PinGlauber98LEO

clique e ouçam a mensagem do DG MJF GLAUBER aos LEOS CLUBES

 

leop

 

logo site

clique e conheça o DISTRITO LEO LC 6 

Como tudo começou...

Tudo começou com Jim Graver, treinador do time de baseball da Abington High School, em Glenside na Pensilvânia, Estados Unidos. Jim Graver, juntamente com William Ernst, ambos associados do Lions Clube de Glenside, falavam em iniciar um clube de serviço para estudantes do ginásio. Eles, então, pediram apoio dos demais associados, e sem hesitar, o Lions Clube de Glenside concordou que um grupo de jovens seria uma boa ideia para propagar os ideais propostos por Melvin Jones.

Juntos, 9 meninos do segundo ano, calouros e veteranos, se juntaram ao grupo de 26 jogadores de baseball, onde pelo qual formaram o primeiro LEO Clube no mundo. Em 5 de dezembro de 1957, foi oficialmente concedida uma carta constitutiva ao LEO Clube da Abington High School. Como o primeiro LEO Clube do mundo, o grupo criou o acrônimo LEO - Liderança, Igualdade e Oportunidade - Leadership, Equality, Opportunity. Mais tarde, o lema Igualdade foi alterado para Experiência. As cores vermelho escuro e dourado foram escolhidas como as cores do LEO Clube, mantendo o padrão de cores da escola.

Os associados do LEO Clube da Abington High School representavam uma ideia isolada até 1963. Naquele ano, um LEO Clube foi formado na Tamaqua Area High School, na Pensilvânia. Logo em seguida, um ex-companheiro Leão da Filadélfia formou um LEO Clube em Nova Iorque.

Em 1964 já havia 27 LEO Clubes na Pensilvânia e um em Nova Iorque. E finalmente, em outubro de 1967, a diretoria de Lions Clubs International adotou o LEO Clube como programa oficial da associação, aberto a ambos os sexos, com o objetivo de oferecer aos jovens do mundo uma oportunidade de desenvolvimento e contribuição, individual e coletiva, como membros responsáveis da comunidade local, nacional e internacional. Em 15 de outubro de 1970, haviam 24.000 membros de LEO Clubes em 918 Clubes em 48 países por todo o mundo.

 

HISTÓRIA DO LEOÍSMO NO BRASIL!
A história do LEO Clube no Brasil começa em 1969. Nas palavras do CL Paulo José Santos Lima . Patrono do LEOismo Nacional . começou com sua atuação como Secretário do Lions Clube de Maceió-Lagoa, quando ele recebeu a divulgação do Programa para jovens de Lions Internacional tendo se encantado com a proposta.
Com isso reuniram um grupo de estudantes do Colégio Sagrada Família, de Maceió (AL) e, em reuniões quase que diárias, começaram a divulgar a filosofia do Servir, levando o grupo de alunos a compreender e compartilhar dos problemas comunitários.
Depois disso levaram a proposta à Diretoria do Lions Clube de Maceió-Lagoa, pretendendo a fundação de um clube de jovens, a semente de preparação de futuros leões em qualificação, com uma aprendizagem fiel às orientações de Lions Internacional e uma maior energia humana para o próprio Lions Clube.
Amadurecida a idéia, o Lions Clube aprovou em diretoria e assembléia, designando uma Comissão formada pelos CCLL Paulo Lima, Adalberto Câmara e Geraldo Medeiros, para que trabalhassem o grupo de 19 (dezenove) jovens, na faixa etária de 16 a 18 anos.
Paulo Lima foi designado Presidente da Comissão e depois da firme convicção de que os futuros sócios LEO já estavam enquadrados e amadurecidos, finalmente estava pronto o primeiro LEO Clube do Brasil e ainda em atividade: o LEO Clube de Maceió-Lagoa.
No dia 28 de agosto de 1969, era fundado o LEO Clube de Maceió- Lagoa, e empossada sua primeira diretoria, pelo Presidente do Lions Lagoa (CL Valdir Batista da Mata), na presença do Governador do Distrito L-14 à época, CL César Cals de Oliveira Filho.
O clube tinha o apoio e incentivo da diretoria do Colégio Sagrada Família, sendo Diretora a Prof.ª Maria José Loureiro Lima, Vice Diretor o Prof. Paulo Lima e Secretária a Prof.ª Mary Lucy Mello Loureiro Lima (domadora do Lions Lagoa).
Mesmo no início reagindo (.contrariamente.) à sua fundação, o Governador do Distrito, após conhecer os objetivos e propósitos do LEO, foi um dos maiores incentivadores do LEO Lagoa, que de tão entusiasmado promoveu a ida de um dos sócios à Convenção Internacional do Lions, em 1970, em Atlantic City (EUA). O CLEO Dário João Bernardes representou o LEOismo brasileiro naquele evento.
Esta menção honrosa foi o reconhecimento da qualidade dos trabalhos desenvolvidos pelo LEO Lagoa nos bairros do Ouricuri, Ponta Grossa, Trapiche da Barra, Prado, Pontal da Barra e Vergel do Lago, todas áreas de atuação do Lions Clube da cidade.
Os jovens LEO fizeram um levantamento das necessidades desses bairros e apresentaram ao Lions um plano de trabalho para os primeiros anos de ação, além da participação nas promoções, atividades e reuniões do Lions padrinho. Assim, conseguiram: iluminação para o bairro do Ouricuri, filtros para as casas que não possuíam sanitários, procurando melhorar a higienização nestes locais, que eram um dos maiores problemas sociais de Maceió.
Por essa razão, e não somente pelo pioneirismo do LEO Clube de Maceió-Lagoa, o CL Paulo Lima é considerado o Patrono do LEOismo Brasileiro, tendo no Distrito Múltiplo LEO LA alta honraria entre os sócios LEO e Leões, mantendo estreita relação de amizade, aconselhamento e carinho pelos LEO Clubes daquele Distrito Múltiplo e de sua célula-máter nacional.

Próximo Evento 

EDPL 2021/2022 Escola de Dirigentes e Preparação de Líderes 06 a 10 de Junho de 2022
1
1
3
3
0
0
7
7
2
2
2
2
1
1
9
9

Usuários Online 

Temos 19 visitantes e Um membro online

Login 

Bem Vindo ao Distrito LC-6!

Distrito LC-6

Visitantes

6984310
Hoje
Ontem
Esta Semana
Última Semana
Este Mês
Último Mês
Total
3018
6372
14943
6846625
144296
191359
6984310

Seu IP: 35.170.82.159
24-05-2022 11:37

Curtir No FaceBook 

Scroll to top