pediatric cancer icon

SINAIS E SINTOMAS DO CÂNCER INFANTO JUVENIL

O câncer infanto juvenil vem aumentando a incidência na população mundial, a cada dois minutos se diagnostica uma criança com câncer, o diagnóstico precoce é de fundamental importância nesses casos, quanto mais cedo for feito, maiores são as chances de cura da doença.

O câncer não tem sinais ou sintomas específicos, mas alguns sinais de alarme podem ser observados, assim como alguns exames podem levantar a suspeita de que a pessoa está acometida por esta moléstia e assim partir para exames mais específicos e sofisticados.

Ficar atento é preciso, se a criança apresentar sinais de palidez, perda de peso, dores nos ossos, sangramentos inexplicáveis, caroços no copo que não se resolvem, anemias que não curam com medicações, ínguas, febres, manchas roxas na pele, podem ser sinais de leucemia.

Fique atento também a dores de cabeça e vômitos pela manhã ou que acordam a criança, visão turva ou dupla, tonturas, dificuldade para deambular ou manipular objetos, podem ser sinais de câncer no cérebro.

Falta de ar, dores no tórax podem indicar tumores no tórax.

Dores no abdômem, caroços na barriga, aumento do abdome, sangue nas fezes ou urina podem indicar tumores de rins ou outra parte do abdômem.

Outros sinais como tumorações em músculos, ossos, pescoço com dores que não passam e atrapalham as atividades da criança, inchaço, vermelhidão que demoram para se resolver podem ser câncer.

Um brilho branco nos olhos, quando a criança sai em fotos com flash, ou olhos de diferentes tamanhos podem indicar tumores nos olhos.

Hoje o câncer infanto juvenil é a primeira causa de morte por doença, após 1 ano de idade, até o fim da adolescência.

Tenhamos um olhar atento, ao sinal de qualquer anormalidade procure o pediatra.

CL Paulo Eduardo Zucarelli

Assessor Distrital da Conservação da Audição, Logopedia e Trabalho com Surdos

LC Fernandópolis "Cidade Progresso"