Fala3

“Se um espinho me fere, afasto-me

do espinho... mas, não o detesto”

 

PDG ANTONIO DOMINGOS ANDRIANI

 

            Quando ingressei no leonísmo – e lá se vão quase 38 anos, li um artigo que era encimado pelo título acima e que até hoje não me sai da memória, embora esta, como agora, me traia e faça com que não recorde nem do feliz autor e muito menos da publicação.  Mas a simplicidade e clareza do seu texto, que antevejo mesmo muitos anos depois, permitem alguma reflexão sobre as eventuais divergências que são registradas no cotidiano.

            Divergências sempre ocorreram, ocorrem e ocorrerão no relacionamento humano, pois são inerentes ao dia-a-dia de todos.  E raramente isso deixa de acontecer, seja no âmbito familiar, entre amigos ou no ambiente de trabalho.

            No meio da família leonística tal fato não é exceção, mormente levando-se em conta que Companheiros Leão, Companheiras Leão e Domadoras possuem meio de vida e atividades heterogêneas, têm convicções próprias, e muitos exercem liderança em suas profissões, o que quer dizer que costumam conduzir e não serem conduzidos.

            Dessa forma, quando um não aceita serenamente ou respeita a opinião do outro o relacionamento pode estremecer.  Discussões sobre questões leonísticas são absolutamente normais, quer envolvam problemas administrativos ou de atividades.  Só que qualquer discussão deve ser mantida em nível elevado, não partindo jamais para o terreno pessoal.

            Já ouvi e até participei de muitas discussões, algumas homéricas (e como me arrependo!).  Quantas vezes uma velha amizade não é estremecida por pura insensatez e culpa recíproca?  Basta um Companheiro proferir uma frase infeliz e melindrar outro Companheiro.  Este, por sua vez, não se contém e revida o insulto.  Pronto, está formada a indesejável contenda!

            Outras vezes não há nem necessidade da discussão para que a polêmica seja aquecida.  Basta que o procedimento de um Companheiro seja colidente com a posição do outro, mormente quando aquele já conhecia a postura deste.  Pronto, o “caldo certamente vai engrossar”!   Como agir?  Simples!  Ou aquele primeiro se desculpa ou justifica, e este último releva a atitude, perdoa e esqueceou, agindo como o autor da frase que dá título a esta mensagem, afasta-se e não guarda rancores.  Fazendo isso, evita que os demais membros da família leonística tomem conhecimento do ocorrido e passem a se envolver na disputa.

            A sabedoria do nosso “Código de Ética do Leão” (“ser comedido na crítica e generoso no elogio; construir e não destruir.”) tem, certamente, tudo a ver quando um espinho fere alguém.

Adicionar comentário

Cuidado com os termos para não ser banido.


Código de segurança
Atualizar

3º RGD 3 e 4 Fev/18 

Auriflama-SP 03 e 04 Fevereiro 2018
7
7
2
2

Usuários Online 

Temos 94 visitantes e Nenhum membro online

Login 

Bem Vindo ao Distrito LC-6!

Distrito LC-6

Visitantes

899608
Hoje
Ontem
Esta Semana
Última Semana
Este Mês
Último Mês
Total
2706
843
6827
807052
38301
64512
899608

Seu IP: 54.225.16.10
22-11-2017 22:13

Curtir No FaceBook 

Scroll to top