SUGESTÃO DE PROTOCOLO PARA VISITA DO GOVERNADOR AO CLUBE

            Estamos fornecendo abaixo, para colaborar com suas gestões, uma sugestão de protocolo para a assembleia de visita do Governador aos Clubes.

            Queremos afirmar, para não deixar qualquer dúvida, que, com esse encaminhamento, não estamos atropelando as atribuições da Assessoria Distrital de Protocolo Leonístico. O PDG MJF Manoel da Rocha Freitas, titular daquela Assessoria, foi previamente consultado e aprovou o encaminhamento dessa nossa mensagem. Agradecemos a compreensão daquele nosso ilustre e querido Ex-Governador.

PROTOCOLO SUGERIDO:

            1.ª PARTE – FORMAÇÃO DA MESA DIRIGENTE

            O Diretor Social, exatamente no horário estabelecido no convite, e observando rigorosamente a ordem de precedência, dirige-se ao microfone e anuncia os nomes para formação da mesa dirigente, bem como sua extensão, declinando os nomes dos demais dirigentes e convidados. Depois, comunica o fato: “Companheiro Presidente (ou Companheira Presidente), a mesa está constituída”. Apenas isso!

            2.ª PARTE – ABERTURA, INVOCAÇÃO A DEUS E HINO À BANDEIRA

            Presidente bate o sino.

            Presidente: “Invocando a Deus, pela grandeza da Pátria e pela paz entre as pessoas, damos por iniciada esta assembleia festiva do Lions Clube de ........................................, onde temos a satisfação e a honra de receber a visita do casal Governador do Distrito LC-6, MJF Alessandra e DG MJF Glauber Gomes da Silva.

            “Solicitamos que todos permaneçam em pé, cada um dentro da sua fé, guardando um minuto de silêncio, enquanto ouviremos a Invocação a Deus na palavra do Companheiro Leão ............................................. (ou da CaL ou DM ...................................................).”

            (logo após o término da leitura da Invocação a Deus)

            “Ainda em pé, convidamos os presentes para me acompanharem na entoação da primeira estrofe e coro do Hino à Bandeira.”

            (logo após o Hino)

            “Convidamos que todos ocupem seus lugares.”

            3.ª PARTE – NOMEAÇÃO DO MESTRE DE CERIMÔNIA

            Presidente bate o sino.

            Presidente: “Convidamos o Companheiro Leão .................. ............ (ou a Companheira Leão ................................) para exercer as funções de Mestre de Cerimônia desta noite, e o(a) convidamos para que venha até a mesa dirigente para receber o colar alusivo a essas funções.”

            Observação: o(a) Mestre de Cerimônia vai até a frente do(a) Presidente, recebe o colar (sem tocá-lo, pois o Presidente o coloca em seu pescoço), dirige-se ao microfone e faz seu agradecimento pela indicação. Sugestão: “Agradeço o(a) Companheiro(a) Presidente por ter me concedido o privilégio de atuar como Mestre de Cerimônia desta importante solenidade. Espero cumprir minha missão a contento.”

            (logo após a manifestação do Mestre de Cerimônia)

            4.ª PARTE – SAUDAÇÃO AO CASAL GOVERNADOR

            Presidente bate o sino.

            Mestre de Cerimônia: “Convidamos nosso(a) Diretor(a) Social, CL .......................(ou CaL .................................) para que, em nome do Clube, faça a saudação ao casal Governador.”

            (um minuto depois da saudação)

            5.ª PARTE – TROCA DE MIMOS

            Presidente bate o sino.

            Mestre de Cerimônia: “Convidamos o casal Presidente para que, em nome dos associados do nosso Clube, entregue um mimo ao casal Governador.”

            (depois da troca de presentes)

            6.ª PARTE – TÉRMINO DO PROGRAMA DO MESTRE DE CERIMÔNIA

            Presidente bate o sino.

            (o Mestre de Cerimônia ocupa o microfone e faz seus agradecimentos. Sugestão: “Agradeço ao CL (ou a CaL) Presidente por ter me concedido a honra de atuar como Mestre de Cerimônia desta assembleia festiva, e lhe devolvo o colar alusivo a essas funções.” (vai até a frente do(a) Presidente e devolve o colar, sem tocar. (O(a) Presidente é quem retira o colar do seu pescoço).

            7.ª PARTE – SAUDAÇÃO EM NOME DOS DIRIGENTES E CLUBES VISITANTES

            Presidente bate o sino.

            Presidente: “Convido o PDG MJF ............................................................., do Lions Clube de ..................................................., para uma saudação em nome dos dirigentes leonísticos e Clubes visitantes presentes.”

            (depois da saudação)

            8.º PARTE – MENSAGEM DO GOVERNADOR

            Presidente bate o sino.

            Presidente: “Companheiros, Companheiras, Domadores, Leos e visitantes. Chegou o momento maior da festiva desta noite. É o momento de ouvirmos a mensagem do Governador do Distrito LC-6, DG MJF Glauber Gomes da Silva, a quem dispensaremos nossa melhor atenção.”

            (depois da mensagem do Governador)

            9.ª PARTE – LEITURA DA ORAÇÃO PELO BRASIL E ENCERRAMENTO

            Presidente bate o sino.

            Presidente: Convidamos o CL ............................................................................ (ou a CaL ..................................................) para proferir a Oração pelo Brasil.”

            (depois da leitura da Oração pelo Brasil)

            “Desejamos consignar um agradecimento especial aos Companheiros, Companheiras e Domadoras do nosso Clube que colaboraram para realização da festiva desta noite.”

            “Agradecemos igualmente a visita dos queridos Companheiros, Companheiras e Domadoras dos Clubes irmãos, que aqui compareceram para enriquecer ainda mais esta solenidade de visita do casal Governador.”

            “Agradecemos, também, os prezados e diletos dirigentes leonísticos que registraram suas presenças, o que muito nos honrou.”

            “Queremos, em nome dos Companheiros, Companheiras e Domadoras do nosso Clube manifestar ao casal Governador e honra que sentimos em recebe-los como visitante oficial. A mensagem e incentivo que nos trouxeram servirão para engradecer ainda mais as nossas atividades, o nosso movimento e o nosso Distrito LC-6.!

            “Informando que o jantar será seguido a servir, damos por encerrada esta assmbléia festiva e convidamos todos para uma saudação ao Pavilhão Nacional.”

            Observações deste amigo de vocês:

  1. Este é um roteiro enxuto. Não há necessidade de se prolongar em demasia uma festiva de visita do casal Governador. Isso, salvo raríssimas exceções, não agrada ninguém. Com o roteiro acima sugerido, a “fatura” poderá ser liquidada em pouco mais de uma hora.
  1. A escolha de apenas um dirigente para falar em nome dos dirigentes e dos Clubes visitantes servirá para agilizar a reunião. Não existe a mínima necessidade de muita gente ficar falando.
  1. Um cuidado especial deverá ser observado pelo(a) Diretor(a) Social na formação da mesa dirigente e sua extensão. É imprescindível observar a ordem de precedência. Na próxima mensagem, se Deus assim o permitir, pretendo fornecer a relação da ordem de precedência. Outra observação: dirigentes da mesma categoria não devem, sempre que possível, ser colocados em mesas separadas. Exemplo: Ex-Governador na mesma mesa com outro Ex-Governador.
  1. Alertar o(a) Mestre de Cerimônia. Ele não toca no colar em nenhuma hipótese. É o(a) Presidente que coloca e retira o colar do seu pescoço.
  1. O(a) Presidente não deve ter receito de usar o sino e o martelo como alerta, principalmente se houver muito zum-zum-zum na plateia.
  1. Horário foi feito para ser cumprido. Se a assembleia estiver marcada para as 21:00 horas, o(a) Diretor(a) Social deverá começar a formação da mesa dirigente exatamente neste horário. Nada de justificar que “vai atrasar um pouco porque estamos aguardando a chegada de determinada autoridade”. Além do mais, autoridade que se presa sabe cumprir horário. E, também, que chega no horário deve ser respeitado!
  1. O(a) Presidente deve evitar “abrir a palavra” aos visitantes (uma exceção poderá ser feita ao Prefeito Municipal, se estiver presente), pois, se fizer isso, “a coisa vai longe!.
  1. O PDG que for convidado para falar em nome dos dirigentes e Clubes visitantes deverá ser alertado, com diplomacia, sobre o tempo que lhe será concedido, e para que não se exceda do mesmo. E deve ser comunicado, se possível com alguns dias de antecedência, que será convidado para transmitir sua mensagem, a fim de evitar aquela famosa afirmativa de “ter sido pego de surpresa”.
  1. Uma assembleia rápida possibilita um tempo maior para o companheirismo durante o almoço ou jantar de confraternização.
  1. Continuamos à disposição dos Clubes para colaborar em tudo que for necessário, assim como nosso estimado Assessor Distrital de Instrução Leonística.

           

                                                                                        PDG MJF ANTONIO DOMINGOS ANDRIANI

                                                                                         Assessor Distrital de Instrução Leonística

Próximo Evento 

3 RGCD em Nhandeara 12/13 Fev PRESENCIAL
6
6
9
9
2
2
3
3
0
0
7
7
3
3
9
9

Usuários Online 

Temos 49 visitantes e Um membro online

Login 

Bem Vindo ao Distrito LC-6!

Distrito LC-6

Visitantes

5856414
Hoje
Ontem
Esta Semana
Última Semana
Este Mês
Último Mês
Total
3749
5462
45234
5702083
21531
165825
5856414

Seu IP: 54.165.57.161
04-12-2021 14:52

Curtir No FaceBook 

Scroll to top