Fala3

 

 

O ACRÓSTICO “LIONS” NO BRASIL

PDG ANTONIO DOMINGOS ANDRIANI

            Tomo a liberdade de abordar o tema, que faz parte da história do leonismo, face aos motivos que justifico no último parágrafo desta mensagem.

            O acróstico, também conhecido como moto, lema, divisa ou preceito escrito, segundo nossos melhores dicionaristas, é um símbolo que vem a ser o conjunto de letras iniciais que compõem verticalmente uma palavra ou frase.

            O acróstico do nosso movimento é “LIONS”.  No Brasil, ele já teve três significados, conforme, despretensiosamente e tão somente para aqueles que ainda não tiveram oportunidade de conhecer, comento a seguir.

            Primeiro acróstico do Lions no Brasil:

           

            Nosso primeiro acréstico, que vigorou até 16/04/1952 (data da fundação do Clube máster do Rio de Janeiro) até 07/08/1952, era “Liberdade, Entendimento, Organização, Nacionalidade, Esforço e Serviço”, e havia sido retirado das letras que formam a palavra LEONES em espanhol.  Como se sabe, quando da chegada do leonismo no Brasil, toda documentação em uso e que seria utilizada por algum tempo era impressa em espanhol (principalmente) e inglês.

            Segundo acróstico do Lions no Brasil:

            Com a fundação do Clube do Rio de Janeiro, Armando Fajardo, nosso Leão n.º 1, e que trouxe o movimento para o Brasil, procurou traduzir para o português as expressões espanholas dos procedimentos leonísticos.

            Assim é que, a partir de 08/08/1952, o Clube máster do leonismo brasileiro passou a ser denominado de Lions Clube do Rio de Janeiro, em substituição ao Clube de Leões do Rio de Janeiro, o que seria seguido posteriormente pelos demais Clubes.  E, com a decisão de aportuguesar nossos procedimentos, o acróstico em uso até 07/08/1952 foi substituído a partir de 08/08/1952, e ficou nacionalmente sacramentado e conhecido por “Liberdade, Inteligência, Ordem, Nacionalidade e Serviço”.  Ele permaneceu com essa redação por 45 anos, 10 meses e 18 dias, sendo substituído em 27/05/1998.

            Terceiro acróstico do Lions no Brasil:

            Durante a 3.ª sessão plenária do então CNG-Conselho Nacional de Governadores 1997/1998, realizada em 27/05/1998, no salão de convenções do Hotal Othon Palace, na cidade de Belo Horizonte/MG, e da qual participei como membro ativo, o Colegiado do Conselho aprovou por maioria moção apresentada pelo Lions Clube de São Paulo-Jardim Paulista, e de autoria do PDG José Gilberto Ribeiro Ratto, alterando o significado das letras “I” e “N” do acróstico da palavra Lions.  De conformidade com a proposição apresentada, aprovada e editada como resolução do CNG, as palavras “Inteligência” e “Nacionalidade” foram substituídas por “IGUALDADE” e “NACIONALISMO”.  O PDG Ratto, que defendeu pessoalmente sua proposta junto ao Colegiado do CNG, convenceu pela razão e pelo seu elevado sentimento leonístico e patriótico. 
Sua moção procurou adequar os enunciados das letras “I” e “N” para que os mesmos representassem conceitos interpretados pela  expressão da linguagem e cultura do povo brasileiro, sem se afastar dos mandamentos filosóficos do leonismo.   Segundo ele:  “Inteligência” tinha uma conotação mais ligada ao intelecto e à intelectualidade, e um sentimento meramente subjetivo que não coadunava com o interesse geral que deve ser o objetivo do Lions.  Já “IGUALDADE” era uma expressão mais adequada aos sentimentos da comunidade e do nosso movimento, pois todos são iguais perante a Deus, diante da Lei e face a todas as instituições.  É a qualidade de igual, de paridade.  Além disso, pode ser associada também à igualdade moral, que é a relação entre as pessoas em virtude da qual todas elas são portadoras dos mesmos direitos fundamentais que provém da humanidade e definem a dignidade da pessoa humana.  “Nacionalidade” dizia respeito à condição do que é nacional ou disciplina o complexo dos caracteres que distinguem a Nação.  Já “NACIONALISMO” cultivava o sentido de amor à Pátria e era uma exaltação do sentimento nacional, englobando patriotismo, civismo e cidadania.

            Dessa forma, desde 27 de maio de 1998 o leonismo brasileiro tem o seu terceiro acróstico oficial de LIONS:  “Liberdade, Igualdade, Ordem, Nacionalismo e Serviço”.

            Concluindo,

            O que me levou a abordar o assunto, como disse no primeiro parágrafo desta mensagem, foi a constatação de procedimentos incorretos que tenho observado.  Em minhas andanças pelo Distrito tenho acompanhado muitas solenidades que são realizadas pelos Clubes, especialmente de posse de novos associados.  Tenho observado, inclusive, que em alguns Clubes ainda é utilizado o texto do segundo acróstico do Lions no Brasil, o que não é correto.  Em um outro Clube, por exemplo, nem uma coisa nem outra, pois o enunciado da letra “I” foi substituído por “Integridade”, tirado não sei de onde.

            O importante é que, em nossas solenidades, seja utilizado sempre o acróstico oficial do Lions no Brasil, que é “LIBERDADE, IGUALDADE, ORDEM, NACIONALISMO E SERVIÇO”.

Adicionar comentário

Cuidado com os termos para não ser banido.


Código de segurança
Atualizar

3º RGD 3 e 4 Fev/18 

Auriflama-SP 03 e 04 Fevereiro 2018
7
7
2
2

Usuários Online 

Temos 87 visitantes e Nenhum membro online

Login 

Bem Vindo ao Distrito LC-6!

Distrito LC-6

Visitantes

899601
Hoje
Ontem
Esta Semana
Última Semana
Este Mês
Último Mês
Total
2699
843
6820
807052
38294
64512
899601

Seu IP: 54.225.16.10
22-11-2017 22:13

Curtir No FaceBook 

Scroll to top