HABILIDADES E DISPONIBILIDADE

 

          Além das características que já conhecemos (IDONEIDADE, BOM CARÁTER, SITUAÇÃO FINANCEIRA EQUILIBRADA, FAMÍLIA BEM CONSTITUÍDA, etc...) , as pessoas que formam um Lions Clube tem atividades profissionais, habilidades e disponibilidades diferenciadas.

             Algumas já estão aposentadas e podem, graças a Deus, emprestar dedicação exclusiva ao Lions. Outras exercem somente uma atividade profissional e participam somente do Lions. Estas podem se dedicar razoavelmente ao movimento leonístico. Muitas, no entanto, tem múltiplas atividades profissionais e ainda participam de outras entidades de serviço e/ou representação classista, e obviamente não tem disponibilidade de tempo para se dedicar exclusivamente ao Lions, mas, na medida do possível, cumprem com suas obrigações no clube, no Distrito e/ou no Distrito Múltiplo. Uma minoria ( não tão pequena ), lamentavelmente, embora disponha de tempo e condições, nada acrescenta ao Leonismo e figura apenas na fria estatística dos números.

             Alguns sócios têm disponibilidade e habilidade para desenvolver o seu potencial na esfera do clube, outros emprestam suas habilidades não somente no Clube, mas também ao seu Distrito e ao Conselho de Governadores. Todos, portanto, são importantes e fundamentais para o sucesso do movimento leonístico.

             A base do Lions Internacional é o CLUBE. Por isso, precisamos participar ativamente de suas atividades, sobretudo no que se refere às campanhas de arrecadação de recursos financeiros para a manutenção das atividades desenvolvidas pelos Lions Clubes na área filantrópica e assistencial.

             Como dito inicialmente, as pessoas têm habilidades e disponibilidades diferenciadas e , graças a Deus, no movimento leonístico temos muitos sócios e domadoras com os requisitos necessários (habilidades e disponibilidades) para a implementação de atividades de qualidade junto à comunidade.

             Não podemos nos esquecer que o LIONS não é um clube de pessoas totalmente disponíveis, muito pelo contrário, a maioria tem múltiplas atividades. No entanto, as pessoas muito ocupadas sabem domar de forma adequada o uso do tempo e aplicar o principio de que se não fizermos primeiro as coisas mais importantes, não poderemos fazer as demais, posteriormente.

             A propósito das habilidades e disponibilidades individuais, Ichak Adizes, PhD em Economia da Universidade de Columbia, Nova York, e Professor Catedrático da Universidade da Califórnia, Los Angeles, em seu livro “ COMO RESOLVER OS PROBLEMAS DE ANTI-GERENCIA” , relata que a administração moderna consiste na gestão participativa de todos os membros do grupo, “levando em conta as suas respectivas habilidades e disponibilidades” (colocação do autor neste grifo), uma vez que jamais uma única pessoa poderia reunir os estilos gerenciais de  produtor, administrador, empreendedor e integrador. Analisando cada estilo, pode-se observar o seguinte :

 

-         PRODUTOR : faz com que todos produzam. O conhecimento é importante para produzir bem e adequadamente. O Solitário, ao contrário, não coordena, não delega, não acompanha, não controla, não se relaciona bem com as pessoas. Faz tudo sozinho, esquece que o trabalho em equipe é mais eficiente e eficaz.

-         ADMINISTRADOR : se o produto proporciona eficácia, o administrador propicia eficiência . Faz com que as pessoas e as coisas funcionem bem. O Burocrata age segundo as normas e administra com ordens por escrito. Faz certo às coisas e não as coisas certas.

-         EMPREENDEDOR : fomenta a criatividade para implementar novas idéias. Identifica o curso das ações para efetuar as mudanças. O Incendiário é aquele “pé na tabua”  e “marchas em ponto morto”. Muda constantemente de idéia, tudo é urgente, deleita-se com sua criatividade (?), mas não esclarece os detalhes. Não concorda com as idéias dos outros, mas as copia.

-         INTEGRADOR : esta função é de fundamental importância. Entende que as pessoas e as coisas são diferentes (já escrevia Confúcio 500 anos AC e Goethe, no século passado). Transforma a  capacidade individual em grupal. Descentraliza as decisões. O Político é o mais incompetente. É um peso morto na instituição e coloca o interesse imediato acima dos interesses da coletividade.

 

Portanto, não é pertinente exigir-se dedicação excessiva ou participação financeira abusiva dos sócios do Lions.

 Ao contrário, devemos estimular e aproveitar as habilidades individuais e coletivas, implementando uma divisão de trabalho racional e eqüitativa para podermos alcançar êxito na ação dignificante de servir desinteressadamente.

     O Sócio é o “componente” mais importante do Lions. O sócio está para o Lions, como o sangue está para o funcionamento do corpo. Sem sócio de qualidade, como sem sangue sadio, não há vida saudável.

 

 

Compilado por

CL ANTÔNIO DOUGLAS ZAPOLLA

Assessor de Sócios

 

Distrito LC-6 – 2011

Adicionar comentário

Cuidado com os termos para não ser banido.


Código de segurança
Atualizar

2ª RCG CATANDUVA 

2ª RCG CATANDUVA 1,2 dezembro
6
6
6
6
0
0
5
5
0
0
7
7
4
4
4
4

Usuários Online 

Temos 29 visitantes e Nenhum membro online

Login 

Bem Vindo ao Distrito LC-6!

Distrito LC-6

Visitantes

1608674
Hoje
Ontem
Esta Semana
Última Semana
Este Mês
Último Mês
Total
105
2199
6670
1512157
53229
72219
1608674

Seu IP: 54.198.23.251
26-09-2018 01:52

Curtir No FaceBook 

Scroll to top