Imprimir
 

 

 

image001

Ribeirão Preto, 22 de julho de 2021

Mensagem n.º 02-2021/2022

Destinatários:

CLUBES E DIRIGENTES LEONÍSTICOS DO DISTRITO LC-6

Assunto:

OBJETIVOS DA INSTRUÇÃO LEONÍSTICA

         

Em reunião de Lions a instrução leonística reveste-se de fundamental importância por ter a finalidade de transmitir conhecimentos e orientar sobre nosso movimento. É a busca do saber acerca da filosofia e das normas do movimento da Associação Internacional de Lions Clubes.

É a forma mais objetiva e eficiente que se encontrou para transmitir a doutrina de Melvin Jones e para fazer com que ela se aprofunde no âmago desse movimento internacional.

A instrução leonística tem por objetivo fazer com que os associados de um Clube sejam instados à prática do serviço desinteressado, à defesa dos interesses comunitários, ao incentivo aos princípios do bom governo, da boa cidadania, à união dos Clubes pelos laços da amizade, do bom companheirismo e compreensão recíproca, bem como ao fomento de um espírito de compreensão entre os povos da terra.

Pelos benefícios advindos para a prática do leonismo, ela deve ser adotada em todas as assembleias de um Clube, de forma paulatina, pois é sabido que a apreensão do conhecimento não ocorre da noite para o dia, de relance.

Segundo Paulo Freire, “Aprender não é um ato findo. É um exercício constante de renovação.” Para Abigail Adans, trata-se de um processo quando afirma que “O aprendizado não é conquistado acidentalmente. Ele deve ser perseguido com ardor e tratado com diligência”, corroborando com outro autor que declarou que “aprender é um processo que se inicia quando se nasce e só termina quando se morre”.

O PDG 1974/1975 Arnaldo Setti, do LB-3, de saudosa memória, externou muito claramente o seu pensamento sobre o que vem a ser a instrução leonística quando, no prólogo da coletânea elaborada pelo CL Walteno Marques da Silva, em abril de 2002, sob o título “Instrução Leonística, Conhecendo e Melhorando” disse: “Na expressão instrução concentra-se o cerne do objetivo que se procura alcançar. Instrução é educação cultural. Pode a pessoa palmilhar pelos incontáveis caminhos e em todos, procurando seu alicerce, irá encontrar a instrução. Sejam quais forem as áreas do conhecimento humano, este só será adquirido por intermédio da instrução. Quanto mais a pessoa se instruir mais vai ampliar seu conhecimento, mais vai avançar em sua educação cultural. O conhecimento é o domínio teórico ou prático de um assunto, seja ele qual for, inclusive, obviamente, o conhecimento leonístico.”

Dada sua importância, a instrução leonística não pode ser tratada de qualquer maneira, sem preparação cuidadosa, a começar pela escolha do tema a ser abordado, que deve ser importante, oportuno e adequado para a plateia ouvinte, cuja finalidade pode ser de natureza informática ou motivacional. Deve, enfim, tratar de tema relevante, mediante escolha e ministrada conforme planejamento elaborado no início da gestão, para ser desenvolvido durante o ano leonístico.

Outro ponto benéfico da instrução leonística é que ela é útil não só para os ouvintes, mas, também, para a pessoa que a escreveu e que fará a sua apresentação. Cora Coralina ao refletir sobre a correlação entre o saber e a sua transferência disse: “Feliz é aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.”

Para cumprir realmente sua finalidade, ela não deve ser proferida em forma de discurso, mas sim através de explanação sucinta e voltada para todos, de maneira concisa, sem divagação, fantasia ou devaneio. Deve ser bem apresentada, de forma audível, de modo a despertar a atenção e o interesse de todos os ouvintes.

Por consideração e respeito ao apresentador e para facilitar o cumprimento da sua missão, deve-se ouvir a instrução leonística com a mesma atenção com que se desejará que façam os ouvintes quando for apresentar a sua. É a maneira mais apropriada e cortês de se proceder, pois, sendo assim, o apresentador, por um lado, terá mais entusiasmo para transmitir os seus conhecimentos e a plateia, por outro, absorverá melhor o conteúdo apresentado.

Vamos pensar sobre isso?

PDG MJF ANTONIO DOMINGOS ANDRIANI

Assessor Distrital de Instrução Leonística