crav

TRABALHO – Em 1998, o Lions Clube de Cravinhos inaugurou sua nova sede, em que está até hoje na Rua Corifeu de Azevedo Marques, defronte ao terminal rodoviário, sempre seguindo o lema de “Servir” e tendo como prioridade “a visão”.


Contar um pouco da história deste clube é lembrar das pessoas que tiveram a ideia de fundar o primeiro clube de serviços em Cravinhos. Em março de 1964, estiveram na cidade os integrantes do Lions Clube de Ribeirão Preto e Jaboticabal, os quais acreditaram que poderia se fundar um clube de serviço, para que o mesmo trabalhasse em prol da população mais necessitada. Com isso tornou-se Lions Clube Ribeirão Preto-Centro.
Da nossa carta constitutiva, que se encontra na entrada do clube, extrai-se o seguinte texto: “Em 31 de março de 1964, La Associacion Internacional de Clubes Leones – autorizou o presidente e o secretário deste clube para expandir as atividades leonisticas, legalizando com o Selo Oficial desta associação, e empossando os seguintes Leões como sócios fundadores: Alcides Glingani, Abilio Valentin Gonçalves, André Carrascosa, Alberto Santos Filho, Celso Oliveira Moreira, Fabiano Ravagnani, Fernando Ferraz Machado, Florindo Meneghelli, Francisco Castilho Filho, Gonzaga Assis Moraes, Heitor Rodrigues, João Higino Berbel, José Lima Bonavena, Marcos Moreira Moraes, Manoel Ferraz do Valle, Nelson Engracia De Oliveira, Paulo Fracon, Renato Pagano, Robélio Molesini, Rubens Cavalcanti, João Moraes, Silvino Belline, Zabulon Nascimento, Antonio Sérgio de Moraes, Mário Castilho e Pedro Fracon”.
O seu funcionamento deu-se na sede que se encontrava na avenida Dona Rita Cândida Nogueira e esquina com a Rua Cerqueira César. O Lions Clube de Cravinhos tem finalidade filantrópica, sendo que este clube de serviço, instituído por abnegados cravinhenses, tem mantido sua fé inquebrantável no auxílio ao próximo necessitado. Diversas campanhas são promovidas por esta entidade com o fim único de reverter seus lucros aos carentes ou infelicitados pela sorte.
Em 1998, o Lions Clube de Cravinhos inaugurou sua nova sede, em que está até hoje na Rua Corifeu de Azevedo Marques, defronte ao terminal rodoviário, sempre seguindo o lema de “Servir” e tendo como prioridade “a visão”.
O Lions é um clube internacional, com ramificações em 185 países espalhados pelo mundo, que somente prestam solidariedade visando auxiliar a comunidade.
Na segunda-feira (31/03) o clube completou 50 anos de atividades ininterruptas, sendo que tem sempre sido procurado por mais membros, que querem fazer parte do clube.
“Este clube é do tempo em que se molhava o pão no copo de café, do tempo que antes de dormir os filhos pediam benção e nossos pais respondiam Deus te abençoe, do tempo em que tomavam guaraná em dia de festa ou no almoço de domingo, tempo em que se falar de sexo com os pais era sem nexo”, comenta o integrante do Lions Clube de Cravinhos, Osmar Loureiro.
O clube começou grande, porque em sua fundação eram 24 integrantes liderados pelo então primeiro presidente, o saudoso dentista Paulo Fracon. Atualmente não existe mais nenhum sócio-fundador do clube vivo, já que o último era Pedro Fracon, que faleceu, aos 92 anos de idade, no dia 14 de dezembro de 2013.
“O companheiro Pedro Fracon sempre foi uma pessoa muito querida em nossa cidade, em suas caminhadas matinais sempre estava disposto a contar suas histórias, em alguns pontos comerciais por onde passava, aquela paradinha para um bate-papo e um café. Tive o prazer de conhecê-lo bem, em que nas nossas conversas sempre me contava como ingressou no Lions Clube de Cravinhos dizendo: ‘meu irmão Paulo me fez o convite na rua, fiquei curioso, aceitei’. E ainda bem que aceitou tornando-se um ‘Leão de Juba Longa’ que muito contribuiu para nosso movimento leonistico”, relata o atual presidente do Lions Clube de Cravinhos, Alexsander de Andrade Orteiro.
Os anos foram se sucedendo, e este clube graças a uma sólida formação embasada em valores leonisticos soube mostrar à sociedade a sua força como um clube de serviços, servindo sempre desinteressadamente e cultivando o companheirismo.

Porém nem tudo foram flores, pois chegaram a ficar sem um local para se reunir, e aí surgiram “Leões” que se uniram para começar a construir a atual sede, cujo pontapé inicial foi dado por Wilson Damião, então presidente do clube e que conseguiu junto a Prefeitura a secção do terreno.
Damião faleceu no dia 23 de fevereiro de 2014, com 83 anos, mas serviu o clube com muito amor e dedicação, junto de sua esposa Emarides, em que este ano completaria 40 anos desde sua posse, a qual teve como padrinho o Francisco Castilho Filho. 
“Quem me deu a posse de presidente no clube foi o Seu Wilson Damião, e me lembro que na ocasião ele me disse: ‘Alex não estou nada bem, com muitas dores, mas faço questão de estar aqui neste momento’. Muitos outros valorosos companheiros se destacaram na administração deste clube e na construção e manutenção desta sede, seguimos fortes realizando campanhas memoráveis em prol dos mais necessitados, das entidades aqui constituídas e que desde então sempre tiveram um leão em suas fileiras trabalhando voluntariamente”, afirma Alexsander Orteiro.
No total são 33 pessoas que se dedicam diretamente ao clube, sendo que todos trabalham voluntariamente e participam diretamente das entidades Associação das Irmãs Franciscanas, Lar São Vicente de Paulo, APAE, ONG SARA, Santa Casa, Casa da Criança, Casa da Sopa, entre outras.
“Realizamos vários trabalhos durante este ano leonistico, como Campanha de doação de sangue, plantio de árvores, corrida kids, campanha de arrecadação de macarrão e gelatina, entre outros”, diz Orteiro.
Apesar do Jubileu de Ouro ter sido completado no último dia 31 de março, uma festa de confraternização aconteceu, na sede da entidade, na sexta-feira (28/03), momento que todos os integrantes do clube se fizeram presentes e puderam receber Governadores do Lions, autoridades e membros de outros clubes de serviço.
O atual presidente, Alexssander Orteiro e a sua esposa Fernanda ainda fizeram uma pequena homenagem aos seus padrinhos Jorge Yamada e sua esposa Helenice, os quais são verdadeiros “leões” dedicados em servir com coragem para enfrentar obstáculos sempre empunhando a bandeira do Lions, com o intuito de engrandecer a causa leonistica. 
“Quero agradecer o Jorge Yamada e sua esposa por terem acreditado em nós e nos ter convidado a integrar este clube que tanto nos orgulha em servir”, diz o casal Alex e Fernanda Orteiro.
Entre os clubes visitantes estiveram Brodowski, Sertãozinho, Ribeirão Preto, Cajuru e Franca. As autoridades também se fizeram presentes através dos Governadores José Gomes Duba das Chagas e Cal Marria Celeste; Antonio Carlos Caliento e Manoel da Rocha Freitas, além das autoridades civis o prefeito José Carlos Carrascosa dos Santos, a primeira-dama Andréa Gaspar Carrascosa e o vereador José Carlos Rossi dos Reis.

 

 

Comentários  

0 #2 Maria Salete L. Okan 19-04-2018 12:13
#1 Maria Salete L. Okan 19-04-2018 12:09
É muita honra pertencer a este tão importante Clube de Serviços, ter convivido com essas pessoas maravilhosas que tanto deram de si, ficando para sempre a marca de cada uma. Estão para sempre em nossos corações.
Citar
0 #1 Osmar Loureiro 15-11-2016 23:43
Recordar e viver, é muito importante quando um clube pode contar a sua história e mais importante ainda é o futuro que nos espera.
Citar

Adicionar comentário

Cuidado com os termos para não ser banido.


Código de segurança
Atualizar

Instalação Gab.LEO 

1ª REUNIÃO DISTRITAL DO GABINETE DO LEO CLUBE LC-6 EM VOTUPORANGA
3
3
0
0
5
5
4
4
4
4
4
4
1
1

Usuários Online 

Temos 93 visitantes e Nenhum membro online

Login 

Bem Vindo ao Distrito LC-6!

Distrito LC-6

Visitantes

1508030
Hoje
Ontem
Esta Semana
Última Semana
Este Mês
Último Mês
Total
289
2283
6712
1415097
24804
58416
1508030

Seu IP: 54.80.140.29
15-08-2018 02:15

Curtir No FaceBook 

Scroll to top