política e religiosa não devem ser discutidos pelos associados no Clube. Atentem para o detalhe: não devem ser discutidos pelos associados NO Clube. Fora do Clube cada um pode discutir política onde bem entender.

Dessa forma, a sede de um Lions Clube é local inviolável para práticas políticas e religiosas. Mesmo as preferências dos associados, favoráveis ou contrários a candidatos, sejam eles quais forem, não devem ser manifestadas NO Clube.

Quanto aos Companheiros Leão ou Companheiras Leão candidatos nada impede que eles usem o distintivo do Lions nas suas campanhas ou manifestações políticas (pois, afinal de contas, “é uma honra ser Leão”). O que lhes é vedado, nessas ocasiões, é dizer que fizeram essa ou aquela campanha ou atividade social para o Lions. Quem realiza ações leonísticas É O CLUBE e não o LEÃO CANDIDATO. É aqui que digo ser necessário separar o joio do trigo. Que cada Leão candidato faça sua manifestação política, publicitária, ou seja lá o que for, sem envolver atividades realizadas pelo Clube. Isso não é legal nem permitido!

Outro fato que ocorre costumeiramente às vésperas de eleição municipal: candidato ao cargo de Prefeito Municipal solicitar para comparecer a alguma assembleia do Clube para expor suas metas e ambições. Diz o bom-senso que os dirigentes do Clube, de forma diplomática, devem rechaçar pedido dessa natureza, explicando gentilmente que, tanto a filosofia como a alta direção do leonísmo, não aprovam a cessão dos seus próprios para agendamento político. Além do mais, se aceitar um pedido dessa natureza o Clube poderá dar entender à comunidade, de forma clara e objetiva, que é simpático a alguma causa partidária. Mesmo que “todos” os candidatos do município façam o pedido, a cessão da dependência do Clube não deve ser autorizada.

Cada Companheiro, Companheira ou Domadora pode ter simpatia por este ou aquele candidato, mas a prudência recomenda que isso seja pura convicção pessoal e não vá para as dependências do Clube.

O Lions, como entidade de direito privado, e sem qualquer finalidade lucrativa, tem como missão trabalhar junto à comunidade para suprir ou amenizar suas necessidades, e que não pode e nem deve se envolver com atividade política.

Quero afiançar que esta é uma manifestação extritamente pessoal deste Coordenador Geral, que certamente poderá ocasionar alguma contestação. Mas é o meu ponto de vista!

CONCURSO DISTRITAL DE INSTRUÇÃO LEONÍSTICA DO AL 2020/2021

O DG MJF Antonio Paulo Caliento editou a resolução nº 12-2020/2021, de 07 de agoato de 2020, instituindo e regulamentando o “Concurso Anual de Instrução Leonística” no Distrito LC-6 durante o ano leonístico 2020/2021.

O Governador considerou, em seu documento, que a instrução leonística serve para manter Companheiros Leão, Companheiras Leão, Domadoras e Leos de um Lions Clube, independentemente do tempo de afiliação de cada um, atentos e conscientes a respeito da filosofia do movimento leonístico, das leis que o regem, da sua organização e, acima de tudo, da importância do nosso envolvimento com o legado que nos foi deixado por Melvin Jones.

Disse, também, que uma das formas de manter viva a chama dos nossos ideais é incentivar e incrementar a realização da instrução leonística, no seu mais amplo sentido, durante todas as assembleias realizadas pelos Lions Clubes.

No regulamento que acompanhou a resolução, foram estabelecidos os seguintes critérios:

- O concurso instituído é destinado a todos os Companheiros Leão, Companheiras Leão, Domadoras e Leos associados dos Lions Clubes do Distrito LC-6.

- Cada instrução leonística produzida deverá ser lida durante uma das assembleias ordinárias dos próprios Clubes, ser registrada em ata, e ter como objetivo: manter os associados atuantes e motivados, através da expressão da sua criatividade; oportunizar a qualificação acerca do leonismo, buscando informações e conhecimentos; reduzir a evasão de associados, resgatando-lhes a autoestima e mantendo-os participantes; oportunizar o intercâmbio cultural entre os Clubes do Distrito LC-6.

- Cada instrução leonística deverá ser inédita, ter cunho positivo, e ser criada pelo próprio autor participante, não sendo aceita cópia de texto já produzido ou até já ter sido publicado pelo próprio autor.

- O tema para criação da instrução leonística é livre, mas exclusivamente leonístico, podendo ser apresentado em forma de texto ou poema.

- Para efeito do concurso será aceita apenas uma instrução leonística por participante.

- Poderão participar do concurso todos os associados dos Clubes do Distrito LC-6 que estejam em dia com suas obrigações junto ao Distrito e Lions Internacional e cujas Diretorias devem incentivar a participação de todos.

- Fica vedada a participação no concurso dos dirigentes ligados diretamente ao “staff” da Governadoria.

- O período de vigência será de setembro de 2020 a maio de 2021.

- O concorrente deverá apresentar a instrução leonística com um mínimo de 1.500 (um mil e quinhentos) caracteres e o máximo de caracteres fica a critério do bom-senso do autor, com sua identificação e o Clube ao qual pertence. Contam-se os caracteres desde o título até o ponto final, excluindo-se o nome do autor e Clube ao qual pertence. Caracteres são letras, números e sinais de pontuação. Espaços entre as palavras não são caracteres. Se a instrução leonística for impressa em computador, este faz a contagem automaticamente.

- No período de setembro/2020 a maio/2021 as Diretorias dos Clubes devem encaminhar as instruções leonísticas divulgadas em suas reuniões, acompanhadas das atas que registrarem sua realização, ao Assessor Distrital de Instrução Leonística, PMJF Antonio Douglas Zapolla, por correspondência registrada (rua General Carneiro n.º 664 – CEP 14340-000 – Brodowski – SP), ou por e-mail ( O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ).

- As instruções leonísticas participantes serão julgadas na Governadoria durante o mês de junho de 2021.

- A análise e classificação das instruções leonísticas serão feitas pelo
Assessor Distrital de Instrução Leonística, juntamente com uma comissão especial que por ele será designada, esta com conhecimento e autorização prévia do Governador do Distrito, que levará em conta a correção gramatical, desenvolvimento e conclusão. A classificação será de 1.º ao 10.º colocado.

- O participante que tiver sua instrução leonística classificada em 1.º lugar receberá um troféu especial da Governadoria e um certificado de apreciação. Aos demais classificados até o 10.º lugar será conferido um certificado de mérito.

- A instrução leonística classificada em 1.º lugar será publicada no BIG-Boletim Informativo da Governadoria.

- A entrega da premiação ocorrerá durante a realização da 1.ª Reunião do Comitê do Gabinete Distrital do ano leonístico 2021/2022 (encerramento do ano leonístico 2020/2021), em local e data que serão definidas pelo futuro Governador 2021/2022.

 

DATAS JÁ RESERVADAS NA AGENDA DO GOVERNADOR, ATÉ HOJE:

19/09/2020 (sab) – Lions Clube de Mirassol

26/09/2020 (sab) – Reunião do DMLC – Campinas/SP

27/09/2020 (dom) – Reunião do DMLC – Campinas/SP

29/10/2020 (qui) - Lions Clube de São Sebastião do Paraíso.

20/11/2020 (sex) – Lions Clube de São Joaquim da Barra

21/11/2020 (sab) – Reunião do Conselho de Ex-Governadores do Distrito LC-6

22/11/2020 (dom) – 2.ª Reunião do Comitê do Gabinete Distrital do LC-6

23/11/2020 (seg) - Reservado

28/11/2020 (sab) – Lions Clube de Guariba

09/02/2021 (ter) – Lions Clube de Brodowski

20/02/2021 (sab) – Reunião do CEG e 3.ª Reunião do Comitê do Gabinete Distrital

21/02/2021 (dom) – 3.ª Reunião do Comitê do Gabinete Distrital do LC-6

23/02/2021 (ter) – Lions Clubes de Sertãozinho (2 Clubes)

26/02/2021 (sex) - Lions Clube de Miguelópolis

02/03/2021 (ter) – Lions Clube de Passos

03/03/2021 (qua) – Reservado

04/03/2021 (qui) – 2.ª RCG do Distrito Múltiplo LC – Ribeirão Preto/SP

05/03/2021 (sex) – 2.ª RCG do Distrito Múltiplo LC – Ribeirão Preto/SP

06/03/2021 (sab) – 2.ª RCG do Distrito Múltiplo LC – Ribeirão Preto/SP

07/03/2021 (dom) – 2.ª RCG do Distrito Múltiplo LC – Ribeirão Pteto/SP

12/03/2021 (sex) – Lions Clubes de Ribeirão Preto (4 Clubes)

13/03/2021 (sab) – Reservado

18/03/2021 (qui) – Lions Clube de Auriflama

19/03/2021 (sex) – Lions Clube de Palmeira D’Oeste

20/03/2021 (sab) – Lions Clubes de Guaíra (2 Clubes)

26/03/2021 (sex) – Lions Clube de Cravinhos

14/04/2021 (qua) – Lions Clubes de Fernandópolis (2 Clubes)

15/04/2021 (qui) – Lions Clube de Nhandeara

20/04/2021 (ter) – Lions Clube de Ituverava

22/04/2021 (qui) – Lions Clube de Igarapava

23/04/2021 (sex) - Reservado

24/04/2021 (sab) – Reunião do CEG e 22.ª Convenção Distrital do LC-6

25/04/2021 (dom) – 22.ª Convenção Distrital do LC-6

Observação da Coordenadoria Geral: após a Convenção Distrital, fica vedado ao Governador do Distrito participar de visitas oficiais aos Clubes.          

Reiteramos os constantes apelos que temos feito aos prezados Companheiros Leão e dulcíssimas Companheiras Leão Presidentes de Clubes. Apesar da situação que estamos vivenciando com a pandemia da Covid-19, não podemos deixar de procurar manter nossas atividades. E a visita do casal Governador aos Clubes é uma delas! Procurando minimizar a situação, temos encaminhado algumas sugestões aos Clubes: reuniões conjuntas com Clubes de uma mesma cidade; reuniões conjuntas com Clubes de cidades circunvizinhas, por exemplo. Solicitamos que cada Presidente que ainda não o fez, agende a visita em consenso com os associados do seu Clube e, depois, informe duas datas para esta Coordenadoria: uma preferencial e outra alternativa. Confirmaremos a data que for estabelecida. Agradecemos pela cooperação e participação.

 

1.ª REUNIÃO DO CONSELHO CONSULTIVO DO GOVERNADOR:

Setembro traz uma atividade de grande responsabilidade para cada Presidente de Divisão. É o mês que ele precisa planejar e realizar sua 1.ª reunião do Conselho Consultivo do Governador (antigo Comitê Assessor) com os Lions Clubes da sua área.

Depois da Convenção Distrital e do Comitê do Gabinete Distrital, é a mais importante reunião na esfera técnica/administrativa do Distrito.

E à frente de tudo isso está o Presidente de Divisão!

Muitas vezes considerada a mais importante reunião de dirigentes dos Clubes, o Conselho Consultivo do Governador oferece aos Presidentes e Diretores de Clubes a oportunidade de aprenderem sobre os programas e iniciativas do Distrito, do Distrito Múltiplo e de Lions Internacional. No entanto, o elemento indubitavelmente mais valioso da reunião é a oportunidade que esses líderes têm de trocar ideias e desafios com os dirigentes dos outros Clubes da Divisão,

O Presidente da Divisão deve diligenciar para que a reunião seja produtiva.

A reunião geralmente se concentra na implementação de projetos de serviço, gestão do Clube, aumento de associados e desenvolvimento da liderança. Embora o objetivo principal seja oferecer aos dirigentes de Clubes um fórum de discussão, a reunião também oferece ao Presidente da Divisão a oportunidade de compilar recomendações que possam ser compartilhadas com a equipe do Governador do Distrito.

O Presidente da Divisão, nos artigos 49 a 53, e seus parágrafos, do Estatuto do Distrito LC-6, tem todas as dicas para planejar e sediar o evento.

As responsabilidades do Conselho Consultivo do Governador são:

    1. Certificar-se de que cada Clube está funcionando de forma eficaz, de acordo com as normas dos Estatutos e Regulamentos do Distrito e de Lions Internacional, atendendo as necessidades doa associados.
    2. Garantir que os Clubes ofereçam serviço significativo, inspirem o crescimento do quadro associativo e o desenvolvimento das liderança.
    3. Promover os programas oferecidos pelo Distrito, pelo Distrito Múltiplo e por Lions Internacional.
    4. Garantir que cada Clube esteja instalando os seus dirigentes e empossando os novos associados, reconhecendo as realizações de uma maneira significativa.
    5. Incentivar os Clubes a participarem das Convenções do Distrito, do Distrito Múltiplo e de Lions Internacional.
    6. Promover reuniões inter-Clubes, incentivando a participação nas reuniões de companheirismo, de visitas do Governador e outros eventos.

           Além de realçar essas responsabilidades, o Presidente de Divisão deve incluir na agenda da reunião, para apreciação e discussão, os assuntos que fazem parte do dia-a-dia da administração distrital, tais como:

    1. Metas do Governador do Distrito para o ano leonístico 2020;2021 (essas metas foram especificadas na ata da 1,ª reunião do Comitê do Gabinete Distrital, que já foi enviada para todos os interessados.
    2. Debate sobre as diretrizes da Equipe de Ação Global do Distrito (LCIF, GLT, GMT e GST). Essa equipe é de fundamental importância para implementação de ações no âmbito distrital. Seus titulares estão aptos a orientar sobre como os Clubes podem lidar com os desafios que enfrentam e/ou compartilhar sucessos.
    3. Questionamento ao Presidente da Região quanto às providências que já estão sendo tomadas para fundação de pelo menos um Lions Clube na área, conforme comissão já formada através de resolução editada pelo Governador do Distrito.
    4. Necessidade dos Presidentes de Clube divulgarem aos seus associados o texto das cartas mensais que estão sendo expedidas regularmente pela Coordenadoria Geral do Distrito, pois tal documento traz notícias e informações de interesse leonístico, temas do nosso movimento, matérias que visam colaborar dom o desenvolvimento dos Clubes, instruções leonísticas e documentos que visam facilitar o desempenho dos dirigentes na execução de suas funções.
    5. A necessidade que os Clubes têm em informar a correta movimentação de associados a Lions Internacional.
    6. A importância dos Clubes informarem a realização de suas atividades para Mylion.
    7. Falar sobre a necessidade que os Clubes tem em manter em dia suas obrigações financeiras. O caso da Mútua Leonística é bastante significativo, pois, na fatalidade de um infortúnio, poderá ser vedado o pagamento do pecúlio ao beneficiário.
    8. Apesar da pandemia que assola o país, e muitos ainda se mostram excessivamente arredios, pedir aos Clubes que ainda não o fizeram que agendem as visitas do casal Governador.

É evidente que, antes das tratativas acima mencionadas, o Presidente da Divisão deve tomar algumas medidas preliminares:

    1. Abrir a reunião protocolarmente e ressaltar a importância do serviço, que é a função mais importante de qualquer Lions Clube. Explicar que o objetivo da reunião é compartilhar ideias e ferramentas que os Clubes poderão usar para garantir que os serviços prestados efetivamente atendam as necessidades das comunidades e expectativas dos associados. Mencionar que, ao final da reunião, haverá um debate aberto sobre os desafios e sucessos de cada Clube.
    2. Pedir que os participantes façam uma rápida apresentação, dando seu nome, título e nome do Clube.
    3. Dependendo do número de participantes, permita que cada Clube (2-3 minutos) comente suas atividades para o ano. O relato deve incluir ações de projeção do Clube, bem como quaisquer outros projetos planejados e os desafios.

Essas são, de forma geral, algumas considerações que a Coordenadoria Geral do Distrito tem a fazer sobre a importância da 1.ª reunião do Conselho Consultivo do Governador.

Observação final ao Presidente da Divisão: na convocação que for enviada aos Clubes para participação na reunião, lembrar que a presença dos membros deliberativos do Conselho na reunião (Presidente, Secretário, Tesoureiro, Diretor Social, Diretor de Associados, Diretor de LCIF, Diretor do GLT, Diretor do GMT, Diretor do GST e Diretor de Comunicação e Marketing) quando convocados, é obrigatória, podendo, porém, em caso justificado, os referidos titulares se fazerem representar por substitutos previamente informados ao Presidente da Divisao (artigo 52 do Estatuto do Distrito LC-6).

LIONS CLUBE DE SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO DÁ POSSE A 19 ASSOCIADOS:

A CaL Cláudia Angela Amaral Lauria, Presidente do Lions Clube de São Sebastião do Paraíso, com apoio do seu CL Cláudio Henrique Lauria, que é Diretor de Associados do Clube, começaran o ano leonístico de forma incomum e extraordinária. Durante duas assembleias realizadas no mês de agosto de 2020, nos dias 02 e 27, deu posse a 19 novos associados: 10 no dia 02 e 09 no dia 27. E já agendaram a visita do casal Governador para 29/10/2020.

Cumprimentamos o jovem casal pelo avassalador início de gestão, augurando que, juntamente com os demais membros da sua Diretoria, mantenham acesa essa chama de espírito leonístico que é um orgulho para todos nós.

Belíssima participação do Lions Clube de São Sebastião do Paraíso para engrandecimento do nosso Distrito LC-6!

           

QUAL O SEU QI EM LEONISMO?

  1. A justa homenagem aos fundadores do leonismo é prestada durante o mês de __________________.
  2. Os membros da Diretoria Internacional recebem repasse financeiro pelos serviços prestados: a) verdadeiro; b) falso.
  3. Os Propósitos dos Lions Clubes, que anteriormente eram denominados de Objetivos, foram adotados no ano de: a) 1917; b) 1919; c) 1925; d) 1935.
  4. Preencham os espaços com as palavras que estão faltando em nosso slogan: Liberdade, ____________, Ordem, ____________ e Serviço.
  5. O lema de Lions é “_______________________________” e foi adotado em: a) 1917; b) 1919; c) 1920; d) 1945.

(Respostas no final desta Carta Mensal).

 

ALGUNS “PITACOS” LEONÍSTICOS:

  1. A homenagem aos fundadores do leonismo é prestada no mês de janeiro.
  2. A Associação assumiu seriamente o compromisso de servir os deficientes visuais após o memorável discurso de Helen Keller, pronunciado em 02/07/1925 no encerramento da IX Convenção Internacional, realizada em Cedar Point, Ohio, Estados Unidos, quando ela concitou os Leões a se tornarem “paladinos dos cegos na cruzada contra a escuridão”.
  3. A organização leonística que acumula e distribui contribuições de Leões e benemerentes para fins humanitários, no mundo todo, é a Lions Clubs International Foundation. Foi fundada em 1968 e é o braço humanitário da Associação Internacional de Lions Clubes.
  4. A Diretoria Internacional da nossa Associação é composta por 34 Diretores, que não recebem qualquer compensação financeira pelos seus serviços.

 

CURIOSIDADES DA HISTÓRIA DO HINO NACIONAL:

Nosso Hino Nacional faz parte integrante do protocolo leonístico, especialmente durante nossas Reuniões e Convenções Distritais, bem como em eventos oficiais dos Distritos Múltiplos.

Levado pela curiosidade, e dentro daquela que julgo ser minha missão de garimpeiro do leonismo, procurei vasculhar os arquivos na busca de dados que revelassem um pouco da bonita história deste que é um dos símbolos do Brasil. Descobri curiosidades interessantes.

Muito brasileiros, infelizmente, desconhecem os nomes dos autores da melodia e da letra do Hino Nacional: Francisco Manuel da Silva (música) e Joaquim Osório Duque Estrada (letra). Quanto aos autores, aliás, NEM ELES MESMO SE CONHECIAM. Surpreso? O fato é este: o autor da melodia, Francisco Manuel da Silva, jamais conheceu o autor da letra, Joaquim Osório Duque Estrada, pela simples razão que quando o primeiro morreu (1865), o segundo ainda nem tinha nascido (1870).

O registro acima também chamou minha atenção! E, dentro da minha garimpagem, encontrei explicação para o fato em uma coletânea que foi publicada pelo Distrito LC-10 no ano leonístico 2003/2004, de cujos registros estou me valendo, resumindo e repassando aos eventuais interessados.

O conhecimento do Hino Nacional talvez fosse mais abrangente se houvesse divulgação dos momentos históricos em que surgiram sua melodia e sua letra.

 De acordo com a coletânea já referida, a história do nosso hino começa num cenário parecido com um certo momento da vida de um dos maiores gênios da música universal, o austríaco Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791), que foi perseguido (e invejado) pelo italiano Antonio Salieri (1750-1825), o músico mais influente na corte vienense da época. Aqui, o papel equivalente do de Salieri era desempenhado pelo maestro Marcos Portugal, mestre lusitano da Capela Imperial ao tempo de D, Pedro I, enquanto o padre José Mauricio Nunes Garcia (1767-1830) e seus discípulos seriam entre nós o equivalente a Mozart.

Nos anos seguintes à Independência proclamada em 07 de setembro de 1822, o Imperador D. Pedro I alternou acertos e erros que, com o passar dos anos, criaram um clima de animosidade entre ele e os brasileiros. O primeiro passo teria ocorrido na noite da Independência, no Teatro Ópera de São Paulo, quando fez entoar, como hino da nova pátria, aquele que tem letra de Evaristo Ferreira da Veiga (“Já podeis da pátria filhos / Ver contente a mãe gentil / Já raiou a liberdade / No horizonte do Brasil”). A melodia é atribuída ao próprio D. Pedro I, mas na época havia forte suspeita de que o autor verdadeiro fosse o antipatizado maestro Marcos Portugal.

Entre os músicos brasileiros, especialmente o brilhante e impetuoso Francisco Noel da Silva, discípulo do padre José Maurício, existia indisfarçada rejeição àquele hino que só os portugueses cantavam. Os sentimentos contra o Imperador chegaram ao ponto máximo no dia 07 de abril de 1831, quando ele finalmente resolveu abdicar em favor do seu filho ainda criança, o futuro D. Pedro II. Alguns dias depois, em 13 de abril, quando D. Pedro I e seus seguidores mais fiéis (inclusive Marcos Portugal) embarcaram rumo a Lisboa, diante do cais músicos brasileiros tocaram pela primeira vez a melodia de Francisco Manuel da Silva que se tornaria eterna como a do nosso Hino Nacional. Só que a letra daquele dia louvava o 07 de abril da abdicação e, em dado momento, referia-se aos portugueses como monstros.

Além dessa, insultuosa aos portugueses, a melodia de Francisco Manuel da Silva recebeu várias outras letras, adequadas a diferentes ocasiões, como a coroação de D. Pedro II (em 1841), mas eram versos pobres, pouco inspirados. Era, de todo modo, a melodia que o brasileiro solfejava, quando perguntado sobre o Hino Nacional.

Na Proclamação da República (15 de novembro de 1889), os novos dirigentes do Brasil encomendaram ao maestro Carlos Gomes um Hino Nacional que ficasse como definitivo. Admirador e amigo do Imperador deposto, que o sustentara em sua evolução musical na Itália, o grande Carlos Gomes declarou-se impedido de atender a solicitação. Os novos republicanos decidiram então promover concurso em que os candidatos criariam melodia para os versos de Medeiros e Albuquerque, publicados no Diário do Comércio do Rio de Janeiro em 26 de novembro de 1889.

Em primeiro lugar ficou a melodia do farmacêutico Ernesto Fernandes de Souza, mas a mais aplaudida foi a do maestro Leopoldo Miguez.   Presente à sessão, no Teatro Santana, presidente Deodoro da Fonseca declarou sua preferência pela melodia de Francisco Manuel da Costa, que nem entrara no concurso – mas acabou sendo oficialmente escolhida, conforme decreto lido ali mesmo pelo Ministro do Interior, Aristides Lobo. A composição de Leopoldo Migez e Medeiros e Albuquerque ficaria então como o Hino da Proclamação da República.

Faltava, de todo modo, a letra para a melodia de Francisco Manuel da Silva, como lembrou o romancista Coelho Neto em 1906, ao propor à Câmara dos Deputados a escolha de um novo poema. A proposta foi aprovada e se escolheu, em 1909, a letra do poeta, escritor e ensaísta Joaquim Osório Duque Estrada. A oficialização do casamento entre os versos de Duque Estrada com a melodia de Francisco Manuel da Silva somente ocorreria mais de dez anos depois, em 1922, no solene Centenário da Independência, por decreto assinado pelo presidente Epitácio Pessoa.

Passaram-se quase cem anos, portanto, entre a primeira execução da melodia (1831) e sua forma final como Hino Nacional (1922). Foi, sem a maior sombra de dúvidas, um caso raro de resistência ao tempo.

Fiz essa pesquisa em homenagem àqueles Companheiros Leão, Companheiras Leão, Domadoras e Leos que, eventualmente, tenham interesse em se alongar no conhecimento do nosso glorioso Hino Nacional.

 

POR QUE OLHAR PARA A BANDEIRA QUANDO SE CANTA O HINO NACIONAL?:

Vou exarar, aqui, um ponto de vista que poderá causar polêmica e, quiçá, muita pancadaria para cima de mim. Só que tenho opinião formada a respeito.

Lei é lei, respeito é respeito, protocolo é protocolo.

O Brasil possui quatro símbolos oficiais: o Brasão, o Selo, o Hino e a Bandeira.

É comum e protocolar, nos eventos leonísticos, cantar-se o Hino Nacional e a primeira estrofe e coro do Hino à Bandeira.

Quando se canta o Hino à Bandeira (estrofe e coro), é dever cívico dos presentes (participantes da mesa dirigente e da plenária) voltar-se respeitosamente para o Pavilhão Nacional, pois o canto está sendo entoado em sua homenagem.

Agora, o que não consigo entender até hoje, após dezenas e dezenas de anos de vida leonística, é porque quando se canta o Hino Nacional, em qualquer solenidade, todos se voltam para a Bandeira do Brasil. Ora, o que está se cantando é o Hino Nacional e não o Hino à Bandeira. Poderá algum contestador argumentar que isso é sinal de respeito ao Pavilhão Nacional. Assim não entendo! Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa! Respeito é uma coisa e falta de respeito é outra coisa!

Tome-se, por exemplo, quando o Hino Nacional é executado antes de uma partida de futebol nos dias de hoje. Os jogadores, muitos sem qualquer respeito, ficam perfilados olhando para a Bandeira do Brasil. Uns não cantam, outros ficam mascando chicletes, cuspindo, olhando para os lados, saltitando para se aquecer e até mesmo coçando partes íntimas do corpo. Sem falar nos torcedores, que ficam pulando e fazendo algazarra durante todo o tempo em que o hino está sendo executado. Onde está o respeito? E não venham me dizer que futebol é cultura brasileira e diferente de uma solenidade leonística. O hino não está sendo executado? Então o respeito deve ser geral e em todos os lugares. Ademais, em campo de futebol executa-se o Hino Nacional. Então, por que olhar para a Bandeira?

No meu modesto ponto de vista o Hino Nacional não tem nada a ver com o Hino à Bandeira!

Quando se canta o Hino à Bandeira, todos devem voltar-se para o Pavilhão Nacional. Quando se canta o Hino Nacional, cada um deve se manter em posição de respeito e olhando para frente: os componentes da mesa dirigente para a plateia, e esta para a mesa dirigente.

Este é o ponto de vista deste Coordenador Geral do Distrito LC-6.

 

INDEPENDÊNCIA DO BRASIL – 07 DE SETEMBRO:

Sete de setembro é a grande data cívica da nossa Pátria. Marca o dia em que nos tornamos independentes, em que ficamos senhores do nosso destino.

Dom Pedro I, ao chegar de Santos, encontrou, nas proximidades do riacho Ipiranga, emissários do Rio de Janeiro, que lhe traziam mensagens de Lisboa prejudiciais ao Brasil, uma vez que exigiam o retorno de D. Pedro à corte portuguesa. Com as mensagens, vinham as cartas de José Bonifácio e Dona Leopoldina, além de um comentário do deputado Antonio Carlos, onde pediam a reação do príncipe para evitar que o Brasil fosse submetido ainda mais a Portugal.

Dom Pedro comoveu-se com aquele encontro. Sentiu que era chegada a hora tão esperada pelos brasileiros. E no mesmo local, a 07 de setembro de 1822, às margens daquele tranquilo riacho, com o grito imorredouro de “Independência ou Morte”, determinou o rompimento dos laços que nos prendiam aos antigos colonizadores.

A proclamação da Independência foi o ponto culminante de uma reação que há muito se manifestava através de movimentos nativistas. Os brasileiros sentiam-se diminuídos em seus direitos legítimos quano às responsabilidades de administrar o País. Já era um povo verdadeiramente constituído, com seus costumes e aspirações. Não era mais possível aceitar as imposições que vinham de Lisboa. O povo queria o Brasil para os brasileiros. E isso foi conseguido!

 

08 DE SETEMBRO – DIA NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO:

 

Vocês se lembram do decreto federal n.º 63.326, de 30 de setembro de 1968, que chegou instituir o 08 de setembro como “Dia Nacional da Alfabetização”? Vocês se lembram do Mobral-Movimento Brasileiro de Alfabetização? Os Companheiros e Companheiras Leão mais antigos devem se lembrar! Eram legislação e movimento que se comprometiam em erradicar o terrível analfabetismo em nosso País. De lá para cá, como estamos hoje?

A palavra escrita foi uma das relevantes invenções do ser humano. Graças a ela, podemos tomar conhecimento de fatos que de outro modo seria impossível.

Mesmo nos atuais e modernos meios de comunicação a palavra escrita é imprescindível. Os textos divulgados são escritos previamente. A palavra escrita é o maior veículo de cultura. É através dos livros e da literatura que aprendemos e formamos nossa filosofia.

Quem sabe ler e escrever muitas vezes não calculam o valor do tesouro que possui.

A escrita é uma invenção muito antiga. Porém, antes da invenção da imprensa, era reservada apenas para uma minoria. Naquela época, a maior parte das pessoas era analfabeta. Com a providência da divulgação do ensino e a industrialização dos veículos de leitura, esse índice diminuiu em todo mundo e, hoje, já há países onde não existem analfabetos.

O Brasil procurou desenvolver grande esforço no sentido de alfabetizar os que não tiveram oportunidade de frequentar escola. A criação do Mobral foi um exemplo disso. Tal movimento, infelizmente, não prosperou e foi extinto face às mazelas dos próprios órgãos públicos. A alfabetização, hoje, quando existe, principalmente para adultos, fica a cargo dos municípios. Houve o decreto acima referido. Nós, da Coordenadoria Geral do Disrito LC-6, fazemos questão de rememora-lo, pois, quer nos parecer, não foi revogado (se para muitos caducou, é outra coisa).

Com a evolução do ensino, esperamos que dentro de mais alguns anos (sabe-se lá quantos!) não haja mais analfabetos no Brasil. Um povo alfabetizado e culto tem consciência do seu direito e do direito dos outros. E esse é o elemento básico da civilidade. Alfabetizar é fazer com que os cidadãos se integrem conscientemente na estrutura social.

 

DIA DA IMPRENSA – 10 DE SETEMBRO:

A 10 de setembro de 1808 começava a circular a “Gazeta do Rio de Janeiro”, o primeiro jornal editado no Brasil. Era dirigido pelo frade Tibúrcio Rocha e publicado pela imprensa Régia, criada por D. João VI. Anteriormente a esse jornal tinha sido lançado o “Correio Brasiliense”, em junho de 1808, por Hipólito da Costa. Porém, não se considera como primeiro jornal brasileiro porque era editado na Inglaterra. Por isso, o dia 10 de setembro foi escolhido para comemoração do “Dia da Imprensa Nacional”.

O jornal é um meio importante de comunicação. Foi devido a Gutemberg, o inventor dos tipos móveis, que se tornou possível a popularização do jornal.

As artes gráficas evoluíram muito com o passar dos anos. Antigamente, as impressoras eram manuais, e exigiam um trabalho sacrificado de seus operadores. As quantidades eram bastante reduzidas e difícil a circulação em decorrência da precariedade dos maios de transporte. Os grandes jornais de hoje são impressos em maquinas super modernas e de alta velocidade, que permitem tiragens rápidas e impressionantes. Os modernos sistemas de transporte propiciam ampla e rápida circulação, levando os jornais aos mais diversificados pontos do país de forma rápida e segura.

Apesar do surgimento de novos meios de comunicação, a imprensa continua a representar um papel importante entre os povos civilizados.

 

21 DE SETEMBRO – DIA DO RÁDIO:

O aparelho de rádio, ou seja, o rádio receptor, representa grande importância no mundo das comunicações, principalmente para as populações afastadas dos grandes centros, ou seja, o interiorzão do Brasil. Embora a televisão tenha dominado o mundo, o rádio continua insubstituível em virtude da sua praticidade, preço e oportunidade, ou seja, permite ser utilizado sem exigir a atenção visual das pessoas. Isso permite que o rádio seja ouvido por motoristas, transeuntes e também durante a execução de diversos tipos de trabalho. Esses fatores concedem ao rádio um lugar de destaque como veículo de comunicação.

O transístor, inventado por Guilherme Shockley, em colaboração com Walter Brattain e John Bardeen, nos Estados Unidos, permitiu a fabricação de aparelhos reduzidos e a preços acessíveis, funcionando geralmente pilha. Para tornar possível a recepção das transmissões radiofônicas há estações difusoras, que operam através de ondas hertzianas, pesquisadas pelo físico alemão Hertz, nascido em Hamburgo em 22/02/1858 e falecido em Bonn em 01/01/1894.

A radiodifusão exige o trabalho de grande número de profissionais, que são os radialistas. É devido à participação desses profissionais que podemos ouvir notícias, representações e outras.

O rádio é um meio ideal para popularização da cultura. Há, ainda, os aparelhos que operam em frequências especiais e servem para intercomunicações, entre outros com aviões, navios, veículos policiais e radioamadoras.

DIA DA ÁRVORE – 21 DE SETEMBRO:

A árvore é o maior exemplo de magnanimidade. Derrubada, ela reverte-se em bens. Dá a generosa madeira que se transforma em inúmeros produtos para a humanidade. Mas uma árvore viva é algo inigualável. Deve-se a ela o oxigênio, o frescor da atmosfera, a tranquilidade do verde, o conforto da sombra. Nossa vida depende essencialmente do reino vegetal. Mesmo a carne que ingerimos procede, indiretamente, dos vegetais.

Entretanto, principalmente nas grandes cidades, há uma constante indiferença pelas plantas, como se elas fossem inúteis, como se pudéssemos desprezá-las. Uma árvore deve ser derrubada unicamente se não tiver outra alternativa. E sempre que isso ocorrer, uma outra árvore deverá ser plantada, mesmo que seja em outro local.

O 21 de setembro é o dia da festa da árvore. No dia seguinte tem início a primavera. É a época que mais embeleza o ano, porque há mais folhas e mais flores.

É cada vez mais necessário que entendamos a necessidade da vegetação para que possamos viver. Além disso, as árvores e todo o reino vegetal tornam a paisagem mais alegre, além de, evidentemente, possibilitar que gozemos de melhor saúde.

As crianças, principalmente, devem habituar-se a ver nas árvores e nos vegetais os seus grandes amigos. O amar às árvores e aos vegetais deve ser um dever de todos os dias.

 

22 DE SETEMBRO – INÍCIO DA PRIMAVERA E DIA DA JUVENTUDE:

No hemisfério sul a primavera principia a 22 de setembro e termina a 21 de dezembro. No hemisfério norte vai de 21 de março a 21 de junho. É a época em que a natureza se renova. É a estação das flores. Passado o sono de inverno, a terra começa novamente a revitalizar-se.

No Brasil vivemos praticamente uma eterna primavera, pois sempre há vegetais florindo. Na época da primavera, porém, sente-se muito mais acentuada essa fertilidade tropical. Em outras regiões, onde o inverno é rigoroso, a primavera oferece realmente um marcante contraste, e pode-se dizer com propriedade que lá, de fato, a terra renasce para a vida.

A primavera simboliza a juventude, a fase mais bela da existência humana. A idade em que tudo é maravilhoso, em que os sonhos se apresentam alegres como as flores. O dia 22 de setembro foi, por isso, escolhido com felicidade para ser o “Dia da Juventude”. Tema de poesias inesquecíveis a juventude é como a primavera. Não que se repete numa única vida, porém através de gerações. Graças a essa renovação, a humanidade é sempre nova. As esperanças da juventude são flores que se transformarão em frutos e em sementes.

Todas as estações são importantes como, também, todas as quadras da vida. Mas a primavera e a juventude têm uma característica inigualável: a alegria.

 

DIA DO ANCIÃO – 27 DE SETEMBRO:

“Quando chegamos ao porto da velhice, após uma rude passagem por um mar tempestuoso, há um sentimento de repouso, de triunfo e de segurança.”

Comemora-se no dia 27 de setembro, em todo território nacional, o “Dia do Ancião”. Esta homenagem é uma comemoração de reconhecimento, estima e amizade àqueles que, após atravessarem fases da vida, encontram-se na velhice, muitos, quem sabe, numa velhice tristonha, sem afeto, sem um teto acolhedor, sem amigos, sem parentes. De modo especial, para esses velhinhos que vivem como isolados, sem aparo e sem um lar, é que os Leões precisam trazer um abraço fraterno, a solidariedade humana e a amizade.

Alguém já disse e escreveu que “o por do sol é tão belo e às vezes mais glorioso do que nascer”. O leonismo, breviário dos mais altos sentimentos humanos em suas múltiplas formas de servir, dedica especial carinho à velhice, amparando-a e generosamente fazendo com que aqueles que, em seus recolhimentos envelhecem, não sintam o avançar dos anos e, ao contrário, tenham sempre alegrias no retiro da velhice, não permitindo que a felicidade seja excluída ou apagada pelo avançar dos anos, fazendo com que o por do sol seja tão belo quanto ao seu nascer.

E esta Coordenadoria Geral do Distrito LC-6, concluímos esta nossa homenagem com essas magníficas palavras já lidas em alguma parte: “Viver sem envelhecer, sentir-se ativo para tudo que representa vigor de espírito e reserva de sentimentos, e, depois, quando vier o fim, achar nas profundezas da alma a confiança dos anos decorridos e adormecer com uma firme esperança, não é, isto, uma sorte invejável?”.

LUTO OFICIAL NO DISTRITO:

Registramos, com profundo pesar, os seguintes falecimentos durante o mês de agosto:

Dia 26 – CaL Maria do Rosário Franco de Almeida, do LC de Franca-Cidade Nova

Dia 28 – CL Messias da Silva, do Lions Clube de Ituverava

Dia 30 – CaL Julieta Kfaure, do Lions Clube de Tanabi

O DG MJF Antonio Paulo Caliento, em respeito a esses infaustos acontecimentos, editou as resoluções n.ºs 13, 14 e 15-2020/2021, decretando luto oficial de 3 dias em todo território do Distrito LC-6.

CLUBES DO DISTRITO LC-6 FUNDADOS EM SETEMBRO:

Dia 07 – São José do Rio Preto

Dia 09 – Jaboticabal

Dia 17 – São Simão

Dia 18 – Batatais

Dia 19 – Mirassol

Dia 20 – Franca

CUMPRIMENTOS AOS ANIVERSARIANTES DE SETEMBRO:

Aos aniversariantes de setembro feliz aniversário! Que Jesus abençoe cada um de vocês e seja Guia de todos. Muita paz, amor, saúde, sucesso e sabedoria para tomarem as decisões certas. Saibam que sua amizade é muito importante para todos nós, e que Deus permita que essa amizade dure por muitos anos.

Um ano inteiro se passa e, quando damos conta, estamos ficando mais velhos. O mais comum e esperado é se comemorar com a família e com os amigos. Se o ano que passou foi bom, comemore todas as conquistas; se não foi muito favorável, comemore pelo próximo ano de vida que está começando.

O aniversário é mais um estágio no desenvolvimento e ocasião propícia para uma introspecção. Precisamos sempre perguntar a nós mesmos qual a distância dos atos que praticamos ou daqueles que ainda podemos praticar e adicionar.

Fazer aniversário é olhar para trás com gratidão e para frente com fé! A todos vocês, aniversariantes de setembro, e que mencionamos abaixo, os cumprimentos e o carinho do Governador Caliento e toda sua equipe.

 

Dia  NOME CLUBE
1/9 DANIEL JOSE PINTO RIBEIRAO PRETO CAMPOS ELISEOS
1/9 IMAR DARME CATANDUVA
1/9 JOÃO CARLOS CAVASSANI AURIFLAMA
1/9 MARILIA MARCHINI SILVA OLIMPIA ENERGIA
1/9 MICHELI FERRAZ FEDOZZI POTIRENDABA
1/9 VALERIA VEDOVELLI F DE MATOS JABOTICABAL
2/9 CLAUDIA M. M. ARIOLI SPINELLI TAQUARITINGA
2/9 FATIMA REGINA G CAVICHIOLLI MATAO
2/9 JOSE FRANCISCO BREVIGLIERI VOTUPORANGA
2/9 LAZARO LAERCIO PINTO TAVARES MIRASSOL
2/9 LUANA EVANGELISTA CHIARELLI FERNANDOPOLIS
2/9 MARIA ELENA Z FERREIRA JABOTICABAL
2/9 MARISA SCARDUELLI ASSELLI JABOTICABAL
2/9 REGINA APARECIDA FONTANELLI TAQUARITINGA
3/9 CELIA TERESINHA BORGES TOSTI BATATAIS
3/9 DONIZETE APARECIDO MORELLI MONTE ALTO
3/9 FLÁVIO JOSÉ RUFINO PEREIRA SAO JOSE DO RIO PRETO
3/9 GUSTAVO DE SOUZA BALDAN ITUVERAVA
3/9 MAIRA CRISTINA DOS ANJOS VOTUPORANGA
3/9 MARCONDES APARECIDO TOTTI PONTAL
3/9 RENATO ANDRE DOS SANTOS SERTAOZINHO CENTENARIO
3/9 VALERIA GEREMIAS OLIVEIRA SAO JOAQUIM DA BARRA
4/9 AGUINALDO ARANTES MARTINS VOTUPORANGA BRISAS SUAVES
4/9 ALICE B DE SOUZA T SANTIAGO PALMEIRA D'OESTE
4/9 APARECIDO FIORAVANTI TODESCO JABOTICABAL
4/9 CLEUSA M B DE FREITAS MIGUELOPOLIS
4/9 JOSÉ APARECIDO PEREIRA SAO JOSE DO RIO PRETO SUL
4/9 VERA LUCIA ROSSI REAL JABOTICABAL
5/9 ANTONIO CLARET UEHARA PEDREGULHO USINA DE ESTREITO
5/9 JACIARA DA SILVA FERNANDES GUAIRA
5/9 JOAO CARLOS BARBIN ORLANDIA
5/9 NABOR SARAVALLI JUNIOR NEVES PAULISTA
5/9 SOLANGE ALVES PEREIRA TAQUARITINGA
6/9 DIRCE CAMAROTO MONTEIRO DUMONT
6/9 GLORIA MARIA CHIUMARELLI BOLONHEZE PALMEIRA D'OESTE
6/9 JULIANA CRISTINA PERES NERY MATAO
6/9 OTAVIO HENRIQUE ORTUNHO WEDEKIN AURIFLAMA
7/9 EVANGELINA MOURA DE OLIVEIRA BRANCO RIBEIRAO PRETO JARDIM PAULISTA
7/9 INACIA MARIA DA SILVA MACHADO OUROESTE
7/9 JANETE H MARQUES BASTOS SERTAOZINHO
7/9 JUNIO MOREIRA MARINHO PONTAL
7/9 MARCO ANTONIO PEREIRA GUAIRA
8/9 GEOVANA RAMOS GUILHERME DA COSTA VOTUPORANGA GRANDES LAGOS
8/9 JOSE DUTRA ITUVERAVA
8/9 MARIA CONCEICAO PULHEIS AFFONSO FRANCA SOBRAL
8/9 OSVALDO BATISTA ROSA POLONI
8/9 SEANDRO DUARTE ESTEVE ITUVERAVA
8/9 SELMMA SILVA ITUVERAVA
8/9 SONIA APARECIDA NAGEN GALETTI OLIMPIA ENERGIA
8/9 THAIS DOS SANTOS GUIMARAES BATATAIS
9/9 LINA NORONHA LEMOS PASSOS
9/9 PAULO HENRIQUE DESTITO PELLIZZON ORLANDIA
10/9 ELIANA CRISTINA GALBIATTI DE MELLO MATAO
10/9 LUANA CRISTINA MODESTO PEDRO PONTAL
10/9 MURILO ESTEVES DA SILVA OLIMPIA
11/9 CLAUDIO FRANCISCO ORLANDO MATAO
11/9 CLAUDIO KUBO MONTE AZUL PAULISTA
11/9 DALMA CRISTINA GOUVEIA PINCER GUARIBA
11/9 EDISON LUIZ VICENTE BRODOWSKI
11/9 GERALDO CANDIDO DA SILVA JUNIOR OUROESTE
11/9 MARTINHO RAMALHO MATTA JR VOTUPORANGA GRANDES LAGOS
11/9 OLGA ISABEL MORALI BEZERRA MONTE AZUL PAULISTA
12/9 EDISOM MACHADO DE SOUZA MIRASSOL
12/9 RODRIGO DA SILVA VOTUPORANGA
12/9 RUBENS PEREZ FRANCA
12/9 VILMA MARIA ROBERTO DA SILVA JALES
13/9 APARECIDO PAZIAN FERNANDOPOLIS
13/9 MARIA APARECIDA ROMANINI DOS SANTOS CRAVINHOS
13/9 MARIZA SANCHES CHIARATTI CRAVINHOS
13/9 NANCI M MARCON JABOTICABAL
14/9 ALINE SOUSA PEREIRA MARTUCCI JABOTICABAL
14/9 ANDREA CRISTINA DA SILVA VOTUPORANGA
14/9 DEJAIR JOSÉ ROSA PONTAL
14/9 JORGE CARLOS OTAVIO SAO JOAQUIM DA BARRA
15/9 DENISE AP BENINE FREITAS ORLANDIA
15/9 HELVETIA VILMA M PESSOA CRAVINHOS
15/9 MARGARIDA DOMINGUES PITON OLIMPIA
15/9 MARIA ELENA LONCARCI BREVIGLIERI VOTUPORANGA
15/9 MARIA HELENA PACIFICO LOUZADA GUARIBA
15/9 MARY CORREA LEITE GUARIBA
15/9 RENATO AUGUSTO NUNES SAO JOSE DO RIO PRETO SUL
16/9 ANA LUCIA GEREMIAS ALVES FILHO SAO JOAQUIM DA BARRA
16/9 ARTHUR EDUARDO POLACHINI JABOTICABAL
16/9 CREUZA MARIA LONGO PêGOLO JALES
16/9 ELAINE LUCAS JABOTICABAL
17/9 AILTON ROCHA SILLOS SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO
17/9 LUCILENE CARVALHO SILVA ALBERTONI VOTUPORANGA BRISAS SUAVES
17/9 LUÍS CARLOS GIROTTO DE ALMEIDA TAQUARITINGA
17/9 MARCELO OTTONI AMARAL JABOTICABAL
17/9 NELMA DE O ALMEIDA PRADO FRANCA INOVACAO
17/9 REGINA DONIZETE GALDINO SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO
17/9 SONIA MODOLO ARNONI ORLANDIA
17/9 VLADIMIR COLLI DE SOUZA PASSOS
18/9 ALINE APARECIDA DA CRUZ VOTUPORANGA
18/9 DARCY CARRAMONA SAO JOSE DO RIO PRETO
18/9 MARIA BERNADETE OSORIO PALIN MONTE AZUL PAULISTA
18/9 WILIAM PIRES DA SILVA GUAIRA
19/9 ANTONIO BOSCO CICOTE PALMEIRA D'OESTE
19/9 JULIANO PEREIRA GUARIBA
19/9 LUVERCI TOZZI DUMONT
19/9 MARILUCI CABRAL RICOLDI CRAVINHOS
19/9 PAULO CESAR GUERCHE VOTUPORANGA BRISAS SUAVES
19/9 SILMARA BUCHDID AMARANTE TANABI
19/9 TARCICIO CANDIDO DE AGUIAR OLIMPIA ENERGIA
20/9 ALAN GRUPIONI LOURENÇO CRAVINHOS
20/9 CARLOS ALBERTO DAMIÃO PONTAL
20/9 JUSSARA SUELI SANDRIM LONGATO FERNANDOPOLIS CIDADE PROGRESSO
20/9 LARISSA BARBOSA COLANI ITUVERAVA
20/9 MAURA GRILLO MONTE ALTO
20/9 NELMA APARECIDA FOCHI POLONI
20/9 VERA LUCIA MANIEZZO CATANDUVA
21/9 CLAUDIA TEIXEIRA FULGUEIRAL SAO JOAQUIM DA BARRA
21/9 FRANCISCA CANHADA FARES NEVES PAULISTA
21/9 MARIA JOSé FACCIN PALMEIRA D'OESTE
21/9 RITA DE CASSIA LEAL PIANTA MONTE AZUL PAULISTA
22/9 ELIANE DOS SANTOS AURIFLAMA
22/9 JULIA MARGARIDA PRESOTO PEREIRA FRANCA
23/9 ALDO JORGE GOBE IGARAPAVA
23/9 CARLOS EDUARDO MARQUES CHIARELLI FERNANDOPOLIS
23/9 DIVA MA MACIEL SILVA SERTAOZINHO
23/9 FRANCISCO FEITOSA BANTIM RIBEIRAO PRETO CAMPOS ELISEOS
23/9 JOSUE DONIZETE DA SILVA VOTUPORANGA ABILIO CALILLE
23/9 MARIA DA PENHA DORNELAS OLIMPIA
24/9 DALILA MIRHBI CRUVINEL SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO
24/9 GIEDRI MOTA POTIRENDABA
24/9 HELOISA DE MARCO NUNES DA SILVA TAQUARITINGA
24/9 MARIA DE LOURDES RODRIGUES PITON OLIMPIA ENERGIA
24/9 NORIVAL RIBEIRO ITUVERAVA
25/9 ALFREDO FADEL DE ALMEIDA ITUVERAVA
25/9 CLOVIS DE SOUZA FREIRI NETO NHANDEARA ALIANCA
25/9 NELY ODETE DE OLIVEIRA VOTUPORANGA GRANDES LAGOS
26/9 MARIA DE LOURDES PERRONI CORTEZ TAQUARITINGA
26/9 MARIA FERREIRA BRIGIDIO MENOIA VOTUPORANGA
26/9 PATRÍCIA PLAZZA BOSCAINI MANFRIM NEVES PAULISTA
26/9 RICELLO FABIANO LUDOVINO GUARIBA
27/9 APARECIDA NAKASHIMA GUARIBA
27/9 BERENICE M DE OLIVEIRA ROCHA FRANCA
27/9 EDIVANDO FERRARI COSTA OUROESTE
27/9 JOSÉ LINO TASCA AURIFLAMA
27/9 MARCIA CRISTINA ISHIKAVA CATANDUVA
27/9 MARIA ANDRESSA ZENARDI AGOSTINI NHANDEARA ALIANCA
27/9 MARIA MARTA MODENESI PEDROSA MATAO
27/9 ROSANGELA MANELICHI OLIVEIRA REBECH TAQUARITINGA
27/9 TERCILIO GABRIEL PINELLI JABOTICABAL
28/9 DORATI MARIA FERREIRA LIMA VOTUPORANGA
28/9 MARIA APARECIDA E DO VAL FRANCA
29/9 ALESSANDRA SILVESTRIN DA SILVA FERNANDOPOLIS CIDADE PROGRESSO
29/9 ANTONIO ALVES ANDRADE MIRASSOL
30/9 EMERSON BELLOTTI MATAO
30/9 KATIA MIRIAM MELO SILVEIRA FRANCA INOVACAO
30/9 MARCUS VINICIUS RODRIGUES DE SOUZA SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO
30/9 NILCEA FERREIRA DA COSTA TREVISAN MIRASSOL
30/9 RODRIGO CEZAR DOMINGOS SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO

Observações do Coordenador Geral do Distrito: 1) pode ser que algum novo associado tenha sido admitido até o mês de agosto, não havendo tempo hábil para fazer a comunicação; 2) os dados foram reportados pelos próprios Clubes; se houver alguma divergência, favor comunicar ao Assessor do Banco de Dados para ser corrigido.

 

CORREÇÕES NA NOMINATA 2020/2021 DO DISTRITO LC-6:

Apesar do cuidado do DG Antonio Paulo Caliento na coordenação e montagem da Nominata 2020/2021. Sempre existem alguns dados para retiricação, e que relacionamos abaixo:

Página          Onde consta                                  Deve ser considerado:

27                PDG Viotto – 99969-2954                PDG Viotto – 99969-2054   

32                 CaL Luciene Rodrigues Araújo           Cal Luciene Rodrigues Araújo Hyppólito

33                 PDG Ézio – sem e-mail                    PDG Ézio – e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

47                 O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.                       O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

73                 O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.                     O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

75                 O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.                          O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

88                 O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.              desconsiderar

90                 O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.             desconsiderar

93                 O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.          O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. (S maiúsculo)

128                 O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.                 O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Observação: o boneco da Nominata 2020/2021 foi enviado à gráfica, para composição e impressão, muito antes da edição da nossa “Carta Mensal de Agosto”. Dessa forma, devem ser desconsideradas as siglas designativas dos dirigentes leonísticos mencionados na Nominata, e consideradas aquelas divulgadas pela carta mensal do mês anterior.

Esta Coordenadoria permanece à disposição para algum outro registro que se fizer necessário.

RESPOSTAS PARA QUAL O SEU QI EM LEONISMO:

  1. Janeiro
  2. Falso.  São voluntários e não recebem qualquer compensação monetária.
  3. 1919. Durante a III Convenção Internacional, realizada em Chicago.
  4. Igualdade – Nacionalismo.
  5. “Nós Servimos” – 1945.

PARA FINALIZAR:

Um antigo e estimado Companheiro Leão, daqueles que tenho no rol das minhas mais gratas amizades (permito-me não revelar o nome por questão de foro íntimo), me mandou um e-mail fazendo referência à “Carta Mensal de Agosto”. Afirmou ele, candidamente, “que gostou muito da carta, e também da de julho, mas considerava que elas estavam longas demais e que dava muito trabalho para ler”. Fiquei pasmo. Preparei a resposta mas deletei não enviei até hoje, porque poderia magoá-lo. Não me lembro exatamente dos termos da resposta que havia preparado, só recordo de um trecho final, onde eu pretendia lhe dizer: “Velho amigo e Companheiro de longas jornadas: se dá trabalho para ler, você já imaginou prepara-la e editá-la”.

Um fraterno abraço leonístico a todos e até o próximo mês, se Deus assim o permitir.

                                                                  

PDG MJF ANTONIO DOMINGOS ANDRIANI

Coordenador Geral do Distrito LC-6

                

 

 

 

 

 

 

 

Cc:

Ex-Governadores do Distrito LC-6

1.º e 2.º Vice-Governadores do Distrito LC-6

Presidentes de Região e Divisão do Distrito LC-6

Assessores e Assistentes Distritais do LC-6

Outros CCLL, CCaLL e DDMM interessados

 

 

 

CARTA MENSAL DE AGOSTO da

Coordenadoria Geral do Distrito LC-6

Ribeirão Preto, 01 de agosto de 2020

 

Destinatários: PRESIDENTES DE CLUBES DO DISTRITO LC-6

 

MENSAGEM DO GOVERNADOR:

É evidente que gostaria que nossa 1.ª Reunião do Comitê do Gabinete Distrital tivesse sido presencial, para que pudéssemos nos abraçar e matarmos um pouco da saudade que toma conta de nós. Saudade que nossas presenças ao vivo já estão fazendo muita falta.

Infelizmente, diante da pandemia que está assolando o mundo, foi preciso que a realizássemos em caráter virtual. É a arma que temos em mãos no momento, através da tecnologia, para dar sequência às nossas atividades no Distrito LC-6.

Quero fazer a apresentação do “PIN” da Governadoria deste ano leonístico 2020/2021, que em breve vocês terão em mãos, assim como a Nominata do Distrito. O “PIN” deste ano leonístico tem como slogan “Companheirismo com Simplicidade”. Os que me conheceram como Governador em 2004/2005 talvez se lembrem que o slogan era “Simplicidade e Companheirismo”. É isso mesmo, no Lions somos Companheiros e Companheiras e é através do “Companheirismo com Simplicidade” que deveremos entender, que será sempre melhor servirmos com carinho e humildade para nos fazer entender como pessoas e seres humanos do bem. A vaidade e a arrogância não devem fazer parte de um Companheiro ou Companheira simples como somos dentro e fora do leonismo. No “PIN” existem dois Leões deitados e o logotipo do Lions. Duas mãos amparando esses Leões e o logotipo. São as mãos que rogamos a Deus para que nos ampare a todos e a todas nessa caminhada que estamos e estaremos enfrentando diante da Covid-19. Um modo de nos colocarmos diante de Deus, pedindo suas bênçãos. Esse é o pin que nos acompanhará nessa caminhada. E que assim seja!

Preciso e quero contar com a participação de todos.

Vou me dirigir diretamente aos nossos Ex-Governadores. A importância dos nossos PDGs tem relacionamento direto com a vida doo nosso movimento. Não desejo apenas me orgulhar dos nossos Ex-Governadores. Quero que eles participem diretamente da administração deste ano leonístico. Quero, sobretudo, usufruir do conhecimento e da experiência que armazenaram, do desejo ardente que, tenho certeza, eles têm em ver o leonismo brilhar cada vez mais no firmamento deste mundo conturbado de hoje. Creiam, meus caríssimos PDGs, que não terei qualquer acanhamento em convocá-los para que caminhem comigo na administração do Distrito LC-6.

Aos membros do Gabinete. Acredito que tenha sido feliz na escolha dos Companheiros Leão e Companheiras Leão que compõem a equipe. Foram todos convidados pelas qualidades e competências inegáveis. Temos muito a realizar e preciso da colaboração de todos. A atuação de cada um vai ser de fundamental importância para atingirmos o objetivo comum. Todos têm meu irrestrito apoio na condução dos importantes cargos.

Aos Presidentes de Região e Divisão. Vocês terão importância decisiva para que o Distrito possa cumprir as metas que serão estabelecidas, especialmente no que concerne à fiscalização administrativa junto aos Clubes das respectivas áreas. Vocês serão imprescindíveis para alavancar os objetivos previstos pela Equipe de Ação Global (GMT, GLT, GST e LCIF).

Aos Presidentes e às Presidentes de Clubes. Desnecessário enfatizar que vocês constituem a mola mestra que impulsiona o movimento leonístico. Vocês já sabem, como ninguém, tudo aquilo que nosso Distrito e a Associação Internacional de Lions Clubes quer e o que deseja de cada um. Façam do “Manual do Presidente” a sua bíblia de cabeceira. Vocês são os novos líderes dos seus Clubes e indispensáveis à nossa causa;

Quero que cada membro do Colegiado se transforme em uma nova e verdadeira liderança. E que cada nova liderança reflita e tire proveito das situações de aprendizagem que ocorre espontaneamente. Cada nova liderança deve desafiar ideias , estruturas, suposições e opiniões.   Todos vocês, como novas lideranças, devem usar o poder da mente, a força de vontade e a convicção pessoal. Estou contando com vocês.

Abraços do Amigo,

DG MJF Antonio Paulo Caliento, Governador do Distrito

 

CARTA ABERTA:

Quero começar este pedido de forma bem atualizada para os dias de hoje, onde a grande maioria de todos nós está voltando suas cabeças e pensamentos para a atual tecnologia avançada, não percebendo que não é apenas de tecnologia que vivemos dentro do nosso movimento leonístico.

Nos últimos tempos, dentro do Lions, só temos ouvido falar em videoconferências, em palestras e reuniões on-line (que são as coqueluches do momento) e um mundo de outras expressões que nos tem levado a uma verdadeira loucura todos os dias, principalmente depois do surgimento da pandemia da Covid-19.

Vamos entender, primeiramente, que a faixa etária dos Companheiros e Companheiras que compõem o corpo associativo dos Clubes ultrapassa os 60 anos. Muitos deles ainda não se adaptaram a essa onda tecnológica e ficam na dependência de uma comunicação mais direta.

Estamos esquecendo do trabalho junto aos Clubes do Distrito que necessitam da nossa ajuda! Estamos esquecendo demais dos nossos Companheiros e Companheiras, que sempre deram tudo de si no seu trabalho junto aos Clubes, e que hoje necessitam do nosso apoio; muitos sentem-se intimidados e não procuram ajuda para desenvolvimento do seu trabalho no serviço desinteressado.

Lions Internacional, através dos seus Diretores, sempre teve como metas a evasão e o aumento de associados e o não fechamento de Clubes. Hoje parece que estão dando outro sentido ao andamento das nossas obrigações, embora vindo ao encontro das metas sugeridas por eles.

A tecnologia é importante? Claro que sim! É por demais importante! Mas Clubes, os Companheiros e Companheiras são mais importantes ainda. Não adianta termos tecnologia se não tivermos Clubes e um quadro associativo condizente! Depois, administrar para quem? Para outros Distritos? Vamos cuidar um pouco mais do nosso Distrito LC-6! Vamos cuidar da casa enquanto ainda temos os alicerces!

Por isso peço a vocês Ex-Governadores, Presidentes de Região e Divisão, Presidentes de Clubes: vejam em suas Regiões e Divisões os Clubes que estão atravessando fase difícil dentro do leonismo! Eles precisam de nós! Vamos nos oferecer para fazer esse trabalho! O Governador está precisando de vocês no Distrito e esta é uma grande oportunidade de nos organizarmos e dar nosso apoio aos Clubes e associados que necessitam da nossa ajuda.

Depois da perda de associados e fechamento de Clubes não vai adiantar nada ficar lamentando.

Falamos muito e mostramos que entendemos de tecnologia. Isso é ótimo e &ea